Guincho…para que precisa? 11

Polícia Civil fica sem guincho à noite em São Paulo

Polícia Civil fica sem guincho à noite em São Paulo

Por Metro Jornal
 

Desde quarta-feira, a Polícia Civil do Estado de São Paulo não conta mais com o serviço de guincho durante a noite e madrugada. Agora, todas as delegacias do estado só têm o serviço disponível das 9h às 21h.

A presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo, Raquel Kobashi Gallinati, acredita que a frota já está sucateada e que a polícia precisa desse atendimento 24 horas por dia. “Tirar esse serviço de guincho realmente é uma decisão que inviabiliza o trabalho do policial, além de colocá-lo em riscos.”

“O serviço atende não somente veículos policiais, mas qualquer carro que esteja envolvido em uma ocorrência da Polícia Civil, que também acabará ficando sem esse atendimento”, acrescenta Raquel. Segundo ela,  a suspensão do serviço só irá agravar ainda mais a situação em que a frota de veículos se encontra.

Em julho, o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo divulgou um relatório que mostra que muitas delegacias não têm a quantidade suficiente de carros para o trabalho policial e que as existentes necessitam de reparos constantes ou estão inoperantes

  1. Boa Tarde!

    Senhoras e Senhores.

    Fiel retrato do governo com a Segurança Pública em prol da sociedade paulista!

    Prometem! Prometem! Prometem! E só fica nisso…

    Haja paciência da parte de Jesus Cristo para ouvir tanta promessa…

    Caronte

    Curtir

  2. E o que faz o DG, não disseram que ele era o cara, “operacional”, “manja muito de papel e polícia”, até agora só consegui recolher a(s) segunda arma(s) dos policiais, tudo porque ameaçou de punição quem não entregasse!
    Agora veremos se ele entrega algum guincho para a prestação deste serviço.

    Curtir

  3. Aproveita , além do guincho, entrega viaturas para o Decap!!!! Viaturas com 15, 16 anos de uso, isso quando tem, principalmente as descaracterizadas. Se acharem que vira veículo particular, rastreador nelas !!!

    Curtir

  4. Esse guincho pra mim já não fazia serviço há anos.
    Lembro me do ano de 2014 quando em um remoção de preso a viatura quebrou de madrugada e o guincho só foi busca lá de dia. Choro!
    Eu e meu parceiro ficamos esperando o GOE nos socorrer.
    O lado bom foi ver o GOE vibrando como se o preso fosse deles, mas correram tanto com a VTR que pensei que iria capotar. Kkkk

    Curtir

  5. Já paguei do bolso algumas vezes. Chamei esse bendito guincho da Civil duas vezes. Uma eu chamei de manhã chegaram 23h! Na outra vez chamei umas 17h. Advinha quando chegou? Na boa… Às vezes é melhor tirar do bolso e poder ir dormir em casa. Um saco! Um ódio! Porém para ser honesto teve colega que chamou e chegou em umas 4 horas. Deve ser azar meu mesmo.

    Curtir

  6. Oh povo que fala demais sem ter nada a dizer, pqp, esse guincho é o do pátio Shunck, que faz a remoção dos veículos dos distritos e, NÃO o guincho da Polícia Civil. O povo deveria se informar, principalmente essa Excelência, presidente do sindicato dos Delegados, para não ficar de mimimi. Afff.

    Curtir

  7. Interessante como estas notícias são feitas. Trabalhei no Guincho do DAP de 2002 a 2017 e nunca atendi o estado inteiro, alías, ficava restrito ao DECAP e DEMACRO. “Missões” no DEINTER somente mediante ofício. Por outro lado, o Direito não pode falsear a Matemática, isto é, um único guincho com dois funcionários por plantão vai atender quem e quando? Como a maioria dos policias do DAP já aposentaram, o guincho ficou sem ninguém(serviço este que pode ser suprido pelas chefias); hoje, estou na ativa como Escrivão, por enquanto(emprego novo em breve). Se a VTR estiver sem condições, recolha-se com a respectiva baixa de patrimônio.

    Curtir

    • Grande Sandro. Que falta vc faz pra nossa DT. Falou pouco mas falou tudo. VTR sem condição, que seja baixada. Uma hora chega VTR nova. Paciência é uma grande virtude. Forte abraço e boa sorte.

      Curtir

Os comentários estão desativados.