Promessa, Deic Regional ainda não tem nenhum policial após quatro meses 16

Promessa, Deic Regional ainda não tem nenhum policial após quatro meses

Nova unidade do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) criada por decreto para Taubaté, em outubro de 2019, é uma das estratégias do governo João Doria para reduzir os índices criminais na RMVale

Xandu Alves@xandualves10 | @xandualves10

O Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) Regional de Taubaté completará quatro meses de criação nesta semana ainda sem receber nenhum policial ou de ter a estrutura definida.

A unidade é uma das estratégias do governo João Doria (PSDB) para reduzir os índices criminais no Vale do Paraíba, que tem 5 das 15 cidades com a maior taxa de vítimas de homicídio por 100 mil habitantes do estado.

Por decreto, o Deic Regional Taubaté foi criado em 15 de outubro de 2019.

A previsão da SSP (Secretaria de Estado da Segurança Pública) é de que a estrutura esteja montada até o final de março (leia texto nesta página). Porém, conforme apurou OVALE, a meta pode não ser cumprida.

Para atender as exigências da nova unidade, a Delegacia Seccional de Taubaté precisa ainda receber novos policiais, que atualmente estão cursando a Academia da Polícia Civil na capital.

EFETIVO.

A Delegacia Seccional de Taubaté opera atualmente com clarões no efetivo e ao menos 10 unidades sem delegado fixo, incluindo plantões e delegacias em cidades atendidas pelo órgão, responsável por 10 municípios com uma população superior a cerca de 615 mil pessoas.

“Os policiais estão fazendo a Academia da Polícia, e não sabemos ainda qual o efetivo virá para Taubaté. O Deic ainda não tem estrutura. Estamos em conversação para definir o local e tudo”, disse José Antônio de Paiva, delegado seccional de Taubaté.

Segundo ele, a expectativa para receber os novos policiais é “por volta de maio” deste ano, após os novos agentes concluírem a Academia da Polícia Civil em São Paulo.

“Devemos receber novos policiais para atuar como escrivão, investigador, delegado e outras carreiras”, afirmou.

Unidade unirá cinco unidades especializadas; SSP prevê abertura no 1º trimestre do ano

O Deic de Taubaté unirá cinco unidades da Polícia Civil: Dise (Delegacia de Polícia de Investigações Sobre Entorpecentes), DIG (Delegacia de Investigações Gerais) –com o setor de homicídios, a equipe de crimes contra o patrimônio e o GOE (Grupo de Operações Especiais). Também terá o Seccold (Setor Especializado de Combate aos Crimes de Corrupção, Crime Organizado e Lavagem de Dinheiro).

A nova estrutura ajudará a Delegacia Seccional de Taubaté a manter a tendência de queda nos índices criminais. “Nunca estiveram tão baixos”, disse o delegado José Antônio de Paiva.

Em nota, a SSP informou que a Polícia Civil “tem adotado as medidas administrativas e técnicas necessárias para a instalação da unidade”. E que a previsão é que a “nova unidade entre em operação no primeiro trimestre de 2020”.

https://www.ovale.com.br/_conteudo/_conteudo/nossa_regiao/2020/02/97190-promessa–deic-regional-ainda-nao-tem-nenhum-policial-apos-4-meses.html

  1. Mais uma promessa não cumprida pelo J. Dória, e dos seus delegados só blá, blá, blá….. é mais do mesmo, todas promessas sem nenhuma base na realidade.
    Alguém acredita nele e no seu DG, por falar em DG como está o seu grupo de estudos, kkkkkk, sobre a reforma da previdência, algum resultado prático?

    Curtir

  2. Em breve novos policiais de prefeitura e “adoc” para dirigir o DEIC caipira. Hahahahaha
    Nem reestruturando todas as carreiras e virando tudo Investigador completa o quadro do interior.
    É natimorto ou só para já quem tá com o pé na rua se é que me entendem… RS

    Curtir

  3. Cadê a novidade? Qualquer delegacia ou unidade da PC está vazia! Quando não de gente, de vontade de trabalhar,.

    Curtir

  4. Não haverão policiais para novos locais, já inexistem nos departamentos existentes!!!! Criar um novo departamento é jogar dinheiro fora, se gastará com infraestrutura para ficar as moscas, só mostrando para os leigos que tais locais existem. Infelizmente, pois todos os concursos pendentes, se iniciados, não completam a lacuna do caos existente em todo o estado. Deve-se extinguir algumas delegacias, alguns departamentos deveriam ser simplificados e , essa mão de obra distribuída pelas delegacias que tem atendimento ao público e aquelas com maior volume de ocorrencias, e aquelas que tem baixo movimento, extintas definitivamente. O que se ve aqui pelo Decap são delegacias com centrais de flagrantes totalmente inacessíveis para um simples BO, às vezes até para os flagrantes também!! As que abrem só fazem BOs simples, não expedem requisições, nada, ou seja, o cidadão tem de procurar uma delegacia nos dias úteis e em horário comercial, e olhe lá!!! Viaturas mal distribuídas ( muita para quem usa menos e nenhuma para quem precisa delas, fora aquelas para os amigos). Dá pra ajeitar essa parte, é só querer!!!! E prá funcionar a contento precisará rever salários SIMMMMM, mas de forma significativa e não prá prejudicar o policial, ativo ou aposentado. Tá fácil de resolver, é só querer!!!
    i

    Curtir

  5. Continuando, deve-se investir onde se atende público e não em departamentos fechados onde se trabalham em ritmo de escritório comercial, isso não deveria existir e os mais importantes, serem bem simplificados. E que nos seja cobrado elucidação de crimes e atendimento decente, pois hoje, entrar numa delegacia desconhecida é uma aventura, familiar meu passou isso na pele por um simples BO de furto de auto, pouco caso total de todos que alí estavam!!

    Curtir

  6. Caro irmão Sergio,

    Salvo o pessoal do “me engana que eu gosto”, vulgo PMs, todo mundo já viu que a priorização da prevenção de crimes – algo até lógico, admito – não está dando conta. A consequência é óbvia: a repressão imediata, os dribles da bandidagem e as mazelas do povo deságuam na PC em forma de flagrantes, ocorrências e encheção de saco. Ok, é essa a nossa função, mas jamais ela deveria ter ficado em segundo plano como conseguiram fazer. Equipem a PC, valorizem os policiais e os resultados aparecerão. Não há prevenção possível onde existe um alto índice de impunidade. Só acredita nisso essa especialista em enxugar gelo que é a PM. E, pior, ela ainda se gaba disso.

    Curtir

  7. INFELIZMENTE ESSA SITUAÇÃO VAI SER AGRAVADA NO DECAP/DEMACRO/DINTER. TEM GENTE AQUI NO DP LEVANDO UMA MÉDIA DE 3 A 5 DIAS PARA CONSEGUIR FAZER UM RDO. ACHO O QUE NOS PREJUDICOU FOI ESSA TAL RESOLUÇÃO, RESUMINDO, A PM E GCM CHEGA COM QUALQUER BOSTA/MERDA E FURA A FILA DE PESSOAS QUE FORAM VÍTIMAS DE ROUBO,ESTELIONATO,FURTO… ENTÃO AQUELES (PM GCM) COM A MAIOR CARA DE PAU VEM ME APRESENTAR UM TRÁFICO COM MEIA DÚZIA DE DROGAS E NÃO SABE O CERTO O QUE FALAR, POIS CADA FLAGRANTE, OS DÃO O DIREITO DE UMA FOLGA NA CLANDESTINIDADE, E ASSIM AUMENTA A POPULAÇÃO CARCERÁRIA COM PEQUENOS PÉS DE CHINELOS PRESO. “COMO SE A SITUAÇÃO ESTIVESSE RESOLVIDA”.

    Curtir

Os comentários estão desativados.