Dr. Ruy Ferraz Pontes, por que razão apenas os Delegados podem ser velados na capela da ACADEPOL?…( Tem que acabar com isso, assim como a DGP acabou o vergonhoso elevador privativo! ) 16

Jorge DAS Tristeza. Descobri que velório na academia somente para delegados. Incrível.
Meus Sentimentos a família.

 

Resultado de imagem para ruy ferraz pontes

 

 

Lamentável, desumano e inaceitável. Simples assim.

Caro Jorge DAS, sou delegado e não sabia dessa medida discriminatória.

Somos todos alunos da mesma Academia e da mesma Polícia.

Disponibilizar a capela apenas para velório de delegados é inaceitável, mormente quando o policial falece no cumprimento do dever e sequer tem a consideração da instituição de ser velado na casa de ensino onde foi formado.

Se tem uma coisa nessa vida igual para todos é a morte.

O mínimo que se espera da Polícia Civil é que dispense o mesmo tratamento a qualquer integrante por ocasião do seu falecimento, independentemente do cargo que ocupe.
Lamentável !

 

Escrito por: nosso amigo e colega da turma DP-1 – 1988.

  1. Mais uma imbecilidade dentro dessa instituição que é letra morta para a sociedade. Grande porcaria!!!!

    Curtir

      • Tmax,

        De bosta é você, o Flit Paralisante apenas reproduziu a reclamação do policial Jorge DAS; com a resposta de um digno Delegado da Capital.
        Se a reclamação não é verdadeira ficaremos sabendo que a Acadepol se encontra a disposição de todos os policiais, para velório, inclusive!
        Da minha parte, nunca soube de velórios ou capelas naquela instituição de ensino .
        Fiz três cursos e lá compareci inúmeras vezes, nunca vi nenhuma capela na Acadepol ; nem me interessaria em procurar saber se tem ou não!
        Aliás, o Estado é laico e não deveria ser admissível tais compartimentos em prédios públicos.

        Jorge DAS
        jxe144.67
        Tristeza. Descobri que velório na academia somente para delegados. Incrível.
        Meus Sentimentos a família.

        Curtir

  2. Sabe o que um delegado falou para o outro? A gente manda na Polícia Civil.
    Pois é, é isto, Chefe dos Investigadores o cassete, quem manda na Polícia Civil é o delegado. Pelo menos esses tem mais educação do que muitos chefes dos tiras.

    Curtir

  3. Deve ser nova essa determinação, pois já fui em velório de alguns colegas na Acadepol.

    Estranho…..

    Curtir

  4. Já fui em velório na Acadepol até de filho de investigador de polícia.

    Curtir

  5. Brigar para ter um velório realizado na academia de polícia, aí já é demais… eu morto, pode me velar até na cracolândia. Eu quero respeito em vida, não depois de morto…kkk

    Curtir

  6. Desculpe, essa determinação não existe . A a Acadepol acolhe o velório de qq colega qdo solicitada.

    Curtir

  7. 15 anos nessa instituição e a cada dia mais NOJO me dá. Contando os dia pra ir embora e esquecer que fiz parte de um grupo em que exista gente assim.

    Curtir

  8. Tenho uma idéia, fala isso para algum deputado “policial” que ele faz um projeto de lei, tornando isso obrigatório, aí já entra no pacote de benefícios que em breve será anunciado.

    Curtir

  9. Na verdade não se trata de uma “capela” e sim de um recinto próprio para velórios. Já estive ali pranteando investigadores, delegados e escrivães falecidos, conhecidos ou não e que mereceram a homenagem. Não acredito nessa discriminação.

    Curtir

  10. Se a exclusividade não existe, substituo o meu comentário, fazendo minhas as palavras do administrador do blog:
    .
    “Aliás, o Estado é laico e não deveria ser admissível tais compartimentos em prédios públicos.”

    Curtir

Os comentários estão desativados.