GOVERNO COVARDE: nega o envolvimento do PCC na morte dos policiais. 58

Veja os bastidores da guerra particular entre a PM e o crime organizado em SP
Publicado em 07/10/2012 – Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública, 76 PMs já foram mortos em São Paulo em 2012. Um número 43% maior do que o de 2011. As vítimas são quase sempre atacadas durante a folga, pegas de surpresa e fuziladas com armas de grosso calibre. Os autores dos crimes seriam integrantes do PCC, principal organização criminosa de São Paulo. O Governo do Estado nega o envolvimento da facção criminosa na morte dos policiais.

  1. Hora de cumprir a Lei, mais do que nunca: investigar e prender marginais, além de policiar preventivamente. FORA DISSO, há risco de se nivelar policial e marginal, criando-se excesso de desconfiança na instituição Polícia perante o seio social!

    Curtir

  2. desgraçados. meus pêsames à família do Sgt.PM Marcelo Fukuhara

    Curtir

  3. “””””” SEIO SOCIAL “”””””

    A SOCIEDADE ESTA DANDO RISADA

    DA DESGRAÇA DOS NOSSOS POLICIAIS . . .

    QUE SOCIEDADE É ESTA QUE SILENCIA A MORTE DOS SEUS SEMELHANTES

    E DA SUA ÚNICA POSSIBILIDADE DE PROTEÇÃO ????

    SOCIEDADE DU KRLHHHHHHH PORRRRRR !!!!

    A SOCIEDADE QUER A NOSSA DESGRAÇA PORRRR !!!!

    Tô DESCOBRINDO :
    Hora de cumprir a Lei, mais do que nunca: investigar e prender marginais, além de policiar preventivamente. FORA DISSO, há risco de se nivelar policial e marginal, criando-se excesso dedesconfiança na instituição Polícia perante o seio social!

    Tô DESCOBRINDO :
    Hora de cumprir a Lei, mais do que nunca: investigar e prender marginais, além de policiar preventivamente. FORA DISSO, há risco de se nivelar policial e marginal, criando-se excesso de desconfiança na instituição Polícia perante o seio social!

    Curtir

  4. Governo maldito. Políticos covardes e mentirosos que abandonam seus policiais e negam o inegável. Por mais de vinte anos deixaram este câncer chamado PCC crescer dominar o sistema penitenciário. Enquanto enfiam este avestruz de nariz comprido enfia a cabeça no buraco pra não ver o que está acontecendo em São Paulo, tem gente morrendo nos ruas.

    Quero ver aquele discursinho esfarrapado de que São Paulo diminuiu a taxa de homicídios agora. Depois que isso que está acontecendo no litoral espalhar para o resto do Estado. Vai ter mais vagabundo morto aqui do que no Haiti.

    Geraldo Alckmin e PSDB conseguiram transformar São Paulo numa Colômbia dos anos 80.

    Curtir

  5. São covardes e não têm respeito nem dó de ninguém, mas quando presos ou mortos aí seus representantes caem em cima e o resultado é “o politicamente correto”, triste.

    Curtir

  6. Esta é a imagem do governo que diz que o PCC só tem 40 integrantes que estão desarticulados e presos, que diz que a violência diminuiu no Estado, que tem controle sobre a segurança do Estado.
    Governo mentiroso, covarde e ineficaz…parece ser sócio do mais novo partido politico, o PCC.
    Do outro lado, homens e mulheres que sucumbem sob o mal que está dizimando os quadros Policiais….Apesar de erros cometidos por policiais em ocorrências recentes veiculadas na mídia, desafio a quem TIVER CORAGEM E FOR HOMEM, que mostre qualquer monstruosidade feita pela Polícia, como a que fizeram com o Sargento Marcelo Fukuhara.
    Covardes, vermes desgraçados os que fizeram e os que se calam com medo da opinião pública.

    Curtir

  7. Tô DESCOBRINDO :
    Hora de cumprir a Lei, mais do que nunca: investigar e prender marginais, além de policiar preventivamente. FORA DISSO, há risco de se nivelar policial e marginal, criando-se excesso de desconfiança na instituição Polícia perante o seio social!

    .
    A Lei que o colega cita acima é a que estamos vivenciando, ela é branca, preta e vermelha, como explicado de duas maneiras: branca do papel, preta da tinta e vermelha do limite de nossa atuação (ISTO PARA QUEM SE ACOVARDA DIARIAMENTE) OU
    BRANCA DA ÚLTIMA VISÃO QUE O VERME VERÁ
    PRETA DA VELA QUE VAMOS ACENDER PARA ELE E
    FINALMENTE VERMELHA DO SANGUE, DE QUEM REALMENTE NÃO BRINCA DE POLÍCIA.

    ATÉ QUANDO VAMOS NOS ESCONDER ATRÁS DE ENGODOS E MENTIRAS?
    A SOCIEDADE QUER QUE A POLICIA LIMITE-SE A SER SUA GUARDA PRETORIANA, AFASTANDO OS POBRES DOS RICOS, PARA ESTES TEREM SOSSEGO PARA DESFRUTAREM DE SEU DINHEIRO.
    VIVEMOS EM UMA SOCIEDADE ONDE OS PODEROSOS FICAM COM TUDO E DEIXAM O NADA PARA O POVO, ACHANDO QUE ESTES NUNCA SE REBELARIAM… ESTE TEMPO ACABOU.
    HOJE A POLICIA SANGRA…QUANDO ESTE MURO RUIR, SERÃO VOCÊS E SEUS FILHOS (FATO HISTÓRICO EM SOCIEDADES ANTIGAS E MODERNAS)

    Curtir

  8. GERALDO ALCKIMIM SEMPRE FOi COVARDE E CONIVENTE COM O CRIME ORGANIZADO E A FACÇÃO PCC , O POVO O REELEGEU POTANTO O POVO TEM O GOVERNANTE E A POLÍCIA QUE MERECE. QUANTO AO PCC FICA A PERGUNTA :
    PORQUE SÓ MATA COITADO E NÂO DÃO TIRO EM OFICIAL CORONEL , CAPITÃO, MAJOR ETC ????

    Curtir

  9. é meus queridos policiais as vezes tenho vontade de … e depois disso terei a vontade de …. com cada um que pertence ao pcc , peraí o governo é medroso ou tem alguma intimidade com o marcola rsrsrsrs , segura essa alkimimmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm

    Curtir

  10. os mala vem na trairage cuidado que eu tenho um brinquedinho pra vcs , meus cavalos estão esperando

    Curtir

  11. TO DESCOBRINDO, porque vc nao vai te catar, garanto que nem policia e,se for e um puta macaneta, nunca saiu as ruas para dar uma cana, o seu pensamento e o mesmo da maioria dos paulistano, garanto que votou no maldito do serra PSDBOSTA.

    Curtir

  12. THOREAU :
    “””””” SEIO SOCIAL “”””””
    A SOCIEDADE ESTA DANDO RISADA
    DA DESGRAÇA DOS NOSSOS POLICIAIS . . .
    QUE SOCIEDADE É ESTA QUE SILENCIA A MORTE DOS SEUS SEMELHANTES
    E DA SUA ÚNICA POSSIBILIDADE DE PROTEÇÃO ????
    SOCIEDADE DU KRLHHHHHHH PORRRRRR !!!!
    A SOCIEDADE QUER A NOSSA DESGRAÇA PORRRR !!!!

    Tô DESCOBRINDO :
    Hora de cumprir a Lei, mais do que nunca: investigar e prender marginais, além de policiar preventivamente. FORA DISSO, há risco de se nivelar policial e marginal, criando-se excesso dedesconfiança na instituição Polícia perante o seio social!

    Tô DESCOBRINDO :
    Hora de cumprir a Lei, mais do que nunca: investigar e prender marginais, além de policiar preventivamente. FORA DISSO, há risco de se nivelar policial e marginal, criando-se excesso de desconfiança na instituição Polícia perante o seio social!

    Curtir

  13. ATÉ QUANDO O PSDB VAI FORTALECER O PCC? APROVEITANDO PARA O SEGUNDO TURNO PENSARMOS E REPENSARMOS EM VOTAR NESSE PARTIDO QUE FALIU A SEG PUBLICA DE SAO PAULO . FORA PSDB !! FORA SERRA !!! FORA ALCKMIN

    Curtir

  14. O PINTO MANDOU A ROTA INVESTIGAR, OUVIR GRAMPOS, E COMBATER O PCC, DEU NO QUE DEU, VAMOS ESPERAR PEDIREM PARA NOS DA POLICIA CIVIL RESOLVER ESTE PROBLEMA, MAS QUEM SABE COM SALARIO MELHOR…….

    Curtir

  15. O Partido do Xuxu e seu secretario já tomou medidas duras com a situação do sargento morto da baixada, qdo a rota estava matando 45% a mais que na era telhada, mandou o Cmt madio para o 4 batalhão do choque cuidar de cães, viu como resolve sem acordos.
    Pena que o termo militar do rdpm nos manda pra rua em 45 dias, se não o negócio seria diferente, temos familia e não podemos arriscar de qq forma. Precisamos nos organizar e colocar projeto de Lei que puna de 12 a 30anos de reclusão a quem matar agentes públicos, com regime fechado inicial de 5anos de RDD e sem progressão de pena. aqui estamos revoltados, não aguento mais so morre praça que está na linha de frente e ainda os estrelas tem o ALE maior, é o fim..

    Curtir

  16. Os Senhores sabem porque os militares no mundo inteiro tem as divisas militares removiveis dos fardamentos:pois no mundo inteiro o crime organizado mata os comandantes,para desmotivar e desestruturar a tropa,na itália os mafiosos matam juizes e comandantes das policiais,pois são eles que desarticulam o crime com uma policia inteligênte,em SP a polícia tá na contra mão de direção,os policiais com coragem e muita determinação combatem o crime organizado,sendo que pra sobreviver nesse estado de exceção,basta ser oficial da PM de SP,o PCC jamais matou um oficial da PM paulista,pois o oficialato paulistano só sabe prender soldado pai de família trabalhador pois o crime organizado segundo o governo do Estado e os¨ comandates¨ da PM,não existe,e a morte da sua tropa são apenas fatos isolados,quanta falta de vergonha na ¨CARA¨.

    Curtir

  17. Todos aqui criticam o governo,porém eles tem o total apoio dos ditos ¨comandantes¨,eles vendem a tropa em troca de cargos nas subprefeituras,alê diferênciado,posto imediato e outras vantagens pessoais,agora vão colocar a corregedoria para fuder os policiais,porém o pcc seja com 40,ou 1300 homens são apenas um por cento do efetivo da PM de SP,desculpem comandantes,ou os senhores são muito burros,ou estão literalmente vendidos,apenas um por cento do efetivo dos senhores e fazem toda essa anarquia,cadê os coronéis doutores em segurança pública…

    Curtir

  18. kassi :
    Os Senhores sabem porque os militares no mundo inteiro tem as divisas militares removiveis dos fardamentos:pois no mundo inteiro o crime organizado mata os comandantes,para desmotivar e desestruturar a tropa,na itália os mafiosos matam juizes e comandantes das policiais,pois são eles que desarticulam o crime com uma policia inteligênte,em SP a polícia tá na contra mão de direção,os policiais com coragem e muita determinação combatem o crime organizado,sendo que pra sobreviver nesse estado de exceção,basta ser oficial da PM de SP,o PCC jamais matou um oficial da PM paulista,pois o oficialato paulistano só sabe prender soldado pai de família trabalhador pois o crime organizado segundo o governo do Estado e os¨ comandates¨ da PM,não existe,e a morte da sua tropa são apenas fatos isolados,quanta falta de vergonha na ¨CARA¨.

    Temos que fazer o trabalho formiguinha mostrar para os parentes , amigos, conhecidos , o dono da padaria e etc, de quem é a culpa, deste merda do Alckmim e seu comparsa Pinto e por extensão de todo PSDB, estes caras são os sangue-sugas do poder sem o poder eles morrem , vão ser um nada , ainda há esperança o segundo turno esta ai! Fora PSDB parceiro do PCC.
    Obs: Esperar que os marginais do PCC atirem no alto comando e na elite deste “desgoverno” seria burrice, não se mata quem lhe esta ajudando mesmo que pela incompetência, o qual tenho dúvidas que seja só por incompetência.

    Curtir

  19. 08/10/2012 16:25
    Da Tribuna
    Da Redação

    Pronunciamentos realizados na sexta-feira, 5/10

    Ação antidemocrática

    A apreensão, na noite de 4/10, por parte de oficiais da Justiça Eleitoral, de exemplares do jornal Folha Bancária sob alegação de propaganda eleitoral indevida foi considerada por Luiz Cláudio Marcolino (PT) uma ação antidemocrática. O deputado disse que a ação se deu a pedido do PSDB, e que no jornal apreendido havia reportagem sobre os três principais candidatos. Marcolino ainda falou de sua experiência como dirigente do Sindicato dos Bancários de São Paulo e criticou a maneira como os governos do PSDB conduziram as privatizações do Banespa e da Nossa Caixa. (MF)

    Mortes de policiais

    Olimpio Gomes (PDT) lamentou o assassinato de mais um policial militar no Estado de São Paulo, e informou que, apenas em 2012, foram 79 mortes. Ele citou reportagem do jornal Folha de S.Paulo sobre o assunto, onde deu entrevista que teve repercussão nacional. Gomes rebateu os discursos de autoridades estaduais, que afirmam que as execuções em série não estariam ocorrendo, e cobrou atitudes no sentido de terminar com esta onda de violência contra policiais. (MF)

    Tolerância zero

    Jooji Hato (PMDB) citou o aumento de 15% nos índices de criminalidade e afirmou que essa tendência só pode ser revertida atacando-se os três pilares da violência: álcool, drogas e armas. O parlamentar defendeu uma estratégia de combate à violência nos moldes da política de tolerância zero implantada pelo então prefeito de Nova York, Rudolph Giuliani. (FC)

    Pronunciamentos realizados na segunda-feira, 8/10

    Crime

    Olimpio Gomes (PDT) cumprimentou o deputado Jooji Hato (PMDB) pela eleição de seu filho, George Hato, ao cargo de vereador da capital. Ele comentou a morte de mais um policial militar e de um segurança de um buffet, ambos mortos a tiros de fuzil na Baixada Santista. O parlamentar afirmou que o governo de São Paulo insiste em dizer que não existe facção criminosa. “Essa é uma triste realidade por que passam os agentes penitenciários e os policias militares”, finalizou. (GA)

    Medidas

    Depois de gradecer a todos que se envolveram na eleição de George Hato ao cargo de vereador da capital, Jooji Hato (PMDB) comentou a morte de um policial militar e de um segurança na Baixada Santista. O parlamentar criticou o governo do Estado de São Paulo e disse: “Não é só colocar a Rota nas ruas, temos que fazer blitze em locais estratégicos e tirar as armas das mãos dos bandidos. Esse é o melhor caminho”. (GA)

    Curtir

  20. 08/10/2012 – 21h30 Folha On Line
    Polícia prende suspeito de matar policial em Juquitiba (SP)

    Publicidade

    COLABORAÇÃO PARA A FOLHA

    A Polícia Civil prendeu na tarde desta segunda-feira (8) um dos suspeitos de ter matado o investigador João Antônio Pires, 62. O policial foi morto na noite da útlima sexta-feira com 13 tiros em um supermercado em Juquitiba (a 72 km de São Paulo).

    Segundo a polícia, o suspeito, de 28 anos, foi detido quando deixava um sítio na estrada dos Padeiros, na mesma cidade. Em depoimento, ele teria dito que apenas deu uma carona para um amigo no dia do crime.

    Com o suspeito, foram apreendidos dois capacetes, uma pistola, munições, a possível moto usada para praticar o crime e uma folha com anotações. Outro homem está sendo investigado pela participação na morte do policial civil.

    O CRIME

    O policial civil foi atacado por dois homens, que estavam em uma motocicleta preta, quando deixava um supermercado após fazer compras. Pires descarregava as sacolas com as mercadorias no porta-malas do seu carro, um Monza, quando o ocupante da garupa da moto chegou atirando.

    Segundo a versão da polícia, o investigador ainda tentou correr para dentro do mercado, mas foi perseguido e morto. O assassino ainda fez disparos quando o policial já estava caído, ao lado dos caixas.

    A polícia afirmou que está investigando a ligação dos suspeitos pelo crime com a facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital). A vitima era marido da uma ex-prefeita da cidade.

    Colaborou ANDRÉ CARAMANTE

    Curtir

  21. A coisa ta feia, Mais Um policial militar foi morto a tiros na noite desta segunda-feira (8) em um posto de gasolina em Taboão da Serra, na Grande São Paulo.

    De acordo com a assessoria de comunicação da PM, o crime aconteceu por volta das 22h. O soldado de identidade ainda não revelada estava de folga. Ele abastecia seu veículo quando foi atingido por vários tiros. A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.

    Curtir

  22. Silas :
    08/10/2012 – 21h30 Folha On Line
    Polícia prende suspeito de matar policial em Juquitiba (SP)
    Publicidade
    COLABORAÇÃO PARA A FOLHA
    A Polícia Civil prendeu na tarde desta segunda-feira (8) um dos suspeitos de ter matado o investigador João Antônio Pires, 62. O policial foi morto na noite da útlima sexta-feira com 13 tiros em um supermercado em Juquitiba (a 72 km de São Paulo).
    Segundo a polícia, o suspeito, de 28 anos, foi detido quando deixava um sítio na estrada dos Padeiros, na mesma cidade. Em depoimento, ele teria dito que apenas deu uma carona para um amigo no dia do crime.
    Com o suspeito, foram apreendidos dois capacetes, uma pistola, munições, a possível moto usada para praticar o crime e uma folha com anotações. Outro homem está sendo investigado pela participação na morte do policial civil.
    O CRIME
    O policial civil foi atacado por dois homens, que estavam em uma motocicleta preta, quando deixava um supermercado após fazer compras. Pires descarregava as sacolas com as mercadorias no porta-malas do seu carro, um Monza, quando o ocupante da garupa da moto chegou atirando.
    Segundo a versão da polícia, o investigador ainda tentou correr para dentro do mercado, mas foi perseguido e morto. O assassino ainda fez disparos quando o policial já estava caído, ao lado dos caixas.
    A polícia afirmou que está investigando a ligação dos suspeitos pelo crime com a facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital). A vitima era marido da uma ex-prefeita da cidade.
    Colaborou ANDRÉ CARAMANTE

    Prenderam? Levaram ele vivo pra delegacia, é isso?

    Curtir

  23. PSDB = PCC :GERALDO ALCKIMIM SEMPRE FOi COVARDE E CONIVENTE COM O CRIME ORGANIZADO E A FACÇÃO PCC , O POVO O REELEGEU POTANTO O POVO TEM O GOVERNANTE E A POLÍCIA QUE MERECE. QUANTO AO PCC FICA A PERGUNTA :PORQUE SÓ MATA COITADO E NÂO DÃO TIRO EM OFICIAL CORONEL , CAPITÃO, MAJOR ETC ????

    NÃO DÃO TIRO NESTES POIS ELES TIRARAM AS FARDAS, ANDAM EM CARROS DESCARACTERIZADOS E NÃO QUEREM DIZER QUE SÃO POLICIAIS.

    COM CERTEZA ESTÃO ESPERANDO ALGUMA SUBPREFEITURA PARA ADMINISTRAR

    Curtir

  24. PCC partido dos cornos covarde. Mesmo bem armados atiram na trairagem e fogem igual franguinhas. Porque esses desgraçados não ficam aguardando a chegada de mais policiais. Isso sim que pode ser chamado de verme. Roubam de trabalhadores para sobreviver e ainda se acham no direito de terem razāo.

    Curtir

  25. Bate palma pro loco :

    Silas :
    08/10/2012 – 21h30 Folha On Line
    Polícia prende suspeito de matar policial em Juquitiba (SP)
    Publicidade
    COLABORAÇÃO PARA A FOLHA
    A Polícia Civil prendeu na tarde desta segunda-feira (8) um dos suspeitos de ter matado o investigador João Antônio Pires, 62. O policial foi morto na noite da útlima sexta-feira com 13 tiros em um supermercado em Juquitiba (a 72 km de São Paulo).
    Segundo a polícia, o suspeito, de 28 anos, foi detido quando deixava um sítio na estrada dos Padeiros, na mesma cidade. Em depoimento, ele teria dito que apenas deu uma carona para um amigo no dia do crime.
    Com o suspeito, foram apreendidos dois capacetes, uma pistola, munições, a possível moto usada para praticar o crime e uma folha com anotações. Outro homem está sendo investigado pela participação na morte do policial civil.
    O CRIME
    O policial civil foi atacado por dois homens, que estavam em uma motocicleta preta, quando deixava um supermercado após fazer compras. Pires descarregava as sacolas com as mercadorias no porta-malas do seu carro, um Monza, quando o ocupante da garupa da moto chegou atirando.
    Segundo a versão da polícia, o investigador ainda tentou correr para dentro do mercado, mas foi perseguido e morto. O assassino ainda fez disparos quando o policial já estava caído, ao lado dos caixas.
    A polícia afirmou que está investigando a ligação dos suspeitos pelo crime com a facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital). A vitima era marido da uma ex-prefeita da cidade.
    Colaborou ANDRÉ CARAMANTE

    Prenderam? Levaram ele vivo pra delegacia, é isso?

    O PCC deve amar a Polícia Civil, quando cai ou tem acerto, ou vai apenas em cana, matar, segundo(infelizmente) a maioria dos PCs é uma coisa de PM, é algo bárbaro e totalmente reprovável!
    A culpa dessa merda toda é nossa (Polícia Civil), por 90% pensarem em QSJ e o resto ser vagabundo! To revoltado com essa porra!

    Curtir

  26. O ESTRANHO É QUE NÃO ESTÃO ATACANDO MAIS AS INTIUIÇÕES DO ESTADO, COMO DELEGACIAS, BASES POLICIAIS E AGENTES FARDADOS, A CADEIA NÃO VIRA MAIS. POR QUE SERÁ ? IMAGINO QUE SEJA PARTE DAQUELE ACORDO FEITO LAÁÁÁÁÁ EM 2006, QUANDO O GOVERNADOR FOI PEDIR PINICO PARA O SR. MARCOLA PEDINDO QUE ACABASEM COM OS ATAQUES AOS ÓRGÃO DO GOVERNO, POIS OS ATAQUES DIRETOS DIMINUEM A MORAL DO GOVERNO E ESTE FICA NA MÍDIA COMO ESTADO FALIDO, E NINGUÉM VIA QUERER INVESTIR EM UM ESTADO QUE NÃO TEM CONTROLE NENHUM SOBRE O “CIDADÃO”, “…. – Ó SEU MARCOLA VAMOS FAZER O SEGUINTE: ESPERA AS ELEIÇÕES PASSAREM, SEGURA ESTE “JOTA” MAS POR FAVOR NÃO ATAQUE MAIS AS BASES, AS DELEGACIAS, OS BANCOS……., SENÃO VÃO PERCEBER QUE TÁ TUDO LIBERADO….PODE MATAR ISOLADAMENTE UM POLIA AQUI OUTRO ALI, UM POR DIA, TÁ BOM. ….. – Ó, ESTAMOS EM MAIO DE 2006 DEPOIS A GENTE RESOLVE O RESTO AOS POUCOS…..

    PESSOAL, TUDO INDICA ESSA CONVERSINHA, OS POLICIAIS PRECISAM REAGIR SE NÃO VÃO MORRER AOS POUCOS, UM DE CADA VEZ…. AGORA SÃO OS PMS, DEPOIS VEM A CIVIL, A FEDERAL E ASSIM PODR DIANTE….

    DEUS NOS ABENÇOE E NOS PROTEJA, PORQUE ESTAMOS NA MÃO DELE

    Curtir

  27. O negócio é bala na agulha!!! E salve-se quem puder!!! Se é que dá pra se salvar, do jeito que tá, é tudo uma lenda, um folclore, como diz o Geraldo Alckminto. Como diz o Padre Quevedo: PCC não ecxiste, policial executado pela facção, não ecxiste, é tudo ilusão de ótica. Tá aí a prova de que o PCC sustenta a política brasileira, as cúpulas, e etc, etc, etc. Qual outra explicação? Deveria estar morrendo Secretário da Segurança, Oficiais, Governadores, mas enquanto é a base, quem vai tomar alguma atitude? Ficamos na roça.

    Curtir

  28. Deem uma olhada nisso e vejam por si mesmos se o nosso amado governador não é cumplice do PCC.

    Ver um governador apoiando a campanha de um ladrão de carros é algo difícil de aguentar
    Não sou policial mas um cidadão revoltado. Porque a policia não se une e faz uma greve de verdade.
    Ponham esse governo de merda de joelhos.

    Curtir

  29. “O PCC é uma lenda, as mortes estao sendo causadas pelos proprios policiais, a corregedoria esta investigando” palavras do senhor governador Geraldo Alckimin agora pouco em entrevista.

    Curtir

  30. 09/10/2012 18:58
    Da Tribuna
    Da redação

    Medidas cautelares

    Olimpio Gomes (PDT) afirmou que, na segunda-feira, 8/10, mais um policial militar foi assassinado. Hélio Miguel Gomes de Barros foi morto dentro um posto de gasolina, na cidade de Taboão da Serra. “É necessário adotar medidas cautelares. Os policiais aposentados devem redobrar a atenção”, disse. O parlamentar criticou o benefício da saída temporária, concedido a 25 mil presos no feriado de 12/10, quando se comemora o Dia das Crianças. “É bom lembrar que os beneficiados não precisam sequer terem filhos”, finalizou. (DA)

    Educação

    Carlos Giannazi (PSOL) afirmou estar preocupado com a possibilidade de o governo federal reduzir o reajuste do piso nacional para professores da rede pública. De acordo com o deputado, atualmente o piso é de R$ 1.451 para que o profissional trabalhe 40 horas semanais. Segundo o parlamentar, estuda-se um reajuste inferior a 10% para 2013. “A educação é o principal instrumento para o desenvolvimento, mas não se investe nada nessa área”, disse. (DA)

    Iniciativa popular

    Olimpio Gomes (PDT) parabenizou o deputado Carlos Giannazi (PSOL) pelos resultados alcançados na disputa pela prefeitura de São Paulo. “A participação de Giannazi engrandeceu o pleito e sua postura deixou o Legislativo orgulhoso”, disse. O deputado convidou a todos para uma audiência pública, no dia 15/10, na Casa, a fim de colher assinaturas para um projeto de iniciativa popular que torne crime hediondo aquele cometido contra agentes da lei. (DA)

    Violência

    Carlos Giannazi (PSOL) parabenizou o deputado Olimpio Gomes (PDT) por suas iniciativas a favor dos policiais do Estado, às quais ofereceu seu apoio. Giannazi disse ainda que a violência em São Paulo aumentou, e pediu ações de apoio do Ministério da Justiça, via Força Nacional de Segurança Pública. “Essa atribuição é do Estado e também do governo federal”, explicou. (IR)

    Segurança
    Luiz Carlos Gondim (PPS) lamentou que os bandidos estejam “ainda mais armados”. Ele apresentou sugestão ao governador Geraldo Alckmin para que convoque policiais reformados para reforço do efetivo. O deputado informou ainda sobre problemas de segurança da região do Alto do Tietê, e falou sobre a necessidade do aumento do policiamento preventivo e ostensivo. (IR)

    Curtir

  31. 09/10/2012 – 18h50
    ‘Alckmin e sua tropa deviam ler Clarice Lispector’, diz poeta
    ARMANDO FREITAS FILHO
    DO RIO DE JANEIRO

    O excelente artigo de Maria Rita Kehl na Ilustríssima, “Alckmin usa a mesma retórica dos matadores da ditadura”, sobre a ação infeliz da PM paulista, mereceu uma resposta burocrática e malcriada de um subsecretário de Comunicação do governo do Estado de São Paulo, Marcio Aith, intitulada “Psicanálise de embromação”.

    O governador e sua tropa deviam ler o que Clarice Lispector escreveu quando mataram um bandido chamado Mineirinho, há muitos anos atrás:

    “Esta é a lei. Mas há alguma coisa que, se me faz ouvir o primeiro e o segundo tiro com um alívio de segurança, no terceiro me deixa alerta, no quarto desassossegada, o quinto e o sexto me cobrem de vergonha, o sétimo e o oitavo eu ouço com o coração batendo de horror, no nono e no décimo minha boca está trêmula, no décimo primeiro digo em espanto o nome de Deus, no décimo segundo chamo meu irmão. O décimo terceiro tiro me assassina –porque eu sou o outro. Porque eu quero ser o outro.”

    Tenho certeza que foi isso o que Maria Rita Kehl sentiu e tão bem exprimiu.

    Armando Freitas Filho é poeta e ensaísta. Autor do livro “Palavra”, de 1963, ganhou o Prêmio Jabuti em 1984, com o livro “3×4”, e o Prêmio Alphonsus de Guimaraens da Fundação Biblioteca Nacional, em 2000, com “Fio terra”.

    Curtir

  32. É HORA DE AGIR, PARALISAÇÃO GERAL PC E PM, DE UMA VEZ POR TODAS O GOVERNO PERDEU TOTALMENTE O CONTROLE DA SITUAÇÃO…

    Curtir

  33. REMUNERAÇÃO – Mês de Referência 08 / 2012
    TCEL PM ABARE VAZ DE LIMA PMESP 260.329,56

    Curtir

  34. ADILSON :
    REMUNERAÇÃO – Mês de Referência 08 / 2012
    TCEL PM ABARE VAZ DE LIMAPMESP260.329,56

    OU A PM SE MOBILIZA E SE MANISFESTA PÚBLICAMENTE OU O GOVERNO NADA FARÁ, POIS ESTÁ POUCO SE LIXANDO, SÓ QUER SABER DE MANTER A IMAGEM DE POLÍTICA PERFEITA, ENQUANTO OS PMs “cabos e soldados” CONTAM SEUS MORTOS…

    Curtir

  35. OU A PM SE MOBILIZA E SE MANISFESTA PÚBLICAMENTE OU O GOVERNO NADA FARÁ, POIS ESTÁ POUCO SE LIXANDO, SÓ QUER SABER DE MANTER A IMAGEM DE POLÍTICA PERFEITA, ENQUANTO OS PMs “cabos e soldados” CONTAM SEUS MORTOS…

    Curtir

  36. Só há uma solução: Derrubar as torres em todo o estado, da mesma forma que eles fazem.Operação 11 de setembr já.

    Curtir

  37. Para eles é fácil negar. Andam com carros blindados, escolta e segurança armada. Além do que são “colegas” de partido e de mandato público. Danem-se os trouxas

    Curtir

  38. Compreendo e compartilho da indignação do “fliteiro” que lamenta o “sumiço” dos coronéis. Como participes da “Operação Abafa”, não arredam pé desse maldito corporativismo, para não dizer “RABO PRESO”. É um jogo-sujo muito pior que o do “PCC”! Basta-me citar alguns exemplos da interminável LISTA DA PATIFARIA: CJ nº 847/08, instaurado porque não me “eduquei” pela punição que me foi aplicada, decorrente do PD nº DS-003/06/04. Instauração de “Procedimento Disciplinar” para apuração de crimes, conforme os relatei ao então Comandante do Policiamento Metropolitano, Coronel Paes de Lira, somente poderia encontrar “fundamento legal” na imaginação de bandidos fardados do mais pífio naipe. Venais, sem-vergonhas, certamente anuentes com os tais delitos, inclusive o perpetrado pelo “ladrão fardado” que propiciou fuga de presos do CDP de Santo André, dentre eles, integrantes do “PCC”, essa tal “lenda urbana”! A montagem da viatura M-10290, na cidade de Santo André, sobre um carro roubado, também deve ter sido “lenda”! A covardia do então Comandante do 10º BPM/M, omisso, prevaricante, somente poderia encontrar “consonância telepática” no ato administrativo do outro safado que me transferiu para ficar sem função no 22º BPM/M. Muito melhor do que continuar no 10º, apontando falcatruas, pilantragens, improbidades administrativas e outras mazelas do comandante rabo-preso com comerciantes, pelo emprego das bases comunitárias móveis. Se isso não fosse verdade, porque a testemunha estabeleceu nexo causal entre tais bases comunitárias e a inédita escala de serviço pela qual um Oficial (eu) fui empregado na “segurança” do tal CDP? Aquele era o conceito de segurança pública da “corja do 10º BPM/M”! Jamais me curvei a nenhuma daquelas safadezas. Não barganhei meus valores éticos como o sem moral, omisso e prevaricante que covardamente recuou, temendo apurar o descumprimento da Ordem de Serviço nº 10BPMM-103/11/02, uma cortina de fumaça para a fuga de Antonios Dib Junior, recapturado em 27/05/06 com dois tambores de pasta-base para refino de cocaína. Jamais me chafurdei na lama dos safados que forjaram o Processo nº 53.872/2009, em razão do qual o Ministério Público Militar/SP não terá outra alternativa que não a de concluir pela existência criminosa e contraproducente dessa maldita “Operação Abafa”! Não terá a mínima probabilidade (não estou afirmando que o faria) de convalidar o CONLUIO EXPLÍCITO entre o TJM/SP – “Tribunal da Safadeza” – e os facínoras que forjaram a minha prisão “em flagrante” por injúria, exatamente por que delatei toda a patifaria da qual, nesse texto, não abordei nem 1% (UM POR CENTO). Espero que algum jornalista de coragem pergunte ao “Deus da Quarta Auditoria” (TJM/SP) por que a gravação continua silente na fl. 442 do referido “Processo” – lixo autoritário! É essa a instituição militar que se sente acima do bem, do mal e do “PCC”?
    obs:comentário de Waldir de souza

    Curtir

  39. Marcos Roberto :
    Deem uma olhada nisso e vejam por si mesmos se o nosso amado governador não é cumplice do PCC.

    Ver um governador apoiando a campanha de um ladrão de carros é algo difícil de aguentar
    Não sou policial mas um cidadão revoltado. Porque a policia não se une e faz uma greve de verdade.
    Ponham esse governo de merda de joelhos.

    A Foto diz tudo , ladrão apoiando ladrão !!!!!!!!!!!!

    Curtir

  40. 10/10/2012 – 19h30
    Ladrões deixam padre só de cueca após assalto a igreja em Assis (SP)
    PUBLICIDADE

    DE SÃO PAULO

    Ladrões roubaram na manhã desta quarta-feira uma igreja em Assis (451 km de SP). Após o roubo eles amarraram e amordaçaram o padre. De acordo com a polícia, os criminosos levaram R$ 4 mil em dinheiro e equipamentos eletrônicos.

    Em depoimento à polícia, o padre Reginaldo Nascimento, 43, diz que foi chamado por duas pessoas e ao abrir a porta paróquia de São Judas Tadeu, na Vila Progresso, foi rendido por três homens armados e encapuzados.

    O pároco relatou ainda que foi agredido com socos e pontapés. Além do dinheiro, o grupo levou um tablet, um notebook e duas bicicletas.

    Antes de fugirem, os ladrões amarraram e amordaçaram o padre só de cueca.

    A polícia diz que ainda não tem pistas dos criminosos.

    Curtir

  41. 10/10/2012 18:11
    Da Tribuna
    Da Redação

    Segurança pública

    Carlos Giannazi (PSOL) comentou a necessidade de o secretário de Segurança Publica vir à Assembleia para esclarecer que medidas estão sendo tomadas para conter os altos índices de criminalidade no Estado, que incluem a execução de diversos policiais. O deputado solicitou a intervenção do governo federal com medidas que ajudem a reverter essa situação, já que, segundo o deputado, “o governo estadual abandonou a segurança publica”. (JF)

    Criminalidade

    Olimpio Gomes (PDT) citou mobilização de 15 mil policiais militares em todo o Estado para combater a criminalidade. Ele criticou o benefício da saída temporária, que será concedido a 25 mil presos no Dia das Crianças. Segundo ele, a medida que favorece presos em regime semiaberto fará com que o número de crimes aumente neste feriado. Olimpio lamentou casos de assalto a carros fortes que resultaram em feridos e pediu a prisão imediata dos autores e mentores desses roubos. (JF)

    Desarmamento

    Jooji Hato (PMDB) mencionou os pronunciamentos dos deputados Carlos Giannazi (PSOL) e Olimpio Gomes (PDT) a respeito da segurança pública e disse que se preocupa muito com essa área. Lembrou alguns casos de assaltos cometidos por motoqueiros e garupas, que resultaram em feridos. Também falou sobre o aumento da criminalidade em Taboão da Serra e Embu. Solicitou a realização de blitze para promover o desarmamento da população. (JF)

    Violência

    Welson Gasparini (PSDB) falou sobre a violência em Ribeirão Preto, “onde, de 1/1 a 31/8, a polícia registrou um aumento de 17% no número de crimes. Segundo o deputado, o governo teria que construir 15 presídios por ano para acompanhar esse aumento. “O que precisa acabar é a fábrica de marginais com a modificação do código penal”, finalizou. (GA)

    Assinaturas

    Olimpio Gomes (PDT) manifestou alegria por seu amigo, o policial Fernão Dias, ter sido eleito prefeito de Bragança Paulista. Gomes convidou o público para uma audiência pública, no próximo dia 15/10, onde serão recolhidas assinaturas para aumentar as penas para crimes contra policiais militares e servidores penitenciários. “Precisamos de 1,4 milhão de assinaturas para exigir mudanças na legislação brasileira”, finalizou. (GA)

    Medidas

    Jooji Hato (PMDB) recordou assalto que ele e seu filho sofreram há alguns anos. Segundo ele, desde esse período, nada mudou. Criticou o governo estadual: “temos que pedir de joelhos providências do governo”. Para Hato, a solução para acabar com a violência no Estado são medidas como blitze do desarmamento em locais estratégicos, para capturar armas ilegais. (GA)

    Reintegração

    Luiz Carlos Gondim (PPS) solicitou ao governo estadual a reintegração dos policiais que estão reformados ou em reserva, pois, segundo o deputado, eles possuem mais experiência para combater o crime. “Assim teríamos mais policiamento nas ruas. O governo tem que dar um incentivo aos militares para continuar na ativa, tentando diminuir dessa forma a criminalidade”, finalizou. (GA)

    Afastamento

    Carlos Giannazi (PSOL) comentou o afastamento do cargo do presidente da Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE), Bernardo Ortiz. O parlamentar defendeu a realização de uma CPI com o objetivo de investigar possíveis irregularidades na instituição. O deputado informou que vai pedir a presença de Ortiz e do secretário estadual da Educação, Herman Voorwald, em reunião da Comissão de Educação da Casa. (GA)

    CADÊ OS DEMAIS DEPUTADOS? ESTÃO EM FÉRIAS? ESTÃO COM MEDO DE PRONUNCIAR?
    SÓ VEMOS OS DE SEMPRE ACIMA COMENTANDO A TRAGÉDIA QUE VIVE A SEGURANÇA PÚBLICA NO ESTADO DE SÃO PAULO. GOSTARÍAMOS DE SABER AS OPINIÕES DOS DEMAIS DEPUTADOS.

    Curtir

  42. Se não foi o PCC quem foi o cidadão de bem? ou talvez um outro PM? a pelo amor de Deus me poupe desses papos ipocritas, o que tem que haver é a execução dessa raça PCC, apoio o finado Ubiratam pois na época dele essa coisas eram diferentes.

    Curtir

  43. Reparem que o carro que estava os suspeitos estava estacionado no lado esquerdo da via, um hyundai ix35, os criminosos já o esperavam, se isto ajudar, a policia irá pegar esses anti-humanos.reparem que eles retiraram a placa dianteira do veiculo para que não podessem ser reconhecidos, ou seja, o dono do carro pode ser o autor do assassinato, mais um detalhe a placa traseira do veiculo continua no lugar.

    Curtir

  44. Meus caros, isso é o resultado de anos e anos de corrupção e banalização do serviço policial, esta tudo banalizado, basta dar uma olhadinha em volta dos seus. Não vamos inocentar a própria Polícia e nem o Governo, ambos tem gerido as Policias de formas medíocres e mesquinhas . Se tem uma coisa que eu presto muito atenção é na maneira medíocre da administração tanto do Governo e do alto escalão das Policiais. Fazem aproximadamente 20 anos que membros do PSDB governam o estado de São Paulo, desde quando finado Mário Covas assumiu o governo paulista, tudo começou a mudar, claro que foi para pior, foram ignorando as necessidades das policiais e com isso, após a morte de Covas veio o Geraldo Alckimim, desde então o alto escalão ficou tentando entender o que o governo queria de fato da segurança pública, houve um namoro igual gato e cachorro, mas não houve o casamento, ambos tinham medo da relação; No segundo mandato do Alckimim, o alto escalão passou a falar a língua do governo, mas meio acanhados, estavam receosos ao aproximar do governo porque o Geraldo Alckimim também não se interessava nessa aproximação, na verdade ele tinha e tem aversão á polícia civil que é o filho rejeitado, ele gosta mesmo é da “polícia militar” que é o filho obediente, isso tudo dificultou a aproximação da Polícia Civil junto ao Alckimim, muitos não acreditavam no que viam, mas foi assim até o final desse governo “gato e cachorro namorando”, inclusive houve os ataques do pcc no ano de 2006 e morreram muitos policiais, nessa época o Alckimim havia licenciado do cargo para concorrer as eleições presidenciais e no seu lugar assumiu o vice. Quando o Serra se elegeu Governador do estado de São Paulo, esse passou a ridicularizar mais ainda as policias, todos perderam a noção, ficaram sem entender o que de fato o governo queria das policias, a situação ficou agravada, culminou com uma greve da polícia civil em 2008 , teve até as pancadarias em entre Policiais Civis em greve e PMs a mando do Serra, tudo aconteceu a poucos metros do palácio dos Bandeirantes, saiu na TV e todos jornais noticiaram esse episódio ridículo, mas mesmo assim o Serra continuou humilhando a classe policial, não melhorou os salário e nem as condições de trabalho; Como a greve não surtiu os efeitos esperados, nem o Serra abriu qualquer possibilidades para investir nas policias e nem sinalizou qualquer melhorias salariais, o alto escalão da Polícia Civil ficou sem rumo e sem palavras, faltava tudo nas Delegacias, faltava de materiais de primeira necessidades a policiais; Com tudo isso, a própria administração policial passou a entender que não haveria mesmo chances de investimentos nas policias e não compensava melhorar as relações com o governo e a polícia civil foi degradando cada dia mais; Quando o Geraldo Alckimim voltou a governar novamente o estado de São Paulo, o alto escalão resolveu fazer amizades com o governador, desta vez com o comando da associação dos Delegados, tinham objetivos claros de conseguirem melhorias apenas para os Delegados, mas nem isso aconteceu, nessa altura do campeonato, os Investigadores e Escrivães tentaram fazer a mesma trajetória dos Delegados se apartando dos demais policias para angariar um benefício que também não deu em nada, ficou apenas no papel. Hoje, estamos colhendo os frutos das mazelas administrativas somadas a corrupção, negligências, omissões e principalmente a prevaricações. Podemos resumir como uma verdadeira catástrofe administrativa na polícia civil paulista, o nível caiu tanto que é quase impossível reverter o quadro, o poder investigativo foi a zero, a qualidade dos serviços não se assemelham em nada á 20 anos atrás, os policiais envelheceram, quase a metade do quadro de policias encontram-se em condições plenas para aposentadorias, o Detran e poupa-tempo passaram para outra secretaria, Delegacias foram fechadas por falta de policiais e o pcc ficou muito mais forte e audacioso. Hoje temos o estado acuado pelo crime organizado e esse é o verdadeiro resultado de todas lambanças administrativas . Por tudo isso, acredito que todos são culpados, tanto governo como a alta cúpula das policias, do outro lado o comando da PM ficou muito empolgado com bom relacionamento com o governo e secretário de segurança que é ex- oficial PM e esqueceram de cuidar da tropa como seres humanos e pais de famílias.

    O QUE VEMOS HOJE? VEMOS OS NOSSOS COMPANHEIROS DE PROFISSÃO SENDO BRUTALMENTE ABATIDOS COMO SE FOSSEM BOIS NOS CORREDORES DOS FRIGORÍFICOS , AMANHÃ PODERÁ SER QUALQUER UM DE NÓS . ACREDITO QUE É O MOMENTO PARA SE REPENSAR NUMA ADMINISTRAÇÃO SÉRIA E HONESTA, PORQUE DESSE JEITO É SIMPLESMENTE O FIM !

    Curtir

  45. 12/10/2012 – 06h30
    Investigação aponta que morte de traficante motivou ataques a PMs

    AFONSO BENITES
    ROGÉRIO PAGNAN
    DE SÃO PAULO
    JOSMAR JOZINO
    DO “AGORA”

    Investigações do Ministério Público e da Polícia Civil apontam relação entre a série de assassinatos de policiais militares em São Paulo e a morte de um dos líderes da facção criminosa PCC em janeiro deste ano em São Bernardo do Campo, no ABC.

    O criminoso morto foi Paulo Sérgio Gonçalves, 33, conhecido como Olívia Palito, em um suposto confronto com policiais da Rota (tropa de elite da PM). Conforme documentos obtidos pela Folha, ele era um dos responsáveis por um centro de distribuição de drogas da facção.

    As investigações do Ministério Público e da Polícia Civil mostram que a ordem para o assassinato dos “botas”, como os criminosos chamam os policiais militares, partiu de um preso chamado Roberto Soriano, o Betinho Tiriça.

    CARTA

    Uma carta escrita por ele foi interceptada, em maio, por um agente penitenciário no momento em que ele lançava o documento do raio 3 para o raio 4 da penitenciária 2 de Presidente Venceslau.

    O destinatário do recado era o preso conhecido como Judeu e tido como um dos responsáveis pelas finanças da organização criminosa.

    Na carta, conforme a reportagem apurou com advogados, promotores e policiais, Betinho Tiriça cita o nome de seis PMs da Rota que participaram da ação que resultou na morte de Olívia Palito e pede para que os criminosos matem esses militares.

    Até ontem, nenhum desses policiais tinha sido assassinado. O documento também falava que outros PMs, sem citar nomes, deveriam ser mortos. Desde o período em que a ordem foi dada, em maio, até ontem, 50 PMs da ativa e da reserva tinham sido assassinados. Ao todo, neste ano, 83 foram mortos.

    Cópias dessa carta constam de processos judicial e administrativo contra o preso Soriano, ambos sigilosos.

    Um exame grafotécnico comprovou que foi ele quem escreveu o recado. Após a constatação, o preso foi enviado ao presídio de segurança máxima de Presidente Bernardes e submetido ao regime disciplinar diferenciado, a “tranca-dura”. Lá, o detento fica isolado em uma cela durante 22 horas por dia.

    Curtir

  46. 12/10/2012 – 06h30
    Investigação aponta que morte de traficante motivou ataques a PMs

    Investigações do Ministério Público e da Polícia Civil apontam relação entre a série de assassinatos de policiais militares em São Paulo e a morte de um dos líderes da facção criminosa PCC em janeiro deste ano em São Bernardo do Campo, no ABC.

    O criminoso morto foi Paulo Sérgio Gonçalves, 33, conhecido como Olívia Palito, em um suposto confronto com policiais da Rota (tropa de elite da PM). Conforme documentos obtidos pela Folha, ele era um dos responsáveis por um centro de distribuição de drogas da facção.

    As investigações do Ministério Público e da Polícia Civil mostram que a ordem para o assassinato dos “botas”, como os criminosos chamam os policiais militares, partiu de um preso chamado Roberto Soriano, o Betinho Tiriça.

    Curtir

  47. Olá pessoal e com imenso infelicidade q eu comento q a população não agüenta mais essa palhaçada esse descaso sou a favor de fuzilar todo bandido mata logo a bandidagem pq se vc não matar eles te matam sou a favor de um revolução armada começando pelos governantes corruptos chega basta não agüentamos mais fuzila mesmo a bandidagem q ta demais detalhe acabar com a lei do menor pode tudo chega!!!!!!!JUSTICA JÁ

    Curtir

  48. O AMEDRONTAMENTO FEITO PELO CRIME ORGANIZADO TEM UMA FINALIDADE!
    Vocês já pararam pra pensar o porquê dos criminosos, que deveriam ficar na miúda, para que pudessem agir no seus crimes esporadicamente sem serem notados, passaram a APARECER de forma violenta, causando pânico?
    Pois é, isso aí só demonstra uma coisa; que é o de que esses marginais estão de olho no PODER DE BARGANHA para com o poder público, a fim de conquistarem até, quem sabe, cargos políticos, ou até mesmo, diante do poder causado pelo MEDO sobre a sociedade, poderem até encomendarem, através de ameaças, libertações de integrantes presos, ou até mesmo uma pena mais branda.
    Nos países onde a população deixou as suas polícias afrouxarem o COMBATE RÍGIDO, os marginais passaram a ter em mãos um grande poder de barganha e INTIMIDAÇÃO, onde eles determinam o que um juiz deve julgar e como julgar, o que um policial deve investigar e onde investigar, o que um político deve fazer, ou seja, os marginais do Brasil não querem mais se limitarem a cometer os seus crimes esporadicamente visando os seus lucros sujos, mas agora também querem influenciar no próprio poder público.
    A Colômbia é um exemplo clássico disso, onde as FARC intimidam as autoridades locais, bem como juízes e políticos, e agora querem propor uma espécie de PAZ com o governo federal daquele País. Imaginem só, guerrilheiros traficantes e terroristas sendo tratados como se partido político do bem fossem.
    Os marginais brasileiros estão se unindo e se aperfeiçoando, pois sabem eles que não há época mais favorável para tal, pois contam com o apoio da própria sociedade; a qual foi incutida a afrouxar as suas polícias, libertando-os para melhorarem e se especializarem nos seus intentos sujos.
    Quem pesquisar um pouco sobre a máfia italiana, as FARC, os traficantes mexicanos, que continuam a degolar pessoas e expor corpos em pontes e avenidas, verá que os marginais brasileiros estão aproveitando do momento propício para eles fazerem igual, e quem sabe, conseguirão o seu intento.
    Não duvido que logo começaremos a ver imagens de criminosos mascarados, enviando vídeos para a imprensa, assumindo atos de terrorismo contra a sociedade.
    Enfim, se a polícia brasileira continuar sendo afrouxada pela sociedade, logo estaremos vivendo um novo paradigma na nossa história da criminalidade.

    Curtir

  49. PORQUE A PM NÃO ENTRA EM GREVE COMO FIZERAM A PM DE OUTROS ESTADOS? SÃO PUXA SACOS DO GOVERNO DO PSDIBOSTA ! PREFEREM FAZER BICOS PARA PREFEITURAS , SUPERMERCADOS E POSTOS DE GASOLINA DO QUE LUTAREM POR SEUS DIREITOS DE TRABALHADORES. INFELIZMENTE ESTÃO PAGANDO O ALTO PREÇO PELA COVARDIA. O GOVERNO AUTORIZOU ESSA LEI DELEGADA PARA QUE OS PMs DO BAIXO CLERO NÃO ENCHESSE O SACO DELE, FOI TUDO COM A TOTAL CONIVÊNCIA DOS OFICIAIS, PORÉM ESSES MESMOS OFICIAIS ESTÃO GANHANDO RTP TURBINADOS E TEM ALGUNS QUE GANHAM ACIMA DE 100 MIL REAIS POR MÊS CONFORME FOI VERIFICADO NO PORTAL DA TRANSPARÊNCIA DIAS ATRÁS E FOI INTENSAMENTE COMENTADO INCLUSIVE AQUI NO FLIT E PRINCIPAIS JORNAIS E TV. CABE AOS PMs PARAR TUDO E REALIZAR UMA GREVE POR MELHORES SALÁRIOS AO INVÉS DE FICAR SUBMETIDOS Á BICOS ! ACHO QUE É MUITO MAIS VANTAGEM LUTAR POR MELHORES SALÁRIOS DO QUE FAZER BICOS NO HORÁRIO QUE DEVERIAM ESTAR DESCANSANDO JUNTO COM SEUS FAMILIARES………NÃO CULPEM NINGUÉM A NÃO SER A PRÓPRIA POLÍCIA MILITAR QUE NÃO TEM CORAGEM DE FAZER GREVES E FICAM DE QUATRO PARA ESSE GOVERNO QUE NÃO TEM O MENOR RESPEITO COM A FAMÍLIA POLICIAL. EU PREFIRO LUTAR POR MELHORES SALÁRIOS DO QUE MORRER NOS BICOS ! SE A PM SE ESFORÇAR E MOBILIZAR, TENHO CERTEZA QUE A POLÍCIA CIVIL VAI COLABORAR E ATÉ PARTICIPAR DA GREVE. SE TIVÉSSEMOS BONS SALÁRIOS COMO TEM OS OFICIAIS, NÃO PRECISÁVAMOS FICAR EXPOSTOS NOS MERCADINHOS E POSTOS DE GASOLINA OU EM PADARIAS PARA MORRER DE CU TRANCADO POR ESSAS MEGERAS DO pcc.

    Curtir

  50. 13/10/2012 07h52 – Atualizado em 13/10/2012 07h52
    Agente penitenciário é baleado ao deixar centro de detenção em SP
    Tiros foram disparados por homens em moto, segundo a polícia.
    Nenhum suspeito foi preso até a manhã deste sábado (13).
    Do G1 SP

    3 comentários
    Um agente penitenciário de 46 anos foi baleado, na noite desta sexta-feira (12), quando deixava o trabalho no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Belém. De acordo com a polícia, ele estava acompanhado de outro agente, que não chegou a ser atingido. Os tiros foram disparados, segundo disse a testemunha à polícia, por dois homens em uma moto.
    O agente ferido foi atingido na região do abdômen e precisou passar por uma cirurgia. Ainda não há informações sobre o seu estado de saúde.
    De acordo com a polícia, nenhum suspeito havia sido preso até as 7h30 deste sábado (13). O caso foi registrado no 30º DP, mas será encaminhado para o 81º DP, onde deverá ser investigado.

    Curtir

  51. Todos deveriam ler o estatuto do pcc, ele só não e divulgado pois teria enorme apoio da população que tem medo da policia corrupta e criminosa que esta nas ruas causando esta guerra por matar covardemente estes criminosos que não fazem mal a ninguém se não a instituições corruptas como bancos.que nos roubam diariamente com juros abusivos e criminosamente extorsivos. Acredito q o crime organizado seja melhor q o crime desorganizado sob a lideranca de nossos políticos q acabam por matar muito mais. Dito isto, Marcola para presidente!!!!

    Curtir

Os comentários estão desativados.