PM que retornou a baile funk para fazer hora extra terá que se explicar direitinho na Corregedoria…( Quando a cabeça não pensa a família é quem chora! ) 8

Policial é sequestrado após operação contra baile funk em SP

PM teria voltado à comunidade onde atuou e foi sequestrado após abordar um homem. Soldado foi localizado em um hospital, já teve alta e passa bem

Policial sequestrado em pancadão

Policial sequestrado em pancadão

Reprodução

O soldado da Polícia Militar Vitor Henrique Seravalli foi sequestrado na madrugada deste sábado (20), depois de atuar na “Operação Pancadão”, no Parque Novo Mundo (zona norte de São Paulo).

Por volta das 10h, o policial foi deixado no Hospital Municipal Vereador José Storopolli, no mesmo bairro. Seravalli estava apenas com escoriações leves, e recebeu alta por volta das 14h.

De acordo com as investigações, o soldado Seravalli estava acompanhado de um parceiro, o soldado Charles Pereira Melo Ferreira, fazendo a operação que visa acabar com baile funk.

Por volta das 3h, os agentes foram até a 3ª Companhia do 5º Batalhão, onde eles atuam, para encerrar o relatório da operação. No entanto, o soldado voltou ao local do baile e estacionou seu veículo particular no interior da comunidade.

Ainda conforme a apuração policial, o soldado Seravalli abordou um homem, ainda não identificado. A polícia também afirma que não sabe o motivo da abordagem.

Depois da intervenção do policial, o abordado teria gritado para chamar atenção de outras pessoas que estavam no baile. Os demais homens teriam rodeado o policial.

Neste momento, o soldado Charles diz que perdeu contato com a vítima, que foi levada. Charles se deslocou até o posto policial do Parque Novo Mundo, e solicitou auxílio.

O soldado Seravalli deverá ser ouvido para explicar os motivos de ter voltado ao local do baile funk e por que decidiu abordar um homem.

Batalhões de Choque da PM, o helicóptero Águia-4, do Grupamento Aéreo da Polícia Militar, assim como todas as equipes do 5° Batalhão, auxiliaram nas buscas.

De acordo com a Polícia Militar, três homens foram presos suspeitos de terem participado do sequestro. Os homens foram conduzidos para o 73º DP (Jaçanã), que deve apurar o caso.

  1. Acertaram, com os malas, pegar um QSJ para deixar o pancadão rolar e não sabiam da operação, desencadeada pelo comando do Batalhão. Ainda teve a audácia de ir lá, na boca do lixo, com o carro particular, tentar pegar o QSJ dele.

    Curtir

  2. Isso foi motivo de chacota nos grupos e whatsapp por dias. Não dá pra ser mais cabeça de vento. Policial não tem nada que ficar em Baile (especialmente funk), Bar ou lugar cheio de gente e muito menos se identificar como policial no meio de uma quebrada. Teve muita sorte. Quando recebi o informe do caso por redes sociais ele ainda não tinha sido achado e achei que estivesse morto. Por sorte acabou ficando só na chacota mesmo.

    Curtir

  3. sera que ele foi reclamar do arrego ???? tava muito pouco ????? isso não foi o combinado kkkkkkkkkkkkkk

    Curtir

    • essa pulisssa bandeirante é uma merda mesmo! aqui tudo e sempre envolve propina. por isso ninguém nos respeita! são os leões de teclado que tem tempo de ficar escrevendo asneira. espera ver o que aconteceu imbecil pra expelir sua opinião. olha a cara de muleke do puliça. deve ter se encantado com alguma gostosa e voltou pra ver se comia e acabou sendo comido. ta na cara. so quem foi de rua, sabe, enquanto os vagabundos apenas imaginam coisas…

      Curtir

Os comentários estão desativados.