Será que no BAEP de São José dos Campos só tinha esse policial traficante ? E nos demais BAEP é 100% policial do bem ou tem outros sócios do PCC ? 21

Por G1 Vale do Paraíba e Região

 


Policial trabalhava no Baep São José dos Campos e está preso no presídio Romão Gomes, na capital — Foto: Camilla Motta/G1Policial trabalhava no Baep São José dos Campos e está preso no presídio Romão Gomes, na capital — Foto: Camilla Motta/G1

Policial trabalhava no Baep São José dos Campos e está preso no presídio Romão Gomes, na capital — Foto: Camilla Motta/G1

Um policial militar do Batalhão de Ações Especiais (Baep), grupo de elite da corporação, foi preso no fim da madrugada deste sábado (2) com drogas e armas. Os entorpecentes e revólveres estavam dentro do carro dele e foram flagrados durante abordagem com revista ao veículo no Pedregulho, em Guaratinguetá (SP).

De acordo com o boletim de ocorrência, uma denúncia por meio do 190 apontou que houve um disparo de arma de fogo na avenida João Pessoa e que o autor estava em um carro prata.

Os policiais foram até o local e encontraram o veículo estacionado em frente a uma pizzaria. Dois homens estavam encostados no carro.

Quando os policiais acionados se aproximaram, um deles se apresentou como PM do Baep de São José dos Campos. Ele foi questionado sobre a denúncia e contou que estava em um bar, quando um amigo se envolveu em um desentendimento e foi agredido.

Com a justificativa de defesa, ele disse no depoimento que identificou como PM, sacou a arma da corporação e atirou uma vez para o alto. Os agressores fugiram.

A perícia foi acionada e no local foi constatado que o PM atirou três vezes. Ainda durante os trabalhos, o perito foi até o carro dele para fazer uma vistoria.

Flagrante

Em um primeiro momento foi localizado o cinturão da corporação com dois carregadores de munição. Posteriormente, foi localizada uma mochila no banco traseiro do carro com porções de cocaína e maconha, além de duas armas com numeração suprimida e um simulacro de pistola. No porta luvas do carro foi encontrado outro revólver de brinquedo.

Ainda durante a vistoria, o PM disse que não dava para abrir o porta malas porque tinha perdido a chave durante a confusão no bar. O carro foi guinchado e levado para a delegacia, onde os policiais conseguiram abrir o compartimento. Atrás da caixa de som, foram encontradas mais 12 porções de maconha e duas barras maiores da mesma droga.

Ao todo, foram apreendidos no carro do policial 50 gramas de cocaína, 120 gramas de maconha, duas armas e dois simulacros. Também foram encontradas diversas munições calibres 45, 40 e 32. A arma da corporação também foi apreendida.

Ainda segundo o boletim de ocorrência, o PM permaneceu calado durante a elaboração do registro e não se defendeu durante depoimento. O G1 tenta localizar a defesa do agente.

O policial de 32 anos foi preso por posse de drogas sem autorização e porte ilegal de arma de fogo – entre as apreensões, havia arma com numeração suprimida. Ele passou por audiência de custódia e foi levado para o presídio militar Romão Gomes.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) disse por nota que a Corregedoria da polícia foi cientificada dos fatos.

Arma encontrada com PM foi apreendida em Garatinguetá — Foto: DivulgaçãoArma encontrada com PM foi apreendida em Garatinguetá — Foto: Divulgação

Arma encontrada com PM foi apreendida em Garatinguetá — Foto: Divulgação

Droga encontrada no carro do policial preso em Guaratinguetá — Foto: DivulgaçãoDroga encontrada no carro do policial preso em Guaratinguetá — Foto: Divulgação

Droga encontrada no carro do policial preso em Guaratinguetá — Foto: Divulgação

Os entorpecentes e revólveres estavam dentro do carro do PM — Foto: Divulgação/ Polícia CivilOs entorpecentes e revólveres estavam dentro do carro do PM — Foto: Divulgação/ Polícia Civil

Os entorpecentes e revólveres estavam dentro do carro do PM — Foto: Divulgação/ Polícia Civil

______________________________________

Como se vê no RDO disponibilizado no post anterior , o flagrante se deu graças à diligência do perito criminal com a ajuda de outros policiais civis que efetivaram minuciosa busca no veículo. 

Destacando-se também que a guarnição era comandada por uma Sargento  – policial feminina – que não quis saber da conversa do Mike.

Provavelmente , se fosse um policial ( gênero masculino )teria dado boa noite para o “irmãozinho ” de farda. 

  1. Bem feito.
    Dentro dessa corporação está lotado de bandidos fardados e covardes, principalmente qdo são formados no buraco branco.
    Bem feito mesmo, e parabéns para a sargento que iniciou a prisão, você, ou melhor, a senhora se diferencia dos integrantes dessa organização criminosa.

    Curtir

    • Estou extremamente curioso em saber qual a opinião dos ilustres membros do GAECO-VP a respeito do ocorrido, uma vez que, o BAEP é, em outras palavras, “capacho” do MP!
      FACA NA CAVEIRA, NADA NA CARTEIRA; SÓ NO PORTA MALAS.

      Curtir

    • E traficante disfarçando de polícia vamos ver se não vão colocar ele na reciclagem ou serviços externos é triste mas realidade.👍💰💯☠☠☠☠☠☠☠☠☠☠☠☠☠☠☠☠☠

      Curtir

  2. As ‘laranjas’ não podem ser armas contra as mulheres
    POR FERNANDO BRITO · 08/03/2019

    Curtir

    • Na onda reacionária que avassala o Brasil, surfam os projetos para reduzir a já parca participação das mulheres na política, apropondo acabar com a cota de 30% de candidatas, já muito pouco frente a um contingente que é de mais da metade da população.

      Próxmo a este Dia Internacional da Mulher, a coisa ganhou força, com a revelação do esquema de extorsões e desvio de dinheiro do Fundo Eleitoral usando de candidatas “laranja” pelo partido de Jair Bolsonaro, em Minas e em Pernamburo, que se tenha descoberto até agora.

      Uma coisa, é óbvio, nada tem a ver com a outra. Os mesmos desvios poderiam ser (e às vezes são) feitos com candidaturas masculinas.

      O problema é que, nos últimos anos, a misoginia anda em voga em nosso país. Nos protestos anti-Dilma, não apenas não faltou este componente como, várias vezes, ele se expressou de forma grosseiramente explícita.

      E não parou, ou já se esqueceram dos “filhos desajustados criados só pela mãe ou avó”?

      Um dos maiores obstáculos ao crescimento da participação política da mulher, com certeza, está na desqualificação dos partidos como ferramentas da política. Os partidos são o aprendizado das relações políticas, das idéias programáticas, da visão de mundo. Da talme agora maldita “ideologia”.

      Outro, derivado deste, é a natureza “avulsa” que tomam as candidaturas. Nos países onde o sistema de listas partidárias nas eleições é regra, a participação das mulheres nos parlamentos é sensivelmente superior: a disputa interna em partidos organizados é muito mais dependente da atuação política do que de recursos financeiros e capacidade de reuni-los no meio dos que o têm para dar: empresas ou empresários.

      Para quem se interessa pelo tema, indico o estudo Participação Política de Mulheres na América Latina: o impacto de cotas e de lista fechada, de 2016, elaborado por Alexandre Spohr, Cristiana Maglia, Gabriel Machado e Joana Oliveira, todos da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, que reúne dados e comparações.

      Infelizmente, nada animadoras quanto ao Brasil.

      Curtir

  3. Poxa vida que mal juízo….o cara tava infiltrado, mas, com o nariz no “”baguio”” e sifudeu, burro. Além de ir em cana, vai pra rua.

    Curtir

  4. Na onda reacionária que avassala o Brasil, surfam os projetos para reduzir a já parca participação das mulheres na política, apropondo acabar com a cota de 30% de candidatas, já muito pouco frente a um contingente que é de mais da metade da população.

    Próxmo a este Dia Internacional da Mulher, a coisa ganhou força, com a revelação do esquema de extorsões e desvio de dinheiro do Fundo Eleitoral usando de candidatas “laranja” pelo partido de Jair Bolsonaro, em Minas e em Pernamburo, que se tenha descoberto até agora.

    Uma coisa, é óbvio, nada tem a ver com a outra. Os mesmos desvios poderiam ser (e às vezes são) feitos com candidaturas masculinas.

    O problema é que, nos últimos anos, a misoginia anda em voga em nosso país. Nos protestos anti-Dilma, não apenas não faltou este componente como, várias vezes, ele se expressou de forma grosseiramente explícita.

    E não parou, ou já se esqueceram dos “filhos desajustados criados só pela mãe ou avó”?

    Um dos maiores obstáculos ao crescimento da participação política da mulher, com certeza, está na desqualificação dos partidos como ferramentas da política. Os partidos são o aprendizado das relações políticas, das idéias programáticas, da visão de mundo. Da talme agora maldita “ideologia”.

    Outro, derivado deste, é a natureza “avulsa” que tomam as candidaturas. Nos países onde o sistema de listas partidárias nas eleições é regra, a participação das mulheres nos parlamentos é sensivelmente superior: a disputa interna em partidos organizados é muito mais dependente da atuação política do que de recursos financeiros e capacidade de reuni-los no meio dos que o têm para dar: empresas ou empresários.

    Para quem se interessa pelo tema, indico o estudo Participação Política de Mulheres na América Latina: o impacto de cotas e de lista fechada, de 2016, elaborado por Alexandre Spohr, Cristiana Maglia, Gabriel Machado e Joana Oliveira, todos da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, que reúne dados e comparações.

    Infelizmente, nada animadoras quanto ao Brasil.

    Curtir

  5. E a quadrilha da 3 seccional? E os ladrões do 33 e 46 DP presos recentemente? Cadê o post? Esqueceu ou tem o rabo preso?

    Curtir

    • Mais um miliciano da “Farsa Tática” que cai.

      Se procurar direito, caem quase todos.

      Como esse, com kit “Farsa Tática” completo, com armas, drogas e simulacro.

      Pódi confiá na puliça militá.

      Curtir

  6. O vacilão pensou que a PM corporativa iria segurar o B.O kkkkk. Na Pc é assim ninguém segura nada “cada cachorro que lamba a sua vc casseta”, graças a desunião causada pelo monte de cargo é um f°d&nd° o outro.

    Curtir

  7. Hoje tem ato político contra Bolsonaro, ‘Posse’ de José de Abreu agita redes sociais’
    MÍDIA ALTERNATIVA
    MÍDIA ALTERNATIVA
    Inscrever-se126 mil
    Adicionar a Compartilhar Mais
    3.837 visualizações
    967 29
    Publicado em 8 de mar de 2019
    A ‘posse’ do presidente autoproclamado do Brasil, o ator José de Abreu, continua rendendo forte polêmica nas redes sociais há mais de uma semana. O evento de posse será nesta sexta-feira (8) às 18 horas, no Aeroporto Tom Jobim (Galeão), no Rio. No Facebook, quase quarenta mil pessoas manifestaram interesse em participar da atividade, que se tornou uma espécie de protesto político contra o governo de Jair Bolsonaro.

    Curtir

  8. O que mais tem ,e traficantes que não tem passagem , entrando para polícia , independente de PM ,civil ou federal ,o governo sabe disso e nada faz .

    Curtir

  9. Engraçado independe do erro ocorrido do PM em questão ,e os 30 policiais civis presos envolvidos no tráfico do campo dos alemães ,e delegado preso que era dono de um desmanche de veículos roubados e o policial que foi pego em flagrante pela PM ,roubando um comerciante vcs não falam nada ,sem falar que são bando de sem vergonhas e preguicosos que quando precisamos não fazem b.o pra nós

    Curtir

  10. Vc já viu alguma criança sonhando sem ser policial civil ,nunca pq nunca fazem nada ,sempre tem como heróis os PM sim pois 99 porcento são honesto ,veja por si só ,a PM apreende mais drogas ,armas e dinheiro que a civil .coisa difícil de se ver ….

    Curtir

  11. V de Verdade, pelo menos os bandidos que integram a PC, em sua maioria, não fazem questão de bancar o “pica das galáxias” da honestidade e moral”, ao contrário dos papa malas, que só se traem quando ensandecidos pela sua fúria de animais selvagens, acabam por atentar contra qualquer um que ele veja como inimigo e ainda tem a audácia de bradar para todos ouvirem, que não tem medo de fazer qualquer merda. Tomara que vão todos para a rua, sejam eles PCs ou PMs.

    Curtir

Os comentários estão desativados.