Polícia Civil do Estado de São Paulo – Projeto de reforma da Previdência Paulista 43

A Delegacia Geral de Polícia, diante de comentários que têm sido veiculados a respeito do projeto de reforma da Previdência Paulista, esclarece a todos os Policiais Civis:

– Em novembro de 2019, o Governo do Estado encaminhou à Assembleia Legislativa do Estado a Proposta de Emenda nº 18 à Constituição Paulista e o Projeto de Lei Complementar nº 80, ambos tratando de modificações do sistema de previdência social;

– Em face da incidência direta das medidas propostas sobre todos os Policiais Civis e tendo em vista que as proposituras não atendiam aos anseios institucionais, nossas reivindicações foram levadas à Administração Superior que, sensível, comprometeu-se a rever os termos das modificações que terão de ser realizadas.

– A Delegacia Geral de Polícia aguarda a conclusão dos novos estudos que estão sendo realizados, para, somente então, posicionar-se a respeito.

– Assim, seriam açodados e prematuros quaisquer comentários, sugestões, palpites, pareceres sobre como devem agir, neste momento, os Policiais Civis que preenchem os requisitos de aposentadoria.

– As novas propostas terão de ser submetidas à discussão e votação pela Assembleia Legislativa para, somente então, entrarem em vigor. Até que isso ocorra, sem querer alijar o direito de quem realmente pretende partir para a inatividade, esta Delegacia Geral de Polícia recomenda àqueles Policiais que têm a intenção de continuar a ainda exercer suas funções apesar de satisfazerem os requisitos legais para aposentadoria, que aguardem para que tomem decisões com base em dados concretos e propostas efetivas e não em meros palpites.

Nenhuma descrição de foto disponível.

  1. Esses dias tem circulado um parecer contratado pela ADPESP, o qual recomenda aos Delegados a se aposentarem.
    A Administração está com medo de esvaziar ainda mais a PC.

    Curtir

  2. O medo que essas reformas nós trazem é a insegurança jurídica.
    Eu ia conseguir minha aposentadoria aos 51 anos de idade, pois trabalho e contribuo desde os 15 anos de idade.
    Entrei no funcionalismo público aos 21 anos de idade e infelizmente tenho “só” 18 anos na polícia e por isso não posso ingressar com pedido de aposentadoria especial.
    Pergunto então: e o que foi combinado lá atrás comigo? E todas as coisas que eu tive que abrir mão nesses 18 anos para atuar na PC?
    A maior dúvida que impera: quem me garante que até eu chegar aos 55 anos de idade, outro governante não vá fazer mudanças aos 45 do segundo tempo?

    Curtir

    • Amigo.. se for igual a PF, havera regras de transição…pelo menos na PF ficou 53 anos para quem ja esta em atividade… mas vamos aguardar ABS

      Curtir

      • Gabriel nunca o João suruba vai deixar igual o da PF!!! Ele quer mostrar q é superior ao Bolsonaro!! Ele vai nos fuder de verde e amarelo!! É só comprarar os projetos!! Não sonha c isso não!!

        Curtir

  3. DGP com o c.u na mão de medo de que ocorra uma debanda geral de policiais se aposentando pois sabe que o Dória surubinha não vai repor ninguém. Mas na real, quem tiver se se aposentar, que aproveite, pois a chance de ficar igual ou melhor do que esta agora é menos que nula, não importa quanta fumaça as associações, chefia ou o DGP joguem ao vento.

    Curtir

  4. Cagou na cabeça da Associação e Sindicato, que elaboraram pareceres jurídicos sobre a previdência, virou palpite.
    Depois da história do melhor salário tem que ser otário em acreditar que virá algo benéfico na previdência.

    Curtir

  5. O nome disso é desespero…kkk. Quem tiver tempo que vaze, pois a coisa só piora. Que reine o caos!

    Curtir

  6. Aposentei com acao na justica com direito a integralidade e paridade, resumindo se quis ver meus direitos respeitados tive que brigar. Depois de 33 anos de serviço dos quais nunca tive uma falta ou licença de saudade,neste último item me considero abençoado,peotocolei o pedido de aposentadoria e a administração insistia que não tinha direito ao desligamento qd passado o prazo de 90 dias do pedido, continuavam me colocando de plantão, tive que reclamar novamente no judiciário e diante da perspectiva de multa publicaram o ato num sábado assim o plantão de Domingo e óbvio que não compareci, na segunda feira juntei tudo que era do Estado devolvi no departamento de pessoa e virei as costas sem falar mais nada. Faço o relato para pontuar que a Administração não tem nenhum apreço por ninguém, administradores são cargos políticos sem vínculo com o funcionário ou qualquer padrão ético, brigam para ficar na cadeira e terem acesso a benefícios. Assim orientou a quem tem tempo para pedir a aposentadoria.

    Curtir

  7. Primeiro tenho que informa que, eu, já protocolei e meu pedido de aposentadoria, e desta condição posso comentar o comunicado da DG.

    Não poderia ser em pior hora este comunicado, sempre a administração da polícia civil atrasada ou errada, incrível como eles, digo DG e afins, conseguem.

    Para começar este comunicado contém a seguinte expressão; “aguarda a conclusão dos novos estudos”, se o DG tivesse o mínimo, repito o mínimo de conhecimento e sensibilidade já mais ele colocaria tal expressão neste comunicado, nós policiais civis sabemos, virou piada, o que significa “estudos” ou “grupo de estudos”.
    Já ficou ridículo o uso de tais expressões!
    Que não dará em nada.
    Quem sabe em 2050 a delegacia geral não terá uma resposta para dar a respeito da proposta da reforma de previdência do Dória, simples assim.
    Depois vem o DG com essa pérola; “Assim, seriam açodados e prematuros quaisquer comentários, sugestões, palpites, pareceres sobre como devem agir, neste momento, os Policiais Civis que preenchem os requisitos de aposentadoria”.
    Desenhando para o DG a imensa maioria dos policiais, que têm condições de se aposentar, só estávamos esperando o dia 31 de outubro, para ver como seríamos transformados no segundo melhor salário do Brasil.
    Como o que ocorreu foi um passa moleque, a logo na sequência o governo apresentou a reforma, que só não foi aprovado a toque-de-caixa, em prejuízo de todos nos policiais, por uma questão legal, o DG até então ficou calado, o que não é de se espantar, e assim deveria continuar….
    E para pior o que já é ruim diz a nota; “ vista que as proposituras não atendiam aos anseios institucionais, nossas reivindicações foram levadas à Administração Superior que, sensível, comprometeu-se a rever os termos das modificações que terão de ser realizadas.”
    Alguém realmente acredita que depois de demostrado, comprovado, ratificado o mais completo desprezo que o PSDB e seus governadores nutrem pela polícia civil e seus membros eles vão dar algum alento!
    Realmente o DG acredita que haverá alguma mudança, neste lixo de projeto, que mude o que até agora foi apresentado?
    Repito só não foi aprovado com casca e tudo por conta de um deputado da oposição, já que os deputados delegados, da base aliada do governador, nada fizeram e nada conseguiram para mudar o projeto.
    Quem este DG quer enganar?
    E para provar que nenhum policial deve esperar nada deste DG e sua administração é só verificar os fatos, desde a data da apresentação dos projetos diversas entidades ligadas ao funcionalismo público inclusive do MP já fizeram estudos e divulgaram suas conclusões e opiniões, todas apontando os malefícios destas propostas, em todo este tempo o DG e a DGP nada fizeram nada falaram, só porque a associação dos delegados divulgou um comunicado dando a entender que quem tiver tempo peça aposentadoria, vem à administração soltar esta nota no sentido contrário.
    Resumo da ópera eu NÃO vou pagar para ver, quem tiver condições de se aposentar e quiser acreditar e pagar para ver o resultado dos estudos e gestões do DG junto a secretária de segurança e ao governador muito boa sorte!

    Curtido por 1 pessoa

  8. E quem já tem abono permanência e insistir em ficar, com está nova lei do Abuso de Autoridade, corre o sério risco de arrumar uma “piça” e ir para rua.

    Curtir

  9. Ahhh se eu tivesse tempo, não ficaria um minuto a mais independente de estar bom, afinal hoje está bom amanhã está preso.

    Curtir

  10. 1◦) O projeto (PLC 80/2019) está suspenso, provisoriamente, por ordem judicial,

    2◦) todos nós sabemos que em uma disputa entre o Estado patrão e o Funcionalismo, no final, o judiciário SEMPRE fica ao lado do governo,

    3◦) Só quem NÃO conhece a P.C. acredita que a D>G>P> tenha alguma: Força (*) política,

    4◦) O sinônimo de “Grupo de Estudos” é “não vamos fazer p**** nenhuma”,

    5◦) A história mostra que a al&$p é submissa ao gov&rnador,

    6◦) é uma questão de tempo para a contribuição subir para 14%,

    Resumindo:

    Quem ficar vai ganhar um bônus que não incorpora.

    (*)
    NÃO conseguem nem implantar uma funcional com elevado nível de dificuldade para ser falsificada.

    Curtir

  11. Prezados colegas , eu me aposentei a cerca de quatro anos, porém, fui por duas vezes atingido por mudanças na lei .(literalmente me fodi por mais doze anos , além do que seria inicialmente necessário).
    Quem tiver juízo que ouça meu conselho : QUEM TIVER CONDIÇÕES QUE VÁ EMBORA ! Não fiquem se apegando a essa porra de abono de permanência, pois se acaso a lei mudar , você não poderá mais se aposentar de imediato e logicamente não terá mais direito ao abono . Além do que os Procuradores, verdadeiros “engenheiros juridicos” , inventaram o têrmo “EXPECTATIVA DE DIREITO” , com o qual você vai se ferrar , pois vão alegar que quem tinha de fato direito, dele fez uso .
    Um grande abraço. espero vocês aqui do lado de fora.

    Curtir

    • (…vão alegar que quem tinha de fato direito, dele fez uso …)

      Não é TOTALMENTE impossível que isto venha a ocorrer.

      Curtir

  12. Se existe alguma dúvida o quanto é possível esperar do cortocionismo jurídico da PGE e conluio com a SPPREV, e anuência da DGP e só verificar as aposentadorias publicadas no D O.
    A imensa maioria se dá pela média salarial, já as aposentadorias da secretaria da fazenda/planejamento e mais algumas poucas carreiras de Estado tipo fiscais de renda todas estas se dão com paridade e integralidade.
    Quem quiser é só consultar o DO.

    Curtir

    • A administração da policia com raríssimas exceções não tem vínculo nenhum com Direitos básicos do funcionário,distorcer e mentir Sao regras de bom desempenho administrativo.

      Curtir

  13. agora.folha.uol.com.br/grana/2020/01/justica-barra-tramitacao-da-reforma-da-previdencia-de-sp-pela-2a-vez.shtml

    Curtir

  14. Ameaças e ameaças…….vendo a enxurrada de aposentadorias, em todas as carreiras, quero ver quem vai administrar isso aqui, pois além da ausencia de funcionários, conviverão com a insatisfação total daqueles que foram iludidos com um salário justo e compatível com o que fazemos. Se a cadeira não for boa, ninguém vai querer ser titular nem chefe de lugar algum. O mais triste é, pré eleição, o candidato vir à público, sempre ao lado de um dos nossos, de ambas as polícias, e dizer que teríamos o segundo melhor salário e que jamais mexeria na nossa previdencia. Agora, faz exatamente ao contrário, para prejudicar a todos…..eu teria vergonha de existir!!!!

    Curtir

  15. se o governo ta fudendo com a PM, aumentando contribução de inativos, imagina o que nao fara conosco! Eu to fudido porque nesse ano teria direito a me aposentar. rezo a Deus que esse projeto fique trancafiado ate ano que vem, para que eu protocole meu pedido no primeiro dia subsequente aos 30 anos de policia. foda- se se nao vao dar paridade e integralidade. depois vamos a justiça. so imbecil e acefalo acreditam em promessas politicas! E tem servidor que acredita no jrgao que vai melhorar. Não podemos deixas nossa instituição acabar! entao fica ai se fudendo, ganhando pouco, correndo riscos, e sua saude indo pra casa do kraleo.

    Curtir

    • Para esse mesmo delegado geral veio a público e falou que teríamos um reajuste digno! Que o governo iria igualar o segundo maior salário da federacao! Depois veio estes 5% e não falou mais nada! Quem tiver tempo que vá descansar! Cuidar da vida! Isso qui não vai melhorar mesmo!!! Não caiam Na conversa mole!

      Curtir

  16. Tanto do Dg como o comandante da Pm não são nada,nunca foram em governo algum,o fato novo e que neste governo não se faz questão de esconder tal fato. A única voz que a polícia de fato tem hj sao pessoas como o Major Olimpio e o Meça, digo isto é não sou Pm de sorte que não há nenhum corporativismo na fala. Os Dgs sempre foram os sujeitos oportunistas e muito obedientes ao governo e a seus próprios interesse, vi uma única exceção em trinta e três anos de policia, o Saudoso Blazeck, homem digno e de caráter .

    Curtir

  17. O NOSSO QUERIDO DEPUTADO JÁ DEU A DEIXA, APOSENTOU-SE, ENTENDERAM OU QUER QUE EU DESENHE.

    Curtir

  18. SE O NOSSO REPRESENTANTE POLITICO (O DA ALESP) JÁ PEDIU APOSENTADORIA, ELE JÁ DEIXOU A DEIXA, OU QUEREM QUE EU DESENHE. VAZEMMMMMM

    Curtir

    • Representante? Tá falando daquele magrelo puxa saco do psdbosta? Olha parceiro, aquela ameba nunca representou a PC, só fez para ele mesmo e olha lá, nem para seus pares ele fez alguma coisa, minima que seja. Foi tarde.

      Curtir

  19. QUEM TEVE INFORMAÇÃO PRIVILEGIADA SE MANDOU (ALGUÉM QUE ESTA NA ALESP)

    Curtir

  20. O conselho que dou (se fosse bom ninguém dava, vendia, já diz o ditado popular) é que TODOS aqueles que têm tempo de contribuição suficiente, aposentem.
    .
    Que o salário diminui, isso é inevitável, seja aposentando agora ou daqui a cem anos. Na PM ainda compensa esperar um pouco, caso a promoção esteja próxima, vez que na reforma têm como premiação o posto ou graduação superior, mas na PC não compensa.
    .
    Você que tem os requisitos (tempo de contribuição, etc.) para aposentar e não fizer, será alcançado pela mudança posterior, porque você preenche os requisitos para aposentar com as regras atuais e caso não exerça esse direito, as regras novas te pegam, já que não exerceu o direito que tinha. Sempre haverá aqueles que têm coragem de mentir dizendo o contrário, mas vejam ao longo do tempo qual foi o posicionamento da SP PREV em relação a nós policiais civis. Quando a SP PREV interpretou qualquer lei de forma a nos beneficiar?
    .
    Acreditem naqueles que têm compromisso com o grupo político de ocasião (por coincidência no poder há mais de vinte anos).
    .
    Tem tempo suficiente para aposentar? Vai embora meu irmão, vai aproveitar o tempo de vida que lhe resta com seus entes queridos. Seu salário vai diminuir sim, mas faz parte do jogo.
    .
    Eu, caso tenha o privilégio de completar meu tempo de contribuição (que pelas regras atuais são mais nove anos), não fico um dia além disso.
    .
    Abraço.

    Curtir

  21. Com a decisão favorável no TJ (paridade e integralidade) já consigo aposentar em poucos meses ou cabe recurso para a instância superior? Algum colega com experiência no assunto e que já passou por esta etapa, poderia prestar esclarecimetno a respeito?

    Curtir

  22. O policial com tempo de aposentar se não o fizer agora é um verdadeiro otário, ora ora ficar esperando “grupo de estudos” hahaha, nós policiais civis nunca tivemos amparo de nada e ninguém, sempre só tomamos ferro, e outra aberração será se aprovar 14% de desconto pra nós e a PM com 9,5%, vai ser a gota d’água pra discórdia.

    Curtir

  23. A Reforma Previdenciária Estadual, elaborada durante a gestão do oportunista Dória, virá para acabar de vez com a Polícia Civil paulista e quem afirmar algo ao contrário está fazendo o jogo do governador e não merece crédito. Assim, quem puder se aposentar que o faça, quem puder prestar outro concurso que o faça e quem puder sair dessa porcaria não perca tempo e vá embora.

    Curtir

  24. Cansei de comentar………….os RELATORES DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA, membros do PSDB, apenas tinham a unica intenção em atender os GOVERNADORES PSDB, no intuito de ARROCHAR os direitos previdenciários dos Policiais Civis, começando a desvinculando dos Policiais Federais no texto da reforma previdência…………VIVA O BOLSONARO

    Curtir

  25. Boa Tarde!

    Senhoras e Senhores.

    Em 2016, quando completei 36 anos de efetivo trabalho policial, mesmo ciente dos meus direitos, impetrei Mandado de Segurança exigindo a Paridade e a Integralidade.

    Pois bem:

    Houve sentença favorável, o Estado recorreu.

    Depois o Tribunal, em meados de 2018, avocou todos os pedidos para aposentação que tramitava pelo Tribunal e pediu um prazo para estudar a situação.

    Pois é:

    Até agora nada… e pasmem, neste ínterim, meados de julho próximo passado, completados 39 anos de efetivo trabalho policial, dei entrada na aposentadoria normalmente, mesmo sabendo que o MS estava travado. Deixei completar até o último fator previdenciário para assim não argumentarem qualquer deslize ou coisa do gênero.

    No dia do meu aniversário recebi a notícia da minha tão sonhada aposentadoria.

    Confesso que se não estivéssemos nesta precária situação de abandono moral, profissional e pecuniário, não aposentadoria, mas diante das sombrias expectativas não vislumbrei outra solução, resolvi pendurar o distintivo.

    Penso que estamos vivendo tempos sombrios e, como não tenho sangue de barata para suportar certas diretrizes onde nos desprestigiam e desvalorizam, parei.

    Política equivocada não é minha praia… não aceito ser esculachado e desvalorizado somente para satisfazer o ego de certos iluminados que giram ao redor de seus próprios umbigos.

    Felizmente ou infelizmente minha validade venceu…

    Rogo a Deus que agora os novos com sangue bem oxigenado e com seus profundos conhecimentos práticos possam enfim dar fim ao crime organizado.

    Caronte

    Curtir

  26. ABANDONE O BATEAU MOUCHE, ANTES QUE VC MORRA, DEU O TEMPO VAZAAAAAAAAAAA.

    Curtir

  27. O último que sair apaga a luz, quem sabe se o DG acorde.

    Curtir

Os comentários estão desativados.