Inicialmente, FELICITAÇÕES PELO SEU ANIVERSÁRIO DE 63 ANOS, General JÚLIO CESAR DE ARRUDA, parabéns e que hoje tenha um momento para comemorar com seus amados. Acrescento que por meio deste comunico a Vossa Excelência que – pacificamente em frontaria – permanecerei no Batalhão Martim Afonso – 2º BIL, em defesa da memória, da verdade e de todos os direitos militares e civis devidos ao General CARLOS LAMARCA, o homem mais leal, sagaz, corajoso e patriota Oficial da história do Exército… 8

Para quem não sabe, o General Carlos Lamarca – então Capitão – não pertencia à esquerda, centro ou direita.

Os intelectuais de esquerda – o desprezo era mútuo – o viam como um mero bom atirador que poderia ser instrumentalizado.

Mas o Capitão Lamarca era muito mais do que apenas um bom atirador e nunca seguiu a cartilha de ninguém!

Rasgou a cartilha militar, mas não perdeu a honradez!

Para uns: desertor, traidor, roubador, terrorista, assassino de policiais e militares.

Para a esquerda: LAMARCA ERA UM INFILTRADO!

De qualquer forma, jamais matou nenhum policial ou militar, especialmente o Tenente Alberto Mendes Júnior da PM, em 1970, nas matas de Sete Barras, cidade limítrofe de Eldorado, antiga Xiririca do Sul.

Como eu posso afirmar se contava apenas 10 anos de idade?

Fui Delegado de Polícia das duas cidades nos anos de 89/1990.

Trabalhei, fiz amizade e ouvi dezenas de policiais civis e militares que serviam na região, muitos deles, antes mesmo de 1964.

E que completaram o tempo para aposentadoria (civis) e reserva (PMs), no transcurso dos anos 1990.

Segundo as palavras deles, repito em 1989, ainda no Destacamento da PM de Sete Barras, não houve emboscada vitimando policiais da região; não houve o ato heroico cultuado pela PM.

Existiu muita economia da verdade dos superiores do jovem Oficial

Mas não me cabe macular a PM e seus heróis.

Aliás o Tenente, morreu em serviço, logo, indubitavelmente, morreu heroicamente…

Mas não foi morto por ou sob ordens de Carlos Lamarca, ainda que tenha se desviado, desertado e iniciando a sua própria revolução, segundo a sua visão de justiça social e valores.

Atribuir, falsamente, a autoria de um justiçamento torpe e uma forma de execução cruel, com a finalidade de mitificar um policial e demonizar o guerrilheiro é CRIME!

Lembrando que, em 1970, a PM se achava submissa ao Exército; o Comando Geral até 1983, era ocupado por Coronéis do Exército.

Sem querer lhe ofender, pois não lhe cabe quaisquer responsabilidades, mas a Ditadura Militar, chefiada exclusivamente pelo Exército, DESGRAÇOU tanto a Força Pública de São Paulo (nos demais estados deve ter sido ainda pior), como a foi a maior desgraça para a carreira dos delegados de polícia deste estado.

Se Vossa Excelência tiver curiosidade compareça à biblioteca da ACADEPOL, solicite boletins, manuais, apostilas, portarias; de autoria de oficiais do Exército que em destaque abaixo do nome constavam CAPITÃO DELEGADO DE POLÍCIA!

Como sei sobre a sua cultura, não leia! Sentirá vergonha!

Tudo gente boçal, mas arrogante e prepotente.

Aquele tipo que pensa que sabe tudo!

Sem esquecer do pessoal desprazer de trabalhar com um deles, que falava muito bem, especialmente por rádio e telefone.

Era um orador nato!

Mas escrever, nem sequer conseguia de forma medíocre …

Se tivesse que ditar um pequeno histórico de boletim de ocorrência gaguejava e fugia…

Pior: era professor era professor de Direito, mesmo confundindo “habeas corpus” com “Corpus Christi”!

Acredito que deva sentir vergonha sabendo que o Lamarca quis instalar um campo de treinamento em Jacupiranga, em contrapartida as F.F.A.A., sob o Comando do Exército, despejaram NAPALM na Mata Atlantica .

Para caçar 9 homens, três militares e seis operários, mobilizaram milhares de soldados, aeronaves, helicópteros, torturaram gente pobre, inofensiva!

General, se quisessem, verdadeiramente, capturar o Carlos Lamarca e seus companheiros na região de Registro bastaria um Delegado, dois tiras e 4 Praças da PM (todos daquela região).

Mais nada!

Infelizmente, alguém queria gastar muito dinheiro – VERBAS SIGILOSAS – e brincar de soldado americano no Vietnã!

Inventou a tal operação com pompa e circunstância despejando gasolina da mata, destruindo a propriedade alheia, humilhando e torturando os pobres caiçaras.

Desculpe-me, não acredito em versões oficiais. Especialmente da pena ou da boca de militares e de policiais.

Mas o povo é mal-informado e ingênuo

Mas retomando a nossa defesa do General Lamarca – cedo ou tarde – ele será herói; da mesma forma que Tiradentes.

Aliás, muito mais honrado o LAMARCA com seu quixotismo revolucionário do que oficiais do Exército TRAFICANDO COCAÍNA, transportada do território do Acre em aviões das F.F.A.A.

Ah, afirmação feita por um respeitável e notório Delegado no transcorrer de aula na ACADEPOL, em curso de especialização de alguma coisa que não me serviu para nada, pois jamais seria promovido por merecimento. Meu destino era ser EXPULSO…rs

Serviu para eu aprender que quando eu ouvia espocar de fogos em plena madrugada não se tratava de nenhuma festa.

Era o salve comemorando a chegada da mercadoria e o patrão são e SALVO!

Também, até então, o tráfico em São Paulo era “freelancer”.

Não havia monopólios, cartéis, organizações específicas.

Qualquer um que se dispusesse bastava pegar o trem do pantanal ir buscar, pagar, trazer e vender.

Em razão, da falta de organização, os traficantes se matavam disputando territórios e pontos.

Posteriormente o P.C.C. – até então uma confederação de líderes de pequenas quadrilhas criado para autoproteção dos afiliados reclusos – estendeu seus tentáculos por cima das muralhas; hoje, neste Estado, todos os pontos de tráfico são controlados pelo PCC.

Retomando, a menção à traficância por membros das F.F.A.A. não teve quaisquer objetivos de macular o Exército, apenas fazia parte do breve relato acerca dos caminhos do tráfico da mencionada droga.

Diga-se de passagem, na mesma exposição, fez sérias críticas à Administração da Polícia Civil por fechar os olhos para não ver os traficantes internos, obviamente, além de ambiente acadêmico – sem mencionar nomes.

Enfim, não há nenhuma Instituição imune a desvios praticados por alguns dos seus membros.

Mas, tristemente, institucionalizam certas práticas criminosas.

Depois de aculturada não há mais conserto!

Mas quero chegar logo ao ponto e fico com embromação, opinião pessoal:

O verdadeiro CAPITÃO traidor, subversivo e terrorista formado pelo Exército – não se sabe o método que ele empregou para ser aprovado, não foi o LAMARCA!

Foi aquele que – por voto de desempate – escapou da cadeia e da expulsão com desonra.

Décadas depois de, além da impunidade, receber o prêmio da aposentação com vitalícios, integrais e paritários proventos da Patente; com debochado cinismo, aparência desleixada e postura de merdilheiro bêbado; por meio discurso populista chulo , manipulando a torpeza de alguns milhões, o recalque vitimista de outros milhões, a ingenuidade, pureza e desinformação da maioria dos milhões de cidadãos de quem ROUBOU votos – sem olvidarmos das migalhas corporativistas com as quais prostituiu militares e policiais – se autoproclamou NERO!

Neste momento, de muito longe, vê seus escravizados incendiarem a casa grande.

Enquanto isso, grande parcela de MILITARES DAS F.F.A.A. e POLICIAIS EM GERAL , dão risadas…

Aparentemente parece ser verdade que “a alegria dos escravos era ver a casa grande em chamas”…

Alegria fugaz de quem nunca saiu da senzala!

Ser LIVRE é ser escravo da Lei, da Ordem e da Justiça; em todos os sentidos…

Ainda que ao defendê-las a vitória nos traga enfraquecimento e perdas!

Exmº Comandante Geral do Exército, se eu me aboletar na porta do 2º BIL contarei com a proteção da garantia DA LIBERDADE DE PENSAR, OPINAR E DE ME MANIFESTAR?

O General CARLOS LAMARCA não foi submetido a julgamento – com garantias reais de ampla defesa – FOI COVARDAMENTTE ASSASSINADO, indigente, ferido, indefeso!

Por que não foi preso e processado?

Quem executa um suposto facínora moribundo é ainda mais facínora, só que covarde, pois fardado, escoltado e sob proteção legal da Ditadura.

A execução sumária de CARLOS LAMARCA o absolveu de todos os crimes…

Lamarca, ao tombar , foi JUSTIFICADO!

O homicídio sem justificativa legal, executado por outro Oficial, demonstrou – acima de quaisquer dúvidas – que ele agiu como agiu revoltado pelas covardias cometidas dentro das F.F.A.A. ; contra seus próprios membros, especialmente PRAÇAS!

Enfim, por questão de honestidade e igualdade: já que o EXÉRCITO é tolerante com terroristas golpistas bolsonaristas me deu o direito de ir para a porta de quartel DEFENDER A MEMÓRIA DE UM GRANDE PATRIOTA!

  1. Guerra,
    Coloca aí a nova Lei Orgânica Nacional da Polícia, qual transforma a Polícia Civil e seus Agentes numa espécie de CIA, DEA, FBI brasileiro, por verossimilhança de polícia investigativa.

    Curtir

  2. Ives Gandra segue tentando passar pano para golpistas.

    Moraes manda abrir inquérito contra Torres; rombo nas Americanas; análises e mais notícias

    Curtir

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS.. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s