Para o moderno oficialato das FFAA e , imitadamente os Comandantes das PMs – manifestação golpista em porta de quartel é ato democrático…Verdade, mas se forem homens de honra de agora em diante devem dar a palavra para as Praças e garantir a liberdade de reunião e de manifestação sobre as indignidades que os subalternos sofrem: desde o soldo ao desrespeitoso elitismo: nós primeiro ( Oficiais ) e o resto na continuidade ( Praças )…E a Polícia Civil mais “golpista e bolsonarista” de todos os tempos certamente , por seus dirigentes maiores , passará mais 4 anos sem uma única reivindicação desde que a VERBA RESERVADA ( o orçamento secreto policial ) e a VERBA DO 1530 continue fluindo para os bolsos Armani 12

 

 

 

Eu digo que a Polícia Civil do Estado de São Paulo é a mais “BOLSONARISTA” e a mais “GOLPISTA” , entre todos os órgãos policiais , de toda a história do Brasil, por ter sido o órgão maios violento e corrupto dos “anos de chumbo”.

E até o presente momento nela perdura a cultura autoritária , com verdadeira idolatria a notórios sequestradores , torturadores e assassinos por motivos torpes .

A tigrada queria mesmo: prestígio , extranumerário ( orçamento reservado com verba do Erário e “doações” de empresários de ramos lícitos e , também, ilícitos ), passaporte para matar e extorquir impunemente e promoções : GANHAR CARGO SEM A NECESSIDADE DE ESTUDAR E CONCORRER COM “os de fora”!

Nunca fizeram nada pela defesa da Pátria.

Diga-se , o Brasil , antes do golpe de 1964 , não se achava sob o risco de uma revolta armada capaz de conquistar o Estado e aqui instalar uma ditadura comunista.

Vivia uma bagunça causada sempre por cristãos: antes eram católicos, hoje são os evangélicos…

Sei lá que porra de religião é essa que adora puxar o saco de Judeu.

Mas perdão que é bom não pede por inventarem a mentira de que foram os Judeus que assassinaram Jesus ao preferirem um ladrão bêbado ao messias.

Se a história se repete fizeram bem, o ladrão pinguço talvez tivesse melhor coração do que o falso messias que foi expulsar os camelos que vendiam seus produtos xingling nas cercanias do Templo ( na verdade era o palácio do governo dos Hebreus ) .

Michelle Bolsonaro torna público perfil na web e revela intimidade dos  Bolsonaro em fotos - Famosos - Extra Online

Retornando ao comunismo , tampouco houve risco depois de instalada a ditadura militar…

Houve alguns revoltosos depois da instalação de toda a estrutura policial-militar. Na verdade , muito mais uma reação !

Obviamente , sob lideranças já antigas e de pessoas cujo idealismo vinha muito antes do golpe, por exemplo: O GENERAL CARLOS LAMARCA !

Eu digo General , pois ele foi um homem de honra.

E não foi ele quem matou ou deu ordens para executar o tenente da PM.

Conforme ouvi de quem serviu com ele ; conhecendo os valores que cultivava!

Mas quando se considera alguém com o traidor: inicialmente se assassina a honra ; no final elimina-se o homem indefeso e se arrastando como um farrapo humano.

Civis ignorantes como os bolsonaristas que não reconhecem a derrota e os oportunistas – empresários que fomentam com dinheiro a propaganda de extrema-direita , efetuada com apoio de militares , policiais e especialistas em “Inteligência Privada” ( muito mais sofisticada do que as praticadas pelas FFAA e órgãos de segurança – pedem intervenção militar.

Não aprenderam que militares e policiais quando passam a “assaltar” não há quem os detenha enquanto houver butim para se tomar.

Pedir intervenção militar é o mesmo que querer se submeter a escravidão.

O povo em geral – até autoridades como Magistrados – passam a submeter-se a capitães|: os das armas e os das grandes empresas!

Ah, não devemos esquecer dos atos terroristas da Ditadura por encomenda : incêndio de favelas , explosão de gasômetros ( o dono da Ultragaz era patrocinador e o maior interessado em que houvesse apenas gás de botijão, incêndios misteriosos em emissoras de TV, atentados a bancas de jornais; etc.

Sem falar nas roubalheiras institucionalizadas nos Fiscos municipais, estaduais e, especialmente, Federal. Ser comerciante , nos primeiros anos, era sinonímia de SONEGADOR/ CONTRABANDISTA E FRAUDADOR DE PESOS E MEDIDAS.

E a classe C – a quantitativamente falando classe média que é fanaticamente apaixonada pelos BOLSO CARO – se sente vivendo no país das maravilhas como míseros assalariados e funcionários públicos de 5 salários mínimos por mês.

A imensa maioria passará anos e anos seguindo a “eterna caravana da esperança” , esperando a morte chegar ouvindo a sacerdote a proclamar : Deus ajuda a quem cedo madruga , acorde cedo , trabalhe feito um animal e como capim.

No céu você vai ter pudim!

E não esqueça de me emprestar a tua mulher, pois LEMBRE-SE QUE JESUS EM FORMA DE PARÁBOLA ENSINOU:

MELHOR DIVIDIR UM QUINDIM DO QUE COMER UM QUILO DE MERDA SOZINHO!

E nunca desrespeite uma autoridade: TODA AUTORIDADE FOI ESCOLHIDA POR DEUS…

Eu , Roberto Conde Guerra, por tudo que vivi, li , aprendi em teoria e muita coisa ruim na teoria e na prática lhes digo:

Jesus disse ATENTES AS AUTORIDADES QUE SE DIZEM IMPOSTAS POR DEUS!

Atentes do verbo atentar: matar, executar, eliminar, destruir…

Aos policiais civis lhes aviso : PODE SER QUE ELE DEIXE AS POLÍCIAS DE SÃO PAULO TÃO OU MAIS BANDALHAS DO QUE AS CARIOCAS…

Mas duvido que ele dê o mesmo salário que é pago no Rio de Janeiro para os policiais civis daqui…Mas a PM , por ser bolsonarista e inimiga fidagal do PT , vai ser tratada isonomicamente: VAI PASSAR A GANHAR MENOS AINDA, a redução salarial vem pela inflação.

Com a inflação o governo arrecada cada vez mais e paga cada vez menos.

E , vocês novatos , assistam ao TROPA DE ELITE I , e comecem a praticar o “faz-me rir” …

Bem feito, policial é um empregado sem direito a greve e cuja aposentação é considerada PRÊMIO do Estado ( dito , não com tais palavras, por todos os Tribunais deste país.

A aposentadoria não é uma conquista é um presente que o Estado pode cassar se vier a saber de falta grave quando na ativa.

Mas, infelizmente , um trabalhador mal remunerado e sem privilégios que se acha muito especial para a Coletividade…

Nunca foi!

E para o Poder Judiciário: É UM MERDA!

Pois é tratado como merda pelo Executivo e , também, é tratado como merda pelos próprios colegas.

E como todo merda vive sempre repetindo para atenuar a falta de vontade : BOM CABRITO NÃO BERRA!

Claro que berra, se for mesmo bom vai berrar noutro lugar…

Mas continuará berrando!

 
 

  1. Especialistas e o mercado preveem o fim das mídias digitais tal qual as conhecemohttps://youtu.be/jQaxMuXkX28s. Já vão tarde.

    Curtir

  2. Passou da hora de enfrentar cabeças do golpismo

    Fernando Brito
    15/11/2022
    4:52 pm

    Enquanto Jair Bolsonaro hiberna no Palácio da Alvorada, completamente alheio às responsabilidade de governo que ainda tem, o bolsonarismo vai tomando a feição de um núcleo empedernido, agressivo e incompatível com a normalidade democrática.

    Nada contra, mesmo esvaziadas, promover manifestações públicas. Mas não quando elas incitam à negação – e armada – do processo democrático das eleições, quando ocupa, incitando, as portas de quartéis por todo o país e quando se valem do poder econômico de setores do agronegócio, com seus reluzentes caminhões e tratores para fazerem o papel de “tanques” com os quais se ocupa a frente daquelas unidades militares.

    Mais incrível ainda é que o façam com a tolerância – quando não o estímulo – das autoridades militares, sempre tão sensíveis quando se trata de aglomerações de sentido político diferente.

    Nem de Bolsonaro, nem das Forças Armadas, portanto, surgem sinais de rejeição aos atos golpistas e, com a “infra” garantida por gente de dinheiro, eles não vão parar, mesmo esvaziados.

    E as agressões aos ministros do Supremo, no exterior, revelam que estes estão perdendo não só os freios, mas os limites.

    Daqui a pouco estaremos temendo que estes grupos venham a perturbara posse do governo eleito ou, até antes disso, desbordarem para ataques físicos com consequências imprevisíveis.

    Não adianta querer dispersar quem está ali com despesas pagas. É preciso agir contra quem está pagando para que se ameace a democracia.

    Curtir

  3. O palpite infeliz da mídia

    Fernando Brito
    17/11/2022
    5:06 pm

    Jair Bolsonaro estourou o teto de gastos em R$ 795 bilhões em seus quatro anos de governo, contabiliza hoje a BBC em longa reportagem sobre as finanças públicas brasileiras.

    Em média anual, R$ 200 bilhões por ano, mais que os R$ 198 bilhões (já contando com o máximo de R$ 23 bilhões se ocorrerem receitas extraordinárias, as quais o teto impede de serem utilizados) pretendidos na proposta de emenda constitucional sugerida por Lula ao Congresso.

    Se houve reação do “mercado”, foi comportadíssima.

    Parece que a noção de democracia de nossa imprensa não atravessa a fronteira do interesse do dinheiro e que, no dia 30 de outubro, não decidimos se os brasileiros vão poder comer e se os programas sociais devem ser recuperados.

    Alguns dos comentaristas de política e de economia dizem que, a 43 dias de começar, o Governo Lula “fracassou”, que os juros, dívida pública e a inflação vão subir forte, o brasileiro perderá renda e os investidores vão fugir do país.

    Pensei em levar um volante da Mega-Sena para que eles preenchessem para mim, tamanha é a capacidade de adivinhação que sustentam em suas teses. Basicamente aquela lenda da “fada da confiança” do mercado, nome popularizado pelo Nobel de Economia Paul Krugman, pela qual havendo cortes nas despesas públicas, o capital encarregar-se-ia de, inevitavelmente, produzir o crescimento da economia.

    Isso virou até um arremedo de teoria econômica, conhecida como Tricke Down, algo como pinga-pinga, pela qual a prosperidade dos ricos “escorreria” até os pobres, melhorando suas vidas.

    Basta ver o que aconteceu por aqui nos últimos anos – e já antes de Bolsonaro – que o palpite é furado e, além disso, revelador do primarismo deste tipo de análise econômica, pouco mais sofisticada que uma mera “regra de três” ginasiana.

    Por este simplismo, querem que se enuncie agora – e, portanto, também como mero “palpite” – de uma nova âncora fiscal, em lugar de um “teto de gastos” que, evidentemente, já foi destruído faz anos e chegou ao ponto de inviabilizar o funcionamento da máquina pública.

    Um exemplo, dos milhares que há: a educadora Priscila Cruz, do grupo de transição, disse ontem que o orçamento federal para pré-escola dá para construir UMA (isso, UMA) creche. No resto, estradas abandonadas, farmácias sem remédio, escolas sem luz e mais obras paradas.

    Qualquer pessoa minimamente razoável sabe que não pode vir prosperidade econômica de algo assim. É claro que se tem de cortar despesas, mas não estas.

    Muito menos conseguem ver que o país só não afundou economicamente porque, mesmo eleitoreiros, com péssimos critérios e baixíssima governança, foram os recursos que aqueles déficits de Bolsonaro lançaram dinheiro na economia e reverteram o afundamento da arrecadação federal, mesmo com os cortes de imposto de olho na urna – como os de combustíveis.

    Como é uma turma que gosta de números, seria interessante saber de onde viriam os R$ 600 prometidos pelos dois candidatos, ou os R$ 150 por criança pequena. Será que não sabiam o que todos sabiam, que o Orçamento não tinha dinheiro previsto para isso e, pior ainda, nem tinha como funcionar como está estruturado na proposta que Bolsonaro enviou ao Congresso?

    Bem, “sabidões” como são, vão colecionando erros, desde que previram fuga de empresários, ou quando zombaram da “marolinha” de 2008 e agora, quando não conseguem entender que a ousadia de Lula é o principal convite a novos investimentos no país e da recolocação do país nos mercados mundiais.

    O Brasil é mesmo um imenso país com uma elite minúscula, que não consegue pensar em nada senão em sermos “bons meninos” para o “mercado”.

    Curtir

  4. A explosão dos ‘solitários’ mostra improviso e fraude no Auxílio Brasil

    Fernando Brito
    18/11/2022
    12:31 pm

    Coube ao repórter Carlos Madero, do UOL, por fim na preguiça da imprensa diante da pauta óbvia dada pelo presidente em exercício do Tribunal de contas da União, Bruno Dantas, ao vice-presidente eleito Geraldo Alckmin, na quarta-feira: a transformação do Bolsa Família em Auxilio Brasil abriu caminho para um processo que, tudo indica, levou a fraude através não apenas pela “fragmentação” de unidades familiares como para inscrições individuais para receber o benefício que não corresponde ao estado de necessidade dos beneficiários.

    Em menos de um ano , o número de beneficiários individuais do programa passou de cerca de 15% (em janeiro) para 25,8% em setembro passado, passando a ser maior do que os das famílias com três ou quatro integrantes. Em quantidade, o número de “solitários” inscritos para receber o auxílio saltou de 2,2 milhões, em janeiro de 2021 para 5,3 em agosto.

    Um despesa anual, considerado o valor de R$ 600 de nada menos que R$ 22,3 bilhões.

    É claro que nem todos os beneficiários unipessoais são fraude, mas o volume do acréscimo é inexplicável, senão por dois tipos de burla: ou a partição artificial de famílias ou inscrições irregulares de quem não faria jus a estar no programa e está. Aliás, vimos, faz tempo, um rosário de exemplos destas fraudes, como era o recebimento do auxílio por figuras como a mulher do deputado Daniel Silveira, o tal “padre” Kelmon e o empresário que debochou da mulher que recebia quentinhas.

    E a fonte deste desastre está no aniquilamento do Cadastro Único desenvolvido durante anos, como parte do Sistema Único de Assistência Social, feito pelo governo Bolsonaro.

    A turma que fala em responsabilidade fiscal vai se chocar contra um desperdício de dinheiro deste tamanho, que pode deixar no chinelo qualquer fraude que já se tenha feito neste país e, pior, com o dinheiro que deveria estar focado nas pessoas em condições miseráveis de subsistência?

    Curtir

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do comentarista que venha a ofender, perturbar a tranquilidade alheia, perseguir, ameaçar ou, de qualquer outra forma, violar direitos de terceiros.O autor do comentário deve ter um comentário aprovado anteriormente. Em caso de abuso o IP do comentarista poderá ser fornecido ao ofendido!...Comentários impertinentes ou FORA DO CONTEXTO SERÃO EXCLUÍDOS.. Contato: dipolflitparalisante@gmail.com

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s