É fato que a PM de Minas Gerais é técnica e juridicamente pouco eficiente, também é fato que foi infectada pelo vírus bolsonarista, agora verificar que um Delegado Federal é incapaz de diferençar um crime de uma ironia é preocupante…Quanto ao povão que pensa que a conduta do rapaz se assemelha à do deputado preso, parece que falta mesmo inteligência aos bolsonaristas…Enquanto sobra a má-fé nessa gente de bem… 8

Jovem é preso após publicação sobre visita de Bolsonaro a Uberlândia

João Reginaldo postou: “Gente, Bolsonaro em Udia amanhã… Alguém fecha virar herói nacional?”‘. Texto foi considerado incitação e ameaça

Nathalia Kuhl

04/03/2021 19:25,atualizado 04/03/2021 19:53O presidente da RepúblicaRafaela Felicciano/Metrópoles

A Polícia Militar prendeu em flagrante, nesta quinta-feira (4/3), um jovem de 24 anos que fez algumas postagens referentes à visita do presidente da República, Jair Bolsonaro (Sem partido), a Uberlândia (MG). Tudo ocorreu após a corporação considerar que João Reginaldo da Silva Júnior teria incitado a prática de crime contra a segurança nacional.

  1. Tratei disso em grupo de colegas/conhecidos.
    Falei do desvio de finalidade por parte da PM, dentre outras implicações, notadamente porque a P.R proteção ampla e qualificada (ABIN, GSI, PF, E.B).
    Ouvi que pau que deu em Chico (o deputado preso por ordem do STF, seu foro, e prisão chancelada pela Câmara) dá em Franciscos (o rapaz da postagem) e que em flagrante até uma senhorinha poderia, conforme a CF… Flagrante por ilação?
    Então pude comprender a razão de se praticarem tantos absurdos entre 64/85, inclusive a origem dos “gansos”…

    Curtido por 1 pessoa

  2. Prendeu e levou para onde, Polícia Civil, Polícia Federal, qual delegado lavrou o flagrante?

    Curtido por 1 pessoa

  3. Pagamento de precatórios só os tataranetos vão receber. Vai vc dever pra esses desgraçados pra ver o que acontece. disse:

    Governo de fdp
    Vão pagar o novo auxílio funeral, digo emergencial, com o dinheiro que devem pra você, ou seja, para que alguns não morram hj de covid, quem morrerá de fome amanhã será vc.

    Curtir

  4. Os mulambos desembarcaram em Israel pensando que era “Pancadão”. Foram comprar um spray para usarem como desodorante nos sovacos. As boas vindas na terra santa foram: Coloquem as máscaras que aqui é um país sério, não é a casa da sogra não. Simples assim!

    Curtir

  5. Israel é “campeão” de vacinas com acordo que Bolsonaro não quis assinar
    Fernando Brito
    07/03/2021
    11:10 am

    https://tijolaco.net/wp-content/uploads/2021/03/israel.png.webp

    Quem quiser consultar o acordo firmado entre a Pfizer e o Estado de Israel vai ver – bem, vai ver sem ler – vários trechos tarjados de preto, a exemplo deste aí em cima, a verdades sobre a exclusão de responsabilidades por eventuais efeitos adversos da vacinação, que já se tinha, então, a certeza de que só ocorreriam de maneira estatisticamente insignificante.

    A tinta preta não esconde, antes revela, o que o texto contém.

    Foi graças a isso e à promessa israelense de dar acesso aos dados médicos dos vacinados que o país conseguiu o fornecimento de doses em quantidade para vacinar sua pequena população – menos de 10 milhões de habitantes – em tempo recorde, através de seus sistema de saúde – uma espécie de SUS público privado, onde o plano de saúde é pago pelo Estado e oferecido através de quatro operadores privados – Clalit, Macabi, Meuchedet e Leumit – é gratuito e se paga um plus ( nada maior que 200 reais, na maioria dos casos) para serviços “extras”, os não cobertos pelas modalidades básicas.

    O Brasil fez, em parte, o mesmo e permitiu a realização dos estudos de fase 3 – em grande número de pessoas – para a Pfizer e para a Janssen, tanto quanto para a Astrazêneca e a Sinovac, porque o país, pela quantidade de habitantes e pelos altos níveis de transmissão da Covid, era o melhor “campo de prova” para os testes vacinais. Critério que, aliás, Israel não atendia.

    O governo israelense se lixou para as existência de limitadores de responsabilidade sobre a vacina, seja porque não havia razão para crer que alguém fosse “virar jacaré” por conta de vacinar-se, seja porque nenhum tribunal, em parte alguma do mundo, iria aceitar que uma farmacêutica gigante se livrasse de responder por efeitos adversos de uma vacina fornecida aos milhões, é evidente. Cláusula leonina, imposta à parte como condição para fornecimento essencial não sobrevive nem na Corte Suprema de Zâmbia.

    O importante era ter vacina, e rápido.

    Aqui, o governo não a queria e, por isso, agarrou-se às tais cláusulas de limitação de responsabilidade para rejeitar, várias vezes, o fornecimento de imunizantes e menos ainda lutou para que as cotas de fornecimento fossem aumentadas e antecipadas.

    A reportagem da Folha mostrando que Eduardo Pazuello recusou por três vezes as ofertas da Pfizer – que ainda podiam ser melhoradas em quantitativos e prazos é a prova destas afirmações e, pior, ratificada pelo fato de ter feito o mesmo com a vacina da Sinovac/Butantan.

    Aí está a razão de que ter-se, hoje, 60% dos israelenses vacinados – e dois terços deles já com a 2a. dose – e termos chegado aqui apenas a míseros 4%.

    Agora, Bolsonaro manda a “Missão Spray” para Tel-Aviv e, ao contrário das declarações, com o objetivo de recolher alguma xepa, sobras da vacinação que, lá, termina em duas semanas, até porque tem eleição dia 23 de março e Bibi Netanyahu de bobo nada tem. É mesmo possível que sobrem, porque o país tem pelo menos 50% de doses compradas além das necessárias para seus 10 milhões de cidadãos.

    Ainda assim, óbvio que o volume é pequeno, mas qualquer coisa vale para não faltar com que seguir com a nossa Operação Conta-Gotas de vacinação.

    Curtir

  6. Infelizmente, a “gripezinha” do sociopata, aprendiz de genocída, fez mais uma vítima da covid entre meus familiares.
    Gostaria que a família dele sentisse o que estamos sentindo agora.
    Jamais deveria usar o nome de Deus em seus discursos destrutivos, vez ou outra, construídos com palavras de baixo calão, face seu limitado vocabulário de bom nível. Seu corpo é um lugar que, com certeza, o Espirito Santo jamais gostaria de morar.

    Curtir

Os comentários estão desativados.