#5 – ‘Sem Disfarce’: MP e Corregedoria da Polícia abrem inquérito para investigar prostíbulos; vereadores querem CPI 5

#5 – ‘Sem Disfarce’: MP e Corregedoria da Polícia abrem inquérito para investigar prostíbulos; vereadores querem CPI

A corregedoria da Polícia de São Paulo abriu uma investigação para apurar as denúncias do pagamento de propina a policiais para liberar o funcionamento de prostíbulos na capital paulista. A unidade criminal do Ministério Público também abriu um inquérito. Na Câmara Municipal, um pedido de CPI foi protocolado. O quinto episódio da série ‘Sem Disfarce’ mostra que não é de hoje que as autoridades tentam desmontar a rede de prostituição paulistana, mas ela acaba voltando com o tempo.

Gerente de prostíbulo marca consumação de cliente em comanda. Foto: Pedro Durán/CBN (Crédito: )

Gerente de prostíbulo marca consumação de cliente em comanda. Foto: Pedro Durán/CBN

POR PEDRO DURÁN (pedro.duran@cbn.com.br)

A série de reportagens da CBN teve como consequência duas frentes de investigação abertas. E uma terceira encaminhada.

Na unidade criminal do Ministério Público, o promotor José Reinaldo Guimarães Carneiro mandou instaurar um inquérito para que a Polícia Civil de São Paulo apure como a rede de prostíbulos continua em atividade com a conivência e até propina para autoridades públicas.

“Pra que a própria Polícia Civil agora, debruçada sobre esses elementos que estão nos autos possa aprofundar essa investigação, para que as pessoas identificadas nessas circunstâncias possam posteriormente ser responsabilizadas pela Justiça Criminal”, diz.

Como a reportagem colheu relatos que dão conta do pagamento de propina para policiais civis, a Corregedoria da Polícia também abriu um inquérito. O caso está nas mãos do Delegado de Polícia Evandro Lopes Salgado.

O duelo pra fechar as portas de prostíbulos em São Paulo não vem de agora… Há 12 anos, o então prefeito Gilberto Kassab interditou alguns prostíbulos na cidade. Anos depois, em 2012, pelo menos cinco deles voltaram a abrir repaginados.

Na gestão de João Doria como prefeito, em 2017, outros 12 foram lacrados ou interditados. Agora, a CBN mostra que a poucos metros de onde eles funcionavam, há hoje cinco prostíbulos em operação.

Com base no mapeamento dos 47 prostíbulos feito pela CBN, o vereador Adilson Amadeu, do PTB, coletou assinatura de outros 31 vereadores e protocolou um pedido de CPI na Câmara Municipal.

“Nós já temos um primeiro passo que a imprensa ofereceu de 47 prostíbulos, que funcionam num sistema grande aqui na capital. Quando falar 47, eu acredito que em uma semana nós vamos levantar mais 200. Vai muito na unha que você vai trabalhar levando todos os órgãos junto. Pessoal de subprefeitura que lá deu a liberdade de eles estarem com as portas abertas trabalhando, Polícia Militar, Polícia Civil e Guarda Civil Metropolitana. Aí sim você vai combater o crime”, diz.

A Câmara Municipal de São Paulo tem duas CPIs em atividade e pode instalar até cinco. Os líderes partidários devem avaliar a sugestão de Amadeu na próxima terça.

  1. é aquilo: todo mundo sabe que existe, mas só vão atrás quando sai em alguma mídia e os órgãos públicos (não só policia, mas MP, judiciário etc) são expostos…

    enfim, a solução é a legalização, como consequencia gerar empregos e arrecadar tributos.

    Curtir

  2. Será que vão investigar também uma casa de prostituição onde um suposto candidato a governador foi pego fazendo suruba cujo partido adora f… os policiais civis? Será que se os juízes e promotores ganhassem no máximo o teto do salário do Governador não sobraria mais dinheiro para o Estado investir na Educação dos jovens evitando que eles tenham que se prostituir para sobreviverem e muitas vezes sustentarem suas famílias. Será que haveria corrupção se o policial paulista tivesse um salário digno e decente para poder sobreviver e sustentar sua família? Quanta hipocrisia!

    Curtir

  3. Pelo amor de Deus!!!! MP, Corregedoria e Câmara Municipal vão investigar o que e para que? Vão investigar se há “puteiros” funcionando na cidade de SP? Sim, há. Quantos? A CBN fala em 47. Asseguro que o número é muito maior que esse. Policiais civis recebem propina para “permitir” que funcionem? Eh isto que os três Órgãos vão investigar? Façam-me o favor! Nas proximidades da residência do promotor de Justiça José Reinaldo Guimarães Carneiro só que eu conheço funcionam 5. Posso colocar ele no meu carro e levá-lo em cada um deles. E não venham me dizer que ele não sabe disso. Deixem de ser ridículos!!!!

    Curtir

  4. Ronaldo TOVANI
    Parabéns pela explanação! como sempre excelentíssimo, cirúrgico nas suas considerações!!!

    Curtir

  5. Quero ver os machões ai fazer um belo trabalho para esclarecerem a mágica de receberem um MISERÊ e terem o que tem?
    Vão tomar banho !!!
    Dr. Tovani, no caminho vai mostrando os bares que eles tomam um cafezinho e aproveitam para fazer uma fezinha! Ah e nos puteiros correm o risco de encontrarem pessoas conhecidas…

    Curtir

Os comentários estão desativados.