Sobre Oficiais deixando postos de comando rumo aposentadoria 31

Trata-se de cuidar dos interesses pessoais, ou seja, garantir os direitos ainda assegurados e favorecer aqueles que assumirão tais cargos. Com a nova reforma administrativa a PM , como todo funcionalismo público, perderá inúmeras vantagens, entre as quais os adicionais por comando e aumento diferenciado na aposentadoria , denominado posto imediato . Nada a ver com divergências e defesa das Praças.

    • Não vai ver por uma simples razão: ninguém ocupa posto imediato qd aposenta na PC, quem está no topo já foi promovido a classe especial. Vamos ser francos nenhum coronel está se aposentando para dar mobilidade a classe o negócio é interesse pessoal mesmo.

      Curtir

  1. Salve-se quem puder ..e querem colocar uns e outros como mártir kkkkkk estão é picando a mula antes que se lasquem juntos com quem ficar, salve-se quem puder que a chibata vem forte no lombo kkkkk

    Curtir

  2. Quanta bajulação ao cmt da PM!
    Perde-se incorporações e assim o motivo pelo qual os comandantes trabalham além do tempo.
    E quanto aos praças?????

    O oficial segunda linha até diz ” meu oficial ” (caso de amor?).
    Na prática e dentro da estrita realidade eles apenas falam o que a tropa quer ouvir e reproduzem fala de terceiros em manuais estrangeiros de policiamento e combate ao fogo.
    O cmt acabou com o tratamento “dois pesos e duas medidas” dentro da PM?
    O cmt acabou com o tratamento desumano de escalas e horários extenuantes dos praças?
    O cmt conseguiu plano de carreira aos praças?
    O cmt conseguiu aumento de salário especialmente aos praças?
    O cmt aboliu prisões administrativas infundadas e ilegais com base apenas no “Rquero”?
    O cmt acabou com a sensação de insegurança pública instalada em todo o estado de SP?
    O cmt deixou de lado as prerrogativas do seu cargo e se tornou de fato mais um de nós (ele é Deus)?
    O cmt largou o cargo por conta de estar ao lado da tropa, especialmente os envolvidos no caso Paraisópolis (ou apenas aceitou convite político-eleitoral)?
    O cmt criou carreira aos CB antigos da PM esquecidos que perduram a vida toda no patrulhamento e puxa-hora em guardas?
    O cmt reitrou o imenso efetivo nas várias e infindáveis atividades meio da PM para o patrulhamento a fim de ajudar quem realmente patrulha o estado (CB e SD)?

    Perfeito!
    Se o cmt fez isso recebe meus, …, não fez mais do que deveria fazer como um ocupante de cargo público.
    Quer ser heroi vai para a Marvel- Comics.
    Verdadeiro heroi não pede reconhecimento. São milhares de CBs e SDs e tantos outros funcionários que lutam para dispor um excelente serviço prestado sem querer reconhecimento.
    Seja autêntico e não copie frases prontas de manuais estrangeiros fáceis de se char até mesmo na internet.

    Curtir

  3. É quase tudo verdade.
    Quando é passado a promoção de uma turma ao Posto de Coronel – que é político – esse momento não retorna.
    Quem foi promovido…foi, quem não foi, não será e, portanto, se tiver o tempo necessário para ir à reserva, deve ir para abrir vagas para os próximos…tudo em prol da carreira.

    Também é verdade que as aberrações não ocorreram mais…
    O posto imediato já é algo que para ser retirado será preciso uma briga extremamente grande que o Dória não tem condição de ganhar.

    Passar uma REFORMA da Previdência do restante do funcionalismo é fácil…e só passou porque alguns Deputados TRAIDORES ligados à PM votaram com o Dória sob a promessa de que ele não “buliria” com a PM.

    Deputado Sgt Neri, Ten Nascimento e Ten Coimbra (FA) só votaram com o Dória sob esse compromisso.

    Claro que o Dória não é confiável, mas mexer com a PC, SAP, professores…isso é fácil, com a PM é outra história.

    Dito isso, o pedido de exoneração do Cel Salles não guarda relação alguma com nada disso.

    Ele já tinha galgado o máximo que a carreira pode oferecer.
    Ele já poderia estar aposentado há anos, portanto tem todos os direitos assegurados.
    Ele já ganha, há década pelo menos, o teto do funcionalismo.

    Seu pedido de exoneração tem total relação com a fidelidade e compromisso com a tropa e com a Instituição.

    É difícil, eu creio, que Delegados aceitem que existem pessoas assim…mas existem.

    Curtir

    • isso me fez lembrar do poema de Bertolt Brecht .. Primeiro foram os professores, Mas não me importei com isso, Eu não era professor . Em seguindo Foram os da secretaria da administração penitenciaria, Mas não me importei com isso, Eu não fazia parte dela … Depois foram os policiais civis .. Mas como eu sou PM também não me importei.. Agora estão me ferrando, Mas já é tarde. Como eu não me importei com ninguém. Ninguém se importa comigo!! … a chibata vai vir para todos e vai vir forte, sem massagem .. eeee ai do militar que se rebelar contra o estado e se amotinar enh kkkk

      Curtir

      • Eu não discordo não.
        Por isso enfatizei o termo TRAIDORES.
        Esses Deputados poderiam ter imposto uma belíssima derrota ao Dória, o que o obrigaria a negociar com os representantes do funcionalismo e fariam com que percebesse que não pode impor suas pautas.

        Traíram a todos nós.

        Junto dos Deputados traidores militares, estão Professor Kenny, o DELEGADO OLIM E A DELEGADA GRACIELA.

        Mas fazer o quê…

        Não tenho dúvidas que todos os funcionários vão se ferrar.

        Curtir

  4. assassinaram um agente policial em perus e imprensa nao deu nem uma virgula sobre episodio! Se fosse um noia, ou traficante já estariam noticiando no fantastico! Se fosse a PM na cracolandia tinha varios especialistas crtiticando a ação.
    Por isso digo e repito: POLICIAIS- se preservem! nao se arrisquem por essa sociedade que vos rechaça, nem por sua instituição que somente lhe tem como numero!
    Que Deus conforte a familia do policial RODRIGO, grande amigo e profissional e que com certeza nós, apesar de termos as melhores lembranças e recordações suas, sentiremos muito sua falta!

    Curtir

  5. Gostaria de tirar uma dúvida, se alguém puder me ajudar. A PLC 80/2019 foi sancionada pelo Governador dia 06/03/2020. A PLC já começa a valer ou tem seis meses para começar a valer. E a PEC 18/2019 já começa a valer ou também tem noventa dias para entrar em vigor.

    Curtir

  6. Dória é pequeno em tamanho e em caráter. Mente descaradamente o tempo todo. Camarada não presta. Filhinho de papai nunca procurou emprego ou teve a capacidade de entrar em concurso para cargo público. Daí deve ser sua ânsia em ferrar com funcionalismo em geral. Infelizmente existem pessoas tolas que votaram nele e no pior partido do país, o psdb. Agora casa caiu e a menos que surja um fato novo estamos todos ferrados.

    Curtir

  7. Gostaria de tirar uma dúvida sobre quando a PEC e a PLC entram em vigor. Se já entraram ou tem noventa dias para valerem.

    Curtir

  8. CLEPTOCRACIA BRASILEIRA,
    .
    Seu comentário foi cirúrgico, parabéns pelo poder de síntese e pela eloquência. Até ia comentar, mas depois do seu comentário, não tenho mais nada a dizer.
    .
    JAMIRO,
    .
    O SGT NERI, que foi meu instrutor no curso de formação de soldados e meu calouro na faculdade de direito, está sendo uma grande decepção como parlamentar, maior até do que o DELEGADO OLIM, pois, o OLIM se atirou nos braços do DORIA declaradamente, enquanto o NERI tá acendendo uma vela para Deus e outra para o diabo. Quando ele era sargento do 5º BAEP, e eu delegado titular de São Lourenço da Serra, ele foi me visitar uma vez, e sempre participava de churrascos com o pessoal do 16º BPMM (onde tenho muitos amigos). Depois de eleito trocou o número do telefone. Quer conhecer o homem der-lhe um pouco de poder.
    .
    Abraço.

    Curtir

    • Sem dúvida nenhuma.

      UM vendido, SAFADO, traidor, VAGABUNDO.

      Só tem uma diferença…pela PM nunca mais se elege.
      O nome dele já virou sinônimo de TRAIDOR na caserna.

      Já o Olim, não entendo como continua se elegendo…É outro BOSTA!

      Curtir

  9. Vai candidatar-se a Vereador na Capital? Qual o motivo? Qual a expertise na Administração municipal que possa ser relevante para o munícipe? Qual o plano para melhora a vida do munícipe?
    Vai candidatar-se a Vereador para não cair no esquecimento? Vai abandonar para o suplente e ir para a ALESP ou voar mais alto. Vereança será trampolim, assim como foi para um Deputado que atuou na Rota e para outro que não conseguiu reeleger-se e a única opção foi a Câmara de SP?
    Está passada a hora de o Legislativo Federal aprovar a quarentena eleitoral para autoridades e outros agentes.
    Por qual motivo se discute financiamento de campanha, mas agentes públicos são privilegiados com os proveitos do cargo (notoriedade, exposição) no momento de disputar eleição?

    Curtir

    • Não creio que ouvi um Policial se posicionar contra a eleição de outro policial.

      Absurdo…mas explica bem o estado deplorável de representatividade que tem a PC hoje.

      Que papo de “quarenta eleitoral” uma pinóia.

      Somos agora, por termos escolhido a carreira policial – que já exige muito mais sacrifícios que qualquer outra – cidadãos de segunda categoria?

      Precisamos dos nossos representantes nas Câmaras Municipais , Assembleias Estaduais e no Congresso Nacional SIM.

      Médicos…Professores…Empresários…Advogados…a nenhum deles é imposta qualquer restrição e vamos nós, policiais, lutar para ter nossos direitos tungados?

      É impressionante o nível de imbecilidade.

      TODOS DEVEM TER O DIREITO DE SE CANDIDATAR…SÓ SE ELEGE QUEM TEM VOTO POH!

      Que idéia exdruluxa.

      Aliás, alguém que comanda a maior instituição estadual armada da América Latina conhece mais sobre Administração pública, emprego de meios e gestão operacional e financeira que 100% dos vereadores que hoje emporcalham a Câmara Municipal de SP.

      Só faltava essa, a PC afundando por falta de representantes…a PM AINDA respirando pois conseguiu eleger os seus…

      E um idiota (ou dois) bradando para que policiais tenham os próprios direitos a representatividade e elegibilidade tungados.

      Da para entender bem qual é a escola do Olim…vocês mesmos trabalham para prejudicar a própria categoria.

      Impressionante!

      Curtir

  10. EDUARDO,
    .
    Grande comentário! Ultimamente o nível dos comentários por aqui tá no nível top.
    .
    Desde o início da operação Lava-Jato, com o juiz Moro, e depois com o caso daquela policial militar que ao reagir a um roubo e matar o criminoso, se elegeu deputada, bem como, do “fenômeno” SGT Fahur (que de caipira folclórico não tem nada e direcionou sua atuação funcional para a política), que defendo esse posicionamento que você expôs, tem que haver uma quarentena mínima de, pelo menos, um ano para policiais, militares, GCMs, juízes, promotores e conselheiros de tribunais de contas que desejam concorrer a cargos eletivos. Quer ser candidato, ótimo, exerça sua cidadania plena (direito de votar e ser votado), mas se afaste do cargo, ainda que seja uma licença sem vencimentos e não um desligamento definitivo, por um a dois anos, antes do pleito.
    .
    A concorrência entre candidatos pode ser até, em caso extremo, entendida como uma forma de corrupção eleitoral, porque se um desses servidores públicos acima nominados tiver pretensão política pode utilizar do cargo público a da exposição que isso proporciona para direcionar sua atuação funcional visando uma eventual eleição.
    .
    Fui delegado titular em cidades pequenas do interior e nesses locais o contato da população com o delegado e com o comandante local da PM é muito próximo, somos procurados para “conselhos” desde casos de filhos com dificuldade escolar a crises conjugais. Aquele que tiver pretensão política pode aproveitar e direcionar seu trabalho para essa finalidade.
    .
    Não vou nem tocar no caso do juiz Moro, porque minha opinião sobre ele não é a opinião que prevalece, a maioria acha que ele julgou de forma isenta o ex-presidente Lula. Enfim, em boa hora essa pauta foi trazida a discussão no parlamento.
    .
    Abraço

    Curtir

    • A questão da Lava Jato realmente foi um golpe revelado tardiamente: fizeram o que a população idealmente deseja, mas não pratica jamais.
      E agiram em violação aos princípios do art. 37 da CF.
      Com relação ao ex-integrante do famoso Batalhão de Choque, muitos dos diariamente exibidos pelo Datena ao longo dos anos (formavam um grupo fechado) foram eleitos pela farda. Tem que ter quarentena, URGENTE.
      Meu sincero respeito ao Dr.

      Curtir

  11. Passagem de Comando na sala de imprensa. Não precisa dizer mais nada. Parecia entrevista de técnico de futebol após o time dele tomar uma goleada de 10 a 0. disse:

    Nunca assisti uma passagem de comando da PM tão desconfortável quanto, contrariando as tradições da corporação de realização pública da solenidade. Se resumiu na presença dos dois cabides de emprego que não servem pra “phorra” nenhuma(Secretários da Polícia Civil e da Militar) a Delegada Geral Adjunta, o surubeiro e o marechal da banda. Mera formalidade para esconder o enorme descontentamento com esse governo só pra inglês ver.

    Curtir

  12. O dia que o Ministério Público investigar a evolução patrimonial dos Classe Especiais da PC e daqueles que ocupam cargos por eles indicados, bem como de seus familiares, ai você vai ver muita gente largando coletoria e pedindo pra aposentar.

    Curtir

  13. Policial DEVE votar em POLICIAL.

    Graças a Deus a tropa da PMESP – diria até que do Brasil – percebeu que ninguém representa melhor os interesses dos policiais que nós e os nossos.

    Podem tentar o golpe que quiserem…os que já estão eleitos continuaram sendo eleitos por PM’s e seus familiares se outros tiverem seus direitos a elegibilidade tungados por congressistas corruptos.

    Já passou da hora das PC’s do Brasil acordarem e passarem a eleger seus pares…NÃO SÓ DELEGADOS…mas todos os representantes das carreiras…

    Do contrário vão continuar chorando como viúvas de um tempo que nunca mais voltará e inventando o Vale Alimentação miserável da Cooirmã, por exemplo.

    Acordem meu Deus…

    Votem nos seus, pois a população odeia a polícia e não se preocupa nem um pouco com nossas causas…

    Curtir

    • Sim, policial deve votar em policial porque policial, em TESE, representa a sua classe. É o raciocínio que a população não faz para si.
      O povão (maioria da população) não entende(u) isso. Não entende(u)que vai votar em policial (vai brigar pela melhoria de sua vida como funcionário público) que para garantir benefícios para si e para a sua classe vai sacrificar o bem-estar da população geral. Exemplo CONCRETO: benefícios para a aposentadoria especial de militares e sacrifícios para o INSS. Se a população fosse consciente, saberia escolher.
      O povão vota em policia (deixando de votar no líder sério da sua comunidade) influenciado pela aparição diária que certo(s) policial(is) fazem na televisão, mas o povão não sabe entender que aquele ato midiático representa fruição duvidosa do prestígio da função pública eventualmente em benefício individual e privado do agente transitório.

      Em verdade, o único voto consciente do povão é para vereador, porque ele vota buscando uma melhoria concreta para a sua vida. Vota para vereador pensando no resultado benéfico para si e para a sua coletividade.
      Os demais votos (prefeito, governador, deputados e PRESIDENTE) representa o que o indivíduo quer para o OUTRO, externando toda a sua ira, seu preconceito, o seu desejo de vingança.
      Passou da hora da Lei da Quarentena. Quer se eleger por ser um bom cidadão para a sua coletividade? Ótimo, será eleito por policiais e não policiais.
      Quer eleger-se com o suporte do Estado (farda) e sendo indiretamente financiado pela população na sua campanha informal? Então, que se sujeite aos princípios da CF/88, principalmente o art. 37.

      Curtir

      • Papo furado.
        Quarentena é tornar a classe mais sofrida do funcionalismo cidadãos de SEGUNDA categoria.

        Se alguém prega isso ou não é policial – e nesse caso é compreensível -, e está defendendo seus próprios interesses e aproveitando para tentar curar sua frustração, ou, se é policial…É UM IMBECIL!

        Curtir

        • Então que dispute eleição sem a chance de se expor com farda (PM) ou viatura (Civil) deixando de se promover durante e em razão do desempenho da função.
          Proibição absoluta, sem margens de interpretação/brechas, a que policiais se exponham em programas de televisivos sob risco sério de punição administrativa. E já acho, atualmente, que o disciplinamento disso já é mesmo factível.
          Não se deseja cidadão de segunda classe, não. O que tem hoje é gente beneficiada (privilegiada) pela divulgação particular que só a função facilita. É o caso de cortar esse privilégio e quem quer disputar eleição que o faça em igualdade de condição com o cidadão que custeia o Estado. Do contrário, é duplo financiamento eleitoral e propaganda eleitoral antecipada, porém disfarçada.

          Curtir

  14. De novo, PAPO FURADO.
    Neste país policial não é beneficiado com NADA…NUNCA.
    Principalmente no Estado de São Paulo.

    Chega de paternalismo barato.

    A maioria absoluta dos parlamentares PM’s é eleita por PM’s e seus familiares…E assim vai continuar sendo.

    Um ou outro, como o Telhada ou o Olim é que tem votos fora do círculo policial.

    Uma Kátia Sartre da vida acontece uma vez a cada 30 anos.

    Não vem com esse papo de privilégio, pois, se policial não é alguma coisa é privilegiado.

    Quem vota em policial faz isso porque quer.
    A categoria mais representada nos legislativos é a de professores…eles também terão quarentena?

    E os advogados…também?

    Vá para o diabo com esse papo de quarentena para policiais.
    Já passamos décadas tratados como lixo é ainda vem um Zé Ruela dizendo que não podemos nos candidatar e exercer a cidadania como os outros cidadãos…É o que faltava.

    Quem diz isso não pode ser policial…impossível!

    Curtir

    • Nunca imaginei que um dia concordaria com o Sd. Jamiro. Corporativismo por corporativismo, ou interesse por interesse, cada um que defenda o seu lado. Isso é justo, legítimo e necessário.

      Curtir

    • Professor não pode fazer doutrinação na escola (convencimento), mas policial pode usar à mídia em seu benefício em razão da função?
      Dos policiais eleitos na ALESP, parte deveu-se à “bancada da vez” (PSL) e outra parte… Cidade Alerta e Brasil Urgente.

      Curtir

      • E daí?
        Outra parte, muito maior, foi eleita por fundos partidários e corrupção.

        Cada um joga com o que tem.
        Veja a votação da maioria dos policiais…É mínima.
        Diz respeito à outros policiais e familiares…conhecidos.

        Vai continuar assim.

        Aliás, oxalá vai melhorar.

        As Praças já se organizam, no Estado de SP, em centenas de grupos de Whatsapp.
        Todos já tem consciência que não é necessário, e é disfuncional…dar 50, 60 mil votos a um só candidato.

        Estão todos já se dividindo por região…para votar no policial daquela região…dividir, na medida do possível, os votos e eleger o maior número de PM’s possível.

        Tomara que dê certo.

        Tomara que a PC comece a fazer o mesmo.

        Curtir

        • Se é assim que estão fazendo, estão efetivamente exercendo o legítimo direito de votar e serem votados; sobre esta estratégia não há nada que possa ser recriminado.
          O que não dá pra aceitar é que um único nome, ou alguns poucos, beneficiado(s) pela farda/distintivo e autopromoção televisiva, se elejam e sejam puxadores voto.
          Boa sorte!

          Curtir

          • É claro.
            Até porque…João Dória, Mamãe Falei…Tiririca, Russomano, Datena, Luciano Huck… entre outras dezenas de nomes que apareciam e ainda aparecem na mídia diuturnamente não se beneficiam nada…

            Ah…vá lamber sabão.

            Que quem pode aparecer…que apareça e use isso em prol das Polícias…

            Você não gostou paisano?
            FODA-SE!

            Curtir

            • Não fique nervoso…
              Por enquanto, quem controla polícia é paisano.
              Pisou fora do cercado? Até que transformem a polícia em poder ditatorial, correm o risco sério de se ferrarem com paisano: cidadão comum, delegado, promotor, juiz…

              Curtir

Os comentários estão desativados.