O CASO DO BICHEIRO OSTENTADOR CARLINHOS VIRTUOSO E A RIGOROSA CONDENAÇÃO DE CINCO EXCELENTES INVESTIGADORES 8

O CASO DO BICHEIRO OSTENTADOR CARLINHOS VIRTUOSO E A CONDENAÇÃO DE CINCO EXCELENTES INVESTIGADORES

0 juiz titular da 5ª Vara Criminal de Santos, no último dia 26 de julho , fez publicar sua sentença condenatória em desfavor de 5 policiais civis, do gerente da Banca Virtuoso e, também, em desfavor de cerca de 30 ex-funcionários da Banca, entre eles policiais militares ativos e inativos.

O processo foi iniciado em razão de investigação e denúncia do GAECO – Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – que se iniciou em 2013.

As penas infligidas aos policiais civis foram demasiadamente exacerbadas, alcançando 13 anos e 4 meses de reclusão por corrupção passiva, que deverão cumprir em regime fechado.

O gerente do Carlinhos Virtuoso foi condenado a 18 anos e 10 meses em regime fechado.

A caixinha do jogo ajuda na renda de um grande numero de policiais civis…Ajuda no supermercado!

Não é nenhuma vergonha, perto do que gente que se acha acima de suspeitas faz para turbinar seus já vantajosos vencimentos.

Vergonha é tomar R$ 100.000,00 por mês e mandar pagar apenas R$ 100,00 , para o plantonista.

Vergonha é delegado titular receber R$ 20.000,00, mas não deixar o mensageiro nem sequer receber R$ 1.000,00.

Vergonha sofri ao não ser cumprimentado por uma magistrada, negando-me um simples aperto de mão.

Não que me fizesse falta; apenas cumpri o ritual de vinte e poucos anos. Esqueci que era o Réu que supostamentev caluniou o sogro de um desembargador. Sim, ele se arrependeu do crime e desistiu voluntariamente de dar continuidade depois da maracutaia virar noticia Global.

Não sou bandido e não se tratava de uma mulher numa festa. Era uma funcionaria publica em seu gabinete.

Mas a maior vergonha foi, ao final da audiência, ela levantar do seu trono indo abraçar o Dr. Ruy Estanislau Silveira Mello, se desculpando por ele ter vindo de Brasília arrolado como testemunha do ofendido , dando-lhe forte abraço e mandando lembranças para o presidente Michel Temer…Pode? E me condenou sabendo que, pela lei anterior a 2010, poderia ter declarado extinta a punibilidade. Condenou e na própria sentença já assinalou a prescrição e, depois, me negou o direito a apelar sob a alegação de que equivalia a absolvição. Se eu fosse amigo do Temer seria bem diferente.

Mas retomando o assunto, durante meses os Promotores do GAECO, muito bem remunerados pelo Erário – graças a legislação imoral e de duvidosa legalidade que concede privilégios a magistrados, promotores, procuradores do estado e fiscais de renda – sempre contando com o apoio da escumalha da honestíssima PM; que se presta a destruir a vida de policiais, mas quando se trata de bandidos violentos se escondem apavorados (quem ajuda a foder policial sem mostrar a cara não passam de alcaguetes, bajuladores e , também, corruptos, embolsam , a tal verba para operações sigilosas ) realizaram campanas nas cercanias da fortaleza do jogo do bicho.

Além das escutas telefônicas iniciadas ilegalmente pela Corregedoria da PM e depois coonestadas pelo MP e Poder Judiciário

Os cinco policiais civis apenas tiveram má sorte. Não são bandidos; a coletividade perdera bons elementos.

Não estou defendendo a corrupção, fazendo apologia ou o diabo a quatro. Penso que promotores e magistrado , sob o pretexto de cumprimento estrito da lei , agem com extrema crueldade contra policiais subalternos.

Pois é assim que a banda, há mais de 50 anos, toca!

E com o conhecimento de todas as hipócritas – mas muito bem subsidiadas graças a leis imorais – autoridades deste Estado. As quais as elaboram para se locupletar à custa da sociedade, posto serem verdadeiros alvarás para o butim legalizado.

O policial civil não toma dinheiro da coletividade. Não possui privilégios.

Vai buscar de criminosos!

E não é segredo que foi o subscritor, quando ainda era Delegado, que denunciou o 1530 na Baixada Santista, também não é segredo que fez diversas postagens relacionadas ao Sr. Carlinhos ostentador.

Um cara que se fosse cozinheiro, antes de servir o policial, cuspiria na comida.

Pois sempre teve asco pela Polícia. Nunca existiu nenhuma organização criminosa formada por policiais civis e contraventores.

A corrupção foi institucionalizada no tempo do Hely Lopes Meirelles pelos banqueiros e políticos alinhados a ditadura militar! Ora, ninguem vai torturar e matar por um salario de merda! Há sempre alguma vantagem financeira!

O signatário, também, prestou declarações formais ao GAECO, além de representações expressas, as vezes manuscritas, a Corregedoria e ao próprio MP.

Mas anteriormente não queriam pegar peixe miúdo como agora andam fazendo.

Aliás, já que são incapazes de serem rigorosos com os mais fortes deveriam ser benevolentes com os mais fracos.

Chefe de DP não fica rico com dinheiro de contraventores. Pagam escolas e supermercado, mais nada!

Dizem que tudo começou graças a um escrivão que não estava tentando reprimir a corrupção, estava mesmo com a vontade de obter um pedaço dela. Posso ate estar enganado, mas se eu fosse criar caso com apontador de jogo não me sobraria tempo para mais nada!

O valente policial se deparou com um deles dentro de um bar e “cumprindo seu honroso dever ” interveio na popular “fezinha” e apanhou da freguesia e o furdunço acabou sendo mais um elemento de produção de prova sobre o envolvimento policial com o jogo do bicho.

Melhor dizendo: mais um pretexto!

E ainda foi bocudo com policiais civis que mandaram o suposto ‘ingênuo” procurar o que fazer.

Queria, na verdade, por vaidade ferida, a desgraça funcional de colegas, tão subalternos quanto ele próprio.

Como não obteve o atendimento que exigiu de dois investigadores do 7 DP, chamou o GOE e a PM. No distrito o investigador chefe apenas quis evitar um desgaste desnecessário e salvaguardar a instituição e o “escrivão”, pois a retaliação certamente viria de outras bandas.

Pois bem, foi lavrada a ocorrência, mas sem menção a suposta atividade do apontador do jogo.

E com aquela conversa de policial desonesto, repetiu ao MP o velho enredo de PM chifrudo inconformado com decisão de delegado: suposta reunião reservada entre delegado titular, investigador-chefe e um advogado do apontador do jogo. Em palavras mais claras: ACERTAMENTO A PORTAS FECHADAS!

Consta dos autos que os “bagrinhos” recolhiam verdadeira fortuna para o Palácio da Policia Civil.

Uma grande novidade.

Há muitos outros palácios neste estado que recebem a maior parcela da arrecadação do jogo do bicho.

E há aqueles que recebem propina de grandes empresas de informática.

Mas uma coisa é ganhar uma gorda nota de um representante da Microsoft outra é tomar 10% do faturamento de um bicheiro.

O primeiro é barão, o segundo é ladrão!

Mas, verdadeiramente, de uns tempos para cá só tem guloso na São Francisco.

Com a ladainha do venha a nós primeiro, depois a gente vê se sobra para o resto.

E o resto que se lasque!

Diga-se de passagem, foi o subscritor que relatou a triste realidade institucionaliza aqui pela paulistanada ( paulista danado de ladrão ) ; que aportou nas nossas praias em 2015.

E , sem hipocrisia , não fez por amor a moralidade, muito menos para ficar com um pedaço da corrupção.

Fiz mesmo por, sentimento pessoal, ódio de quem me usou para se passar de bom moço, trabalhador e “honestíssimo”.

E de outro que tripudiou da minha “infelicidade”, “recalques” e “frustrações” funcionais. Ambos estão de boa! Aqui é São Paulo, terra de bandeirantes ( bandidos ).

Mas na policia sabe como é: dinheirinho na mão todo mundo quer, mas culhões para meter a cara ou o cano são poucos.

Antes pegava a propininha quem fosse buscar diretamente com o preposto dos bicheiros. Depois monopolizaram, e nem com R$ 50,00 ajudavam o tira do PS. E a minha opinião pessoal, bicheiro e maquineiro que estabelece o acertamento com a cúpula apenas vaib se ferrar. Eles não garantem nada, não podem fazer nada que não seja perseguir policial civil que se atrever a atravessar as atividades.

O resultado: a base boicota a cúpula e alcagueta a atividade todos os dias!

Mas neste caso, na verdade, nem foi por conta da confusão envolvendo o escrivão e os tiras do 7 DP.

Foram, certamente, as alterações nas leis sobre o crime organizado e lavagem de dinheiro, sancionadas pela Dilma em 2012.

Deram maiores instrumentos legais contra os bicheiros.

Antes não se punia lavagem de dinheiro de contravenções.

E, pelo que ouvi dizer, não li a sentença integralmente, o juiz romanceou a sua decisão. Se duvidar todos os dias um apontador entra no Fórum para que os funcionários façam uma fezinha.

Excelência, tenha do, condenar investigador – a penas tão graves – que não passa de um serviçal do titular da Secretaria de Segurança Pública não foi fazer Justiça; está mais para crueldade!

E os promotores querem mais rigor…No MP, nao sei, mas na policia Sanha persecutória é traço muito comum nos grandes corruptos.

Eu fico pensando, com tanto rigor, essa gente deve fazer xixi sentados, para não deixar um respingo macular o chão do banheiro.

O seu auxilio plano de saúde é o dobro do que um Delegado titular periférico pode receber de pau da contravenção.

Mas o pior: serão execrados por muitos dos demais policiais (gente que tem prazer com a desgraça funcional do colega) e demitidos pela hierarquia superior ( por quem recebeu, muitas e muitas vezes, o envelopinho das mãos dos reprochados) .

Dirão: “cada qual que carregue a sua cruz”…Deram azar, fazer o quê?

Finalizo: policial receber propina de contraventor faz parte da elástica moral policial. Deles tripudiar é psicopatia.

Imoral, abjeto , vergonhoso e nefasto: é ver juízes vendendo sentenças Brasil afora!

  1. Prazeroso ler tantas verdades reunidas. E, de fato, não se trata de apologia; é questão de clareza.

    Curtir

  2. Ladrão é ladrão!!! Tem que se ferrar mesmo!! Conheço muita família que não tem e não quer amizade e nem contato com polícia! E muita das vezes ladraontem mais palavra do que tira e Mike.

    Curtir

  3. Eu ate pensei em escrever algumas verdades aqui, mas vou direto ao ponto:
    LEGALIZE essa porcaria logo.
    GERE emprego.
    RECOLHA imposto e invista-o nas áreas essenciais.

    Como consequência, choveria aposentadoria, abrindo novas vagas para oxigenar isso aqui.

    Curtir

  4. e simples mudar esse cenario! basta a policia civil efetuar seu papel constitucional. sem passar pano pra ninguem. Os rigores da lei a todos, pois fazemos isso consco, porem quando é com os outros, afinam! A policia judiciaria esta fadeada a extinção. nao porquanto a necessidade de estruturação, melhores condições, melhores vencimentos dentre outras argumentações, que até explicam o real motivo da situação atual. mas esta fadada a acbar por simples conivencia com os abusos de outras instituições, e por total desrespeito a propria instituição. Hoje, aconselho novato: NAO FAÇA NADA PENSANDO EM CHEFE, DELEGADO OU SOCIEDADE! PENSE PRIMEIRO EM SI E SUA FAMILIA!

    Curtir

  5. Ai ai agora dentro inferno o “habeas corpus” padrao e entregar o infernista mais graduado. Vem ca nao tem merda nenhuma que justifique o peculato do pardazinho o da aguia, a que ponto chegamos sermos advertidos por nao aplaudir malandro e sim reeprender.

    Curtir

  6. Dr, tudo posso mas nem tudo me convém. É bíblico e bom senso, também. Sendo a moral subjetiva, resta a lei vigente – e objetiva – para regular as coisas, concordemos ou não com ela.

    Na Chicago da Lei Seca, perguntaram para o Elliott Ness o que ele faria assim que o álcool fosse descriminalizado. Ele respondeu “vou tomar um drinque”. Enquanto isso não aconteceu, ele combateu o que então era um crime.

    No mais, espero que um dia legalizemos o jogo e os estabelecimentos de prostituição e sejam descriminalizadas as drogas – todas elas. O Estado tem mais o que fazer do que regular o que fazemos com nossos corpos e bolsos.

    Com os impostos gerados direta e indiretamente por essas atividades, vai sobrar para financiar o SUS. Quem sabe eu, que vivo só do salário, até ganhe bem como policial.

    Curtir

  7. O Governador do Maranhão, Dino, está falando asneiras nesse momento, dia 23 de agosto 2021, às 19:15, como sempre, na BandNews, sobre o 7 de setembro. Dando uma de Santinho do Pau Oco. Falando asneiras para o Brasil todo. Deus me livre desse papinho de comunistinha. Não sou obrigado a ouvir isso não, por favor! Please! pare com isso. Fale para os deles, não para o Brasil. Nos poupe.

    Curtir

  8. Essa inteligência policial aí esta precisando fazer uns exercícios para melhorar o QI disse:

    Essa tão propalada inteligência policial, não importa se da polícia federal, da militar ou da civil, deve estar com o QI abaixo da média já que não conseguem se antecipar a ações criminosas de grande porte como a ocorrida hoje em Araçatuba.
    Mais lamentável ainda é saber que o fato é recorrente e que a cidade é sede de CPA/I e DEINTER.

    Curtir

Os comentários estão desativados.