SEJA UM POLICIAL COM MÚLTIPLAS CAPACITAÇÕES – Concurso Agente Policial da Polícia Civil – ensino fundamental : vencimentos a partir de R$ 2.278,05 183

Enviado em 30/11/2012 as 12:26 – ESCRILUDIDA

INSTRUÇÕES ESPECIAIS – AP 1/2012      I – DAS VAGAS      Estas instruções regulam o Concurso Público para o provi- mento, inicialmente, de 391 (trezentos e noventa e um) cargos vagos de Agente Policial, para o Estado de São Paulo, reservan- do-se o percentual de 5% (cinco por cento), ou seja, 20 (vinte) vagas aos candidatos portadores de necessidades especiais, nos termos da Lei Complementar nº. 683/92.      II – DA REMUMERAÇÃO O Agente Policial de 3ª Classe tem o total de vencimentos a partir de R$ 2.278,05 (dois mil, duzentos e setenta e oito reais e cinco centavos), correspondentes à soma dos valores do salário- base, da Gratificação pelo Regime Especial de Trabalho Policial – RETP, e do Adicional de Local de Exercício de Nível I. ……………………………………………………………………………………………….. IV – DAS CONDIÇÕES DE PROVIMENTO     1. São condições para o provimento do cargo:     1.1. ser brasileiro;     1.2. ter no mínimo 18 anos de idade;     1.3. não registrar antecedentes criminais;     1.4. estar no gozo dos direitos políticos;     1.5. estar em dia com o serviço militar;     1.6. ter capacidade física e mental para o exercício do cargo;     1.7. ter conduta irrepreensível na vida pública e privada;     1.8. ser habilitado para a condução de veículos automotores na categoria “D”, no mínimo;     1.9. ter sido aprovado no Concurso, observado o número de vagas colocadas à disposição;     1.10. ser portador de certificado de conclusão de nível fundamental expedido por instituição de ensino, pública ou privada, devidamente reconhecido e registrado; e     1.11. ter conhecimento prático em digitação. ……………………………………………………………………………………………………………………..

  1. AMIGO….
    ENSINO MÉDIO NADA

    PEDE-SE NIVEL F U N D A M E N T A L. VERGONHA NÉ.

    E VOCE ACHA QUE O GOVERNADOR ESTÁ QUERENDO O QUÊ?

    ELE QUER NIVELAR A POLICIA CIVIL POR BAIXO, FAZENDO ESSES NOVOS COITADOS ASSIM COMO NÓS,TRABALHAR DE ESCRIVÃO, HAJA VISTA, TER QUE TER CONHECIMENTO BÁSICO EM INFORMÁTICA, COM ISSO ELE TEM ALIBI PARA NÃO AUMETAR OS SALÁRIOS DE QUALQUER CARREIRA.

    Curtir

  2. HEHEHEHE
    Vixe, os agepols tudo caído no desconsolo, salário baixo, sendo zuados pela tiragem, comendo o pão que o demônio amassou com o pé, e a mulher aí tirando uma com a cara deles?
    –SEJA UM POLICIAL COM MULTIPLAS CAPACITAÇÕES………—- rsrsrsr
    Que coisa viu!

    Curtir

  3. NO EDITAL PEDE ENSINO FUNDAMENTAL, OU SEJA ANTIGO 01 GRAU.
    TAMOS FUDIDOS MESMO, EM VEZ DE MELHORAR ESTAMOS SENDO NIVELADOS POR BAIXOS.
    OS QUE ESPERAM O N.U , PODE ESPERAR SENTADO POIS ENQUANTO ESTIVER O PSDB NAO TEREMOS NADA.

    Curtir

  4. NIvel Mobral, e os caras querem azarar o nível universitário de Escrivães e Investigadores.
    Vão estudar vagabundos.

    Curtir

  5. INVESTIGADOR TIRADO :
    HEHEHEHE
    Vixe, os agepols tudo caído no desconsolo, salário baixo, sendo zuados pela tiragem, comendo o pão que o demônio amassou com o pé, e a mulher aí tirando uma com a cara deles?
    –SEJA UM POLICIAL COM MULTIPLAS CAPACITAÇÕES………—- rsrsrsr
    Que coisa viu!

    Você está equivocado, na matéria “Escrivães, Investigadores e Policiais civis iniciam mobliação no dia de hoje” no meu comentário # 261 postei parte do edital para o concurso para Agente Policial, no final transcrevi a seguinte pergunta. ” Por que será hem?????. O “Flavião” do comentário # 262 interpretou “a moda dele”. Nesta matéria achei bem propício e criativa a manchete “SEJA UM POLICIAL COM MÚLTIPLAS CAPACITAÇÕES – Concurso Agente Policial da Polícia Civil – ensino médio : vencimentos a partir de R$ 2.278,05”. Enfim a manchete respondeu a minha pergunta. “Por que será hem ????

    Curtir

  6. Escriludida :

    INVESTIGADOR TIRADO :
    HEHEHEHE
    Vixe, os agepols tudo caído no desconsolo, salário baixo, sendo zuados pela tiragem, comendo o pão que o demônio amassou com o pé, e a mulher aí tirando uma com a cara deles?
    –SEJA UM POLICIAL COM MULTIPLAS CAPACITAÇÕES………—- rsrsrsr
    Que coisa viu!

    Você está equivocado, na matéria “Escrivães, Investigadores e Policiais civis iniciam mobliação no dia de hoje” no meu comentário # 261 postei parte do edital para o concurso para Agente Policial, no final transcrevi a seguinte pergunta. ” Por que será hem?????. O “Flavião” do comentário # 262 interpretou “a moda dele”. Nesta matéria achei bem propício e criativa a manchete “SEJA UM POLICIAL COM MÚLTIPLAS CAPACITAÇÕES – Concurso Agente Policial da Polícia Civil – ensino médio : vencimentos a partir de R$ 2.278,05″. Enfim a manchete respondeu a minha pergunta. “Por que será hem ????

    Beleza então, escriludida.

    Curtir

  7. Em tempo: achei bem propícia e criativa a manchete que o Flit deu para o meu comentário #261 da outra já citada matéria.

    Curtir

  8. fala muito :
    NIvel Mobral, e os caras querem azarar o nível universitário de Escrivães e Investigadores.
    Vão estudar vagabundos.

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    NINGUÉM TEM DÓ DE NINGUÉM NESSA PULIÇA.
    É um rindo da desgraça do outro. rsrsrsr
    I vamu qui vamu.

    Curtir

  9. Sou macaco veio, 20 anos nessa merda. Mas tá certo ter que ter apenas ensino fundamental, porque se tem superior que vá procurar outra coisa para fazer, ainda são jovens e saudáveis e sem escolaridade até ajudante de pedreiro ganha mais que isso. E não venha com merda, pois tenho ensino superior e não largo o osso, a PC tá no sangue e por ela luto até a morte, só mais alguns aninhos e tô fora. O caminho para a melhora é a UNIÃO, pois a luta é de todos e por todos.

    Curtir

  10. Anotem aí: das 391 vagas, 200 irão ficar na mão do PCC….

    por pura incompetência do Governo.

    Incompetência que começo a desconfiar…….será que é incompetência ou tem alguma Intenção?

    Que Deus nos ajude……

    Fazer hoje concurso para ser policial sem pedir Nível Universitário é abrir as portas para a criminalidade.

    Não que o diploma superior afaste tudo…..mas dá uma bela barrada…..ao invés de 200 integrantes do PCC, exigindo-se o diploma entraria uns 5.

    Para os da ativa e antigão tomem cuidados com esses paraquedas…..O PCC vai deitar e rolar nesse concurso.

    Mesmo sendo feito pela Vunesp…..que não tem culpa nenhuma……(eximio a vunesp de culpa).

    O Pcc ja investe em candidatos que estejam estudando……tipo arregimentação de exército.

    Curtir

  11. Não entendo mais nada nessa Policia no Concurso de Agente Policial de 2004 Já foi exigido segundo grau ou nível médio. Que PALHAÇADA É ESSA?

    SEGURANÇA PÚBLICA
    POLÍCIA CIVIL DO ESTADO
    DELEGACIA GERAL DE POLÍCIA
    ACADEMIA DE POLÍCIA DR. CORIOLANO
    NOGUEIRA COBRA
    ACADEMIA DE POLÍCIA “DR. CORIOLANO NOGUEIRA
    COBRA”
    CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS PARA INGRESSO NA
    CARREIRA DE AGENTE POLICIAL – AP-1/2004 – CAPITAL
    A Comissão do concurso em epígrafe faz saber que se acha
    instaurado o Concurso Público de Provas para Ingresso à
    Carreira de Agente Policial (AP 1/2004 – CAPITAL), destinado,
    consoante decisão do Excelentíssimo Senhor Doutor Delegado
    Geral de Polícia (Despacho ATPC nº 1492/2004) proferida no
    Procedimento Administrativo DGP nº 4779/2004, que resultou
    no processo nº 06350/2004, às unidades policiais civis sediadas
    no município da Capital. O concurso será regido pela Lei
    Complementar nº 207, de 5-1-1979 (Lei Orgânica da Polícia do
    Estado de São Paulo), pela Lei Complementar nº 683, de 18-9-
    1992 (Dispõe sobre reserva, nos concursos públicos, de percentual de cargos e empregos para portadores de deficiência), pela
    Lei Complementar nº 929, de 24-9-2002 (altera o art. 5º da Lei
    Complementar nº 494, de 24-12-1986, que dispõe sobre a instituição de série de classes policiais civis no Quadro da
    Secretaria de Segurança Pública), pelo Regulamento da
    Academia de Polícia, aprovado pelo artigo 1º da Resolução nº
    SSP-104, de 5-7-1983, com suas alterações e, finalmente, pelas
    Instruções Especiais a seguir alinhadas, que ficam fazendo
    parte integrante deste Edital.
    INSTRUÇÕES ESPECIAIS – AP-1/2004 – CAPITAL
    I – DA COMISSÃO
    A Comissão do concurso, conforme deliberações da
    Congregação da Academia de Polícia, publicada no Diário
    Oficial do Estado do dia 29-5-2004 é constituída pelos professores doutores Ivaney Cayres de Souza, Godofredo Bitencourt
    Filho, Edemur Ercílio Luchiari, Luiz Carlos Uzelin, Valdir Bianchi,
    e pelos suplentes Márcia Heloisa Mendonça Ruiz e José de
    Godoy Pereira Neto, sob a presidência do primeiro nomeado.
    II – DAS VAGAS
    a- Objetiva-se o provimento de 200 (duzentos) cargos
    vagos na classe inicial da carreira de Agente Policial, cujas
    vagas foram destinadas pelo Excelentíssimo Senhor Doutor
    Delegado Geral de Polícia às unidades policiais civis do
    Município da Capital.
    b- Na forma do “caput” do artigo 1º, da Lei Complementar
    nº 683/92, ficam reservados até 5% dos cargos vagos, a serem
    providos por este concurso, na classe inicial para os portadores
    de deficiência física.
    c- As vagas reservadas ficarão liberadas se não tiver ocorrido inscrição, no concurso, ou aprovação de candidatos portadores de deficiência física (artigo 2º, § 2º, da Lei Complementar
    nº 683/92).
    III – DA REMUNERAÇÃO
    O Agente Policial de 5ª classe terá vencimentos mensais de
    R$ 1.120,00 (um mil, cento e vinte reais), composto por: Salário
    Base; Regime Especial de Trabalho Policial (RETP); Adicional de
    Insalubridade; Adicional de local de Exercício; Ajuda de Custo
    de Alimentação; Gratificação por Atividades de Polícia (GAP) e
    Abono Complementar..
    IV – DOS REQUISITOS PARA INSCRIÇÃO
    a- ser brasileiro;
    b- não registrar antecedentes criminais;
    c- estar no gozo dos direitos civis e políticos;
    d- estar quite com o serviço militar,
    e- possuir Carteira Nacional de Habilitação, para dirigir veí-
    culos automotores, de categoria igual ou superior a “D”, com o
    exame de saúde dentro do prazo de validade, e
    f- ter certificado de conclusão do Ensino Médio (antigo 2º
    Grau) ou histórico escolar do Ensino Médio fornecido por estabelecimento oficial ou particular de ensino, devidamente regularizado, observando-se ainda:
    1- quando o certificado de conclusão, da Capital ou do
    Interior de São Paulo, for expedido anteriormente ao ano de
    1980…….

    Curtir

  12. VOTEM NO PSDBosta E SEJA POLICIA.
    NÃO PRECISA SER ALFABETIZADO BASTA O MOBRAL
    E A MEGA AMANHÃ FAZ A FORMATURA DE VARIOS COCHINHA
    CURSO DE NIVEL SUPERIOR EM SEGURANÇA COM DIREITO
    A DIPLOMA E BECA A CIVIL ACABOU.
    AGORA CEM MIL ,COXINHA VAE FAZER CONCURSO PRA AGENTE.

    Curtir

  13. “TIRA VÉIO” :

    AMIGO….
    ENSINO MÉDIO NADA

    PEDE-SE NIVEL F U N D A M E N T A L. VERGONHA NÉ.

    E VOCE ACHA QUE O GOVERNADOR ESTÁ QUERENDO O QUÊ?

    ELE QUER NIVELAR A POLICIA CIVIL POR BAIXO, FAZENDO ESSES NOVOS COITADOS ASSIM COMO NÓS,TRABALHAR DE ESCRIVÃO, HAJA VISTA, TER QUE TER CONHECIMENTO BÁSICO EM INFORMÁTICA, COM ISSO ELE TEM ALIBI PARA NÃO AUMETAR OS SALÁRIOS DE QUALQUER CARREIRA.

    Desculpe-me pelo erro; ja consertamos!
    Uai, mas tem que ter CNH categoria D.

    Curtir

  14. PODE ESQUECER A N.U. SE O GOVERNO VOLTOU ATRAS NA CARREIRA DE AGENTE QUE DESDE 1999 ERA SEGUNDO GRAU OU NÍVEL MÉDIO COMO QUEIRAM, COM CERTEZA VAI VOLTAR ATRAS NA DE ESCRIVÃO E TIRA E ACABAR COM ESSE NEGOCIO DE NÍVEL UNIVERSITÁRIO.

    Curtir

  15. No final da década de 80, sem o curso superior, ganhávamos em torno de dez salários mínimos. Hoje com curso superior, ganhamos três salários.Quem sabe no final do governo psdbosta e para alegria do picolé de chuchu, estaremos ganhando apenas um.

    Curtir

  16. PALHAÇO :
    PODE ESQUECER A N.U. SE O GOVERNO VOLTOU ATRAS NA CARREIRA DE AGENTE QUE DESDE 1999 ERA SEGUNDO GRAU OU NÍVEL MÉDIO COMO QUEIRAM, COM CERTEZA VAI VOLTAR ATRAS NA DE ESCRIVÃO E TIRA E ACABAR COM ESSE NEGOCIO DE NÍVEL UNIVERSITÁRIO.

    Próximo concurso pra tira e escrivão exigirá nível médio. Pra delegado a exigência será de, no mínimo, comprovante de inscrição em qualquer faculdade de direito.

    Curtir

  17. SERÁ QUE QUEM FAZ O EDITAL NÃO CONSULTA A LEI? É TUDO FEITO NAS COXAS.

    Art. 145. Para habilitar-se nas categorias D e E ou para conduzir veículo de transporte coletivo de passageiros, de escolares, de emergência ou de produto perigoso, o candidato deverá preencher os seguintes requisitos:

    I – ser maior de vinte e um anos;

    II – estar habilitado:

    a) no mínimo há dois anos na categoria B, ou no mínimo há um ano na categoria C, quando pretender habilitar-se na categoria D; e

    b) no mínimo há um ano na categoria C, quando pretender habilitar-se na categoria E;

    Curtir

  18. luis :
    Me de diz ai? como faço para conseguir habilitaçao categoria D, com 18 anos?

    Art. 145. Para habilitar-se nas categorias D e E ou para conduzir veículo de transporte coletivo de passageiros, de escolares, de emergência ou de produto perigoso, o candidato deverá preencher os seguintes requisitos:

    I – ser maior de vinte e um anos;

    II – estar habilitado:

    a) no mínimo há dois anos na categoria B, ou no mínimo há um ano na categoria C, quando pretender habilitar-se na categoria D; e

    b) no mínimo há um ano na categoria C, quando pretender habilitar-se na categoria E;

    Curtir

  19. PALHAÇO :
    Não entendo mais nada nessa Policia no Concurso de Agente Policial de 2004 Já foi exigido segundo grau ou nível médio. Que PALHAÇADA É ESSA?
    SEGURANÇA PÚBLICA
    POLÍCIA CIVIL DO ESTADO
    DELEGACIA GERAL DE POLÍCIA
    ACADEMIA DE POLÍCIA DR. CORIOLANO
    NOGUEIRA COBRA
    ACADEMIA DE POLÍCIA “DR. CORIOLANO NOGUEIRA
    COBRA”
    CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS PARA INGRESSO NA
    CARREIRA DE AGENTE POLICIAL – AP-1/2004 – CAPITAL
    A Comissão do concurso em epígrafe faz saber que se acha
    instaurado o Concurso Público de Provas para Ingresso à
    Carreira de Agente Policial (AP 1/2004 – CAPITAL), destinado,
    consoante decisão do Excelentíssimo Senhor Doutor Delegado
    Geral de Polícia (Despacho ATPC nº 1492/2004) proferida no
    Procedimento Administrativo DGP nº 4779/2004, que resultou
    no processo nº 06350/2004, às unidades policiais civis sediadas
    no município da Capital. O concurso será regido pela Lei
    Complementar nº 207, de 5-1-1979 (Lei Orgânica da Polícia do
    Estado de São Paulo), pela Lei Complementar nº 683, de 18-9-
    1992 (Dispõe sobre reserva, nos concursos públicos, de percentual de cargos e empregos para portadores de deficiência), pela
    Lei Complementar nº 929, de 24-9-2002 (altera o art. 5º da Lei
    Complementar nº 494, de 24-12-1986, que dispõe sobre a instituição de série de classes policiais civis no Quadro da
    Secretaria de Segurança Pública), pelo Regulamento da
    Academia de Polícia, aprovado pelo artigo 1º da Resolução nº
    SSP-104, de 5-7-1983, com suas alterações e, finalmente, pelas
    Instruções Especiais a seguir alinhadas, que ficam fazendo
    parte integrante deste Edital.
    INSTRUÇÕES ESPECIAIS – AP-1/2004 – CAPITAL
    I – DA COMISSÃO
    A Comissão do concurso, conforme deliberações da
    Congregação da Academia de Polícia, publicada no Diário
    Oficial do Estado do dia 29-5-2004 é constituída pelos professores doutores Ivaney Cayres de Souza, Godofredo Bitencourt
    Filho, Edemur Ercílio Luchiari, Luiz Carlos Uzelin, Valdir Bianchi,
    e pelos suplentes Márcia Heloisa Mendonça Ruiz e José de
    Godoy Pereira Neto, sob a presidência do primeiro nomeado.
    II – DAS VAGAS
    a- Objetiva-se o provimento de 200 (duzentos) cargos
    vagos na classe inicial da carreira de Agente Policial, cujas
    vagas foram destinadas pelo Excelentíssimo Senhor Doutor
    Delegado Geral de Polícia às unidades policiais civis do
    Município da Capital.
    b- Na forma do “caput” do artigo 1º, da Lei Complementar
    nº 683/92, ficam reservados até 5% dos cargos vagos, a serem
    providos por este concurso, na classe inicial para os portadores
    de deficiência física.
    c- As vagas reservadas ficarão liberadas se não tiver ocorrido inscrição, no concurso, ou aprovação de candidatos portadores de deficiência física (artigo 2º, § 2º, da Lei Complementar
    nº 683/92).
    III – DA REMUNERAÇÃO
    O Agente Policial de 5ª classe terá vencimentos mensais de
    R$ 1.120,00 (um mil, cento e vinte reais), composto por: Salário
    Base; Regime Especial de Trabalho Policial (RETP); Adicional de
    Insalubridade; Adicional de local de Exercício; Ajuda de Custo
    de Alimentação; Gratificação por Atividades de Polícia (GAP) e
    Abono Complementar..
    IV – DOS REQUISITOS PARA INSCRIÇÃO
    a- ser brasileiro;
    b- não registrar antecedentes criminais;
    c- estar no gozo dos direitos civis e políticos;
    d- estar quite com o serviço militar,
    e- possuir Carteira Nacional de Habilitação, para dirigir veí-
    culos automotores, de categoria igual ou superior a “D”, com o
    exame de saúde dentro do prazo de validade, e
    f- ter certificado de conclusão do Ensino Médio (antigo 2º
    Grau) ou histórico escolar do Ensino Médio fornecido por estabelecimento oficial ou particular de ensino, devidamente regularizado, observando-se ainda:
    1- quando o certificado de conclusão, da Capital ou do
    Interior de São Paulo, for expedido anteriormente ao ano de
    1980…….

    COLEGA!!!!

    ACONTECEU TAMBEM COM OS ESCRIVÃES E INVESTIGADORES, NA EPOCA DA NOSSA LUTA PELO NU TAMBEM ACONTECEU ISSO, A GENTE GANHAVA NA JUSTIÇA AI ELES ABRIAM O CONCURSO PARA NIVEL SUPERIOR, DEPOIS VOLTAVA PARA NIVEL MEDIO, ATÉ QUE EM FNIAL DECISÃO JUDICIAL FOI ELABORADA A LEI E EM 2009 QUE PASSOU A TER OBRIGATORIEDADE DE N IVEL SUPERIOR, VOCES TERÃO QUE TOMAR O MESMO CAMINHO, OU SEJA, LUTAR PARA QUE A CARREIRA DE VOCES CONSTEM NA LEI COMO NIVEL MÉDIO.
    É A UNICA SAIDA.

    Curtir

  20. Galera de nível universitário, estuda para passar na PF. Vocês Não tem capacidade pra isso. Entraram na PC respondendo sobre as Bacias Hidrográficas do Brasil nível primário e agora se acham que estão no mesmo patamar de uma RF ou PF?!

    Cambada de zero de cana.

    Curtir

  21. O policial vem do seio da população mais humilde que estuda em escolas públicas municipais e estaduais, no nível que se encontra a educação pública em SP, se exigirem um nível de escolaridade maior que o de simples alfabetizado, nunca serão preenchidos os claros vagos. Quanto a remuneração, esta é compativel para pessoas alfabetizadas, pessoas qualificadas com este nível de escolaridade conseguem na iniciativa privada melhor remuneração, no caso do agente que precisa de habilitação ” D “, como motorista profissional ele conseguirá um salário bem melhor, a estrada é perigosa, mas nada comparado com o caminho que ele ira trilhar como policial.

    Curtir

  22. PALHAÇO :
    PODE ESQUECER A N.U. SE O GOVERNO VOLTOU ATRAS NA CARREIRA DE AGENTE QUE DESDE 1999 ERA SEGUNDO GRAU OU NÍVEL MÉDIO COMO QUEIRAM, COM CERTEZA VAI VOLTAR ATRAS NA DE ESCRIVÃO E TIRA E ACABAR COM ESSE NEGOCIO DE NÍVEL UNIVERSITÁRIO.

    </blockquote

    NO NOSSO CASO, ESCRIVÃES E INVESTIGADORES NÃO DÁ MAIS PARA VOLTAR ATRAS, NÓS SOMOS NIVEL UNIVERSITÁRIO POR FORÇA DE LEI.
    PODE OCORRER DO GOVERNO DAR APENAS UM CALA BOCA PRA GENTE DE AUMENTO, MAS, VOLTAR ATRAS, SEM CHANCE ENTENDEU IRMÃO.

    Curtir

  23. Escriludida :Em tempo: achei bem propícia e criativa a manchete que o Flit deu para o meu comentário #261 da outra já citada matéria.

    Meu vc deve ser uma escrivã muito burra, a tempos na Policia Civil não tem concurso com nivel fundamental, sou da ultima turma de Carcereiro Policial CR/2005 já com
    a exigência de nivel médio, salientando que tanto para Carcereiros ou Agentes Policias a exigência é a mesma, pare de ser otária e só para te informar muitos colegas tanto Carcereiros, Agentes Policiais e as demais carreiras já possuem nivel universitario igual ao teu portanto pare de achar com esse seu curso feito a distancia.

    Curtir

  24. Toda semana o governo da uma paulada na PC, se continuar assim até o fim deste governo estaremos reduzidos a pó.

    Curtir

  25. ue, nao foi falado no incio do ano que haveria uma reestruturaçao e agentes e carcereiros poderiam optar para carreira de investigador… fui…. to aposentando…. abraços…

    Curtir

  26. Boa tarde senhores, estou pensando em ingressar nesse concurso para agente policial, caso alguém aqui tenha esse cargo na PC, poderia me dar alguns detalhes ou dicas da profissão em si, se realiza tarefas semelhantes ao do investigador (eu mesmo gostaria de fazer a prova de investigador, mas falta ainda 1 ano para terminar a faculdade e o concurso já está próximo, paciência). Tenho outras dúvidas, uma delas é se o adicional de insalubridade já está incluído nesse valor mencionado no edital, ou se é recebido à parte: outra dúvida é, porque alteraram o nível de escolaridade, ou seja regrediram, pois alguns meses atrás, eu tinha lido que precisava ter ensino médio, agora mudaram???

    No mais, agradeço a atenção!!
    Forte abraço a todos!!!

    Curtir

  27. padilhakid :
    Boa tarde senhores, estou pensando em ingressar nesse concurso para agente policial, caso alguém aqui tenha esse cargo na PC, poderia me dar alguns detalhes ou dicas da profissão em si, se realiza tarefas semelhantes ao do investigador (eu mesmo gostaria de fazer a prova de investigador, mas falta ainda 1 ano para terminar a faculdade e o concurso já está próximo, paciência). Tenho outras dúvidas, uma delas é se o adicional de insalubridade já está incluído nesse valor mencionado no edital, ou se é recebido à parte: outra dúvida é, porque alteraram o nível de escolaridade, ou seja regrediram, pois alguns meses atrás, eu tinha lido que precisava ter ensino médio, agora mudaram???
    No mais, agradeço a atenção!!
    Forte abraço a todos!!!

    Vc vai ganhar 140,00 reais a menos que o investigador, vai fazer exatamente a mesma coisa, vai segurar as broncas igualzinho e não pode ser chefe. Só isso e nada mais.

    Se quiser saber o que o investigador faz, a resposta é nada o governo finge que nos paga e nós fingimos que trabalhamos.

    Fui claro?

    Curtir

  28. padilhakid :Boa tarde senhores, estou pensando em ingressar nesse concurso para agente policial, caso alguém aqui tenha esse cargo na PC, poderia me dar alguns detalhes ou dicas da profissão em si, se realiza tarefas semelhantes ao do investigador (eu mesmo gostaria de fazer a prova de investigador, mas falta ainda 1 ano para terminar a faculdade e o concurso já está próximo, paciência). Tenho outras dúvidas, uma delas é se o adicional de insalubridade já está incluído nesse valor mencionado no edital, ou se é recebido à parte: outra dúvida é, porque alteraram o nível de escolaridade, ou seja regrediram, pois alguns meses atrás, eu tinha lido que precisava ter ensino médio, agora mudaram???
    No mais, agradeço a atenção!!Forte abraço a todos!!!

    Oras, pergunta no posto Ypiranga.

    Curtir

  29. alfax :
    ue, nao foi falado no incio do ano que haveria uma reestruturaçao e agentes e carcereiros poderiam optar para carreira de investigador… fui…. to aposentando…. abraços…

    Isso o governador falou pra imprensa, mas até agora os carcepas continuam carcepas, os agentes continua agentes.

    Curtir

  30. padilhakid :
    Boa tarde senhores, estou pensando em ingressar nesse concurso para agente policial, caso alguém aqui tenha esse cargo na PC, poderia me dar alguns detalhes ou dicas da profissão em si, se realiza tarefas semelhantes ao do investigador (eu mesmo gostaria de fazer a prova de investigador, mas falta ainda 1 ano para terminar a faculdade e o concurso já está próximo, paciência). Tenho outras dúvidas, uma delas é se o adicional de insalubridade já está incluído nesse valor mencionado no edital, ou se é recebido à parte: outra dúvida é, porque alteraram o nível de escolaridade, ou seja regrediram, pois alguns meses atrás, eu tinha lido que precisava ter ensino médio, agora mudaram???
    No mais, agradeço a atenção!!
    Forte abraço a todos!!!

    Você vai trabalhar junto com os tiras nas ruas, fazer bo, fazer tudo que se tem que fazer na delegacia. Só que você vai ganhar uns 300 reais a menos que o tira, e ainda vai ter que ouvir uma carrada de conversinhas que você é motorista ou motorolas.

    Curtir

  31. Eu acho que o ensino fundamental para um policial é fora de mão, o policial civil perdendo até pros soldados rasos da PM?
    Na PM tem que ter o 2º grau completo pra soldado, e pra uma agente policial o fundamental?
    Parece até gozação isso.

    Curtir

  32. …do jeito que as coisas estão por ai vai ter neguinho com pós-doutorado prestanto pra Agente pra ganhar R$ 2.500,00 por mês. O nível de corte vai ser acima de 98% de acertos…!!! KKKKK

    Curtir

  33. padilhakid :
    Boa tarde senhores, estou pensando em ingressar nesse concurso para agente policial, caso alguém aqui tenha esse cargo na PC, poderia me dar alguns detalhes ou dicas da profissão em si, se realiza tarefas semelhantes ao do investigador (eu mesmo gostaria de fazer a prova de investigador, mas falta ainda 1 ano para terminar a faculdade e o concurso já está próximo, paciência). Tenho outras dúvidas, uma delas é se o adicional de insalubridade já está incluído nesse valor mencionado no edital, ou se é recebido à parte: outra dúvida é, porque alteraram o nível de escolaridade, ou seja regrediram, pois alguns meses atrás, eu tinha lido que precisava ter ensino médio, agora mudaram???
    No mais, agradeço a atenção!!
    Forte abraço a todos!!!

    .
    Carinha,
    .
    Seguinte, dá uma lida nuns posts que vc vai entender do pq da regressão do, nivel de escolaridade.
    A função apesar de especificar como “motorista” é muito mais, uma vez que não tem como vc dirigir uma viatura policial e não agir como policial.
    A PC está sucateada, então já vai se preparando pra fazer de tudo um pouco, desde dirigir viatura até planilhar preso(tocar piano), passando por auxiliar nas documentações dos IP’s e atendimento ao público, depende muito de onde vc for trabalhar (por isso muitos defendem a carreira única), mas fique calmo que tudo isso a academia NÃO ENSINA, mas vai ter uns antigões nos DP’s para tal função, só que sem receber os R$110,00 por aula que os professores da acadepol recebem s´´o pra te contar história de “como era antes” e “no meu tempo…”.
    O salário aí ainda falta a insalubre, que vem uns meses depois da formatura.
    .
    Quem é de fora, ao ver os posts deste blog, acredita que são todos vagabundos que só reclamam da vida e nada fazem para melhorar.
    Muitos realmente são (kkk), mas grande maioria são policiais que gostam, amam o que fazem, e estão descontentes com a atual (20 anos) administração, e encontraram neste blog um dos poucos meios que tem para desabafar e trocar ideias, uma vez que ninguém, e repito, NINGUÉM, gosta da policia (governo não gosta, ladrão não gosta, população não gosta, PM não gosta, mas quando precisa é Deus no céu e policia na terra).
    .
    Se realmente quer entrar, prepare-se. Sou escrivão do último concurso, e apesar das piadas (escrAvão), gosto do que faço, e em dei bem com a rotina. E quanto a seu comentário, sou formado em direito e estava no 4º ano ainda quando fiz o concurso, dando tempo pra toma posse devido a demora. A vunesp é BEM mais rápida que a PC, mas talvez dê tempo, ou seja, faça tanto o concurso de tira, quanto o de escrivão, quanto o de agente (se seu objetivo é entrar), o máximo que pode acontecer é te convocarem pra posse e vc não ter diploma anda, mas o “não” vc já tem, né…
    .
    Lhe adianto, TODAS as carreiras trabalham muito. O escrivão se fode mesmo e não tem jeito. Mas a demais sofrem pela falta de investimento e de recursos, não só salário. Não tem viatura boa, nunca mais ouvi falar de campana, pois as viaturas descaracterizadas são mais manjadas que caracterizadas, aí o policia fica sem opção e acaba não fazendo. Colete? Esquece, maioria vencido. Munição pra treinar tiro? Esquece, o chefe dos tiras prefere ver enfrerrujar do que dar pra equipe. Autorização pra curso? Depende das influencias. Então cara, é foda.
    .
    Mas te garanto que se vc é POLICIA MESMO, você vai reclamar de tudo, mas no primeiro pedido de socorro vai correndo ajudar, isso é o policial. Por mais puto que vc esteja com o governo, vc vai ter claro na menmte que a populção (apesar de votar mal) é só vítima da mídia e do próprio abandono intelectual. Agora se vc só quer um emprego estável, faça outro concurso. O TJ sempre abre vagas pra escrevente, que trabalha menos e paga mais, e muitos outros, só estudar um pouquinho.
    .
    Boa sorte cara. E estuda viu. Essa de exigir nível fundamental é só pra depreciar a PC, o nível vai ser o mesmo de tira, escrivão, agetel e quaquer outra carreira.
    .
    Espero ter ajudado.

    Curtir

  34. ao flavião!
    Quem sabe agora ao inves de ficar enchendo o saco com contrapontos ao NU, fica preocupado com a sua funçao e a devida escolaridade exigida.

    E VIVA A PORTARIA DGP 30! GANHAM SALARIO DE PRIMEIRO GRAU E TRABALHAM EM FUNÇÕES DE NIVEL SUPERIOR!!REALMENTE CONCORDO COM O CARNEIRO! ESSE TEM VISÃO FUTURISTA!RSRSRSRS
    CHUUUUUUUUUUUUUUUPA QUE NÃO É DE UVA.

    Curtir

  35. padilhakid :
    Boa tarde senhores, estou pensando em ingressar nesse concurso para agente policial, caso alguém aqui tenha esse cargo na PC, poderia me dar alguns detalhes ou dicas da profissão em si, se realiza tarefas semelhantes ao do investigador (eu mesmo gostaria de fazer a prova de investigador, mas falta ainda 1 ano para terminar a faculdade e o concurso já está próximo, paciência). Tenho outras dúvidas, uma delas é se o adicional de insalubridade já está incluído nesse valor mencionado no edital, ou se é recebido à parte: outra dúvida é, porque alteraram o nível de escolaridade, ou seja regrediram, pois alguns meses atrás, eu tinha lido que precisava ter ensino médio, agora mudaram???
    No mais, agradeço a atenção!!
    Forte abraço a todos!!!

    Prezada “Padilha”, não venda sua alma ao capeta, já que está quase se formando estude para algo melhor, eu e meus colegas de profissão estamos desgastados e desanimados com a nossa situação. Estude para o TJ, SAP, qualquer outra coisa, não é difícil, você conseguirá com certeza!

    Curtir

  36. tira 13 :
    ao flavião!
    Quem sabe agora ao inves de ficar enchendo o saco com contrapontos ao NU, fica preocupado com a sua funçao e a devida escolaridade exigida.
    E VIVA A PORTARIA DGP 30! GANHAM SALARIO DE PRIMEIRO GRAU E TRABALHAM EM FUNÇÕES DE NIVEL SUPERIOR!!REALMENTE CONCORDO COM O CARNEIRO! ESSE TEM VISÃO FUTURISTA!RSRSRSRS
    CHUUUUUUUUUUUUUUUPA QUE NÃO É DE UVA.

    .
    Eles (ag, carc, e cia.) ganham salario de fundamental e fazem trabalho de superior…
    .
    ou…
    .
    NÓS GANHAMOS SALARIO DE FUNDAMENTAL E FAZEMOS TRABALHO DE SUPERIOR???
    .
    Pense bem cara… eles tão bem…
    .
    reflita

    Curtir

  37. Primeiro grau, Carcereiro, Agente Policial, Atendente de Necroterio Policial e Auxiliar de Papi, a policia civil deveria brigar para elevar todas as carreiras para no minino segundo grau.

    Curtir

  38. Até a pessoa que vende icegurt está ganhando mais que o policial é o fim da picada!!!!!!!

    Curtir

  39. Uma pergunta ao policiais. Qual a melhor opção? Escrivão? Tira? Agente Policial? Eu sei que a situação não é boa para nenhuma carreira da Civil, mas pretende ingressar em um desses cargos.

    Curtir

  40. Com todo respeito aos colegas. Não existe mais carreira na PC, pois ninguem tem mais função ao não ser atendimento ao público e telefonico. É uma pena ter chegado onde chegou. O PSDB continua fazendo manobras vil em relação aos policiais ganhando tempo para não pagar o salário adeuqado para cada carreira e ainda sugando um pouco mais do que as verdadeiras atribuições de cada uma. Tudo isso é vitrine para a população onde ele diz que está investindo na segurança para continuarmos a ser um cartório gigante para PM, ou seja, as Centrais e CPJs. Essa é o unico interesse desse governo militarizado.O que me indigna é o comodismo e submissão de todos os policiais destas unidades.Estamos cavando nossa cova. Um abraço a todos e desculpe o desabafo. São 22 anos vendo injustiças nessa Policia .

    Curtir

  41. CARCEPOL :

    Escriludida :Em tempo: achei bem propícia e criativa a manchete que o Flit deu para o meu comentário #261 da outra já citada matéria.

    Meu vc deve ser uma escrivã muito burra, a tempos na Policia Civil não tem concurso com nivel fundamental, sou da ultima turma de Carcereiro Policial CR/2005 já coma exigência de nivel médio, salientando que tanto para Carcereiros ou Agentes Policias a exigência é a mesma, pare de ser otária e só para te informar muitos colegas tanto Carcereiros, Agentes Policiais e as demais carreiras já possuem nivel universitario igual ao teu portanto pare de achar com esse seu curso feito a distancia.

    INVESTIGADOR TIRADO :

    Escriludida :

    INVESTIGADOR TIRADO :HEHEHEHEVixe, os agepols tudo caído no desconsolo, salário baixo, sendo zuados pela tiragem, comendo o pão que o demônio amassou com o pé, e a mulher aí tirando uma com a cara deles?–SEJA UM POLICIAL COM MULTIPLAS CAPACITAÇÕES………—- rsrsrsrQue coisa viu!

    Você está equivocado, na matéria “Escrivães, Investigadores e Policiais civis iniciam mobliação no dia de hoje” no meu comentário # 261 postei parte do edital para o concurso para Agente Policial, no final transcrevi a seguinte pergunta. ” Por que será hem?????. O “Flavião” do comentário # 262 interpretou “a moda dele”. Nesta matéria achei bem propício e criativa a manchete “SEJA UM POLICIAL COM MÚLTIPLAS CAPACITAÇÕES – Concurso Agente Policial da Polícia Civil – ensino médio : vencimentos a partir de R$ 2.278,05″. Enfim a manchete respondeu a minha pergunta. “Por que será hem ????

    Beleza então, escriludida.

    EspeCialmente para o CARCEPOL #26 – Leia com muita atenção meu próximo comentário nesta matéria.

    Curtir

  42. juca :
    Uma pergunta ao policiais. Qual a melhor opção? Escrivão? Tira? Agente Policial? Eu sei que a situação não é boa para nenhuma carreira da Civil, mas pretende ingressar em um desses cargos.

    .
    Vai do perfil cara.
    Escrivão é administrastivo, basicamente.
    Tira e agente fazem basicamente o mesmo, mas tira tem mais regalias devido a historia.
    Se puder escolher: Tira, sem duvida.
    O agente não é auxiliar geral, não. É que todas as carreiras acabam trabalhando em funções derivadas.
    Acontece que, na prática, devido ao sucateamento, a única coisa realmente cobrada é o andamento dos feitos, ou seja, escrivão trabalhando, que é um cargo que não tem, então, pela amizade e coleguismo, muitas carreiras acabam dando um força ao escrivão pro negocio andar.
    Entenda, a função de todos é o prosseguimento do feito, se não tem escrivão e o negocio pára, o Judiciario não quer saber e cobra a autoridade policial, aí pra não um clima chato, tipo: o escrivão loco trabalhando e o resto parado, todos ajudam.
    .
    Mas a vantagem do tira qual é: se resolver bater de frente e dizer: “Não faço, não é minha função”, não tem como cobrar o cara, assim como o agente, só que se tiver que fazer dez mil diligencias de entrega de doc’s pela cidade, o tira pode falar não, mas o agente não, devido a função de motorista…
    .
    Phoda né…

    Curtir

  43. fala muito :
    NIvel Mobral, e os caras querem azarar o nível universitário de Escrivães e Investigadores.
    Vão estudar vagabundos.

    fala muito :
    NIvel Mobral, e os caras querem azarar o nível universitário de Escrivães e Investigadores.
    Vão estudar vagabundos.

    Vai dar meia hora de bunda, vc deve ser um mão cansada do caralho, zero cana, se tem alguem que trabalha nesta merda é o tal do agepol, só que quem leva os créditos são os bostas igual vc.

    Curtir

  44. Estamos na roça!!!!!!!! :
    Até a pessoa que vende icegurt está ganhando mais que o policial é o fim da picada!!!!!!!

    juca :
    Então pelo jeito o agente policial é tipo um “auxiliar de serviços gerais”?

    Só se o cara for um zero a esquerda, um quiser pagar intimação, se vc tiver pique pra trampar, pode ter certeza que vai ter um lugar na chefia, ou em alguma especializada.

    Curtir

  45. Lei Complementar 1151 de 25/10/2012
    Artigo 4º – Constituem exigências prévias para inscrição no
    concurso público de ingresso nas carreiras policiais civis ser portador de nível de escolaridade estabelecido para cada carreira
    no artigo 5º da Lei Complementar nº 494, de 24 de dezembro
    de 1986, e no artigo 1º da Lei Complementar nº 1.067, de 1º de
    dezembro de 2008.

    Lei Complementar 494 de 24/12/1986
    Artigo 5º — Para o ingresso a que se refere o artigo anterior será exigido:
    I — certificado de primeiro grau ou equivalente, para as séries de classes de:
    a) Carcereiro;
    b) Agente Policial;
    c) Atendente de Necrotério Policial;
    d) Auxiliar de Papiloscopista Policial;
    II — certificado de segundo grau ou equivalente, para as séries de classes de:
    a) Escrivão de Polícia;
    b) Investigador de Polícia;
    c) Agente de Telecomunicações Policial;
    d) Fotógrafo Técnico-Pericial;
    e) Auxiliar de Necrópsia;
    f) Desenhista Técnico-Pericial;
    g) Papiloscopista Policial;
    III — diploma de nível universitário ou habilitação legal, compatível com as atribuições próprias do cargo, para a série de classes de Perito Criminal.
    Lei Complementar 1067 de 1º de dezembro de 2008
    Artigo 1º – Para o ingresso nas carreiras de Escrivão de Polícia e Investigador de Polícia, exigir-se-á diploma de graduação de nível superior ou habilitação legal correspondente.
    O que vale é a Lei, salvo engano o último concurso para Agente Policial foi em 2004, e no edital do certame elevou-se a escolaridade exigida de 1º grau completo (atual ensino fundamental) para 2º grau completo (atual ensino médio). Mas infelizmente não foi promulgada a Lei Complementar para a alteração dos níveis de escolaridade para ingresso nas carreiras de carcereiro, agente policial, atendente de necrotério policial e auxiliar de papiloscopista policial; continuou valendo a LC 494/1986 (vide artigo 5º). Já para as carreiras de Escrivão e Investigador, foi promulgada a LC 1067/2008 (vide Artigo 1º).
    ___________________________________________________________________
    Só para completar, minhas formações universitárias são Matemática pela Unicamp e Administração de Empresas pela Faculdades Padre Anchieta de Jundiaí (atual Universidade Padre Anchieta) e tenho hábito de pesquisar, antes de sair comentando sem conhecer o assunto. Me senti extremamente ofendida pelo seu comentário # 26, mas não vou revidar, perdôo a “tua doce ignorância”.

    Curtir

  46. por enquanto não temos carreira única. portanto, escrivão escreve, investigador investiga, operador cuida das comunic ações, agente policial dirige viatura. o resto é conversa fiada. aquele que está fora de suas obrigações tem algum interesse em agir assim, ou medo da autoridade, ou, simplesmente, não sabe interpretar lei nenhuma.E, delegao cumpre o que diz o artigo 6º do cpp.o resto é cnversa de lavadeira.( escrivão e investigador não participa de movimento algum,não cumpre nem ao menos o que foi orientado naquela cartilha- querem o que?) Por último aqueles que estão em funções que não exige NU devem se negar a fazer qq tipo de serviço daqueles que detem essa erscolaridade. não são obrigados. fazem porque querem ou porque tem algum interesse.

    Curtir

  47. Escribão, obrigado pela clareza das informações, me ajudou muito, não custa nada tentar, como você disse o “não” eu já tenho, vou tentar seguir essa sua recomendação de fazer a prova pras 3 carreiras(mesmo com receio de após formado demorar um pouco mais para receber o diploma, como acontece em muitas faculdades), eu tenho interesse em entrar pela policia por questão de gosto na área, e contribuição que poderia dar à nossa amada São Paulo.

    Abraços!!

    *em relação aos que reclamam de partidos e mais partidos, talvez tenhamos uma luz no fim do túnel que valorize os profissionais da área policial (mesmo que num futuro incerto), para quem não sabe, o ARENA está para se tornar ativo novamente, tendo a sede lá no Rio Grande do Sul, bem como representações nos principais Estados e são estudantes que estão encabeçando o projeto. O partido tem como máxima , a personalidade de ser uma legenda de Direita (que preserve os bons costumes) sem modismos e sem alianças tendenciosas, em suma é esperar pra ver….

    Curtir

  48. Dr. Conde Guerra, ajuda aí, meu comentário # 45 postado hoje às 18:50 ainda está aguardando moderação”, se for … abduzido…, o meu comentário # 49 vai ficar meio sem sentido.

    Curtir

  49. E agora josé? :

    padilhakid :
    Boa tarde senhores, estou pensando em ingressar nesse concurso para agente policial, caso alguém aqui tenha esse cargo na PC, poderia me dar alguns detalhes ou dicas da profissão em si, se realiza tarefas semelhantes ao do investigador (eu mesmo gostaria de fazer a prova de investigador, mas falta ainda 1 ano para terminar a faculdade e o concurso já está próximo, paciência). Tenho outras dúvidas, uma delas é se o adicional de insalubridade já está incluído nesse valor mencionado no edital, ou se é recebido à parte: outra dúvida é, porque alteraram o nível de escolaridade, ou seja regrediram, pois alguns meses atrás, eu tinha lido que precisava ter ensino médio, agora mudaram???
    No mais, agradeço a atenção!!
    Forte abraço a todos!!!

    Prezada “Padilha”, não venda sua alma ao capeta, já que está quase se formando estude para algo melhor, eu e meus colegas de profissão estamos desgastados e desanimados com a nossa situação. Estude para o TJ, SAP, qualquer outra coisa, não é difícil, você conseguirá com certeza!

    Se vc quer ser polícia, preste este concurso, apesar de ser de “nivel fundamental”, faz o mesmo serviço de investigador, só não pode ser chefe, e no abismo entre o nivel fundamental e o grande N.U. dos investigadores, o agente recebe uns trezentos contos a menos, ou seja, se um zé ruela quiser estudar só até a oitava série ele vai ganhar trezentinho a menos que o investigador, que no mínimo vai estudar sete anos a mais, ou seja, o nosso maravilhoso governo do PSDB paga cerca de incríveis R$ 42,00, por ano de estudo do polícia (um grande incentivo). E quanto ao fato de ter caido o nivel de escolaridade, a resposta está em quem nos governa, que em um ano o concurso é de segundo grau, no outro é primeiro, como já teve concurso de investigador que foi superior depois voltou para o segundo grau, e agora é novamente nivel universitário, mas ainda ganha menos que algumas carreiras de segundo grau.
    Espero que com estas poucas explicações, você perceba na zona que vc vai se meter. Boa sorte.

    Curtir

  50. PALHAÇO :
    PODE ESQUECER A N.U. SE O GOVERNO VOLTOU ATRAS NA CARREIRA DE AGENTE QUE DESDE 1999 ERA SEGUNDO GRAU OU NÍVEL MÉDIO COMO QUEIRAM, COM CERTEZA VAI VOLTAR ATRAS NA DE ESCRIVÃO E TIRA E ACABAR COM ESSE NEGOCIO DE NÍVEL UNIVERSITÁRIO.

    não é que voltou atrás, é que essa lei de 2002 foi considerada com vício de iniciativa pelo TJ-SP e quando o governadorlixão editou a nova lei em 2008, não incluiu os agentes policiais, apenas investigadores e escrivães, mas o filho da puta elevou os coxinhas que após ingressarem na coxolandia com 2º grau se formam coxinhas de nível superior em segurança pública.

    Curtir

  51. Macaco véio :
    Sou macaco veio, 20 anos nessa merda. Mas tá certo ter que ter apenas ensino fundamental, porque se tem superior que vá procurar outra coisa para fazer, ainda são jovens e saudáveis e sem escolaridade até ajudante de pedreiro ganha mais que isso. E não venha com merda, pois tenho ensino superior e não largo o osso, a PC tá no sangue e por ela luto até a morte, só mais alguns aninhos e tô fora. O caminho para a melhora é a UNIÃO, pois a luta é de todos e por todos.

    Falou tudo antigão, parabens.

    Curtir

  52. PALHAÇO :
    Não entendo mais nada nessa Policia no Concurso de Agente Policial de 2004 Já foi exigido segundo grau ou nível médio. Que PALHAÇADA É ESSA?
    SEGURANÇA PÚBLICA
    POLÍCIA CIVIL DO ESTADO
    DELEGACIA GERAL DE POLÍCIA
    ACADEMIA DE POLÍCIA DR. CORIOLANO
    NOGUEIRA COBRA
    ACADEMIA DE POLÍCIA “DR. CORIOLANO NOGUEIRA
    COBRA”
    CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS PARA INGRESSO NA
    CARREIRA DE AGENTE POLICIAL – AP-1/2004 – CAPITAL
    A Comissão do concurso em epígrafe faz saber que se acha
    instaurado o Concurso Público de Provas para Ingresso à
    Carreira de Agente Policial (AP 1/2004 – CAPITAL), destinado,
    consoante decisão do Excelentíssimo Senhor Doutor Delegado
    Geral de Polícia (Despacho ATPC nº 1492/2004) proferida no
    Procedimento Administrativo DGP nº 4779/2004, que resultou
    no processo nº 06350/2004, às unidades policiais civis sediadas
    no município da Capital. O concurso será regido pela Lei
    Complementar nº 207, de 5-1-1979 (Lei Orgânica da Polícia do
    Estado de São Paulo), pela Lei Complementar nº 683, de 18-9-
    1992 (Dispõe sobre reserva, nos concursos públicos, de percentual de cargos e empregos para portadores de deficiência), pela
    Lei Complementar nº 929, de 24-9-2002 (altera o art. 5º da Lei
    Complementar nº 494, de 24-12-1986, que dispõe sobre a instituição de série de classes policiais civis no Quadro da
    Secretaria de Segurança Pública), pelo Regulamento da
    Academia de Polícia, aprovado pelo artigo 1º da Resolução nº
    SSP-104, de 5-7-1983, com suas alterações e, finalmente, pelas
    Instruções Especiais a seguir alinhadas, que ficam fazendo
    parte integrante deste Edital.
    INSTRUÇÕES ESPECIAIS – AP-1/2004 – CAPITAL
    I – DA COMISSÃO
    A Comissão do concurso, conforme deliberações da
    Congregação da Academia de Polícia, publicada no Diário
    Oficial do Estado do dia 29-5-2004 é constituída pelos professores doutores Ivaney Cayres de Souza, Godofredo Bitencourt
    Filho, Edemur Ercílio Luchiari, Luiz Carlos Uzelin, Valdir Bianchi,
    e pelos suplentes Márcia Heloisa Mendonça Ruiz e José de
    Godoy Pereira Neto, sob a presidência do primeiro nomeado.
    II – DAS VAGAS
    a- Objetiva-se o provimento de 200 (duzentos) cargos
    vagos na classe inicial da carreira de Agente Policial, cujas
    vagas foram destinadas pelo Excelentíssimo Senhor Doutor
    Delegado Geral de Polícia às unidades policiais civis do
    Município da Capital.
    b- Na forma do “caput” do artigo 1º, da Lei Complementar
    nº 683/92, ficam reservados até 5% dos cargos vagos, a serem
    providos por este concurso, na classe inicial para os portadores
    de deficiência física.
    c- As vagas reservadas ficarão liberadas se não tiver ocorrido inscrição, no concurso, ou aprovação de candidatos portadores de deficiência física (artigo 2º, § 2º, da Lei Complementar
    nº 683/92).
    III – DA REMUNERAÇÃO
    O Agente Policial de 5ª classe terá vencimentos mensais de
    R$ 1.120,00 (um mil, cento e vinte reais), composto por: Salário
    Base; Regime Especial de Trabalho Policial (RETP); Adicional de
    Insalubridade; Adicional de local de Exercício; Ajuda de Custo
    de Alimentação; Gratificação por Atividades de Polícia (GAP) e
    Abono Complementar..
    IV – DOS REQUISITOS PARA INSCRIÇÃO
    a- ser brasileiro;
    b- não registrar antecedentes criminais;
    c- estar no gozo dos direitos civis e políticos;
    d- estar quite com o serviço militar,
    e- possuir Carteira Nacional de Habilitação, para dirigir veí-
    culos automotores, de categoria igual ou superior a “D”, com o
    exame de saúde dentro do prazo de validade, e
    f- ter certificado de conclusão do Ensino Médio (antigo 2º
    Grau) ou histórico escolar do Ensino Médio fornecido por estabelecimento oficial ou particular de ensino, devidamente regularizado, observando-se ainda:
    1- quando o certificado de conclusão, da Capital ou do
    Interior de São Paulo, for expedido anteriormente ao ano de
    1980…….

    É o grande chuchu, campeão!!! Segurança pública em boas mãos.

    Curtir

  53. PALHAÇO :

    luis :
    Me de diz ai? como faço para conseguir habilitaçao categoria D, com 18 anos?

    Art. 145. Para habilitar-se nas categorias D e E ou para conduzir veículo de transporte coletivo de passageiros, de escolares, de emergência ou de produto perigoso, o candidato deverá preencher os seguintes requisitos:
    I – ser maior de vinte e um anos;
    II – estar habilitado:
    a) no mínimo há dois anos na categoria B, ou no mínimo há um ano na categoria C, quando pretender habilitar-se na categoria D; e
    b) no mínimo há um ano na categoria C, quando pretender habilitar-se na categoria E;

    To falando que estamos em boas mãos, a código de trânsito de São Paulo é diferente, alias tudo aqui é diferente, soldado ganhando mais que investigador, segundo grau ganhando mais que N.U, concurso ano um nivel, no outro ano um nivel diferente, no outro ano volta para o nivel anterior, esse edital é uma piada, é um atestado de incompetência, da-lhe Chuchu adubo do PCC. Parabéns.

    Curtir

  54. Macaco véio :
    Sou macaco veio, 20 anos nessa merda. Mas tá certo ter que ter apenas ensino fundamental, porque se tem superior que vá procurar outra coisa para fazer, ainda são jovens e saudáveis e sem escolaridade até ajudante de pedreiro ganha mais que isso. E não venha com merda, pois tenho ensino superior e não largo o osso, a PC tá no sangue e por ela luto até a morte, só mais alguns aninhos e tô fora. O caminho para a melhora é a UNIÃO, pois a luta é de todos e por todos.

    É isso aí meu irmão. Tambem tenho o N.U. e comungo da sua opinião, temos que nos unir, sozinhos não somos nada. Abraço e boa sorte a todos nós, vamos precisar.

    Curtir

  55. PadilhaKid,
    Isso aí… A pc precisa de gente nova, oxigenar um pouco. Não que os antigos não prestam, longe disso, mesmo porque mil academias não ensinariam o que um policial antigo pode te ensinar.
    O que acontece é que o governo psdb judiou muito deles, acabou a vontade.

    Curtir

  56. É UMA PENA QUE PERDEMOS UM GRANDE “PARCEIRO”. O EX SSP ESTAVA FAZENDO UM EXCELENTE TRABALHO PARA 2014 ! NÃO DESANIMEMOS . FALTA POUCO . ESTES CRÁPULAS DO PSDB VÃO TER O QUE MERECEM . O DESESPERO DELES E DA MÍDIA GOLPISTA QUE OS “ENCOBREM” JÁ ESTÁ FICANDO EVIDENTE .

    Curtir

  57. PadilhaKid,
    Depois que vc entrar, vc vai ver que uns caras que entraram nos anos noventa ganhavam o equivalente a dez ou onze salários mínimos, daria hoje algo em torno de seis mil cara. Agora imagina programar sua vida pra um salário de seis e terminar ganhando três…phoda né

    Curtir

  58. Escribão, sim concordo (a pessoa estar condicionada a ter uma renda e essa renda decair, é complicado), mas vou aproveitar que sou meio “moleque ” ainda 25 anos( sem filhos e sem mulher pra sustentar) e ver se a profissão se enquadra com o que eu tenho como ideal, caso contrário, não tenho nada a perder e me desligo, voltando pro setor privado.

    Curtir

  59. luiz :
    Toda semana o governo da uma paulada na PC, se continuar assim até o fim deste governo estaremos reduzidos a pó.

    Desculpe-me Luis, mas a paulada foi dada o ano passado e niguém percebeu, nem as categorias prejudicadas
    LEI COMPLEMENTAR Nº 1.151, DE 25 DE OUTUBRO DE 2011

    Artigo 4º – Constituem exigências prévias para inscrição no concurso público de ingresso nas carreiras policiais civis ser portador de nível de escolaridade estabelecido para cada carreira no artigo 5º da Lei Complementar nº 494, de 24 de dezembro de 1986, e no artigo 1º da Lei Complementar nº 1.067, de 1º de dezembro de 2008.

    A saber:
    artigo 5º da Lei Complementar nº 494, de 24 de dezembro de 1986
    Artigo 5º — Para o ingresso a que se refere o artigo anterior será exigido:
    I — certificado de primeiro grau ou equivalente, para as séries de classes de:
    a) Carcereiro;
    b) Agente Policial;
    c) Atendente de Necrotério Policial;
    d) Auxiliar de Papiloscopista Policial;
    II — certificado de segundo grau ou equivalente, para as séries de classes de:
    a) Escrivão de Polícia;
    b) Investigador de Polícia;
    c) Agente de Telecomunicações Policial;
    d) Fotógrafo Técnico-Pericial;
    e) Auxiliar de Necrópsia;
    f) Desenhista Técnico-Pericial;
    g) Papiloscopista Policial;
    III — diploma de nível universitário ou habilitação legal, compatível com as atribuições próprias do cargo, para a série de classes de Perito Criminal.
    artigo 1º da Lei Complementar nº 1.067, de 1º de dezembro de 2008
    Artigo 1º – Para o ingresso nas carreiras de Escrivão de Polícia e Investigador de Polícia, exigir-se-á diploma de graduação de nível superior ou habilitação legal correspondente.

    Infelizmente está lei foi aprovada no ano passado e ninguem se manifestou, muito menos os sindicatos e associações das categorias.

    Curtir

  60. Deve ter algo errado, pois, qdo prestei esse concurso em 2004 era exigido o 2º grau e agora só o fundamental? Se for verdade vou entrar com ação pra igualar meu salário com as categorias de 2º grau, para qual eu fiz o concurso!
    Sem palavras se isso for verdade!

    Curtir

  61. então Juca , enquanto vocês lutam prá equiparar o seus salarios com nivel de 2º grau, os tiras e escribas querem fazer valer o que de direito igualando com os de 3º graus. sem mais

    Curtir

  62. Comentávamos aqui, e os agentes policiais não acreditavam, preferiram nos ofender do que criticar o governo, que depois de 1999, rebaixou a categoria para o antigo 1º grau, junto aos carcereiros

    Curtir

  63. ESCRIBÃO, lembrei de mais uma coisa, última pergunta e paro de te amolar (hehehehe), a questão é: o local e unidade de trabalho é decidido de acordo com minha nota na prova do concurso ou é decidido na academia?? Como funciona?? Pois possuo residência aqui na cidade de sp e tenho receio de ser enviado para uma cidade a mais de 300-500 km daqui da capital, agora se fosse (guarulhos, cotia, osasco, etc, não teria problema, já que é relativamente próximo daqui). Ou vai muito da necessidade de pessoas…enfim, mais uma vez obrigado …boa noite!!

    abraço!!!

    Curtir

  64. Não sei se mais alguém notou que tem escrivães e investigadores que estão se demonstrando contentes em ver que, uma das carreiras que alguns frustrados denominam “restopol”, continua esquecida no tempo, como se fossem meros funcionários desprezíveis.
    Mas eu percebi essa alegria com a desgraça alheia. É como parar no farol num dia chuvoso e frio, dentro do calor e conforto do seu carro, e se alegrar em ver uma pessoa deitada no chão molhado e frio da calçada.
    O fato de ainda existir uma carreira na polícia civil, com a exigência escolar inferior à exigida a um funcionário braçal de uma empresa qualquer, é algo aviltante e desolador, não somente aos nossos colegas policiais agentepols e carcepols, como também pra todos nós, que ao contrário do que muitos pensam, principalmente aqueles que caçoam em ver o desmerecimento aos nossos colegas, nós todos saímos perdendo com isso.
    De nada adianta existir 2 cargos operacionais (escripol e investipol) que exigem NU, se aqueles integrantes desmerecidos e esquecidos no tempo pela falta de interesse em atualizar a nossa instituição, executam, e continuarão a executar, até mesmo MELHOR que muitos, os serviços relativos a essas 2 carreiras NU.
    Vocês integrantes das carreiras que hoje se exige o NU, não se iludam na esperança que esse desmerecimento e descaso maldoso para com os nossos colegas agentepols e carcepols, vão fazer com que eles parem no tempo e fiquem da forma que muitos daqui esperam e desejam ardentemente que fiquem; ou seja, de braços cruzados, muito pelo contrário, conheço carcereiro e agentepol, que mesmo sendo taxado por otários, trouxas, usurpadores, analfabetos e incompetentes, abaixam a cabeça, pegam os seus papéis, e saem à luta pelas ruas para cumpri-las, dando um valioso exemplo aqueles que só sabem reclamar e desmerecer quem trabalha.
    Eu confesso que fico muito triste pelos meus colegas agentepols e carcepols, em ver que, passa ano, entra ano, mesmo eles lutando diariamente ao nosso lado, pelas madrugadas afora nos balcões de centrais e ruas, eles continuam a ser alvo da maldade de alguns indivíduos que, na verdade, sofrem de uma frustração de pesado fardo, em não terem conseguido um cargo que realmente DÊ ORDENS (delegado, promotor, juiz, médico, engenheiro, perito criminal etc).
    Fica aqui registrado o meu apelo às nossas autoridades policiais, ao SSP e ao nosso DGP, para que se comovam com essa desvalorização para com esses NOSSOS IGUAIS OPERACIONAIS.
    Que Deus nos ajude!

    Curtir

  65. demorou :então Juca , enquanto vocês lutam prá equiparar o seus salarios com nivel de 2º grau, os tiras e escribas querem fazer valer o que de direito igualando com os de 3º graus. sem mais

    Usando poucas palavras escritas, você do codinome “demorou” conseguiu concatenar o essencial. Parabéns. Já dizia Maquiavel: “E é que há três tipos de cérebros: – daqueles que discernem as coisas por si próprio, daqueles não sabem discernir, mas entendem o que os outros discerniram e os daqueles que não discernem e não entendem o que os outros discerniram. O primeiro tipo é excelente, o segundo é essencial, e o terceiro é completamente inútil”.

    Curtir

  66. É triste ver como as carreiras se menosprezam. Um diz “eu sou melhor do que você porque a minha carreira exige ensino médio”, o outro “eu sou melhor porque na minha é exigido diploma universitário”… outro “eu investigo e você bate grade, então sou melhor do que você”, outro “investigador não sabe nem ler e escrever… eu sei porque faço papel”, outro “ensino fundamental vai encher de PCC na PC”… é cada uma

    Eu fico aqui pensando… quem é mais incompetente… o cara que tem ensino fundamental e presta um concurso para uma instituição decadente para ganhar R$2.200,00 ou o cara que se gaba de ter nível universitário e presta o concurso para a mesma instituição para ganhar R$3.000,00 ?
    Na iniciativa privada o cara que certificado de ensino fundamental teria poucas opções… e com certeza salário bem mais baixos, talvez R$1.000,00 ou R$1.500,00… claro.. se tiver sorte.
    E alguém com nível universitário é que seja bom na sua área? talvez tenha um salário melhor, ou mesmo, dependendo do curso, abrir o seu próprio negócio, afinal, gastou uma boa grana para conseguir tal certificado, gastou boa parte do seu tempo para se fazer presente às aulas, não é fácil, claro, se não for como a maioria que fica no bar, etc.
    Então… vendo por este ponto de vista, das duas uma, ou o cara com nível universitário é incompetente na sua área e corre pra se agarrar num concurso para ganhar R$3.000,00 por mês ou estou enganado a respeito de ser um salário baixo.

    Melhor seria se a querida ACADEPOL tivesse um curso de formação único e longo para formar o aprovado no concurso em algum curso superior relacionado a área de segurança, preparando tal indivíduo com relação as leis, os serviços da PC, formando assim bons profissionais e não apenas mais um.

    Curtir

  67. 30/11/2012 08h12 – Atualizado em 30/11/2012 09h11
    PM é morto em assalto na Zona Sul de SP
    Crime aconteceu na região do Capão Redondo, na manhã desta sexta.
    Ladrões levaram a moto do policial.
    Do G1 São Paulo

    8 comentários
    Um policial militar foi morto em um assalto por volta das 6h desta sexta-feira, na Rua Rosário Escamarte, na região do Capão Redondo, na Zona Sul de São Paulo. De acordo com a PM, ele foi abordado por criminosos quando ia de moto para o trabalho nesta manhã.
    Os criminosos anunciaram o assalto e policial tentou se defender. Eles fugiram levando a moto. O PM foi levado em estado grave para o Hospital M’Boi Mirim, mas não resistiu aos ferimentos.
    saiba mais
    Nove pessoas são mortas na Grande SP na madrugada desta sexta-feira
    Filhas veem mãe e noivo serem mortos em assalto na Zona Sul de SP
    Policial é baleado em tentativa de assalto na Zona Leste de SP
    Madrugada violenta
    Nove pessoas foram mortas em São Paulo entre a noite desta quinta (29) e a madrugada desta sexta-feira na região metropolitana de São Paulo. Na capital, quatro morreram em um ataque na Zona Norte e um casal foi assassinado em uma tentativa de assalto na Avenida dos Bandeirantes, na Zona Sul.

    Na Freguesia do Ó, ao menos seis pessoas foram baleadas em um bar na Estrada do Sabão, no Jardim Maristela, por volta de 0h30 desta sexta. Dois homens chegaram ao bar em uma motocicleta. Um desceu e fez os disparos. Quatro pessoas morreram e duas ficaram feridas em estado grave. Uma costureira de 46 anos que tinha parado no bar para cumprimentar um vizinho está entre os feridos. Nenhum suspeito foi preso.

    Na região do Campo Belo, na Zona Sul da capital, um casal foi morto a tiros em uma tentativa de assalto na Avenida dos Bandeirantes, na noite desta quinta-feira. As vítimas estavam em uma motocicleta quando foram abordadas por dois homens em outra moto na altura da Rua Ribeiro do Vale. As filhas do primeiro casamento da mulher viajavam de carro, atrás do casal, e viram o crime.

    Na Zona Leste, a polícia registrou uma morte em Cidade Tiradentes. Na Grande São Paulo, uma pessoa foi morta no Jardim Iracema, em Barueri, e uma em Mauá, no ABC. Nesse último ataque, uma outra pessoa ficou ferida e continuava internada na manhã desta sexta-feira.

    Curtir

  68. quem é pior… :
    É triste ver como as carreiras se menosprezam. Um diz “eu sou melhor do que você porque a minha carreira exige ensino médio”, o outro “eu sou melhor porque na minha é exigido diploma universitário”… outro “eu investigo e você bate grade, então sou melhor do que você”, outro “investigador não sabe nem ler e escrever… eu sei porque faço papel”, outro “ensino fundamental vai encher de PCC na PC”… é cada uma
    Eu fico aqui pensando… quem é mais incompetente… o cara que tem ensino fundamental e presta um concurso para uma instituição decadente para ganhar R$2.200,00 ou o cara que se gaba de ter nível universitário e presta o concurso para a mesma instituição para ganhar R$3.000,00 ?
    Na iniciativa privada o cara que certificado de ensino fundamental teria poucas opções… e com certeza salário bem mais baixos, talvez R$1.000,00 ou R$1.500,00… claro.. se tiver sorte.
    E alguém com nível universitário é que seja bom na sua área? talvez tenha um salário melhor, ou mesmo, dependendo do curso, abrir o seu próprio negócio, afinal, gastou uma boa grana para conseguir tal certificado, gastou boa parte do seu tempo para se fazer presente às aulas, não é fácil, claro, se não for como a maioria que fica no bar, etc.
    Então… vendo por este ponto de vista, das duas uma, ou o cara com nível universitário é incompetente na sua área e corre pra se agarrar num concurso para ganhar R$3.000,00 por mês ou estou enganado a respeito de ser um salário baixo.
    Melhor seria se a querida ACADEPOL tivesse um curso de formação único e longo para formar o aprovado no concurso em algum curso superior relacionado a área de segurança, preparando tal indivíduo com relação as leis, os serviços da PC, formando assim bons profissionais e não apenas mais um.

    Só pra te informar, um escrivão ou investigador em inicio de carreira, em cidade inferior a 500 mil hab, recebe liquidos pouco mais que r$ 2.650, e não os r$ 3.000 que tu disse.
    Já os carcereiros e agentes policiais, recebem ainda menos, pouco mais de r$ 2.400.
    É um grande descaso.

    Curtir

  69. flavião :

    quem é pior… :
    É triste ver como as carreiras se menosprezam. Um diz “eu sou melhor do que você porque a minha carreira exige ensino médio”, o outro “eu sou melhor porque na minha é exigido diploma universitário”… outro “eu investigo e você bate grade, então sou melhor do que você”, outro “investigador não sabe nem ler e escrever… eu sei porque faço papel”, outro “ensino fundamental vai encher de PCC na PC”… é cada uma
    Eu fico aqui pensando… quem é mais incompetente… o cara que tem ensino fundamental e presta um concurso para uma instituição decadente para ganhar R$2.200,00 ou o cara que se gaba de ter nível universitário e presta o concurso para a mesma instituição para ganhar R$3.000,00 ?
    Na iniciativa privada o cara que certificado de ensino fundamental teria poucas opções… e com certeza salário bem mais baixos, talvez R$1.000,00 ou R$1.500,00… claro.. se tiver sorte.
    E alguém com nível universitário é que seja bom na sua área? talvez tenha um salário melhor, ou mesmo, dependendo do curso, abrir o seu próprio negócio, afinal, gastou uma boa grana para conseguir tal certificado, gastou boa parte do seu tempo para se fazer presente às aulas, não é fácil, claro, se não for como a maioria que fica no bar, etc.
    Então… vendo por este ponto de vista, das duas uma, ou o cara com nível universitário é incompetente na sua área e corre pra se agarrar num concurso para ganhar R$3.000,00 por mês ou estou enganado a respeito de ser um salário baixo.
    Melhor seria se a querida ACADEPOL tivesse um curso de formação único e longo para formar o aprovado no concurso em algum curso superior relacionado a área de segurança, preparando tal indivíduo com relação as leis, os serviços da PC, formando assim bons profissionais e não apenas mais um.

    Só pra te informar, um escrivão ou investigador em inicio de carreira, em cidade inferior a 500 mil hab, recebe liquidos pouco mais que r$ 2.650, e não os r$ 3.000 que tu disse.
    Já os carcereiros e agentes policiais, recebem ainda menos, pouco mais de r$ 2.400.
    É um grande descaso.

    Com certeza é um grande descaso, mas se nem os próprios funcionários se respeitam, como esperar que outros respeitem.
    Não dá pra chamar nem de desunião o que se vê na PC… é algo muito pior.

    A cada edital inúmeras pessoas se inscrevendo, curso de formação ridículo, estrutura falida, automaticamente o governo sabe que se precisar de funcionários… tem penca de candidatos para ganhar uma quirela…

    Não tem como ter uma PC forte nesse salve-se quem puder.

    Curtir

  70. FLAVIÃO do # 74, salário inicial de Escrivão e Investigador, após conclusão da acadepol e com desegnação para cidades com menos de 500 mil habitantes:
    salário base: 989,17 / RET: 989,17 / adic. insalubridade: 497,60 / ALE: 780,00 / Aj.custo alimentação: 240,00. Total do salário bruto R$ 3.495,94 (Três mil quatrocentos e noventa e cinco reais e noventa e quatro centavos). Com os descontos (IAMSP, IRF, CONT.PREVIDENCIARIA) o salário líquido fica em torno de R$ 3.000,00.

    Curtir

  71. Concurso prá todo mundo, vem e se inscreva você também. OPORTUNIDADE ÚNICA!! disse:

    quem é pior… :

    flavião :

    quem é pior… :
    É triste ver como as carreiras se menosprezam. Um diz “eu sou melhor do que você porque a minha carreira exige ensino médio”, o outro “eu sou melhor porque na minha é exigido diploma universitário”… outro “eu investigo e você bate grade, então sou melhor do que você”, outro “investigador não sabe nem ler e escrever… eu sei porque faço papel”, outro “ensino fundamental vai encher de PCC na PC”… é cada uma
    Eu fico aqui pensando… quem é mais incompetente… o cara que tem ensino fundamental e presta um concurso para uma instituição decadente para ganhar R$2.200,00 ou o cara que se gaba de ter nível universitário e presta o concurso para a mesma instituição para ganhar R$3.000,00 ?
    Na iniciativa privada o cara que certificado de ensino fundamental teria poucas opções… e com certeza salário bem mais baixos, talvez R$1.000,00 ou R$1.500,00… claro.. se tiver sorte.
    E alguém com nível universitário é que seja bom na sua área? talvez tenha um salário melhor, ou mesmo, dependendo do curso, abrir o seu próprio negócio, afinal, gastou uma boa grana para conseguir tal certificado, gastou boa parte do seu tempo para se fazer presente às aulas, não é fácil, claro, se não for como a maioria que fica no bar, etc.
    Então… vendo por este ponto de vista, das duas uma, ou o cara com nível universitário é incompetente na sua área e corre pra se agarrar num concurso para ganhar R$3.000,00 por mês ou estou enganado a respeito de ser um salário baixo.
    Melhor seria se a querida ACADEPOL tivesse um curso de formação único e longo para formar o aprovado no concurso em algum curso superior relacionado a área de segurança, preparando tal indivíduo com relação as leis, os serviços da PC, formando assim bons profissionais e não apenas mais um.

    Só pra te informar, um escrivão ou investigador em inicio de carreira, em cidade inferior a 500 mil hab, recebe liquidos pouco mais que r$ 2.650, e não os r$ 3.000 que tu disse.
    Já os carcereiros e agentes policiais, recebem ainda menos, pouco mais de r$ 2.400.
    É um grande descaso.

    Com certeza é um grande descaso, mas se nem os próprios funcionários se respeitam, como esperar que outros respeitem.
    Não dá pra chamar nem de desunião o que se vê na PC… é algo muito pior.
    A cada edital inúmeras pessoas se inscrevendo, curso de formação ridículo, estrutura falida, automaticamente o governo sabe que se precisar de funcionários… tem penca de candidatos para ganhar uma quirela…
    Não tem como ter uma PC forte nesse salve-se quem puder.

    R$10,00, uma inscrição! a quem interessa isso? para quê encher de pessoas em um concurso de nivel fundamental? Só prá dizer que tem milhares de gente querendo entrar para a PC? lamentável tudo isso…

    Curtir

  72. Escriludida :
    Lei Complementar 1151 de 25/10/2012
    Artigo 4º – Constituem exigências prévias para inscrição no
    concurso público de ingresso nas carreiras policiais civis ser portador de nível de escolaridade estabelecido para cada carreira
    no artigo 5º da Lei Complementar nº 494, de 24 de dezembro
    de 1986, e no artigo 1º da Lei Complementar nº 1.067, de 1º de
    dezembro de 2008.
    Lei Complementar 494 de 24/12/1986
    Artigo 5º — Para o ingresso a que se refere o artigo anterior será exigido:
    I — certificado de primeiro grau ou equivalente, para as séries de classes de:
    a) Carcereiro;
    b) Agente Policial;
    c) Atendente de Necrotério Policial;
    d) Auxiliar de Papiloscopista Policial;
    II — certificado de segundo grau ou equivalente, para as séries de classes de:
    a) Escrivão de Polícia;
    b) Investigador de Polícia;
    c) Agente de Telecomunicações Policial;
    d) Fotógrafo Técnico-Pericial;
    e) Auxiliar de Necrópsia;
    f) Desenhista Técnico-Pericial;
    g) Papiloscopista Policial;
    III — diploma de nível universitário ou habilitação legal, compatível com as atribuições próprias do cargo, para a série de classes de Perito Criminal.
    Lei Complementar 1067 de 1º de dezembro de 2008
    Artigo 1º – Para o ingresso nas carreiras de Escrivão de Polícia e Investigador de Polícia, exigir-se-á diploma de graduação de nível superior ou habilitação legal correspondente.
    O que vale é a Lei, salvo engano o último concurso para Agente Policial foi em 2004, e no edital do certame elevou-se a escolaridade exigida de 1º grau completo (atual ensino fundamental) para 2º grau completo (atual ensino médio). Mas infelizmente não foi promulgada a Lei Complementar para a alteração dos níveis de escolaridade para ingresso nas carreiras de carcereiro, agente policial, atendente de necrotério policial e auxiliar de papiloscopista policial; continuou valendo a LC 494/1986 (vide artigo 5º). Já para as carreiras de Escrivão e Investigador, foi promulgada a LC 1067/2008 (vide Artigo 1º).
    ___________________________________________________________________
    Só para completar, minhas formações universitárias são Matemática pela Unicamp e Administração de Empresas pela Faculdades Padre Anchieta de Jundiaí (atual Universidade Padre Anchieta) e tenho hábito de pesquisar, antes de sair comentando sem conhecer o assunto. Me senti extremamente ofendida pelo seu comentário # 26, mas não vou revidar, perdôo a “tua doce ignorância”.

    QUE MERDA,DUAS FACU E TA NESSA MERDA,CONTA OUTRA,OU PIOR,SE VERDADE FOR ,QUE FRACASSADA,,TUDO ISSO PRA GANHAR 3 CONTO,O DOIDA,NÃO ME VENHA ME FALAR DE TA NO SANGUE, AMOR AO QUE FAÇO,VÁÁÁÁ A MEEEEEEEEEEEEERDA

    Curtir

  73. Concurso prá todo mundo, vem e se inscreva você também. OPORTUNIDADE ÚNICA!! :

    quem é pior… :

    flavião :

    quem é pior… :
    É triste ver como as carreiras se menosprezam. Um diz “eu sou melhor do que você porque a minha carreira exige ensino médio”, o outro “eu sou melhor porque na minha é exigido diploma universitário”… outro “eu investigo e você bate grade, então sou melhor do que você”, outro “investigador não sabe nem ler e escrever… eu sei porque faço papel”, outro “ensino fundamental vai encher de PCC na PC”… é cada uma
    Eu fico aqui pensando… quem é mais incompetente… o cara que tem ensino fundamental e presta um concurso para uma instituição decadente para ganhar R$2.200,00 ou o cara que se gaba de ter nível universitário e presta o concurso para a mesma instituição para ganhar R$3.000,00 ?
    Na iniciativa privada o cara que certificado de ensino fundamental teria poucas opções… e com certeza salário bem mais baixos, talvez R$1.000,00 ou R$1.500,00… claro.. se tiver sorte.
    E alguém com nível universitário é que seja bom na sua área? talvez tenha um salário melhor, ou mesmo, dependendo do curso, abrir o seu próprio negócio, afinal, gastou uma boa grana para conseguir tal certificado, gastou boa parte do seu tempo para se fazer presente às aulas, não é fácil, claro, se não for como a maioria que fica no bar, etc.
    Então… vendo por este ponto de vista, das duas uma, ou o cara com nível universitário é incompetente na sua área e corre pra se agarrar num concurso para ganhar R$3.000,00 por mês ou estou enganado a respeito de ser um salário baixo.
    Melhor seria se a querida ACADEPOL tivesse um curso de formação único e longo para formar o aprovado no concurso em algum curso superior relacionado a área de segurança, preparando tal indivíduo com relação as leis, os serviços da PC, formando assim bons profissionais e não apenas mais um.

    Só pra te informar, um escrivão ou investigador em inicio de carreira, em cidade inferior a 500 mil hab, recebe liquidos pouco mais que r$ 2.650, e não os r$ 3.000 que tu disse.
    Já os carcereiros e agentes policiais, recebem ainda menos, pouco mais de r$ 2.400.
    É um grande descaso.

    Com certeza é um grande descaso, mas se nem os próprios funcionários se respeitam, como esperar que outros respeitem.
    Não dá pra chamar nem de desunião o que se vê na PC… é algo muito pior.
    A cada edital inúmeras pessoas se inscrevendo, curso de formação ridículo, estrutura falida, automaticamente o governo sabe que se precisar de funcionários… tem penca de candidatos para ganhar uma quirela…
    Não tem como ter uma PC forte nesse salve-se quem puder.

    R$10,00, uma inscrição! a quem interessa isso? para quê encher de pessoas em um concurso de nivel fundamental? Só prá dizer que tem milhares de gente querendo entrar para a PC? lamentável tudo isso…

    Sempre existiu milhares de pessoas querendo entrar na PC… e a maioria pra levantar um J…
    O problema não está na inscrição… poderia ser de graça… 10, 50, 100 não muda nada… se prender ao valor da inscrição é ser meio que ingenuo.

    Agora… a prova realmente testa as habilidades intelectuais do candidato? Não…
    Testes físicos de fato testam a condição física do candidato? Não…
    A investigação social é séria? Não…
    O curso de formação é serio? Não…
    Os aprovados são preparados para prestar bom serviços? Não…

    O problema não é esse… o problema é que a instituição como um todo está falida.
    Não há qualquer razão para a existência de 14 carreiras…
    Não há qualquer razão para ter um curso de formação tão precário, em que o candidato primeiro toma posse do cargo para depois fazer o curso de formação… é mais do que ridículo isto.
    Curso de formação poderia não existir, já que o pouco que lá é falado não corresponde com a realidade da polícia.
    Quantos candidatos foram reprovados nos últimos cursos de formação?

    Sinto, mas encher a PC de incompetentes em suas profissões de origem não é a solução.
    Curso de formação para ser um soldado da PM… ficar patrulhando por ai dura 1 ano… como esperar que o cara saiba investigar com um curso de formação de 3 meses?
    Não é a toa que só saem da academia pseudos PMs… que adoram usar uniformes, mas não sabem fazer investigação alguma.
    PC está falida.

    Curtir

  74. BIZU FORTE:

    ALCKMIM DEVE SEGUIR O EXEMPLO DE MINAS GERAIS E PODE CONCEDER AUMENTO ESCALONADO:

    25% PARA O MÊS DE MARÇO DE 2013;

    25% PARA O MÊS DE MARÇO DE 2014;

    25% PARA O MÊS DE MARÇO DE 2015

    ESSE AUMENTO SERÁ PARA CALAR A BOCA DE QUEM DIZ QUE NOSSO GENEROSO GOVERNADOR É PÃO DURO PARA OS POLICIAIS.

    Curtir

  75. PALHAÇO :
    PODE ESQUECER A N.U. SE O GOVERNO VOLTOU ATRAS NA CARREIRA DE AGENTE QUE DESDE 1999 ERA SEGUNDO GRAU OU NÍVEL MÉDIO COMO QUEIRAM, COM CERTEZA VAI VOLTAR ATRAS NA DE ESCRIVÃO E TIRA E ACABAR COM ESSE NEGOCIO DE NÍVEL UNIVERSITÁRIO.

    NÃO FALE BESTEIRA O QUE ACONTECEU É QUE A LEI QUE MUDOU A ESCOLARIDADE DE TIRA E ESCRIBA EM 2005, CUJO CONCURSO FOI DE NU, SEGUIRAM BARRÁ-LA POR VÍCIO FORMAL DE INICIATIVA E POR ISSO QUE EM 2008 O CONCURSO DE TIRA E O DE ESCRIVA VOLTOU A SER DE ENSINO MÉDIO…E O MESMO OCORREU COM AGENTE E CARCEPA…O QUE OCORRE É QUE EM 2008, LOGO AO FIM DA GREVE, HOUVE OUTRA LEI E ESTA SEM VÍCIO ALGUM QUE ALTEROU A ESCOLARIDADE DE TIRA E ESCRIBA NOVAMENTE PARA N.U. PORÉM NADA FALARAM A RESPEITO DOS AGENTES E CARCEPAS…INFELIZMENTE! QUE PERDE E A PC!

    Curtir

  76. TIRA N.U. QUE GANHA SÓ R$500 A MAIS QUE N. F. :

    PALHAÇO :
    PODE ESQUECER A N.U. SE O GOVERNO VOLTOU ATRAS NA CARREIRA DE AGENTE QUE DESDE 1999 ERA SEGUNDO GRAU OU NÍVEL MÉDIO COMO QUEIRAM, COM CERTEZA VAI VOLTAR ATRAS NA DE ESCRIVÃO E TIRA E ACABAR COM ESSE NEGOCIO DE NÍVEL UNIVERSITÁRIO.

    NÃO FALE BESTEIRA O QUE ACONTECEU É QUE A LEI QUE MUDOU A ESCOLARIDADE DE TIRA E ESCRIBA EM 2005, CUJO CONCURSO FOI DE NU, SEGUIRAM BARRÁ-LA POR VÍCIO FORMAL DE INICIATIVA E POR ISSO QUE EM 2008 O CONCURSO DE TIRA E O DE ESCRIVA VOLTOU A SER DE ENSINO MÉDIO…E O MESMO OCORREU COM AGENTE E CARCEPA…O QUE OCORRE É QUE EM 2008, LOGO AO FIM DA GREVE, HOUVE OUTRA LEI E ESTA SEM VÍCIO ALGUM QUE ALTEROU A ESCOLARIDADE DE TIRA E ESCRIBA NOVAMENTE PARA N.U. PORÉM NADA FALARAM A RESPEITO DOS AGENTES E CARCEPAS…INFELIZMENTE! QUE PERDE E A PC!

    BIZU FORTE:

    ALCKMIM DEVE SEGUIR O EXEMPLO DE MINAS GERAIS E PODE CONCEDER AUMENTO ESCALONADO:

    25% PARA O MÊS DE MARÇO DE 2013;

    25% PARA O MÊS DE MARÇO DE 2014;

    25% PARA O MÊS DE MARÇO DE 2015

    AGUARDEM…

    Curtir

  77. PadilhaKid,
    .
    O meu concurso foi seccionalizado, vc disputava as vagas na região que queria. Agora os concursos são para todo o Estado, E, acredito que a decisão vai ser de acordo com a nota do curso, o que é muito ruim.
    A academia não é igualitária, não existe um padrão entre os professores logo, tem professores que dão às perguntas das provas, enquanto outros professores da mesma matéria, porém em outras turmas,z aplicam as provas como s fossem um tcc, o que causa uma grande diferença nas notas, prejudicando ou beneficiando de acordo unicamente com a sorte.
    Então bicho, fique esperto na academia. Mas pra v da capital, as chances são grandes d ficar por aí,o efetivo tá baixo http://www.todo lugar

    Curtir

  78. mosca do cocô do cavalo do bandido :

    E agora josé? :

    padilhakid :
    Boa tarde senhores, estou pensando em ingressar nesse concurso para agente policial, caso alguém aqui tenha esse cargo na PC, poderia me dar alguns detalhes ou dicas da profissão em si, se realiza tarefas semelhantes ao do investigador (eu mesmo gostaria de fazer a prova de investigador, mas falta ainda 1 ano para terminar a faculdade e o concurso já está próximo, paciência). Tenho outras dúvidas, uma delas é se o adicional de insalubridade já está incluído nesse valor mencionado no edital, ou se é recebido à parte: outra dúvida é, porque alteraram o nível de escolaridade, ou seja regrediram, pois alguns meses atrás, eu tinha lido que precisava ter ensino médio, agora mudaram???
    No mais, agradeço a atenção!!
    Forte abraço a todos!!!

    Prezada “Padilha”, não venda sua alma ao capeta, já que está quase se formando estude para algo melhor, eu e meus colegas de profissão estamos desgastados e desanimados com a nossa situação. Estude para o TJ, SAP, qualquer outra coisa, não é difícil, você conseguirá com certeza!

    Se vc quer ser polícia, preste este concurso, apesar de ser de “nivel fundamental”, faz o mesmo serviço de investigador, só não pode ser chefe, e no abismo entre o nivel fundamental e o grande N.U. dos investigadores, o agente recebe uns trezentos contos a menos, ou seja, se um zé ruela quiser estudar só até a oitava série ele vai ganhar trezentinho a menos que o investigador, que no mínimo vai estudar sete anos a mais, ou seja, o nosso maravilhoso governo do PSDB paga cerca de incríveis R$ 42,00, por ano de estudo do polícia (um grande incentivo). E quanto ao fato de ter caido o nivel de escolaridade, a resposta está em quem nos governa, que em um ano o concurso é de segundo grau, no outro é primeiro, como já teve concurso de investigador que foi superior depois voltou para o segundo grau, e agora é novamente nivel universitário, mas ainda ganha menos que algumas carreiras de segundo grau.
    Espero que com estas poucas explicações, você perceba na zona que vc vai se meter. Boa sorte.

    POR ENQUANTO…LOGO LOGO ESSE DESGOVERNO OU O PRÓXIMO TERÁ QUE PAGAR O N.U. DEVIDO AOS TIRAS E ESCRIBAS.

    Curtir

  79. Continuando.
    Tô escrevendo do celular, é umabos…
    Então, normalmente eles dão preferência pra turma ficar na capital. Polícia midiatica, né.
    .
    Boa sorte cara. Vc fez perguntas úteis, que te ajudarão nas decisões. Normalmente tem tanta dúvida idiota. Parece set um cara consciente da realidade.
    Estuda viu carinha, vai ser concorrido o concurso. Os três.

    Curtir

  80. QUALQUER N.U NA INICIATIVA PRIVADA GANHA 10.000,00 :

    Escriludida :
    Lei Complementar 1151 de 25/10/2012
    Artigo 4º – Constituem exigências prévias para inscrição no
    concurso público de ingresso nas carreiras policiais civis ser portador de nível de escolaridade estabelecido para cada carreira
    no artigo 5º da Lei Complementar nº 494, de 24 de dezembro
    de 1986, e no artigo 1º da Lei Complementar nº 1.067, de 1º de
    dezembro de 2008.
    Lei Complementar 494 de 24/12/1986
    Artigo 5º — Para o ingresso a que se refere o artigo anterior será exigido:
    I — certificado de primeiro grau ou equivalente, para as séries de classes de:
    a) Carcereiro;
    b) Agente Policial;
    c) Atendente de Necrotério Policial;
    d) Auxiliar de Papiloscopista Policial;
    II — certificado de segundo grau ou equivalente, para as séries de classes de:
    a) Escrivão de Polícia;
    b) Investigador de Polícia;
    c) Agente de Telecomunicações Policial;
    d) Fotógrafo Técnico-Pericial;
    e) Auxiliar de Necrópsia;
    f) Desenhista Técnico-Pericial;
    g) Papiloscopista Policial;
    III — diploma de nível universitário ou habilitação legal, compatível com as atribuições próprias do cargo, para a série de classes de Perito Criminal.
    Lei Complementar 1067 de 1º de dezembro de 2008
    Artigo 1º – Para o ingresso nas carreiras de Escrivão de Polícia e Investigador de Polícia, exigir-se-á diploma de graduação de nível superior ou habilitação legal correspondente.
    O que vale é a Lei, salvo engano o último concurso para Agente Policial foi em 2004, e no edital do certame elevou-se a escolaridade exigida de 1º grau completo (atual ensino fundamental) para 2º grau completo (atual ensino médio). Mas infelizmente não foi promulgada a Lei Complementar para a alteração dos níveis de escolaridade para ingresso nas carreiras de carcereiro, agente policial, atendente de necrotério policial e auxiliar de papiloscopista policial; continuou valendo a LC 494/1986 (vide artigo 5º). Já para as carreiras de Escrivão e Investigador, foi promulgada a LC 1067/2008 (vide Artigo 1º).
    ___________________________________________________________________
    Só para completar, minhas formações universitárias são Matemática pela Unicamp e Administração de Empresas pela Faculdades Padre Anchieta de Jundiaí (atual Universidade Padre Anchieta) e tenho hábito de pesquisar, antes de sair comentando sem conhecer o assunto. Me senti extremamente ofendida pelo seu comentário # 26, mas não vou revidar, perdôo a “tua doce ignorância”.

    QUE MERDA,DUAS FACU E TA NESSA MERDA,CONTA OUTRA,OU PIOR,SE VERDADE FOR ,QUE FRACASSADA,,TUDO ISSO PRA GANHAR 3 CONTO,O DOIDA,NÃO ME VENHA ME FALAR DE TA NO SANGUE, AMOR AO QUE FAÇO,VÁÁÁÁ A MEEEEEEEEEEEEERDA

    QUE MUNDO É ESSE EM QUE QUALQUER UM DE N.U. NA INICIATIVA PRIVADA GANHA R$10.000,00????? FALE ME ONDE????. NÃO SEJA ALIENADO EM BANCO O SALÁRIO BASE INICIAL É R$1.900,00 E DIFICILMENTE VC ENTRA SEM TER N.U. E LINGUA ESTRANGEIRA, PARA CHEGAREM A R$3500,00 DEVEM TRABALHAR MUITO E BATER MUITAS METAS…SE LIGA!.

    Curtir

  81. 20 ANOS DE PSDB NO ESTADO DE SP, NÃO PAGARAM SALÁRIO JUSTO PARA A POLÍCIA, NÃO SERÁ AGORA QUE IRIAM MUDAR A ÍNDOLE, PORTANTO, QUERO APENAS UMA COISA DESSE GOVERNO RIDÍCULO E MALDOSO, QUERO EXPULSÁ-LO COM MEU VOTO NA URNA EM 2014, IGUAL FIZEMOS COM O SERRA.
    COMO DISSE O ALCKIMIM, “quero a diminuição da criminalidade pra ontem” . DIGO DIFERENTE, “queremos 100% de reajuste salarial pra ontem “.
    ENTENDAM BEM A SITUAÇÃO DESCONFORTÁVEL QUE O GERALDO ALCKIMIM ENCONTRA-SE HOJE. OU ELE PAGA BEM A POLÍCIA OU SERÁ QUEIMADO NA ELEIÇÃO DE 2014.
    TODOS SABEM QUE OS POLICIAIS NÃO FARÃO O COMBATE A CRIMINALIDADE 100 % SEM DINHEIRO NO BOLSO, PODE TROCAR SECRETÁRIO, DGP E COMANDANTE QUE NADA ADIANTARÁ, PORTANTO QUEM DÁ AS CARTAS AGORA É A POLÍCIA PAULISTA. QUANTO MAIS O ALCKIMIM DEMORA PARA CONCEDER REAJUSTE SALARIAL DECENTE MAIS O PSDB SE QUEIMA PERANTE A OPINIÃO PÚBLICA. ESTÃO PAGANDO PARA VER, ENTÃO TERÃO RESPOSTAS DURAS NAS URNAS !

    Curtir

  82. p/ o QUALQUER N.U NA INICIATIVA PRIVADA GANHA 10.000,00 do # 79. Não me sinto fracassada não, em 1992 após um “facão” onde foram demitidos 320 funcionários e eu fui uma do(a)s demitido(a)s da empresa onde eu na época contava com aproximadamente 12 anos de serviço, onde havia ingressado na função de “auxiliar de controle de estoque”, e com o passar dos anos, fui sendo promovida, tal empresa pagou integralmente minha segunda faculdade, pois era norma da empresa, que para exercer o cargo da chefia do departamento de análize de planejamento de controle de materiais e de produção, teria de ser formação em administração de empresas. Pois bem, concluí a minha segunda faculdade (Administração de Empresas) a primeira foi de Bacharel em matemática. Fui escalada para fazer cursos de implantação do sistema “Magnos”. Fiz o curso, ingenuamente transmiti o que assimilei do tal sistema fantástico para a época, mais ingenuamente ainda, queria que todos os funcionários daquela indústria crescessem. Até que teve um “espertinho”, que eu o considerava amigo, a qual o indiquei para promoção, literalmente puxou o meu tapete, mostrando-se para a presidência da empresa que era capaz de executar as mesmas tarefas que eu executava, mesmo recebendo a metade do salário, que eu havia conquistado. Como tal pessoa era remunerada com o valor da metade do meu salário (graças ao meu empenho, por achar que ele tinha capacidade para ir além ao cargo que naquele momento estava disponível para às qualificações que ele possuia; senão seria mais um “salcicha na linha de produção conforme o escritor Leôncio Basbaum e aquele outro que escreveu o clássico O pequeno príncipe e Cidadela Saint Exuperri (não estou com saco para agora pesquisar, livros que li na minha pré adolescência). Voltando ao assunto e resumindo a trágica ópera para a minha vida pessoal, o tal “espertinho” que ganhava 1/2 do meu salário, foi por mim incentivada para tal conquista a nunca abandonar os estudos, fiz ele enchergar que naquela indústria, os superiores valorizam muito o estudo, novos pensamentos, novas idéas e etc….Enfim, após ter os conhecimentos a mim transmitidos, nos cursos que fiz, tal “espertinho” jogou a isca que faria o mesmo que eu por 3/4 do salário que por mim fôra conquistado. Na época eram aproximadamente 20 salários mínimos/mês o meu salário e o “espertinho” se prontificou a “me substituir” por 15, perdi meu emprego, saí do Brasil, viajei para o exterior, conheci diversos países, por dois anos fixei residência em Londres, decidi ter um filho brasileiro, voltei para o Brasil, sem emprego, com pouco dinheiro, trabalhei em uma indústria na cidade de Vila Velha e em outra em Vitória, ambas no estado do Espírito Santo. Meu planejado e único filho nasceu em 1994, ingressei na polícia civil através do EP 1997, fui nomeada em 1998, acabei tomando posse do cargo, apesar de ter a consciência de que teria um salário reduzidíssimo, achando que era só para dar uma “aplumada” na situação, até conseguir retornar para a iniciativa privada, com salário que eu merecia. No percurso foram inúmeras “propostas indecentes” no quesito salário baixo, não aceitei nenhuma delas (pra que trocar 6 por meia dúzia). Hoje tenho 14 anos e 4 meses na carreira de Escrivão, 52 de idade. E vou continuar até completar 20 anos de PC, já completei 30 anos de contribuição.

    Curtir

  83. TIRA N.U. QUE GANHA SÓ R$500 A MAIS QUE N. F. :

    QUALQUER N.U NA INICIATIVA PRIVADA GANHA 10.000,00 :

    Escriludida :
    Lei Complementar 1151 de 25/10/2012
    Artigo 4º – Constituem exigências prévias para inscrição no
    concurso público de ingresso nas carreiras policiais civis ser portador de nível de escolaridade estabelecido para cada carreira
    no artigo 5º da Lei Complementar nº 494, de 24 de dezembro
    de 1986, e no artigo 1º da Lei Complementar nº 1.067, de 1º de
    dezembro de 2008.
    Lei Complementar 494 de 24/12/1986
    Artigo 5º — Para o ingresso a que se refere o artigo anterior será exigido:
    I — certificado de primeiro grau ou equivalente, para as séries de classes de:
    a) Carcereiro;
    b) Agente Policial;
    c) Atendente de Necrotério Policial;
    d) Auxiliar de Papiloscopista Policial;
    II — certificado de segundo grau ou equivalente, para as séries de classes de:
    a) Escrivão de Polícia;
    b) Investigador de Polícia;
    c) Agente de Telecomunicações Policial;
    d) Fotógrafo Técnico-Pericial;
    e) Auxiliar de Necrópsia;
    f) Desenhista Técnico-Pericial;
    g) Papiloscopista Policial;
    III — diploma de nível universitário ou habilitação legal, compatível com as atribuições próprias do cargo, para a série de classes de Perito Criminal.
    Lei Complementar 1067 de 1º de dezembro de 2008
    Artigo 1º – Para o ingresso nas carreiras de Escrivão de Polícia e Investigador de Polícia, exigir-se-á diploma de graduação de nível superior ou habilitação legal correspondente.
    O que vale é a Lei, salvo engano o último concurso para Agente Policial foi em 2004, e no edital do certame elevou-se a escolaridade exigida de 1º grau completo (atual ensino fundamental) para 2º grau completo (atual ensino médio). Mas infelizmente não foi promulgada a Lei Complementar para a alteração dos níveis de escolaridade para ingresso nas carreiras de carcereiro, agente policial, atendente de necrotério policial e auxiliar de papiloscopista policial; continuou valendo a LC 494/1986 (vide artigo 5º). Já para as carreiras de Escrivão e Investigador, foi promulgada a LC 1067/2008 (vide Artigo 1º).
    ___________________________________________________________________
    Só para completar, minhas formações universitárias são Matemática pela Unicamp e Administração de Empresas pela Faculdades Padre Anchieta de Jundiaí (atual Universidade Padre Anchieta) e tenho hábito de pesquisar, antes de sair comentando sem conhecer o assunto. Me senti extremamente ofendida pelo seu comentário # 26, mas não vou revidar, perdôo a “tua doce ignorância”.

    QUE MERDA,DUAS FACU E TA NESSA MERDA,CONTA OUTRA,OU PIOR,SE VERDADE FOR ,QUE FRACASSADA,,TUDO ISSO PRA GANHAR 3 CONTO,O DOIDA,NÃO ME VENHA ME FALAR DE TA NO SANGUE, AMOR AO QUE FAÇO,VÁÁÁÁ A MEEEEEEEEEEEEERDA

    QUE MUNDO É ESSE EM QUE QUALQUER UM DE N.U. NA INICIATIVA PRIVADA GANHA R$10.000,00????? FALE ME ONDE????. NÃO SEJA ALIENADO EM BANCO O SALÁRIO BASE INICIAL É R$1.900,00 E DIFICILMENTE VC ENTRA SEM TER N.U. E LINGUA ESTRANGEIRA, PARA CHEGAREM A R$3500,00 DEVEM TRABALHAR MUITO E BATER MUITAS METAS…SE LIGA!.

    ALCKMIM DEVE SEGUIR O EXEMPLO DE MINAS GERAIS E PODE CONCEDER AUMENTO ESCALONADO:

    25% PARA O MÊS DE MARÇO DE 2013;

    25% PARA O MÊS DE MARÇO DE 2014;

    25% PARA O MÊS DE MARÇO DE 2015

    AGUARDEM…

    PODE CONFIAR ALCKMIM SERÁ GENEROSO NOS PRÓXIMOS ANOS. ALCKMIM DARÁ AUMENTO ACIMA DA MÉDIA PARA TODA TROPA.

    Curtir

  84. já estava na hora a pc ta carente de motorista .. fiquei sabendo pelo motorista de coleta de lixo que tambem vai se escrever. já que estão pedindo só o mobral..o correto é andar pra frente mas andar para tras depois desta o ultimo que sair apaga á luz. o curso de formação de coxa já sai reconhecido como tecnico em alguma coisa e na pc como analfabeto como dizia o difunto ISSO É UMA VERGONHA…..

    Curtir

  85. FIQUEM TRANQUILOS…

    ALCKMIM DEVE SEGUIR O EXEMPLO DE MINAS GERAIS E PODE CONCEDER AUMENTO ESCALONADO:

    25% PARA O MÊS DE MARÇO DE 2013;

    25% PARA O MÊS DE MARÇO DE 2014;

    25% PARA O MÊS DE MARÇO DE 2015

    AGUARDEM…

    PODE CONFIAR ALCKMIM SERÁ GENEROSO NOS PRÓXIMOS ANOS. ALCKMIM DARÁ AUMENTO ACIMA DA MÉDIA PARA TODA TROPA.

    Curtir

  86. Este meu comentário é específico para o sem noção do comentário # 79 (codinome do comentarista em questão: QUALQUER N.U NA INICIATIVA PRIVADA GANHA 10.000,00). Só aqui no interior, na cidadezinha onde trabalho conheço dois jovens formados em Direito por faculdade convencional, e que trabalham como pacoteiros de super mercado, não sei quanto recebem de salário, mas deve ser na faixa de R$ 1.300,00/mês.

    Curtir

  87. EBA JÁ QUE ESTA ANDANDO PARA TRAS VOU ESPERAR MAIS DOIS CONCURSOS DE TIRANOSSAURO E VOU ME ESCREVER AI JÁ DEVE SER FUNDAMENTAL TAMBÉM QUE LEGAL ESPERAR MAIS UNS QUATRO JÁ ENTRA COM O PRÉ PRIMARIO……. AI SINDICATO MALDITO

    Curtir

  88. SE O N.U DETERMINASE O SÁLARIO PROFESSOR TERIA UNS DOS MELHORES SALARIOS PUBLICOS JÁ QUE TAMBEM SOFREM NAS MAOS DO XÚXÚ E AINDA DOS INDEMONIADOS ( ALUNOS FDP)SALVE O PSDBOSTA

    Curtir

  89. POR ISSO QUE MEU “NICK” É TIRADO. NÃO SOU MAIS TIRA SOU TIRADO POR ESSE GOVERNO QUE CADA VEZ MAIS NOS DESVALORIZA. TEM AMIGO MEU QUE TRABALHA EM MERCADO E SEGUNDO GRAU E RECEBE SALARIO IGUAL AO MEU, SÓ QUE COM UMA VANTAGEM, TEM TODAS AS GARANTIAS QUE UM TRABALHADOR CELETISTA TEM DIREITO, INCLUSIVE, COM EXPERIENCIA NA AREA ESTANDO APTO A PROCURAR NOVO EMPREGO CASO SEJA DEMITIDO. AÍ EU TE PERGUNTO: E NÓS ? TEMOS O QUE? , APRENDEMOS O QUE ?. A MAIORIA NÃO SABE BATER UM PREGO, SAIMOS COM UMA MÃO NA FRENTE E OUTRA ATRAS, SEM EXPERIENCIA EM NADA, POR ISSO QUE MUITOS RECLAMAM, MAS NÃO SAEM.

    Curtir

  90. Armando arapuca e já pegamos um tucano :
    20 ANOS DE PSDB NO ESTADO DE SP, NÃO PAGARAM SALÁRIO JUSTO PARA A POLÍCIA, NÃO SERÁ AGORA QUE IRIAM MUDAR A ÍNDOLE, PORTANTO, QUERO APENAS UMA COISA DESSE GOVERNO RIDÍCULO E MALDOSO, QUERO EXPULSÁ-LO COM MEU VOTO NA URNA EM 2014, IGUAL FIZEMOS COM O SERRA.
    COMO DISSE O ALCKIMIM, “quero a diminuição da criminalidade pra ontem” . DIGO DIFERENTE, “queremos 100% de reajuste salarial pra ontem “.
    ENTENDAM BEM A SITUAÇÃO DESCONFORTÁVEL QUE O GERALDO ALCKIMIM ENCONTRA-SE HOJE. OU ELE PAGA BEM A POLÍCIA OU SERÁ QUEIMADO NA ELEIÇÃO DE 2014.
    TODOS SABEM QUE OS POLICIAIS NÃO FARÃO O COMBATE A CRIMINALIDADE 100 % SEM DINHEIRO NO BOLSO, PODE TROCAR SECRETÁRIO, DGP E COMANDANTE QUE NADA ADIANTARÁ, PORTANTO QUEM DÁ AS CARTAS AGORA É A POLÍCIA PAULISTA. QUANTO MAIS O ALCKIMIM DEMORA PARA CONCEDER REAJUSTE SALARIAL DECENTE MAIS O PSDB SE QUEIMA PERANTE A OPINIÃO PÚBLICA. ESTÃO PAGANDO PARA VER, ENTÃO TERÃO RESPOSTAS DURAS NAS URNAS !

    Concordo!!

    Curtir

  91. Escriludida :p/ o QUALQUER N.U NA INICIATIVA PRIVADA GANHA 10.000,00 do # 79. Não me sinto fracassada não, em 1992 após um “facão” onde foram demitidos 320 funcionários e eu fui uma do(a)s demitido(a)s da empresa onde eu na época contava com aproximadamente 12 anos de serviço, onde havia ingressado na função de “auxiliar de controle de estoque”, e com o passar dos anos, fui sendo promovida, tal empresa pagou integralmente minha segunda faculdade, pois era norma da empresa, que para exercer o cargo da chefia do departamento de análize de planejamento de controle de materiais e de produção, teria de ser formação em administração de empresas. Pois bem, concluí a minha segunda faculdade (Administração de Empresas) a primeira foi de Bacharel em matemática. Fui escalada para fazer cursos de implantação do sistema “Magnos”. Fiz o curso, ingenuamente transmiti o que assimilei do tal sistema fantástico para a época, mais ingenuamente ainda, queria que todos os funcionários daquela indústria crescessem. Até que teve um “espertinho”, que eu o considerava amigo, a qual o indiquei para promoção, literalmente puxou o meu tapete, mostrando-se para a presidência da empresa que era capaz de executar as mesmas tarefas que eu executava, mesmo recebendo a metade do salário, que eu havia conquistado. Como tal pessoa era remunerada com o valor da metade do meu salário (graças ao meu empenho, por achar que ele tinha capacidade para ir além ao cargo que naquele momento estava disponível para às qualificações que ele possuia; senão seria mais um “salcicha na linha de produção conforme o escritor Leôncio Basbaum e aquele outro que escreveu o clássico O pequeno príncipe e Cidadela Saint Exuperri (não estou com saco para agora pesquisar, livros que li na minha pré adolescência). Voltando ao assunto e resumindo a trágica ópera para a minha vida pessoal, o tal “espertinho” que ganhava 1/2 do meu salário, foi por mim incentivada para tal conquista a nunca abandonar os estudos, fiz ele enchergar que naquela indústria, os superiores valorizam muito o estudo, novos pensamentos, novas idéas e etc….Enfim, após ter os conhecimentos a mim transmitidos, nos cursos que fiz, tal “espertinho” jogou a isca que faria o mesmo que eu por 3/4 do salário que por mim fôra conquistado. Na época eram aproximadamente 20 salários mínimos/mês o meu salário e o “espertinho” se prontificou a “me substituir” por 15, perdi meu emprego, saí do Brasil, viajei para o exterior, conheci diversos países, por dois anos fixei residência em Londres, decidi ter um filho brasileiro, voltei para o Brasil, sem emprego, com pouco dinheiro, trabalhei em uma indústria na cidade de Vila Velha e em outra em Vitória, ambas no estado do Espírito Santo. Meu planejado e único filho nasceu em 1994, ingressei na polícia civil através do EP 1997, fui nomeada em 1998, acabei tomando posse do cargo, apesar de ter a consciência de que teria um salário reduzidíssimo, achando que era só para dar uma “aplumada” na situação, até conseguir retornar para a iniciativa privada, com salário que eu merecia. No percurso foram inúmeras “propostas indecentes” no quesito salário baixo, não aceitei nenhuma delas (pra que trocar 6 por meia dúzia). Hoje tenho 14 anos e 4 meses na carreira de Escrivão, 52 de idade. E vou continuar até completar 20 anos de PC, já completei 30 anos de contribuição.

    realmente vc e uma pessoa determinada, passei admira-la mais ainda. Qd entrei na PC ainda cursava faculdade e qd conclui nao consegui concilar as duas profissoes. Tb estou esperando completar 20 anos (daqui a 4) e me aposento. CLT nao e facil, salario tb nada maravilhoso, porem o que tem diferente e plano de carreira, isso sim traz motivaçao e aprimoramento ao funcionario. traira tem aqui na PC e em qualquer lugar, unica diferença e que na PC o cara te ferra pelo simples prazer de se mostrar “superior”, em termos salariais nao ira ganhar mais em “puxar seu tapete”, o que nos traz mais indignaçao pois sao canalhas ao quadrado, pelo fato de te remover so para vc se danar, gastar mais com conduçao, etc… so pq nao vai com sua cara. Td bem que nada justifica a falta de principios, é que na empresa privada a justificativa é sempre querer o lugar do outro para ganhar mais, já no serviço publico E PELO PRAZER DE PESSOAS AMARGURADAS DEMONSTRAREM PODER, QUE PODER ESSE? NAO DA PRA ENTENDER. Desculpem o desabafo, mas e claro q ja deve ter acontecido com muito colega tb. A indignaçao e maior pq aqui funcionario q “e problema” a adm nao quer mexer p nao ter dor de cabeça, entao como diz o piadista “mexe com quem ta quieto” isso so traz revolta e frustraçao, ja nao chega o salario que e uma humilhaçao ainda tem que aguentar crise de ego de chefe e outros colegas que se acham superiores.

    Curtir

  92. Concurso prá Escribão: III– Alteração das fases do Concurso

    1. – O concurso será realizado em 6 (seis) fases consecutivas,
    a saber:

    1.1. – Prova Preambular, de caráter eliminatório e classificatório, que será constituída de questões objetivas, consistentes em
    testes de múltipla escolha, abrangendo as disciplinas objeto do
    programa definido no Anexo III;

    1.2. – Prova Escrita, de caráter eliminatório e classificatório,
    que será constituída de 5 (cinco) questões objetivas (discursivas)
    versando sobre Língua Portuguesa e Noções de Direito;

    1.3. – Prova de Aptidão Psicológica, de caráter unicamente
    eliminatório;

    1.4. – Prova de Aptidão Física, de caráter unicamente
    eliminatório

    1.5. – Comprovação de Idoneidade e Conduta Escorreita,
    mediante investigação social, de caráter unicamente eliminató-
    rio, conforme Lei Complementar nº 1.151/11, a ser realizada pela
    Corregedoria Geral da Polícia Civil;

    1.6. – Prova de Títulos, de caráter unicamente classificatório

    salário: R$ 2.758,34

    Concurso Policial “Multi- Uso” ( agente)

    Ensino Fundamental (saber ler e escrever e dirigir ônibus)

    R$ 2.278,05

    Curtir

  93. padilhakid :
    Escribão, sim concordo (a pessoa estar condicionada a ter uma renda e essa renda decair, é complicado), mas vou aproveitar que sou meio “moleque ” ainda 25 anos( sem filhos e sem mulher pra sustentar) e ver se a profissão se enquadra com o que eu tenho como ideal, caso contrário, não tenho nada a perder e me desligo, voltando pro setor privado.

    Começou mal.
    Quer ser Polícia e fica “queimando” a cara em redes sociais.
    Lembre-se que vagabundo também acessa essas redes.
    Tá muito sorridente.
    Se fecha, porra…

    Curtir

  94. Caracas, por isso que onde eu faço bico os vigão ficaram a noite inteira me perguntando deste concurso, sem contar o tio do dog.

    Curtir

  95. PRO TROUXAS QUE SE ACHAM MELHORES QUE OS OUTROS(INVESTIGADORES INCLUSIVE). AQUI TODO MUNDO É LIXO E FAZ TUDO!

    Portaria DGP-30, de 14-11-2012

    Fixa normas visando ao aprimoramento e boa execução dos serviços policiais

    O Delegado Geral de Polícia,
    Considerando a necessidade de se fixar um rol mínimo das
    atividades a serem realizadas por todos os policiais civis;
    Considerando que a dinâmica da atividade Policial Civil,
    em face de sua expressa previsão constitucional (art. 144, § 4º,
    Constituição Federal, e art. 140 e §§ da Constituição Paulista),
    exige que haja atendimento emergencial às ocorrências e que,
    muitas vezes, esse atendimento não pode sofrer solução de
    continuidade;
    Considerando que os Policiais Civis recebem, no curso de
    formação técnico profissional e nos demais de aperfeiçoamento,
    ministrados pela Academia de Polícia Civil do Estado de São
    Paulo, o necessário conhecimento teórico e prático para o
    desempenho de atividades;
    Considerando que é inerente à atividade policial civil atuar
    em locais insalubres, mantendo contato com as mais diversas
    espécies de materiais e produtos, em horários imprevisíveis, o
    que exige colaboração e cooperação dos integrantes de todas
    as carreiras;
    Considerando que nenhum Policial Civil pode se omitir
    diante de fato que caracterize situação de flagrante delito (art.
    301 do Código de Processo Penal);
    Considerando, finalmente, o disposto no art. 15, I, “f”, “p”
    e “q”, do Decreto 39.948/95, Determina

    Artigo 1º – São atribuições comuns a todas as carreiras
    policiais da Polícia Civil:

    a) portar arma, distintivo e algemas;
    b) atender sempre, com urbanidade e eficiência, o público
    em geral, pessoalmente ou por telefone;
    c) elaborar, sob orientação da Autoridade Policial, registro
    de ocorrência;
    d) conduzir viatura policial;
    e) cumprir diligência e/ou requisição determinada pela
    Autoridade Policial, elaborando relatório respectivo;
    f) proceder à abordagem de pessoas suspeitas da prática de
    ilícitos, realizando busca pessoal quando necessário;
    g) identificar pessoas, inclusive por meio digital, nas hipóteses em que tal providência se faça necessária;
    h) conduzir e apresentar pessoas legalmente presas à Autoridade Policial competente ou onde for por ela determinado;
    i) auxiliar a Autoridade Policial na formalização de atos de
    polícia judiciária;
    j) operar os sistemas de comunicação e de dados da Polícia
    Civil.
    Artigo 2º – Esta portaria entra em vigor na data de sua
    publicação, ficando revogadas disposições que lhe forem contrárias.

    Curtir

  96. POLICIAL INDIGENTE :

    padilhakid :
    Escribão, sim concordo (a pessoa estar condicionada a ter uma renda e essa renda decair, é complicado), mas vou aproveitar que sou meio “moleque ” ainda 25 anos( sem filhos e sem mulher pra sustentar) e ver se a profissão se enquadra com o que eu tenho como ideal, caso contrário, não tenho nada a perder e me desligo, voltando pro setor privado.

    Começou mal.
    Quer ser Polícia e fica “queimando” a cara em redes sociais.
    Lembre-se que vagabundo também acessa essas redes.
    Tá muito sorridente.
    Se fecha, porra…

    Relaxa, não é de rede social, é que a unica conta que tenho no wordpress é vinculada com um blog sobre música que possuo (onde o mesmo tem essa tal foto sorridente), é que eu nem vi como criar outra conta em que eu ficasse anônimo, para ter permissão de escrever aqui, logo, era o que eu tinha no momento pra postar…mas tranquilo, agradeço o “puxão de orelha” para ficar esperto quanto a isso…abraços!!!

    Curtir

  97. Sergio Paranhos Fleury :
    Galera de nível universitário, estuda para passar na PF. Vocês Não tem capacidade pra isso. Entraram na PC respondendo sobre as Bacias Hidrográficas do Brasil nível primário e agora se acham que estão no mesmo patamar de uma RF ou PF?!
    Cambada de zero de cana.

    AMIGO VC ESTA DESATUALIZADO, VEJA O ULTIMO, ANALISE A PROVA……….

    Curtir

  98. desanimado12 :

    Sergio Paranhos Fleury :
    Galera de nível universitário, estuda para passar na PF. Vocês Não tem capacidade pra isso. Entraram na PC respondendo sobre as Bacias Hidrográficas do Brasil nível primário e agora se acham que estão no mesmo patamar de uma RF ou PF?!
    Cambada de zero de cana.

    AMIGO VC ESTA DESATUALIZADO, VEJA O ULTIMO, ANALISE A PROVA……….

    NEM SABE O QUE POSTA ,! Bacia hidrográfica era pergunta da sua época , antigão. Leia o Edital do concuro primeiro , antes de postar qualquer coisa .

    Curtir

  99. desanimado12 :

    Sergio Paranhos Fleury :Galera de nível universitário, estuda para passar na PF. Vocês Não tem capacidade pra isso. Entraram na PC respondendo sobre as Bacias Hidrográficas do Brasil nível primário e agora se acham que estão no mesmo patamar de uma RF ou PF?!Cambada de zero de cana.

    AMIGO VC ESTA DESATUALIZADO, VEJA O ULTIMO, ANALISE A
    PROVA……….

    Este meu comentário é em especial atenção ao comentário ao “Sérgio Paranhos Fleury”. Em todo e qualquer certame de concuros público a prova é igual para todos os candidatos. Eu já vi candidatos postando na rede social, “a prova foi facílima, passei”. Que babaquice, o que se conta para aprovação é o resultado de cada candidato na prova que se submeteu para aquele certame. Serão aqueles que conseguiram mais pontuções, eliminando àqueles que não atingiram a pontuação até o limite das vagas ofertadas. Prova fácil ou difícil, é relativo; pois a prova de qualquer certame é igual para TODOS os candidatos.

    Curtir

  100. boa tarde, a todos.. Quero que me digam qual a verdadeira funçao do AGENTE POLICIAL? Pois se for dirigir,como era antigamente, nao precisa pois hoje em qualquer carreira policial, e necessario ter habilitaçao….. Ou sera cabide para filhos de Majuras que nao tem o minino de escolaridade….

    Curtir

  101. juca :
    boa tarde, a todos.. Quero que me digam qual a verdadeira funçao do AGENTE POLICIAL? Pois se for dirigir,como era antigamente, nao precisa pois hoje em qualquer carreira policial, e necessario ter habilitaçao….. Ou sera cabide para filhos de Majuras que nao tem o minino de escolaridade….

    O ´agente policial´ é antigo Motorista Policial. antigamente na hora do `pega prá capá` com os tiras de VTR, eles não saiam da VTR prá dar a cana, pois a função dele era apenas ser motorista, daí então resolveram acabar com essa carreira e criaram o de agente policial. Que auxilia o delegado , escrivão e investigador; e ainda cuida das VTRs e sendo carteira “D”, ainda dirige ônibus.

    Curtir

  102. Engraçado onde eu trabalho, eles so levam o Majura para cima e para baixo. Fora isso nao querem fazer nada , e quando fazem geralmente da problema….

    Curtir

  103. Estamos na roça!!!!!!!! :
    Até a pessoa que vende icegurt está ganhando mais que o policial é o fim da picada!!!!!!!

    Tem um catador de lixo reciclável aqui em sao jose dos campos que consegue levantar no mínimo 4500,00 por mês.

    Curtir

  104. Lei Complementar 858 /1999

    Dá nova redação ao inciso XIV do artigo 15 da Lei Complementar nº 207, de 5 de janeiro de 1979, acrescentado pela Lei Complementar nº 456, de 12 de maio de 1986.

    O PRESIDENTE DA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA:
    Faço saber que a Assembléia Legislativa decreta e eu promulgo, nos termos do artigo 28, § 8º, da Constituição do Estado, a seguinte lei:
    Artigo 1º – O inciso XIV do artigo 15 da Lei Complementar nº 207, de 5 de janeiro de 1979, acrescentado pela Lei Complementar nº 456, de 12 de maio de 1986, passa a vigorar com a seguinte redação:
    “XIV – para os de Agente Policial: ser portador de certificado de conclusão de curso de segundo grau”.
    Artigo 2º – Esta lei complementar entrará em vigor na data de sua publicação.

    Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo, aos 02 de setembro de 1999.
    a) VANDERLEI MACRIS – Presidente
    Publicada na Secretaria da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo, aos 02 de setembro de 1999.
    a) Auro Augusto Caliman – Secretário Geral Parlamentar

    Não foi revogada , fui pesquisar no site da AL .
    Tem coisa bem errada nessa história .

    Curtir

  105. Sergio Paranhos Fleury :
    Galera de nível universitário, estuda para passar na PF. Vocês Não tem capacidade pra isso. Entraram na PC respondendo sobre as Bacias Hidrográficas do Brasil nível primário e agora se acham que estão no mesmo patamar de uma RF ou PF?!
    Cambada de zero de cana.

    Concordo com tudo que você falou: tem muito tira véio que se acha bonzão mas no fundo não fazem porra nenhuma e passaram 20 anos nesta merda e não conseguem sair, kkkkk

    Curtir

  106. lendo os comentários acima tem-se a impressão de que tiras, carcereiros, agentes de telecomunicações, papiloscopistas, etc…etc…etc… trabalham exercendo funções de escrivão.Durante todo meu tempo de polícia munca ví nenhum desses policiais a frente de um cartório, tendo sob sua responsabilidade cem a duzentos inqueritos.Nunca ví nos plantões, nenhuma dessas carreiras lavrando um flagrante, com ou sem a presença do delegado. Se na sua cidade tem alguém que, realmente faça as vezez do escrivão(não vamos falar de fazer bo) indique a porcentagem para esclsrecer os flitadores.Assim ficaremos sabendo ao certo se ,caso escrivães pararem, essas carreiras vão segurar ” a peteca”. Tedm m uita gente aqui falando bos..

    Curtir

  107. APARECIDO LOUREIRO JANNONE :
    lendo os comentários acima tem-se a impressão de que tiras, carcereiros, agentes de telecomunicações, papiloscopistas, etc…etc…etc… trabalham exercendo funções de escrivão.Durante todo meu tempo de polícia munca ví nenhum desses policiais a frente de um cartório, tendo sob sua responsabilidade cem a duzentos inqueritos.Nunca ví nos plantões, nenhuma dessas carreiras lavrando um flagrante, com ou sem a presença do delegado. Se na sua cidade tem alguém que, realmente faça as vezez do escrivão(não vamos falar de fazer bo) indique a porcentagem para esclsrecer os flitadores.Assim ficaremos sabendo ao certo se ,caso escrivães pararem, essas carreiras vão segurar ” a peteca”. Tedm m uita gente aqui falando bos..

    hoje existe computador nas delegacias, e tem muitos escrivaes ad hoc no interior de sao paulo

    Curtir

  108. blogdocharlie :

    Escribão :
    DEZ REAIS A INSCRIÇÃO…
    DEZ REAIS…
    DEZ…
    .
    PULTA QUEO PARIU

    huhauahuaha
    bora lá fazer

    Só DEIZÃO ? êita porra!

    vamo que vamo fazer essa bagaça . kkkkk

    Curtir

  109. manoel :

    APARECIDO LOUREIRO JANNONE :lendo os comentários acima tem-se a impressão de que tiras, carcereiros, agentes de telecomunicações, papiloscopistas, etc…etc…etc… trabalham exercendo funções de escrivão.Durante todo meu tempo de polícia munca ví nenhum desses policiais a frente de um cartório, tendo sob sua responsabilidade cem a duzentos inqueritos.Nunca ví nos plantões, nenhuma dessas carreiras lavrando um flagrante, com ou sem a presença do delegado. Se na sua cidade tem alguém que, realmente faça as vezez do escrivão(não vamos falar de fazer bo) indique a porcentagem para esclsrecer os flitadores.Assim ficaremos sabendo ao certo se ,caso escrivães pararem, essas carreiras vão segurar ” a peteca”. Tedm m uita gente aqui falando bos..

    hoje existe computador nas delegacias, e tem muitos escrivaes ad hoc no interior de sao paulo

    Tá bom. São esses que vão segurar a polícia caso escrivães façam algum movimento?. Quantos seriam esses muitos? dez, vinte. Nos municipios mais populosos do Deinter Bauru acredito que não tem nenhum ad-hoc .Poertanto, ninguém vai segurar nada.

    Curtir

  110. Não tenho CNH, até a entrega dos documentos, consigo CNH A e B, mas o D é impossível, tendo em vista que tem que ter AB por pelo menos 1 ano. Eu li a lei, mas NA PRATICA, se eu passar, será que consigo entrar com CNH A e B, por que cansei de ver gente na Charlie entrar sem nem ter a graduação exigida… Será que consigo? Talvez com ajuda de algum ” padrinho” entrar sem a D?

    Abraços!

    Curtir

  111. Essa rixa de operacionais na Polícia Civil de SP esta muito nojenta.
    Uma vez eu vi um agentepol de uns 20 anos de casa ser “tirado” por um calça branca investigador, e iniciou-se uma discussão bem pesada entre os dois, onde um gritava o seguinte: Vai pegar no seu volante, seu merda! Vai trocar o pneu da viatura, que é essa a sua função! E o outro dizia: Vai pra rua ver se você “charca mais alguém, seu marginal” Seu vagabundo, vai procurar trabalho! Enfim, foi uma idiotice tremenda entre 2 adultos barbados, que mais parecia 2 adolescentes.
    E isso ocorre todos os dias em várias delegacias, é só tocar no assunto carreiras e reestruturação que se tiver algum carcereiro ou agentepol no meio já começam a querer desmerecer os caras; é sempre aquela conversa: – O irmãozinho, não tenho nada contra a tua carreira, mas você não pode querer se comparar a nós investigadores e bla bla bla….
    Muito nojenta essa rixa de operacionais.
    O SSP e o novo DGP precisam dar um jeito nessa imbecilidade, pois na polícia não se pode haver o que está ocorrendo, pois ninguém aqui é moleque.

    Curtir

  112. Aspirante :
    Não tenho CNH, até a entrega dos documentos, consigo CNH A e B, mas o D é impossível, tendo em vista que tem que ter AB por pelo menos 1 ano. Eu li a lei, mas NA PRATICA, se eu passar, será que consigo entrar com CNH A e B, por que cansei de ver gente na Charlie entrar sem nem ter a graduação exigida… Será que consigo? Talvez com ajuda de algum ” padrinho” entrar sem a D?
    Abraços!

    Amigo! Hoje em dia não existe mais essa de padrinho nos concursos da polícia civil de SP.
    Se você não estudar, você NÃO PASSARÁ, seja para investigador, carcereiro ou agentepol.
    Essa de padrinho já ficou no passado, há uns 20 anos, onde ingressaram alguns no nosso meio que não sabiam nem falar direito, mas tiraram altas notas no certame.
    Enfim, hoje não há mais isso.

    Curtir

  113. Os senhores estão impressionados com o nível de escolaridade?
    Pois bem, vem aí um bizú fortíssimo de uma fonte fidedigna de que vai haverá um concurso para CARCEIRO POLICIAL, nos mesmos moldes.
    Aguardem!!!!!!!!!!!!!!!

    Curtir

  114. Flavião: Obrigado pela resposta, mas não me referi a isso, pretendo sim estudar, claro, me referi apenas ao fato do CNH D, se teria alguma forma, caso eu passe em todas as fases do concurso, pois acho um pouco injusto, não tem como eu tirar o D, mas em contrapartida vai entrar muita gente que tem, mas que não sabe nem digitar direito, ou que não tenha capacidade física . Acho um pouco injusto, apenas minha opinião, sou formado em Krav Maga e atiro em clube a um tempinho, sacanagem perde vaga só por que não sei dirigir ônibus…

    Abraços!

    Curtir

  115. Padrinho? ouvi falar muito, mas, não conheço ninguém entrou nestes termos, e certamente não existe! Conselho, estude e muito, pois os novos contratados racham de estudar, o nível esta muito alto, no meu consurso passei em segundo lugar, mas isto há 11 anos, acredito que hoje não seria possivel passar nem mesmo na média com o que estudei! Faltando documentos probatórios nem tente, vai perder seu dinheiro usado na inscrição!

    Curtir

  116. juca :
    boa tarde, a todos.. Quero que me digam qual a verdadeira funçao do AGENTE POLICIAL? Pois se for dirigir,como era antigamente, nao precisa pois hoje em qualquer carreira policial, e necessario ter habilitaçao….. Ou sera cabide para filhos de Majuras que nao tem o minino de escolaridade….

    agente :ficava na viatura, na hora de pu

    juca :
    boa tarde, a todos.. Quero que me digam qual a verdadeira funçao do AGENTE POLICIAL? Pois se for dirigir,como era antigamente, nao precisa pois hoje em qualquer carreira policial, e necessario ter habilitaçao….. Ou sera cabide para filhos de Majuras que nao tem o minino de escolaridade….

    O ´agente policial´ é antigo Motorista Policial. antigamente na hora do `pega prá capá` com os tiras de VTR, eles não saiam da VTR prá dar a cana, pois a função dele era apenas ser motorista, daí então resolveram acabar com essa carreira e criaram o de agente policial. Que auxilia o delegado , escrivão e investigador; e ainda cuida das VTRs e sendo carteira “D”, ainda dirige ônibus.

    Cara muita balela, o pessoal sempre fala isso que o agente na hora do pega pra capar fala que só ta ali pra dirigir, que quando vai puxar corda na corro fala que é só motorista, ou só dirigi para os majuras, o cu de quem fala isso, eu trabalho com outro agente policial numa especializada de homicídios, e não é querendo me gabar não, mas somos a equipe que mais racha trampo, e mais da cana, não só de homicídio, mas de tudo que vier pra mão, quem fala que os agentes são motorolas pode ter certeza que são os super polícias, os zero canas, mão cansadas, se vier falar merda pra mim eu já mando tomar no cu, quero que se foda, chego na delegacia pego a viatura e vou trampar, não dou atenção pra esses comentários, porque se é algo que consegui com o tempo na polícia foi respeito, então ninguem vem pagar comédia para mim nem pro parceiro, se vc tiver disposição para trabalhar vão te respeitar, tenho 14 anos de serviço, e só trabalhei um ano no plantão, o resto foi chefia e especializada, só que eu conheço uma pá de “tira”, que faz 20 anos que tá no plantão, não por que quer, mas porque não sabe fazer sua principal atribuição, ou seja, investigar, e desses tipinhos o chefe (chefe dos investigadores) não quer nem saber.

    Curtir

  117. Padrinho? ouvi falar muito, mas, não conheço ninguém entrou nestes termos, e certamente não existe! Conselho, estude e muito, pois os novos contratados racham de estudar, o nível esta muito alto, no meu concurso passei em segundo lugar, mas isto há 11 anos, acredito que hoje não seria possivel passar nem mesmo na média com o que estudei! Faltando documentos probatórios nem tente, vai perder seu dinheiro usado na sua inscrição!
    A lei é dura mais é a lei, não tem como mudar!

    Curtir

  118. Aliás este cargo deveria ser avaliado, pois o Agente de Policia faz o mesmo que o investigador, mas ganha menos e sofre também com os preconceitos de alguns colegas !!!

    Curtir

  119. Michel :
    Os senhores estão impressionados com o nível de escolaridade?
    Pois bem, vem aí um bizú fortíssimo de uma fonte fidedigna de que vai haverá um concurso para CARCEIRO POLICIAL, nos mesmos moldes.
    Aguardem!!!!!!!!!!!!!!!

    agora vai abrir concurso para carcereiro policial …kkkkk só faltava essa mesmo, prá tomar conta de qual carceragem? cada merda que tá saindo aqui , viu.
    a inscrição vai ser quanto? R$ 2, R$ 5?. Concordo com o flavião. Enquanto os operacionais ficam discutindo o sexo dos anjos e de hollerith de 2 contos e uns quebrados. O governador fica dando migalhas prá toda a polícia, e a facção zerando colegas de trabalho. Se liga pessoal!!

    Curtir

  120. AGENTE POLICIAL – AP/12

    V – DAS PROVAS
    1. O programa da Prova Preambular é o constante do Anexo III, estruturado nas
    seguintes disciplinas:
    1.1. Língua Portuguesa;
    1.2. Noções de Direito;
    1.3. Noções de Criminologia;
    1.4. Noções de Lógica;
    1.5. Noções de Informática.
    2. O Concurso será realizado em 4 (quatro) fases, a saber:
    2.1. Prova Preambular, de caráter eliminatório e classificatório, que será constituída
    de questões objetivas, consistentes em testes de múltipla escolha, abrangendo
    disciplinas objeto do programa definido no Anexo III;
    2.2. Prova de Aptidão Psicológica – PAP, de caráter unicamente eliminatório;
    2.3. Prova de Aptidão Física – PAF, de caráter unicamente eliminatório;
    2.4. Comprovação de idoneidade e conduta escorreita, mediante investigação social,de caráter unicamente eliminatório, conforme Lei Complementar 1.151/11, a ser realizada pela Corregedoria Geral da Polícia Civil.

    INVESTIGADOR IP/12

    V – DAS PROVAS
    1. O programa da Prova Preambular é o constante do programa definido no Anexo
    II, estruturado nas seguintes disciplinas:
    1.1. Língua Portuguesa;
    1.2. Noções de Direito;
    1.3. Noções de Criminologia;
    1.4. Lógica;
    1.5. Noções de Informática;
    2. O concurso será realizado em 5 (cinco) fases, a saber:
    2.1. Prova Preambular, de caráter eliminatório e classificatório, que será constituída
    de questões objetivas, consistentes em testes de múltipla escolha;
    2.2. Prova de Aptidão Psicológica, de caráter unicamente eliminatório;
    2.3. Prova de Aptidão Física, de caráter unicamente eliminatório;
    2.4. Comprovação de idoneidade e conduta escorreita, mediante investigação
    social, de caráter unicamente eliminatório a ser realizada pela Corregedoria Geral
    da Polícia Civil, conforme Lei Complementar n.º 1.151/11.
    2.5. Prova de Títulos, de caráter unicamente classificatório.

    Curtir

  121. Se ta rachando de dar cana investigando, e nao e tira, e desvio de funçao. Podendo ser punido administrativamente….

    Curtir

  122. Alias, faz o mesmo que o tira,pois e puxa saco,pois se fizer M…. vai responder por desvio de funçao..

    Curtir

  123. Por favor respondam uma dúvida. Como é a relação entre os operacionais e os delegados?: E parecido com os dos praças e oficiais?

    Curtir

  124. To pensando agora em virar Fuzileiro mesmo.. além da ação, num vou ser “reprovado” por causa de um CNH.

    Abraços!

    Curtir

  125. juca :
    Se ta rachando de dar cana investigando, e nao e tira, e desvio de funçao. Podendo ser punido administrativamente….

    deixa o cara vibrar dando as canas dele, e daí? desvio de função tem na maioria das delpols. não tem funcionários. chegou nessa pindaíba por culpa exclusiva do governo estadual , então “quem não tem cão, caça com gato”.

    Curtir

  126. O que vale é a Lei, salvo engano o último concurso para Agente Policial foi em 2004, e no edital do certame elevou-se a escolaridade exigida de 1º grau completo (atual ensino fundamental) para 2º grau completo (atual ensino médio). Mas infelizmente não foi promulgada a Lei Complementar para a alteração dos níveis de escolaridade para ingresso nas carreiras de carcereiro, agente policial, atendente de necrotério policial e auxiliar de papiloscopista policial; continuou valendo a LC 494/1986 (vide adiante o artigo 5º dessa Lei).

    Quem sabe agora, de uma vez por todas, àqueles que acham que justiça é salário igual para todoas as carreiras operacionais, entendam que o que vale é a Lei em vigor, e no caso em questão é a LC 1151/2010 resumida adiante, e passem a lutar primeiramente pela a alteração do nível de escolaridade para o ingresso, para depois pletear o reconhecimento em R$R$R$; como nós Escrivães e os Investigadores estamos fazendo

    Lei Complementar 1151 de 25/10/2012
    Artigo 4º – Constituem exigências prévias para inscrição no
    concurso público de ingresso nas carreiras policiais civis ser portador de nível de escolaridade estabelecido para cada carreira
    no artigo 5º da Lei Complementar nº 494, de 24 de dezembro
    de 1986, e no artigo 1º da Lei Complementar nº 1.067, de 1º de
    dezembro de 2008.

    Lei Complementar 494 de 24/12/1986
    Artigo 5º — Para o ingresso a que se refere o artigo anterior será exigido:
    I — certificado de primeiro grau ou equivalente, para as séries de classes de:
    a) Carcereiro;
    b) Agente Policial;
    c) Atendente de Necrotério Policial;
    d) Auxiliar de Papiloscopista Policial;
    II — certificado de segundo grau ou equivalente, para as séries de classes de:
    a) Escrivão de Polícia;
    b) Investigador de Polícia;
    c) Agente de Telecomunicações Policial;
    d) Fotógrafo Técnico-Pericial;
    e) Auxiliar de Necrópsia;
    f) Desenhista Técnico-Pericial;
    g) Papiloscopista Policial;
    III — diploma de nível universitário ou habilitação legal, compatível com as atribuições próprias do cargo, para a série de classes de Perito Criminal.

    Já para as carreiras de Escrivão e Investigador, foi promulgada a LC 1067/2008 (vide Artigo 1º).

    Lei Complementar 1067 de 1º de dezembro de 2008
    Artigo 1º – Para o ingresso nas carreiras de Escrivão de Polícia e Investigador de Polícia, exigir-se-á diploma de graduação de nível superior ou habilitação legal correspondente.
    O que vale é a Lei, salvo engano o último concurso para Agente Policial foi em 2004, e no edital do certame elevou-se a escolaridade exigida de 1º grau completo (atual ensino fundamental) para 2º grau completo (atual ensino médio). Mas infelizmente não foi promulgada a Lei Complementar para a alteração dos níveis de escolaridade para ingresso nas carreiras de carcereiro, agente policial, atendente de necrotério policial e auxiliar de papiloscopista policial; continuou valendo a LC 494/1986 (vide artigo 5º).

    Curtir

  127. restopols, ta achando que é brincadeira? Aguarde e verás, a úncia diferença é que não vão exigir a habilitação D.
    Em relação ao concurso, sinceramente, vai ter um monte de “mané” como tem todos os anos, os que vão passar neste concurso é a sobra dos que não passaram para tira e escrivão , que obviamente estudaram e que possuem a habilitação exigida (nem todos tem).

    Curtir

  128. Aspirante isso mesmo vai ser fuzilete, vai lavar muitos banheiros,ficar longe da família, faxina na O.M, ordem unida e hierarquia militar ao extremo onde seu superior tem sempre razão e você tem que abanar o rabinho, quem sabe com muita sorte vc arrume um marujo bonitão.

    Curtir

  129. Muitos falam e poucos tem atitudes, aqui nesse ambiente trabalho (PC) é um tentando engolir o outro, ou seja, pisando no pescoço do outro para se manter por cima, no entanto que a PM sempre consegui algo diferente e, se continuar do jeito que está indo, não demorará muito e os soldados alcançará também um posto maior, porque lá prevalece o corporativismo entre as classe inferiores, isto é, um tentando ajudar o outro ( é claro que existem exceções), seja através de alguém com influência política ou externa, ou seja através de alguém com influência interna. Prova disso, é que durante mais de 20 anos do governo vigente, a gloriosa sempre conseguiu comer pelas beiradas, não é à toa, sim lei, que com o Decreto n° 42.053, de 5 de agosto de 1997, os soldados passaram de nível fundamental para ensino médio, vejam de quem é autoria desse lei, vocês acham que o atual chefe de Estado revogaria esse feito, certamente que não, bem mais recente, com a Lei Estadual nº 11.064, de 08-03-02: Institui o Serviço Auxiliar Voluntário PM do Estado, vejam de quem é autoria desse lei agora, esse cargo exigem o nível fundamental para o ingresso, haja vista, ser um cargo com prerrogativas administrativa com uma duração de apenas um ano prorrogáveis por um ano, sendo um total de 2 anos. Acho que agora já temos a noção da bagunça interna que estamos vivenciando dentro da (PC), para verificarmos isso, não é preciso ir tão longe, vamos fazer uma breve retrospectiva nos cargos da (PC), aqui se tem Agetel, ensino médio, ganhando mais que as carreiras de nível universitário (Escrivão e Investigador), até o presente ano, nada se fez para mudar isso! apenas existem promessas. Cada carreira tem suas atribuições e seus valores, automaticamente em qualquer instituição, seja ela privada ou pública, as funções que as diferencia são suas exigência para o ingresso (superior, ensino médio e fundamental, sendo esse último quase que extinto). Na (PC) é tudo diferente, ao contrario, pagam salários nível de universitários inferior aos de ensino médio, isso é fato comprovado, e nada se fez para regularizar; sem falar em promoções de classes, essas circulam na maioria da vezes, nos setores administrativos, é nossa realidade, ou não é ou mentira?. Até quando isso permanecerá, pasmem, um absurdo, agora recente, olham o que ocorreu no concurso para Agente Policial exigem o nível fundamental para a carreira, olha a bagunça comprovada, ai de novo! No concurso de AP-2002 e AP-2004, exigiram o ensino médio para o ingresso na carreira, ou seja, agora estão exigindo o fundamental, que desqualificação profissional é essa, hem, só aqui na (PC) retrocedemos, ora estamos em busca qualidade, ora não?, já não estou entendendo mais nada, mas se dermos uma olhada na matéria exigida de nível fundamental é mesma de ensino médio e superior (português, noções de direito, noções de criminologia, noções de lógica e noções de informática, num total de 80 questões, ou seja, o nível de conhecimento é o mesmo, e a perspectiva salarial é lamentável de uma função para outra), recentemente, criaram uma nova portaria DGP-30, de 14-11-2012, igualando todas as funções ou atividades comuns a todas as carreiras, seja elas (superior, ensino médio, fundamental), em nenhum momento levaram em consideração as limitações de um grau para o outro exigidas, ou superiores acharam que poderia passar despercebidos, isto é, acham que vivemos num mundo antigo, retrodota, a grande maioria tem conhecimento que em várias repartições policiais, o Agente Policial, que por determinações (dos delegados), concorrem às mesmas escalas funcionais, de serviços ou plantões, iguais as demais carreiras, inclusive tem agente policial que trabalham na elucidação de crimes ou flagrantes delitos, e ainda, elabora e assina relatórios de investigação criminal; isso é fato comprovado, é só consultar o Registro Digital de Ocorrência e os inquéritos policias nas unidades, vão confirmar que isso não é papo furado. Outra bagunça, será que os professores da que dão as aulas de nível operacionais na academia já vivenciaram a realidade nas ruas ou já trabalharam nas ruas pelo menos? certamente a maior parte deles não!, costumeiramente, contam fatos vivenciados por outros policiais civis que realmente vivenciou determinada realidade. Continuando em retrospectiva e permanecendo as bagunças, certamente vão lembrar do concurso de Oficial Administrativo do Detran (Of. Adm. 1/2009), realizado inicialmente pela (PC) onde se exige para o cargo o ensino médio, com um ganho salarial de em torno de R$ 900,00 com às devidas gratificações, assim que mudaram para Secretaria de Gestão Pública, e posteriormente, para Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Regional, por sorte deles, estão sendo valorizados, há informações de que já estão com um nível salarial bem maior, de quando ingressaram, ou seja, deixaram a Segurança Pública, aí aumenta perspectiva no cargo. É triste, é lamentável, o que estamos passando atualmente na (PC), tem se cobrança, mas perspectiva zero. Se você é um Agente Policial ou de outra carreira!, comece se mobilizar cobrando seu sindicato ou associação para não ser rebaixado, se você conhece algum deputado, seja ele qual for, ou se você tem influências nos setores internos ou externos institucionais, lute com ideal pelo o que é justo, o ensino médio, é os demais policias civis, tenha consciência disso, ou se esqueceram que somos da mesma base de classe operacionais, ao invés ficarmos criticando quaisquer dos cargos da (PC), deixem de lado um pouco do orgulho e do estrelismo, vamos parar com críticas, demagogias, interesses pessoais, a união ainda é a melhor saída, não esquecemos que na greve muitos agentes, carcereiros etc., estavam lutando juntos nas ruas por um mesmo ideal, não façamos o mesmo que nos feito, sabem bem disso, porque um dia refletirá também nos demais, a vida é assim um hoje estamos por cima, amanhã pode estar por baixo, logo vão perceber a evasão de agentes para outros setores pela falta de perspectiva na carreira, pelo fato do retrocesso atual, muito deles já possuem o curso superior. Ingressem judicialmente, não fiquem colaborando com o desvio de função. Bem disse, aquele Investigador que esteve no plenário da Assembleia Legislativa, quando afirmou que o Estado está enriquecendo com o conhecimento dos outros.

    Curtir

  130. restopols :

    juca :
    Se ta rachando de dar cana investigando, e nao e tira, e desvio de funçao. Podendo ser punido administrativamente….

    deixa o cara vibrar dando as canas dele, e daí? desvio de função tem na maioria das delpols. não tem funcionários. chegou nessa pindaíba por culpa exclusiva do governo estadual , então “quem não tem cão, caça com gato”.

    O juca seu vulgo já diz tudo, você deve ser ganso, desvio de função? 98% dos Agentes Policiais estão em desvio de função, se vc manja muito vai pra federal e não fique perguntando o q faz o agepol, vc deve ter chegado em casa mais cedo e pegou um colega traçando sua mulher, por isso nutri bronca dos agentes, se vc pesquisar um pouco, vai ver que as atribuições do agente são quase todas relacionadas a manutenção de viatura, quando surgir qualquer problema relacionado ao veículo oficial o agente deve relatar ao seu chefe, ou seja, se vc realmente trabalha em alguma delegacia, mesmo se for vigia, deve saber se o agente for deixar de rodar com a viatura esperando o reparo desta, nenhuma viatura da polícia vai rodar, pois todas não tem a manutenção adequada, e quanto a estar em desvio de função, não foi em quem mandei me colocar ali (por falar nisso alguns agentes ganharam ações por desvio de função, recebendo a diferença entre seu saláro e o de investigador, e o judiciário não os puniu pelo devido desvio), entende esta coisa de estar lotado, portaria, publicação em diário oficial sabe? Falta um ano para me tornar bacharel em Direito e confesso que não vou conseguir dormir hj por causa da sua opinião sobre minha carreira. E antes que eu me esqueça vai dar meia hora de bunda com o relógio parado. Boa noite!

    Curtir

  131. Michel:

    Cuidado com a Inveja, e antes de falar MERDA, pense bem…talvez essa seja a SUA situação, mas não é a realidade de um CFN, e pra sua informação, entrarei pela escola de oficiais…

    Aposto que você é um gordo que nunca pegou em uma M4, cai de frente comigo que ganho tua .40 (se é que tem) quebro teu braço e ainda do rolê com a tua VTR seu lixo!!!

    Por pc todo mundo é homem, quero ver fala isso na cara, aqui é UKV seu MERDA

    Curtir

  132. È lixo como você que só fala merda que corrompe a corporação, parabéns a todos que postaram suas opiniões sem desrespeito. vocês são profissionais, esse BOSTA deve ser um corno conformado, isso sim

    Curtir

  133. PS: Lindo texto indignação….

    União, companheirismo e lealdade sempre prevalecerão , enquanto houver discussões e discórdia, a situação não só da Charlie, mas de outras instituições, permenacera a mesma…

    Curtir

  134. Aspirante, Sai fora rapá! Que papo é esse de querer me pegar pelo braço e me dar um beijo!!!! Ta bom garoto, vai la se trancafiar com 500 rapazes sarados e sem camisa, Aaah e aproveita para conhecer o barril você vai adorar…kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Curtir

  135. Entao, quando terminar a faculdade de Direito,presta concurso para tira. Quanto a um colega ficar com a minha mulher, ela tem alguns filhos que sao agentepol,imagine o que ela e…

    Curtir

  136. Michel :
    Os senhores estão impressionados com o nível de escolaridade?
    Pois bem, vem aí um bizú fortíssimo de uma fonte fidedigna de que vai haverá um concurso para CARCEIRO POLICIAL, nos mesmos moldes.
    Aguardem!!!!!!!!!!!!!!!

    Sim, e o que irão fazer esses novos carcereiros? Contratar carcereiro pra não fazer o serviço de carcereiro?
    Tem mais de 3 mil carcepols por aí, e poucos deles tem cadeias pra trabalhar.

    Curtir

  137. juca :
    Entao, quando terminar a faculdade de Direito,presta concurso para tira. Quanto a um colega ficar com a minha mulher, ela tem alguns filhos que sao agentepol,imagine o que ela e…

    “Coleguinha”, cinco anos de facu, R$ 860,00, fora combustivel, livro, alimentação, para depois prestar concurso pra investigador, pra ganhar trezentas pilas a mais. Cara desisto você é demais.kkkkkkkkkk.

    Curtir

  138. VOU TE CONTAR UMA COISA. SOU AGENTE POLICIAL HÁ MAIS DE 15 ANOS, SÓ TRABALHEI EM ESPECIALIZADA E NÃO PORQUE PEDI, MAS PORQUE TALVEZ NÃO TENHAM ENCONTRADO INVESTIGADORES COM A COMPETÊNCIA DESEJADA. SOU FORMADO EM DIREITO, EM INFORMÁTICA AVANÇADA, EM ELETRÔNICA, EM FOTOGRAFIA E ATÉ HOJE CONTINUO DISPUTADO SEJA ONDE FOR E VALE RESSALTAR QUE NÃO VIVO DO SALÁRIO DO ESTADO. GOSTO DO QUE FAÇO. AO INVÉS DOS INVESTIGADORES SEREM UM POUCO MAIS INTELIGENTES E TENTAREM UNIR A POLÍCIA DE VERDADE, FICAM DISPUTANDO CLASSES. SE FOSSEM UM POUCO INTELIGENTES, FARIAM ISSO E NÃO FICAR COM ESSA HISTORINHA DE PRECONCEITO. A VIDA DE VOCÊS PODEM DEPENDER DE UM AGENTE, VAI SABER…

    Curtir

  139. AGENTE POLICIAL :
    VOU TE CONTAR UMA COISA. SOU AGENTE POLICIAL HÁ MAIS DE 15 ANOS, SÓ TRABALHEI EM ESPECIALIZADA E NÃO PORQUE PEDI, MAS PORQUE TALVEZ NÃO TENHAM ENCONTRADO INVESTIGADORES COM A COMPETÊNCIA DESEJADA. SOU FORMADO EM DIREITO, EM INFORMÁTICA AVANÇADA, EM ELETRÔNICA, EM FOTOGRAFIA E ATÉ HOJE CONTINUO DISPUTADO SEJA ONDE FOR E VALE RESSALTAR QUE NÃO VIVO DO SALÁRIO DO ESTADO. GOSTO DO QUE FAÇO. AO INVÉS DOS INVESTIGADORES SEREM UM POUCO MAIS INTELIGENTES E TENTAREM UNIR A POLÍCIA DE VERDADE, FICAM DISPUTANDO CLASSES. SE FOSSEM UM POUCO INTELIGENTES, FARIAM ISSO E NÃO FICAR COM ESSA HISTORINHA DE PRECONCEITO. A VIDA DE VOCÊS PODEM DEPENDER DE UM AGENTE, VAI SABER…

    É isso mesmo colega, falou tudo, parabéns!

    Curtir

  140. NÃO DESANIMEM ESTÁ PREVISTO QUE O ALCKMIM DEVE REJUSTAR O SALÁRIO EM 100% DE FORMA ESCALONADA ATÉ 2016. COMO JÁ ACONTEÇE EM MINAS GERAIS.

    Curtir

  141. mosca do cocô do cavalo do bandido :

    AGENTE POLICIAL :
    VOU TE CONTAR UMA COISA. SOU AGENTE POLICIAL HÁ MAIS DE 15 ANOS, SÓ TRABALHEI EM ESPECIALIZADA E NÃO PORQUE PEDI, MAS PORQUE TALVEZ NÃO TENHAM ENCONTRADO INVESTIGADORES COM A COMPETÊNCIA DESEJADA. SOU FORMADO EM DIREITO, EM INFORMÁTICA AVANÇADA, EM ELETRÔNICA, EM FOTOGRAFIA E ATÉ HOJE CONTINUO DISPUTADO SEJA ONDE FOR E VALE RESSALTAR QUE NÃO VIVO DO SALÁRIO DO ESTADO. GOSTO DO QUE FAÇO. AO INVÉS DOS INVESTIGADORES SEREM UM POUCO MAIS INTELIGENTES E TENTAREM UNIR A POLÍCIA DE VERDADE, FICAM DISPUTANDO CLASSES. SE FOSSEM UM POUCO INTELIGENTES, FARIAM ISSO E NÃO FICAR COM ESSA HISTORINHA DE PRECONCEITO. A VIDA DE VOCÊS PODEM DEPENDER DE UM AGENTE, VAI SABER…

    É isso mesmo colega, falou tudo, parabéns!

    NOSSA!!!!!!!IMPRESSIONANTE, MAS CONTINUA EXERCENDO UMA FUNÇÃO QUE EXIGE nível fundamental (alfabetizado), KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    Curtir

  142. A polícia acabou mesmo, exigir ensino fundamental é desmoralizar todos políciais civis seja de qualquer carreira, o ultimo que sair por favor apague a luz…………………………………..

    Curtir

  143. Tudo vai melhorar quando cada um fizer especificamente as atribuições pertinentes às carreiras que ocupam. Quando nenhum policial escutar, “há mais esse trabalho não pertence ao rool de atribuiçoes da minha carreira”. E se antes de abertura de vagas para qualquer carreira da polícia civil, se elaborar, com pessoas qualificadas para apresentação do resultado de tal estatísca quantas vagas devem ser abertas para cada carreira. E parar com esse negócio, de explorar os futuros ocupantes de vagas das carreiras menos remuneradas, e exigir depois atuação em serviços que pertencem às carreiras de maior remuneração daquela que o servidor foi aprovado no concurso que prestou. Isso que está gerando insatisfação. Cada um deveria ficar no seu quadrado, mas como não ficam, o governo se aproveita, e não faz nada para mudar, é conveniente pagar menor salário e ter um semi-escrivão e um semi-investigador. Não quero ofender ninguém na expressão “semi”, pois todos nós escrivães e investigadores sabemos que se alguma “cagada” for feita por aqueles que se submetem a “fazer às vezes” de escrivão e ou investigador, mesmo recebendo menos, a cobrança vai ser para os que efetivamente conquistaram as carreiras em questão.

    Curtir

  144. ……. ,,,,,,,,,, …….. ,,,,,,,,,, ……… ,,,,,,,,,,
    Estou postando . (pontinhos) e uma , (vírgulas) para esta matéria continuar sendo comentada; pois é com conhecimentos de opinões adversas, que os serem pensantes poderão filtrar todas elas, e formarem às próprias opiniões, e não correrem o risco de serem taxados como “os donos da verdade”.

    Curtir

  145. Com especial atenção ao “Nivaldo” # 67 e para o “Flavião # 71″ na matéria: Escrivães se sentem como ‘escravos’ (01/12/2012)

    Sonho com o dia em que todas as unidades policiais terão números suficientes, cada um em suas carreiras, para executarem as tarefas pertinentes; pois infelizmente o que está ocorrendo há anos: abertura de vagas em carreiras que não há falta de contingente para posteriormente serem desviados da função. Mas na hora do “pega va ta pá” é o escrivão ou o investigador que “sifu”. Antes que me esqueça – “Flavião” você já está me irritando, pare de deturpar meus comentários, não tenho e não quero ter o poder de dar ordens a ninguém. Só quero o contingente necessário de cada carreira, em cada unidade, e todos recebendo de acordo com o salário da carreira para qual foram aprovados no concurso. Lema: mais vagas para Escrivães e Investigadores; para eliminar de uma vez por todas os desvios dos que estão em outras carreiras. Polícia sem desvio de função já.

    Curtir

  146. . ME DESCULPEM RETORNAR A ESTE TEMA MAS ATÉ AGORA NENHUM FLITADOR QUE DIZ QUE TODAS AS CARREIRAS FARÃO AS VEZES DO ESCRIVÃO, INFORMOU QUANTOS INVESTIGADORES, OPERADORES DE TELECOMUNICAÇÕES, AGENTES POLICIAIS E CARCEREIROS ESTÃO A FRENTE DE CARTÓRIOS “TOCANDO” DUZENTOS, TREZENTOS INQUÉRITOS. FAVÔR INFORMAR QUANTOS E EM QUAIS DELEGACIAS OU ESPECIALIZADAS ESTÃO PARA TERMOS A CERTEZA DE QUE ELES “CARREGARÃO” OS CARTÓRIOS EM UM EVENTUAL CUMPRIMENTO DA LEI.E, SE POSSÍVEL, INFORMAR TAMBÉM QUANTOS, EM QUAIS DELEGACIAS E ESPECIALIZADAS, ESTARÃO AO LADO DO GOVERNADOR CASO ESCRIVÃES “PAREM” DE FAZER O QUE NÃO É DE SUA OBRIGAÇÃO.NÃO VALE CIDADEZINHA DO INTERIOR COM CINCO, DEZ MIL HABITANTES.

    Curtir

  147. Polícia Civil de SP: Estudo apontará investimentos. Haverá plano de carreira e salários

    Do Jornal Cruzeiro do Sul

    O recém-empossado delegado-geral da Polícia Civil, Luiz Maurício Blazeck, disse ontem durante entrevista coletiva em Sorocaba que definirá em cerca de 60 dias as mudanças e investimentos a serem feitos tanto em pessoal como em material na Polícia Civil. Na intenção de motivar os policiais implantará um plano de cargos de carreira e salários, além de coibir o assédio moral aos subalternos. Sobre a reimplantação dos Distritos Policiais no Jardim Vera Cruz (9ª DP), Barcelona (10ª DP) e Jardim São Guilherme (11º DP), afirmou que a destinação de recursos e materiais será definida em todo o território estadual após visita aos nove Departamentos de Polícia Judiciária de São Paulo Interior (Deinters). Ele atendeu a imprensa às 15h na sede do Deinter 7, no Jardim América, ao lado do delegado que dirige o Deinter 7, Weldon Carlos da Costa. Descartou alterações no comando da Polícia Civil em Sorocaba de imediato.

    Lembrou que esteve durante dez anos em Sorocaba e conhece as necessidade da região. A exemplo dos demais Deinters, irá pedir ao responsável pelo da região de Sorocaba, Weldon da Costa, um planejamento de tudo o que já foi feito, de que forma e o que será feito, do que é necessário, principalmente em recursos humanos. “O Weldon mostrará o que fez de melhor possível e terá que mostrar como fará”, disse Blazeck. Afirmou que Sorocaba precisa de bom planejamento, principalmente para os plantões policiais, já que a cidade cresce ao ritmo de 30 mil novos habitantes ao ano.

    Tais planejamentos serão solicitados durante visitas aos nove Deinters em todo o Estado. As visitas estão previstas para o mês de janeiro, quando também decidirá quais mudanças serão colocadas em prática, tanto em relação aos policiais quanto em relação a investimentos em materiais e equipamentos. “Conversei com o secretário (de Estado de Segurança) e agora é ouvir absolutamente tudo, falar o necessário, e trabalhar muito”, declarou Blazeck. Quando concluídos os trabalhos de levantamentos nos Deinters, providenciará o planejamento de recursos pessoal e financeiro. A partir de então terá definido o quanto de recursos destinará para toda as Delegacias Seccionais, em policiais, viaturas, armas, munições, coletes e outros equipamentos. “Não se planeja da noite para o dia”, disse o delegado-geral.

    Nas delegacias e plantões, ele afirmou que além do plano de cargos e salários exigirá respeito com os policiais, tanto da população quanto de seus chefes. “Os funcionários têm que ter paz de espírito, se na base estiver insatisfeito com o superior, isso será refletido na sociedade”, afirmou. Segundo Blazeck, os policiais já trabalham sob estresse e não há ser humano que dá conta do estresse da profissão somado ao gerado pela falta de respeito, tanto da sociedade como dos policiais com os seus subordinados.

    Crise

    Há cinco dias atuando como delegado-geral da Policia Civil, Blazeck, afirmou que a missão é controlar a crise. “Crise não se resolve, se controla”, declarou. Destacou que tanto o policial civil como o militar precisam estar preparados para esse enfrentamento a qualquer momento. Para isso, em todo o Estado está sendo feito um trabalho de inteligência para a integração da Polícia Civil, Polícia Militar, Ministério Público e Polícia Científica, o que considera essencial.

    Sobre os ataques aos ônibus urbanos em Sorocaba e Votorantim, declarou que em qualquer lugar do mundo, quando uma facção criminosa começa a agir, também existem ações geradas por outras motivações que surgem aproveitando do momento.

    Afirmou que quase cem policias militares foram mortos e outros cerca de cem policiais civis por conta dos ataques da facção criminosa e o Departamento de Homicídios da capital está aprofundada nesses trabalhos – 60 desses casos estão praticamente esclarecidas, com 20 mandados de prisões que já foram ou estão sendo cumpridos. As informações são do portal do Jornal Cruzeiro do Sul.

    Curtir

  148. Policia do Futuro é Policia Unida !!!! :
    Qual é de fato? A Atribuição do Agente Policial na PCSP no Sec XXI.
    Relato de caso apresentado ao Curso Específico de Aperfeiçoamento de Agente Policial de 3º Classe, ministrado na Academia de Polícia Civil do Estado de São Paulo, exigido como Trabalho de Conclusão de Curso.
    Professor Orientador: XXXX. XXX
    AGENTE POLICIAL: AGENTE DA POLÍCIA OU MOTORISTA POLICIAL?
    INTRODUÇÃO
    Na Polícia Civil de São Paulo há diversas carreiras que atuam na preservação da ordem pública, da incolumidade das pessoas e do patrimônio, enfim segurança da população no sentido de se sentirem em paz.
    Para essa proteção o Estado utiliza seus agentes, mãos fortes, garantia do efetivo exercício de direitos dos cidadãos pertencentes a uma Sociedade justa, solidária e democrática.
    Naquela Sociedade justa, solidária e democrática que delegou parte de sua liberdade ao Estado, os agentes estatais representam o mais fiel fim estatal, ou seja, o Estado como uma ficção jurídica somente pode atuar e materializar sua força coativa tuteladora da paz social, por meio desses homens e mulheres honrados.
    A Polícia é uma parcela do Estado e da Sociedade, e particularmente voltado à segurança pública, assim, seus agentes, homem ou mulher, que atuam como parte do estado a serviço da polícia/segurança, também o são.
    Nesse contexto, é muito valioso definir cada atribuição daqueles que representam o Estado para cumprirem perfeitamente suas funções, pois se o agente sabe indubitavelmente o que fazer com certeza irá ao encontro do fim procurado pelo ente Estado, a pacificação social e a plenitude do ser humano.
    A Segurança Pública está prevista na Constituição Federal Brasileira de 1988, e nela a Polícia tem um papel importantíssimo de efetivadora do desejo estatal, ficando subordinada ao chefe do executivo estadual, o Governador.
    O Governador mediante projeto de Lei enviado a casa legislativa estadual respectiva, divide as carreiras dos integrantes desse quadro essencial a justiça criminal, cria cargos e suas atribuições.
    Na Polícia Civil de São Paulo, dividida em cargos para uma melhor atuação do fim estatal, há diversas carreiras bem definidas como: Delegado de Polícia (Autoridade Policial) e seus agentes, designados genericamente como “agentes da autoridade”.
    Entre esses agentes estão: Auxiliares de Papiloscopistas, Papiloscopistas, Carcereiros, Investigadores, Agentes Policiais, entre outros.
    Alguns cargos têm denominação, atribuição e exercício consolidados há muito tempo na lei, doutrina e jurisprudência, como podemos citar aqueles chamados de Investigadores, Detetives, Inspetores… Que mesmo com denominação diferente, atuam da mesma forma e com as mesmas obrigações e direitos, todos buscando exercitar a finalidade estatal.
    Há um caso peculiar de agente estatal, cuja denominação, cargo e atribuição causam conflitos na atuação do agente estatal ligado à segurança pública, é o caso do Agente Policial.
    Com essa denominação, e sendo como outros “agentes da autoridade” ele tem atribuição de direito não mais legalmente existente de Motorista, e efetivamente e de fato exercício de atividade fim igualmente atribuída a outras carreiras policiais como investigadores, carcereiros, escrivães. É atualmente um “ad hoc” concursado.
    Alguns dizem que o Agente Policial é o servidor mais “versátil” quanto ao seu uso pela administração, pois não tem uma atribuição, doutrinariamente e juridicamente reconhecida, ou seja, sem função definida, é muito útil, mas sem valor real.
    O tema desse trabalho de conclusão de curso de aperfeiçoamento de Agente Policial de 3º Classe é demonstrar faticamente a sua verdadeira atribuição, ou seja, se é: Agente da Polícia, Motorista, ou outra coisa.
    Os usuários do serviço público da região geográfica dessa Delegacia se diferenciam daqueles das periferias e dos bairros mais distantes, na área do 27º DP há empresas, bairros e residências de alto padrão, alem de shoppings para a classe média e alta.
    É absolutamente normal, ocorrências das mais simples às mais complexas envolvendo artistas ou pessoas com influência na política ou sociedade, como também, mas eventualmente, pessoas simples no sentido de posses, todas necessitando dos serviços dos agentes do estado que atuam nessas dependências de segurança pública – as Delegacias.
    Comparavelmente é possível descrever uma Delegacia de Polícia como um Hospital Público, ressalvadas suas diferenças estruturais e de pessoal, elas têm semelhanças nos atendimentos peculiares feitos pelos agentes estatais que lá atuam.
    Quando qualquer cidadão precisa de auxílio na área da Saúde, imediatamente vai a um Hospital Público, seu caso sempre é “urgente”, desde uma dor de barriga causada por gula ou uma apendicite estuporada, não cabe ao agente estatal que o atenderá diagnosticar o mal, mas pode efetivamente encaminhá-lo e aconselhá-lo enquanto não é atendido pelo Doutor (Médico).
    Pelas regras técnicas que aprendeu e pela experiência do cotidiano, o primeiro agente estatal que atende o usuário do serviço público, exercita o fim estatal, ou seja, o estado só existe para dar plenitude aos anseios dos cidadãos, com isso, ao atender bem e corretamente o usuário (que é um cidadão na acepção genérica da palavra) o agente exercita o poder estatal.
    Para o usuário-cidadão, a visão quanto à personificação do Estado se reflete no agente que vê, ou seja, para ele o agente é o Estado, e assim, de atende mal o Estado simplesmente não atende seu fim, imagina que se paga impostos e dá parte de sua liberdade para ter benefícios, tem a reflexão direta somente na sua necessidade de atendimento e conseqüente fruição desse direito. Não reflete metafisicamente se o Estado está ali presente ou não, quer saber apenas se será atendido ou não.
    Assim, para um usuário do serviço público o que importa é: se foi atendido o seu desejo, se atendeu mal ou se atendeu bem, e a conseqüência lógica disso é o reflexo da conscientização do ente fictício chamado Estado, personificado na forma do agente estatal. É assim que o usuário reconhece o Estado.
    E como o usuário reconhece o agente do estado? Essa pergunta é respondida quando vemos os requisitos para ser agente do estado, que em sua maioria provém por concurso publico e as características e atribuições inerentes à sua profissão.
    Para a Saúde, a característica inerente à profissão é o “jaleco branco”, vestimenta secularizada por demonstrar assiduidade e sentimento de paz.
    O usuário da Saúde ao procurar o Estado-Instituição, chamado Hospital, para atendê-lo, verá um Doutor a cada “jaleco branco” que surgir a sua frente, para ele não importa inicialmente se é Auxiliar, Técnico de Enfermagem, Motorista de Ambulância, Estagiário ou até mesmo Médico, o que deseja é ser bem atendido pelo ente estatal (Hospital) representando por seus agentes que exercitam o fim almejado pela Sociedade, como também pelo Estado que efetiva os direitos postos e garantidos na Constituição Federal Brasileira de 1988.
    O mesmo fenômeno de conscientização ocorre em outros órgãos ou instituições estatais que atendem o público, inclusive na segurança pública e especialmente no atendimento prestado pelos seus agentes nas Delegacias e outros Departamentos.
    Quando um usuário requer atendimento deseja que o Estado se materialize e o atenda, e isso ocorre somente quando o agente estatal tem consciência do que pode ou não fazer, a primeira noção de consciência ou imediata, se dá na pessoa do agente e só depois mediatamente ao ente fictício Estado, ocorre normalmente quando reflete sobre as boas ou más ações governamentais, e pensa assim: “É! O governo é bom, pois me atendeu quando precisei.” ou vice versa.
    AGENTE DA POLÍCIA OU MOTORISTA?
    Segundo o Manual Operacional do Policial Civil, na pag.68 prevê de fato a atribuição dos Agentes Policiais, desenvolvendo atividades típicas à dos Investigadores, senão vejamos:
    Outros policiais, eventualmente, poderão integrar uma equipe de investigação, principalmente o Agente Policial (…). Na Polícia Civil paulista, atualmente, os Agentes Policiais têm suas funções muito assemelhadas às dos Investigadores de Polícia. (MARCHI DE QUEIROZ, 2003. pag. 68 grifos nossos).
    Relevante explanação, sobre a figura do Agente Policial é contida no Manual de Polícia Judiciária, afeta aos trâmites administrativos e documentais policiais, vejamos, segundo Hélio Tornaghi (apud) os efeitos e os sujeitos da prisão em flagrante:
    Aponta Helio Tornaghi, na prisão em flagrante, três importantes efeitos: “1) a exemplaridade que serve de advertência aos maus; 2) a satisfação que, restitui a tranqüilidade aos bons; 3) o prestígio que, restaura a confiança na Lei, na ordem jurídica e na autoridade. (…)
    Visando atendê-los, o Estado, na defesa de sua própria existência, e no interesse da manutenção da ordem, da segurança, e da tranqüilidade, exerce, imediata e exemplarmente, sua principal finalidade, fazendo com que o autor da infração penal, ainda mesmo antes da sentença condenatória, responda pelo ato que praticou. Descoberto no ato de sua realização, sua captura em flagrante pode ser realizada por agentes do próprio Estado ou por qualquer do povo. (MARCHI DE QUEIROZ, 2003. pag. 123 grifos nossos)
    Diferencia ainda o mestre Tornaghi, sobre a prisão facultativa e obrigatória definindo essa última como:
    Compulsoriamente são obrigados a efetuar a captura de quem está praticando ilícito penal e, portanto, em estado de flagrância, as autoridades policiais e os seus agentes. (grifos nossos)
    Seria fácil, somente com as definições desses manuais, obter a definição da atribuição finalística do Agente Policial, mas ainda podemos citar outra definição do fim estatal exercitado por meio de seus agentes:
    Todos os demais servidores públicos, à exceção dos agentes policiais, nestes incluídos os policiais militares, os Peritos criminais, os médicos Legistas, e outros integrantes de carreiras policiais, na realização de captura em flagrante, podem, como qualquer do povo, efetuar a prisão. (MARCHI DE QUEIROZ, 2003. pag. 123 grifos nossos)
    Portanto, outros servidores “podem” prender e os servidores policiais – agentes da autoridade – devem prender em pura atividade fim estatal/policial.
    Não seremos ingênuos na definição da palavra posta acima, afirmando que o Agente Policial é mesmo “agente policial” usado genericamente na citação. Pois sabemos que agente policial é gênero e na sua família encontram-se tanto os investigadores, carcereiros, escrivães, como também o próprio Agente Policial, todos legítimos “agentes” da Autoridade Policial.
    Essa definição se encontra espalhada em quase todos os documentos policiais referindo-se aos agentes policiais genericamente, inclusive naqueles pertinentes ao uso de viaturas policiais e ocorrências envolvendo as mesmas, vejamos no pequeno trecho abaixo, o que diz a Resolução SSP-23, de 10 de março de 1983, sobre acidentes de trânsito envolvendo viaturas policiais:
    Art. 2º As autoridades e agentes policiais que primeiro tomarem conhecimento da ocorrência, que implique apreensão ou remoção do veículo, deverão tomar as providências necessárias para a perfeita individualização do veículo, que cumpre submeter à pericia, e o correto encaminhamento ao local devido. (MARCHI DE QUEIROZ, 2003. pag. 425 grifos nossos).
    Também nessa Resolução não há definição específica da atribuição do Agente Policial como motorista exclusivo da viatura policial, é usado o termo para todos os policiais que eventualmente utilizam a viatura e possam vir a participar de ocorrências.
    Percebe-se que o termo Agente Policial guarda pertinência lógica e direta de agente da autoridade policial e dentro do organograma estatal é Agente da Polícia, pois serve à Instituição Policial e não a uma determinada pessoa investida.
    Essa servidão ao Estado e não a um indivíduo advém de princípios constitucionais dispostos no artigo 37 da CRFB, sendo o principal o da Impessoalidade, que segundo Nestor Sampaio Penteado Filho seria:
    O principio da impessoalidade, também chamado de principio da finalidade administrativa, impõe à administração agir sempre dentro de um equilíbrio, evitando perseguições políticas deletérias (infelizmente corriqueiras no serviço público, mormente na atividade policial, à vista do comportamento de certos chefes medíocres), assim como na concessão de benesses aos apaziguados ou protegidos.
    Destarte, esse princípio completa o da legalidade, na medida em que o administrador público deverá sempre buscar a finalidade legal, com transparência, pois age de acordo com a vontade dela e não de acordo com a sua própria vontade.
    Quaisquer desvios de finalidade do ato praticado importam na sua nulidade por excesso de poder ou desvio de finalidade. (PENTEADO FILHO, 2008. pag. 200)
    Historicamente o cargo de Agente Policial deriva da antiga denominação de Motorista Policial, conforme descrevia a Lei Complementar Nº. 494, de 24 de dezembro de 1986, que teve sua denominação alterada conforme vemos a seguir:
    Artigo 8º – Os cargos de Motorista, pertencentes ao Quadro da Segurança Pública, ficam com sua denominação alterada para Agente Policial, devendo ser integrados no nível inicial da respectiva série de classes. (grifos nossos).
    A Lei Complementar Nº. 929, DE 24 DE SETEMBRO DE 2002, modificadora do artigo 5º da Lei Complementar Nº. 494, de 24 de dezembro de 1986, alterou o requisito para o cargo de Agente Policial de 1º Grau para 2º Grau (antigo ensino médio), nivelando a graduação para o mesmo grau dos Investigadores e Escrivães de Polícia, nada esclarecendo sobre a atribuição do novo Agente Policial, ou seja, houve criação e denominação do cargo, mas não houve legalmente as especificações de suas funções.
    Neste interstício de 24 de dezembro de 1986 a 06 de maio de 1987, houve omissão normativa da atribuição do Agente Policial e, mediante uma portaria, definiu-se as funções de tal atividade essencial a justiça criminal, como sendo:
    Portaria da Delegacia Geral de Polícia nº 12 de 06 de maio de 1987.
    Art. 1º – Incumbe aos Agentes Policiais:
    I – Dirigir os veículos patrimoniados na Divisão de Transportes do DADG, bem como aqueles cujo uso pela Polícia Civil, tenha sido legalmente autorizado:
    II – Nos termos do decreto 9543 de 01 de março de 1977:
    a) inspecionar o carro antes da partida e durante o percurso;
    b) requisitar ou providenciar a manutenção preventiva do veículo, compreendendo especialmente:
    (…)
    Art. 2º – É vedado atribuir ao Agente policial incumbência própria de outras carreiras policiais. (PORTARIA DGP – 12, 1987 grifos nossos).
    Destarte a preocupação do Chefe da Polícia Civil em regulamentar a atribuição, que legalmente é conferida pelo Poder Hierárquico e Regulamentar, acreditamos que a definição da atribuição do Agente Policial foi incorreta pelo meio e conteúdo utilizado.
    No direito administrativo brasileiro tem-se a figura da portaria que é espécie do gênero do ato ordinatório e, segundo o Mestre Hely Lopes Meirelles seria:
    Atos administrativos ordinatórios são os que visam a disciplinar o funcionamento da Administração e a conduta funcional de seus agentes. São provimentos, determinações ou esclarecimentos que se endereçam aos servidores públicos a fim de orientá-los no desempenho de suas atribuições. Tais atos emanam do poder hierárquico, razão pela qual podem ser expedidos por qualquer chefe de serviço aos seus subordinados, desde que o faça nos limites de sua competência.
    (…)
    São atos inferiores à lei, ao decreto, ao regulamento e ao regimento. Não criam, normalmente, direitos ou obrigações para os administrados, mas geram deveres e prerrogativas para os agentes administrativos a que se dirigem, de outras autoridades administrativas, quando esta for a espécie de ato estabelecido em lei, a portaria.
    (…)
    Além da função ordinatória precípua, esses atos se prestam também à investidura de servidores subalternos em suas funções e a transmissão de determinações superiores gerais ou especiais, concernentes ao serviço e a seus executores.
    Dentre os atos administrativos ordinatórios de maior freqüência e utilização na prática, merecem exame as instruções, as circulares, os avisos, as portarias, as ordens de serviço, os ofícios e os despachos.
    (…)
    Portarias – Portarias são atos administrativos internos, pelos quais os chefes de órgãos, repartições ou serviços, expedem determinações gerais ou especiais a seus subordinados, ou designam servidores para
    funções e cargos secundários. (MEIRELLES, 1989, pag. 160, grifos nossos)
    Como vimos a Portaria é instrumento hábil para expedições de determinações gerais ou especiais aos seus subordinados, não se hierarquizando com a Lei, logo, para cada ato administrativo deve ter sua respectiva direção.
    Somente por Lei ou Projeto de Lei de iniciativa exclusiva do Chefe do Executivo pode-se criar cargos e de conseqüência lógica material, suas atribuições, isso ocorreu efetivamente com a Lei Complementar que criou o cargo de Motorista Policial, definindo sua denominação, atribuição, deveres e direitos inerentes ao cargo público.
    Mas isso não ocorreu, pois com a Lei Complementar Nº. 494, de 24 de dezembro de 1986 que alterou a denominação do cargo e, nem mesmo em uma segunda oportunidade com a Lei Complementar Nº. 929, DE 24 DE SETEMBRO DE 2002, modificadora do artigo 5º da Lei Complementar Nº. 494, de 24 de dezembro de 1986, não se retificaram ou ratificou a impropriedade.
    Percebe-se a omissão legislativa, atualmente ainda perdura e não se sanou o vício formal, uma simples portaria extrapola a competência do administrador, ela é inferior à Lei, e só existe para complementá-la nos limites legais, para atribuir novas funções ou regularizar as já existentes.
    Sobre a vigência das Leis, o Código Civil na sua Lei de Introdução, especifica claramente essa questão, dispondo que:
    Art.2º Não se destinando à vigência temporária, a lei terá vigor até que outra modifique ou revogue.
    Parágrafo 1º. A lei posterior revoga a anterior quando expressamente o declare, quando seja com incompassível ou quando regule inteiramente a matéria de que tratava a lei anterior (BRASIL, 2010. pag. 239 grifos nossos)
    A Lei Complementar Nº. 494, de 24 de dezembro de 1986, revogou expressamente a Lei de criação, denominação e atribuição do antigo Motorista Policial, assim, a antiga é letra morta e enterrada, e em nosso direito pátrio ela nunca se repristinará.
    Metaforicamente podemos imaginar a Lei do cargo de Agente Policial, como uma anomalia administrativa jurídica, pois se retirou, mediante portaria, parte de um cadáver (Lei que deu atribuição de motorista) e a enxertou em um ser vivo (Lei Complementar Nº. 494, de 24/12/1986) criando-se uma coisa, que não é Motorista – pois a Lei jaz falecida – e nem Agente da Polícia, pois a Lei nova não diz isso.
    Como quem vive de passado é museu, cabe analisar atualmente com se desenvolve o trabalho desse importante ator na distribuição de justiça e pacificação social, finalidade estatal.
    No corrente ano (2011) os corredores da Academia de Polícia do Estado de São Paulo têm sido agitados por passos dos mais variados, desde novos integrantes da carreira policial bem como policiais mais antigos, que voltam à magnífica Casa de Ensino para reciclagem de conhecimento e aperfeiçoamento de seu trabalho na defesa do Estado, da Sociedade e da República.
    A Polícia antes a serviço de um Estado repressor passou a ser uma Policia Republicana, ou seja, não mais atende aos interesses dos gerentes estatais com ações pontuais e determinadas por interesses escusos, passou a ser legítima representante estatal na garantia e exercício dos direitos da população, agindo em favor de um todo.
    Em setembro de 2010, se abriu vagas para o Curso Especial de Aperfeiçoamento de Agente Policial de 3º Classe, requisito necessário para ascensão de classes (da 3º para a 2º), até o topo da classe, especial. Concorreram aproximadamente 300 candidatos para 80 vagas, tendo o curso iniciado em 04/10/2010, com alguns desistentes justificados.
    Oportunidade única de rever velhos companheiros de sala de aula e verificar quais modificações ocorreu em suas personalidades, pois a polícia como Instituição, pode tanto moldar ou/e enaltecer o caráter do homem, ampliando suas virtudes ou defeitos.
    Interessante frisar que nos primeiros dias de curso foi-nos entregue uma “analise do cargo” do Agente Policial, confeccionado pela Academia de Policia por meio da Seção de Psicotécnica do Núcleo de Orientação Psicológica, transcrevemos alguns apontamentos das análises descritas:
    2. DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES.
    Dirigir viatura policial ou veículo afim, estando sob sua responsabilidade os cuidados essenciais quanto à higiene, manutenção, conservação e bom funcionamento dos mesmos, no período em que os estiver utilizando.
    (…)
    Participar de flagrantes, podendo até ser condutor.
    (…)
    Atender ocorrências policiais quando fizer parte de equipe que execute esse tipo de atividade.
    (…)
    Observação: o Agente Policial, no dia a dia, como se ode perceber tem atividades similares ao do Investigador de Polícia.
    5. PONTOS CRÍTICOS.
    O maior desafio é a discriminação em determinados setores, pelo Investigador de Polícia e autoridade.
    Existe discriminação entre “tira” e o agente, com diferença de salário e hierarquia, sendo este último alvo de chacota. (HADAD, 2005. pag.?)
    A leitura detalhada dessa análise de cargo desmistifica o senso comum de que o Agente Policial é o Motorista e reforça o entendimento de que é de fato Agente da Polícia, pois como explanamos anteriormente ele efetivamente deve prender (flagrante obrigatório/compulsório), pois é policial e agente da autoridade, além disso, participar não é a mesma coisa que ser autor, senão vejamos o que Mirabete diz a respeito: “Fala-se em participação, em sentido estrito, como a atividade acessória daquele que colabora para a conduta do autor com a pratica de uma ação que, em si mesma, não é penalmente relevante. “ (Manual. pag. 18 grifos nossos)
    Da mesma forma o eminente processualista Yshida explana com maestria sobre o flagrante sendo: a) Sujeito ativo é aquele que efetiva a prisão, podendo ser: (a1) flagrante facultativo: qualquer do povo, existindo inclusive a possibilidade de apreensão de coisas (RTJ58/34); (a2) flagrante compulsório: autoridade policial e agentes que têm obrigação de realizar a prisão. (Processo, pag. 161 grifos nossos).
    Se aceita tal posição de que o Agente Policial participa de flagrante e pode prender, estaremos retirando-o do seio policial e inserindo-o como um simples cidadão ou agente público de outras secretarias sem a função de polícia judiciária, e a própria realidade do cargo demonstra incompatibilidade, pois o flagrante para ele é, de fato e de direito, obrigatório e não facultativo, assim, bastaria verificar as implicações penais de uma ou outra posição para se ter certeza de que o Agente Policial é agente da autoridade, com seus direitos e deveres inerentes ao cargo.
    Podemos ressaltar a própria definição do cargo e de sua atribuição prevista na Classificação Brasileira de Ocupações do Ministério de Trabalho e Emprego do Governo Federal, onde classifica o Agente Policial como:
    Código (3518) Títulos (Agentes de investigação e identificação)
    (3518-10) INVESTIGADOR DE POLÍCIA: Agente policial, Comissário de polícia, Detetive de polícia, Inspetor de polícia. (3450-Código Internacional CIUO88- Inspectores de policía y detectives). (BRASIL, 2010 grifos nossos)
    Convém lembrar que essa classificação do M.T.E (Ministério do Trabalho e Emprego) teve a participação de especialistas de diversas áreas, inclusive da : Corregedoria Geral da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo; Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP-SP); Instituto de Identificação Ricardo Gumbleton Daunt (SSP/SP); Polícia Civil do Estado de São Paulo; Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, contando com nomes de Delegados ativos e influentes que se propuseram ao aperfeiçoamento do trabalho policial.
    No retorno à Academia encontramos colegas que saíram após o curso inicial e foram para plantões e ainda lá permaneciam e outros que estão 100% operacionais (Garra/DEIC) e outros ainda especializados em informática, inteligência, investigação, trabalhando até na Corregedoria, etc. O que impressionou é que a maioria nunca trabalhou como Motorista, e mais, apenas um (01) trabalhava na “Frota” mesmo assim em serviço burocrático, evidente fica a verdadeira atividade do Agente Policial, ou seja, é Agente da Polícia.
    Para confirmar essa realidade decidimos realizar uma pesquisa para saber onde efetivamente trabalham os Agentes Policiais que estavam na Academia para a realização do Curso de Aperfeiçoamento, dos alunos presentes 66 se dispuseram a colaborar e declinaram onde trabalhavam, segue abaixo em forma de gráfico o resultado encontrado:
    Obs- O gráfico não pode ser reproduzido no envio do trabalho (Márcio)
    Analisando o gráfico acima apresentado, podemos perceber que a maioria trabalha em plantões policiais, em atribuições afetas ao ofício de uma Delegacia, ou seja, atender ao público, prender, custodiar presos, participar da lavratura do flagrante como condutor ou testemunha, cumprir Ordens de Serviço, investigar, confeccionar Boletins de Ocorrência, quando devidamente autorizado.
    Percebe-se também que o serviço de Motorista não existe de fato, eventualmente pode-se prever o uso da viatura, mas como qualquer outro agente da autoridade ou Agente da Polícia.
    Muitos trabalham em setores especializados tipicamente operacionais de investigação e ação como: GARRA; DEIC, DISE, DIG ou em outros setores especializados administrativos Corregedoria, Gabinete do Secretário, Capturas e com certeza não trabalham nesses locais trocando óleo de viatura ou somente dirigindo-as, e sim temos vários como chefes, que é cargo de confiança, ou outra função hierarquicamente superior, mesmo recebendo uma remuneração inferior, enfim o que vale é a competência do homem ou mulher Agente Policial.
    Na sua obra Lei Orgânica da Polícia Civil de São Paulo o professor e também Delegado de Polícia Ricardo Ambrosio Fazzani Bina, expõe de maneira clara e brilhante, as pessoas que devem submissão à Lei 207/1979 (Lei Orgânica da Polícia Civil de São Paulo):
    A LOPC definirá cargos, os direitos e deveres dos policiais civis no exercício de suas funções, a remuneração, a jornada de trabalho, as transgressões disciplinares, os procedimentos administrativos e demais normas pertinentes à Instituição Policial Civil. (BINA, 2006 pag.32 grifos nossos).
    Logo após, o professor transcreve parte da LOPC e sua aplicação nos diversos cargos, estando o Agente posterior ao Investigador, vejamos:
    I – Delegado de Polícia;
    II – Escrivão de Polícia;
    III- Investigador de Polícia;
    IV – Agente Policial;
    V – Agente de Telecomunicações Policial;
    VI – Papiloscopista Policial;
    VII – Auxiliar de Papiloscopista Policial;
    VIII – Carcereiro Policial;
    (…)
    Os cargos de I ao VIII são da Polícia Civil e os demais, da Superintendência da Polícia Técnico-Científica. (BINA, 2006 pag.32 grifos nossos).
    De todos os policiais, aqueles que trabalham efetivamente em plantões policiais são os: Delegados, Escrivães, Carcereiros, Investigadores e Agentes Policiais, sendo que eventualmente encontramos em algumas delegacias, oficiais administrativos ou outros servidores.
    Como dissemos anteriormente, a necessidade de saber exatamente qual é a atribuição do Agente Policial poderá contribuir significativamente para o exercício da cidadania, para com o próprio policial e também para o usuário da segurança pública. A polícia e o policial reconhecendo-se saberão agir melhor e atender aos anseios da Sociedade, sobre isso Rolim, comentando sobre a eficácia das polícias, nos traz uma nova perspectiva de estruturação policial:
    Parece claro que uma estrutura policial reconhecidamente competente em seu trabalho e que receba, por conta disso, o respeito e a admiração popular terá maiores possibilidades de exercer sobre esta mesma população uma influencia positiva e, nesta relação, de ver aumentar as suas próprias possibilidades de êxito. Pelo contrário, uma estrutura de polícia que se descubra desmotivada, que não possua qualquer projeto quanto ao seu próprio futuro e que esteja fragilizada por práticas internas de corrupção e violência só poderá reforçar entre a população os piores valores ali já existentes. Enquanto isso, ela aumenta o fosso que a separa das possibilidades virtuosas derivadas de uma relação democrática e respeitosa com o público a que deva servir. (ROLIM, 2006. pag. 39 grifos nossos)
    Caros leitores, termino como comecei, justificando aquilo que disse e, talvez agora, um pouco mais convencido do meu papel como Agente da Polícia e não Motorista, pois como reafirmei em diversas passagens desse Trabalho de Conclusão de Curso, é que o que vale é a atitude do homem e não o seu rótulo e se estou policial é para servir o próximo, garantir a continuidade do estado democrático de direito por meio da Instituição Policial, bem como a manutenção da paz social que, se conseguida, tanto eu quanto minha família se beneficiará, enfim, o desejo de uma Sociedade que reconheça o homem por aquilo que faz e não por mera denominação.
    Cito um último autor e seus escritos morais – Bobbio – como exemplo daquilo que imagino ser o desejo e a finalidade do Estado e da Sociedade.
    A conduta que precisa ser justificada é a que não está conforme as regras. Não se justifica a observância da norma, isto é, a conduta moral. A exigência da justificação nasce quando o ato viola ou parece violar as regras sociais geralmente aceitas, não importa se morais, jurídicas ou de costume. Não se justifica a obediência, mas a desobediência, e isto se se considera que ela tenha algum valor moral. Não se justifica a presença numa reunião obrigatória, mas a ausência. Em geral, não há nenhuma necessidade de justificar o ato regular ou normal, mas é necessário dar uma justificação ao ato que peca por excesso ou por falha, sobretudo se se deseja salvá-lo. (BOBBIO, 202 pag. 54-55).
    CONCLUSÃO
    A discriminação em geral se reveste de diversas formas, algumas vezes mais visíveis e outras camufladas em gestos ou expressões, veladas, submetendo o homem a transformar-se num objeto, um número, uma coisa.
    Quando isso acontece de um homem para outro, reconhecer a discriminação fica mais fácil, mas quando se dá por alguém ou Instituição que deveria representar os anseios do povo como o Estado, fica muito difícil lutar contra ela.
    O Estado discrimina negativamente mais nos direitos do que nos deveres, os chefes querem que se cumpra a Lei pela necessidade do trabalho policial, para permanecer o “status quo” aceitam que o Agente Policial seja agente da autoridade, ocupe cargo de confiança e trabalhe em outras funções, mas no momento de requerer direitos é um Motorista, àquele que dirige viaturas e troca óleo, não sendo possível pareá-lo ou dar-lhe garantias como outras carreiras policiais.
    Agente da Polícia nos deveres, Motorista nos direitos, e Agente Policial na manutenção da estrutura policial atual.
    Hoje, segundo dados da Intranet da Polícia Civil de São Paulo, há um universo de 2559 Agentes Policiais na ativa, espalhados pelo estado de São Paulo.
    No Curso de Aperfeiçoamento (CEA) para Agente Policial de 3º Classe ministrado na Academia da Polícia Civil de São Paulo neste ano de 2010, 80% dos integrantes tinham Nível Superior, alguns Especialistas e outros cursando Mestrado, alguns até com mandato eletivo, todos buscando aperfeiçoamento pessoal e profissional para transformar a imagem de, uma antiga, polícia repressora da Ditadura para outra, atual e nova, Polícia Cidadã a exemplo da Constituição Brasileira de 1988.
    Acreditamos que no universo total de Agentes Policiais a proporção de formação deva ser a mesma, pois a maioria era oriundo do DEINTER (Departamento do Interior) e DEMACRO (Departamento da Macro SP), representando cidades importantes como: Pirassununga, Cesário Lange, São Bernardo do campo, Santo André, Presidente Prudente, Botucatu, Sorocaba, Diadema, Presidente Venceslau, Inhandeara, Tupã, Assis, Itapevi. Mogi das cruzes, Itapetininga, Osasco, entre outras.
    Esse TCC teve o intuito de sugerir mudanças para a reestruturação das carreiras policiais, de todas, num modelo para valorizar as atividades policiais com a criação, denominação e atribuição dos cargos e conseqüentemente valorização de seus ocupantes.
    Sentimos que a reestruturação da Polícia Judiciária deve passar necessariamente pelo conhecimento do policial como um cidadão (homem ou mulher), que faz parte de uma Sociedade, que é parte do Estado, que tem capacidade de ação, formação familiar e acadêmica bem estruturada para contribuir para um futuro mais justo e pacífico, para todos os brasileiros e para as gerações futuras

    Curtir

  149. GOSTARIA DE PARABENIZAR COLEGA DE USER AGENTE POLICIAL PELO RELATO ACIMA. EU CONCORDO COM TUDO ISSO QUE VOSSA SENHORIA DISSE, PORÉM NA REALIDADE SOMOS RECONHECIDOS DA SEGUINTE FORMA: QUANDO UM DELAGADO OU UM COLEGA INVESTIGADOR NECESSITA DE ALGUM TAPA BURACO SOMOS AGENTES DE POLÍCIA (POLICIAL DE VERDADE) QUANDO NÃO PRECISAM SOMO SIMPLISMENTE MOTORISTAS. APRENDA ISSO AMIGO E DIGO A VC AQUI ISSO NUNCA MUDARÁ.
    ABRAÇOS.

    Curtir

  150. Jricardo :
    GOSTARIA DE PARABENIZAR COLEGA DE USER AGENTE POLICIAL PELO RELATO ACIMA. EU CONCORDO COM TUDO ISSO QUE VOSSA SENHORIA DISSE, PORÉM NA REALIDADE SOMOS RECONHECIDOS DA SEGUINTE FORMA: QUANDO UM DELAGADO OU UM COLEGA INVESTIGADOR NECESSITA DE ALGUM TAPA BURACO SOMOS AGENTES DE POLÍCIA (POLICIAL DE VERDADE) QUANDO NÃO PRECISAM SOMO SIMPLISMENTE MOTORISTAS. APRENDA ISSO AMIGO E DIGO A VC AQUI ISSO NUNCA MUDARÁ.
    ABRAÇOS.

    Vou te dar uma dica eu sou Agente policial a mais de 15 anos, se algum tira vier falar alguma merda manda tomar no …. na hora. Monte uma equipe com outro agente e se tiver um carcereiro na sua unidade convide também na cana são os melhores. Da uma peitada no chefe e faz a seguinte proposta se ficarmos em ultimo na produção pode acabar com a equipe e me colocar pra lavar viatura. Vai a luta e faça sua produção.
    Nunca perdi em produção para equipe nenhuma de investigadores ou não.
    Se você se destacar como profissional ninguém vai nem perceber que é agente.
    Tenho fórum quase toda semana, geralmente sou condutor da ocorrência, nenhum juiz questionou se tinha algum investigador na equipe.
    Acredito que não faz diferença nenhuma ser qualquer uma das carreiras.a não ser na cabeça de alguns(poucos).
    A unica diferença que nem sei se é oficial é o fato de não poder chefiar, Eu acho que pode desde que todos abram mão da chefia. E olha que já tive convite para tal.

    Curtir

  151. fala muito :
    NIvel Mobral, e os caras querem azarar o nível universitário de Escrivães e Investigadores.
    Vão estudar vagabundos.

    Curtir

  152. Tem muita gente que não tem o nível médio não porque não querem e sim porque não puderam agora eu acho que o vagabundo aqui é você!

    Curtir

  153. acho o seguinte não tenho nada com isso não ficar perdendo tempo é errado é mas
    quem esta no nível superio não quer saber de nada tbm a maioria é filho de papai
    só quer mesmo é saber de azaração drogas bebidas então porq não fazer uma coisa que
    realmente presta va até uma corporação e diz como faço uma inscrição para fazer a prova
    acho o seguinte , diploma não te faz mais home que ninguém assim como eu vi diversos comentarios então no futuro quem vai trabalhar é o diploma e não que estudou por ele
    então vou dizer uma coisa
    fooooodaseeeeeeeeeee esta merda toda
    ao invés de criticar entra la e resolvem la os problemas
    a policia não contrata marginais é o contrário alguns de la mesmo velhos de carreira
    é que se bandeião para la
    e outra quantos universitário são marginais
    há q saber dane-se fui

    Curtir

  154. eu, vejo que e faixada o governo pedir nivel fundamental sabendo q a maioria q vai prestar este concurso e nivel superior, por causa das função mas e a vunesp ela vai aplicar q tipo de provas ??? e pro nivel fundamental ?? ou vai ser algo mais pro nivel médio ??? superior, eu infelizmente consegui concluir meu ensino médio somente com eliminação de matéria e assim mesmo pago sera q teria alguma chance, eu sou habilitado com categoria D a mais de 5 anos mas so isto ñ me ajuda ALGUEM AI PODE ME AJUDAR EM QUESTÃO DE ESTUDO SE ESTE INSTITUTO MARCONI REALMENTE EBOM !!! MESMO… EU SEI Q MUITOS AI ESTÃO CORRENDO ATRAS DO SEUS IDEAIS E BUSCANDO UMA MELHORIA PRA PCSP MAS SE AGUEM TIVER UM TEMPINHO E TIRAR MINHAS DUVIDAS EU AGRADEÇO MUITO ATÉ MAIS OBRIGADO

    Curtir

  155. Gente não me contive ao ler tanto absurdo, em relação ao nível exigido de escolaridade, mesmo sendo nível fundamental o conteúdo do edital é extenso e concerteza o concursando que for aprovado estará mais que apto a seguir adiante para as próximas etapas, e vi que tem muita gente falando que por isso menospreza a carreira de agente policial e bla bla bla, a todos vocês agentes policiais que estão dizendo isso falando mal da escolaridade exigida já que vocês são estudados e menosprezam o ensino fundamental, porque não prestam concursos para outros cargos de nivel superior e ficam mendigando melhorias para a carreira, ja que vcs são feras fazem esses concursos ai de nível superior e sejam aprovados, nao esqueçam que o ultimo concurso para agente era exigido português, matemática, historia e geografia, e o conteudo deste edital é totalmente diferente se isso não é ser apto não sei o que é então,Bons estudos a todos

    Curtir

  156. pergunta especifica para agente policial atuante: quero saber se agente policial usa arma em serviço e quando está de folga se tem porte?

    Curtir

  157. tenho o ensino medio e me garanto mais que muitos universitários de bosta que postam aqui, tenho amigo investigador com vinte anos de carreira que nunca passou perto de uma universidade, mas em compensação é mais inteligente e culto que todos vcs que com certeza só fizeram presença na facul….vão te catar seus bostas….

    Curtir

  158. Boa tarde!

    Se possivel alguem pode me exclarecer quais atividades exerce o “PAPILOSCOPISTA ‘ ou o “AUX. PAPILOSCOPISTA”?

    Grato!

    Alex

    Curtir

  159. Sergio Paranhos Fleury disse:
    30/11/2012 ÀS 16:07
    Galera de nível universitário, estuda para passar na PF. Vocês Não tem capacidade pra isso. Entraram na PC respondendo sobre as Bacias Hidrográficas do Brasil nível primário e agora se acham que estão no mesmo patamar de uma RF ou PF?!

    Cambada de zero de cana.

    KKKKKKKKKKK, PURA VERDADE….E SE ACHAM OS SUPER COPS, E MANDAM OS OUTROS ESTUDAR….

    Curtir

  160. R$ 2.278,05 (dois mil, duzentos e setenta e oito reais e cinco centavos), correspondentes à soma dos valores do salário- base, da Gratificação pelo Regime Especial de Trabalho Policial – RETP, e do Adicional de Local de Exercício de Nível I

    ——————————————————————————

    NOSSA PENSEI QUE DAVA PELO MENOS R$3.000,00 !!!!!! O N.U DE MERRECA INICIAL ESTA EM R$ 4.000,00

    Curtir

  161. Senhor Alessando

    Desculpe, mas o senhor não percebeu que o certame é 01/2012?
    Aceite o conselho do antigo, procure outra coisa, isso não lhe pertence!

    C.A.

    Curtir

  162. Sou carcereiro ha 20 anos, sempre trabalhei em lgar legal pois me empenho.Ja vi carcereiros,agentes,escrivaes e investigadores e delegados metidos mas depois que tomamos uma “bucha”…ficamos todos iguais.Hoje, fui absolvido e o reto condenado…e agora…quem era tira………delegado…agente…serei carcereiro para sempre… e os outros ex-policiais.

    Curtir

  163. Queria saber tenho 33anis fui pQd do exército queria saber se tem possibilidade de eu entrar ainda na Polícia Civil? Agente sei lá amo a Polícia nem q foce temporária.

    Curtir

Os comentários estão desativados.