Policial bolsonarista ou é inimigo de si próprio , do povo e da Democracia ou é bandido… 14

Policiais prestes a desembarcar do governo Bolsonaro

Publicado em Vera BatistaServidor

Forças de segurança em estado de alerta e mobilização permanente. A questão principal da indignação é a aprovação da PEC Emergencial pelo Senado, com protocolos de contenção de despesas públicas e uma série de medidas em caso de descumprimento do teto de gastos, com regras que limitam o aumento das despesas da União à inflação do ano anterior, como contrapartida para o auxílio emergencial

Foto: Diap

Por meio de nota, a União dos Policiais do Brasil (UPB), destaca que, diante da medida “não resta outra alternativa a não ser a adoção de estado de alerta e mobilização permanente”.

“Ao encaminhar um projeto chantagista ao Congresso Nacional e ao determinar a rejeição de destaque que visava a evitar danos substanciais aos policiais civis e demais profissionais de segurança pública, atuantes na linha de frente no combate a pandemia e cujo trabalho vem sendo feito de forma ininterrupta ao longo desta profunda crise sanitária pela qual passamos, o governo federal demonstrou que não cumpre e nem pretende cumprir as promessas de valorização dessas categorias e de desenvolvimento do setor”

Veja a nota:

“Considerando da aprovação da PEC emergencial pelo Senado Federal, a União dos Policiais do Brasil (UPB), em face dos graves prejuízos ao serviço público e em especial à segurança pública, lamenta mais uma vez o descaso do governo federal com os servidores do país, dentre eles os policiais brasileiros.

A emergência que o país vive é a da necessidade por vacinas e o auxílio aos mais necessitados e não a demonização do serviço público, por meio do congelamento de direitos e de estrutura que poderá chegar a 15 anos, afetando diretamente a população mais carente desses serviços, indo na contramão de um de atendimento de qualidade e eficiência à sociedade.

A atuação dos servidores públicos é essencial ao povo brasileiro, e está presente em todos os cantos do país, onde a iniciativa privada não pode ou não tem o interesse de chegar, levando, entre outros serviços, saúde, educação e segurança a toda população.

Ao encaminhar um projeto chantagista ao Congresso Nacional e ao determinar a rejeição de destaque que visava a evitar danos substanciais aos policiais civis e demais profissionais de segurança pública, atuantes na linha de frente no combate a pandemia e cujo trabalho vem sendo feito de forma ininterrupta ao longo desta profunda crise sanitária pela qual passamos, o governo federal demonstrou que não cumpre e nem pretende cumprir as promessas de valorização dessas categorias e de desenvolvimento do setor.

Com tal medida, não resta outra alternativa a não ser a adoção de estado de alerta e mobilização permanente, a fim de combater o desmonte econômico, social e profissional que vem sendo imposto ao serviço público e a toda segurança pública brasileira.

ABC – Associação Brasileira de Criminalística
ABPC – Associação Brasiliense de Peritos em Criminalística
ABRAPOL – Associação Brasileira dos Papiloscopistas Policiais Federais
ADPF – Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal
ADPJ – Associação Nacional dos Delegados de Polícia Judiciária
AGEPPEN-BRASIL – Associação Nacional dos Agentes Penitenciários do Brasil
AMPOL – Associação Nacional das Mulheres Policiais do Brasil
ANAPF – Associação Nacional dos Policiais Federais Aposentados e Pensionistas
ANEPF – Associação Nacional dos Escrivães Polícia Federal
ANEPOL – Associação Nacional dos Escrivães de Polícia Civil
ANSEF – Associação Nacional dos Servidores da Polícia Federal
APCF – Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais
CENTRAPOL – Central Única Nacional dos Policiais Federais
COBRAPOL – Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis
FENADEPOL – Federação Nacional dos Delegados de Polícia Federal
FENAGUARDAS – Federação Nacional de Sindicatos de Guardas Municipais do Brasil
FENAPEF – Federação Nacional dos Policiais Federais
FENAPERÍCIA – Federação Nacional dos Peritos Oficiais de Natureza Criminal
FENAPRF – Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais
FENASSE – Federação dos trabalhadores no sistema socioeducativo
OPB – Ordem dos Policiais do Brasil
SINDEPOL/DF – Sindicato dos Delegados de Polícia Federal no DF
SINDIPOL/DF – Sindicato dos Policiais Federais no DF
SINPOL/DF – Sindicato dos Policiais Civis do DF

  1. Apesar de não concordar com a PEC eu a entendo. Tem que pagar esse monte de auxílio que pegaram. Doria deve estar adorando. Afinal ele já não iria cumprir a promessa de campanha. Aí veio a pandemia para salvá-lo e como não se bastasse vem essa PEC. Doria deve estar rindo à toa.
    Quem dá aumento é o Doria e não o Bolsonaro. Ele “só” fechou o cofre que o Doria jamais abriria. Lembrando que Zema de Minas aumentou o salário dos policiais conforme prometido mesmo com pandemia.
    Nem vou delongar se não vem o Eduardo esquerdinha anti aumento policial destilar veneninho.

    Curtir

  2. Os integrantes das forças de segurança deste Estado ficaram numa sinuca de bico. Do lado federal, o descumprimento das promessas feitas em campanha e, do estadual, a mais desastrosa política de desvalorização profissional e salarial já vivenciada. A ausência de recomposição salarial há anos, somada a diversas medidas travestidas de ajuste fiscal, levaram os policiais deste Estado aos patamares de detentores dos piores salários do Brasil.

    E, por incrível que pareça, meia dúzia de coronéis e delegados de classe especial, geralmente proprietários de negócios na iniciativa privada, tipo: restaurantes, estacionamentos, blindagem de veículos, consultorias e empresas de segurança privada, etc, alguns ocupando cargos comissionados na administração estadual, tipo secretário executivo de “phorra” nenhuma, apesar de verem, quiça, ajudarem suas corporações serem vilipendiadas por esse desgoverno, grudaram nos bagos atrofiados do Dolar em detrimento dos ideais institucionais que um dia juraram cumprir.

    Secretário Executivo da Polícia Civil, os aposentados da instituição que o acolheu e da qual você saiu Delegado Geral de Polícia, estão morrendo, de fome e por falta de assistência médica. Quem lhe pendurou nesse cabide de emprego, simplesmente, dobrou a contribuição para o IAMSPE e muitos não têm condições mais de pagar. Como acabou com o bilhete do idoso para quem tem menos de 65 anos, muitos sequer têm dinheiro para buscar socorro médico no SUS.

    Como desgraça pouca é bobagem, fomos infelicitados pela triste notícia de internação do Major Olímpio por COVID, nosso mais combativo defensor político contra os desmandos perpetrados por este e pelos sucessivos governos do PSDB que o antecederam em detrimento dos legítimos interesses dos integrantes das forças policiais deste Estado.

    O Major Olímpio que, entre outros motivos, rompeu, acertadamente, com o governo federal em razão da insensível e desequilibrada postura no enfrentamento da pandemia por covid-19, infelizmente, se vê hospitalizado em razão dela. Nossos mais sinceros votos de plena recuperação e que volte a ser o fiel parceiro que nunca nos faltou e jamais se acovardou para defender os legítimos interesses dos policiais deste Estado. Força Olímpio, familiares e amigos, e, mesmo cambaleando, vamos em frente. Só espero que não seja para o abismo.

    Curtir

  3. Se ainda tiver algum policial iludido com o Bozo, é melhor mudar de profissão. Nessa profissão, não há lugar para ingênuos!

    Curtir

  4. Até hoje me pergunto como um presidente tão burro consegue enganar tanta gente que se acha inteligente?

    Curtido por 1 pessoa

  5. Das 24 associações que assinam o manifesto 12, ou seja 50%, são de entidades federais as demais só pela sigla e nome não é possível saber a qual nível de governo está relacionada.
    Mas fato é que cada cachorro que lamba a sua….! Estão preocupados com o interesse deles, simples assim!
    As policiais civis e militares são subordinadas aos governadores, e são estes é quem têm a OBRIGAÇÃO de pagar, cuidar, prover estruturas etc, etc, etc…. e dar reajuste salarial, querer jogar nas costas do governo federal é dose!
    Bem típico confundir para faturar.
    Antes da pandemia estava muito bom para os servidores federais e estava osso para nos aqui em São Paulo o que fizeram por nós?
    Isso mesmo phorra nenhuma!
    O máximo que esta PEC pode fazer para nos, aqui de São Paulo, é só mais uma desculpa para deixar tudo como está para ver como é fica!
    Ou alguém realmente acreditou que o calça apertada iria cumprir a promessa de tornas os policiais do estado de São Paulo o segundo melhor salário da federação!
    Se te alguém que acreditou nisto desculpa MAS VOCÊ É UM OTÁRIO!
    Estamos nos PHORDENDO desde o primeiro dia do governo Mário Covas até o presente momento, qual é a novidade?
    Se alguém realmente acha que o governo federal em especial o presidente tem culpa da nossa situação sugiro uma rápida leitura do artigo 144 da CF.
    § 6º As polícias militares e corpos de bombeiros militares, forças auxiliares e reserva do Exército, subordinam-se, juntamente com as polícias civis, aos Governadores dos Estados, do Distrito Federal e dos Territórios.
    Observem que está escrito “Governadores” e não Presidente da República. Ficou alguma dúvida?

    Curtir

    • Eu gostaria de entender todo esse alarmismo que estão fazendo travestido de muita desinformação. Parece até que esta página está querendo cercear o direito do policial em votar ou seguir tal candidato. Pô, cada qual com seu candidato e com sua ideologia, ponto.
      .
      Veja a que ponto chegou esta página: ”Policial bolsonarista ou é inimigo de si próprio , do povo e da Democracia ou é bandido…”
      .
      Taxando policiais que votaram em Bolsonaro de bandido, o que é pior ainda. Então, assim, lamentável, realmente. Já não basta os problemas que as policias possuem por conta de governadores e prefeitos descarados, não. Agora, tem que taxar policiais que votaram em Bolsonaro de bandidos só porque a SUA ideologia não está de acordo com a DELE. Quer dizer, Democracia? Onde?
      .
      Aqui vai um vídeo muito bem explicado sobre essa questão da PEC Emergencial: ( https://www.youtube.com/watch?v=Tp64fKewxFA ).
      .
      ”As policiais civis e militares são subordinadas aos governadores, e são estes é quem têm a OBRIGAÇÃO de pagar, cuidar, prover estruturas etc, etc, etc…. e dar reajuste salarial, querer jogar nas costas do governo federal é dose!” – Pronto. Precisa explicar mais ainda? Tá muito bem explicado por você.
      .
      Acho que está na hora de policiais que não gosta do atual presidente começar a colocar um remedinho pra dor de cotovelo e agir, vias de fato, contra quem realmente É contra as policias. Junta todo mundo e se manifeste, simples.
      .
      Parece que foi ontem ou hoje que apenas 5 policiais estavam em frente á Delegacia se manifestando em relação a vacina que não receberam e também a PEC Emergencial a qual muitos acabando desinformando e sendo desinformados por alheios.

      Curtir

  6. Mudando de assunto, dia 1 de março é o dia da nossa data base.

    Fique sabendo através de um chegado, que está comendo a amiga da irmã do motorista que trabalha na cozinha do palácio dos bandeirantes, que diz ter ouvido o garçom que servia o Dória que ao telefone mandou essa ideia.

    Bizu forte!

    É o seguinte:

    O calça apertada falou para o general, secretário da segurança, que irá montar numa comissão!
    Essa comissão fará estudos visando agendar dia é hora para se reunir com o secretário executivo da PM e PC.
    Desta reunião vão estudar a possibilidade de agendar com o comandante geral da PM e delegado geral viabilidade da criação de um grupo de estudo!
    Grupo de estudo este que só irá se reunir virtualmente, que estudará a criação de outro de grupo de estudo que se reunirá, agora, presencialmente, seguindo todos os protocolos de segurança!
    O estudo é para elaborar um ante projeto de lei para verificar a possibilidade de em 2050 dar um reajuste de 0,5%.
    Segundo consta que em estudos preliminares o governador ouvindo cientistas que garantiram, se não ocorrer nenhuma outra mudança, é possível dar 0,5% de reajuste!

    Tudo isso porque o calça apertada está muito preocupado com a situação dos policiais deste estado!
    E tendo aval da “ciência” e seguindo todas as cores do arco-íris quando estivermos na cor azul bebe do plano são Paulo, o calça apertada já vai deixar provisionado no orçamento de 2050 o reajuste de 0,5%.
    Que só não deu os 0,5% este ano porque muito provavelmente iria quebrar o estado de São Paulo!

    Eu estou colocando a maior fé, desta vez vai!

    Curtir

  7. Miséria Dourada, Só perfumaria e chá de guarda roupas na futura população policial de rua. Nada de $$$$ no miserith. disse:

    Só faltou esclarecer que tudo será devidamente informado numa coletiva no Palácio dos Bandeirantes, com os púlpitos perfilados e ocupados, entre outros, pelo calça apertada e os secretários executivos de “phorra” nenhuma, vulgarmente conhecidos por cabides de emprego.

    Curtir

  8. Pessoal, vamos ser mais humanos.
    O servidor público já goza de estabilidade, todo mês recebe.
    Com a pandemia, os recursos (que já estão escassos) têm que ser aplicados em ajudar o povo sem emprego e aquecer a economia.
    Servidor agradeça a Deus, estão (ainda) recebendo seus salários.
    Não sabemos onde isso vai parar.
    No Brasil não há nada tão ruim, que não possa piorar.
    Hoje, Fachin anulou todas as condenações de Lula julgadas pela Lava-Jato em Curitiba.

    Curtir

Os comentários estão desativados.