O Juiz de Direito e a notória banca do bicheiro Damasco Virtuoso , do seu querido filho e também dos netos..Mas os tiras é que são os piores bandidos, cadeia, demissão e cassação de aposentadoria…Exa. PM reformado não perde Posto , Patente ou Graduação por condutas na inatividade. Que eu saiba só perde se a reforma remunerada foi fraudulenta… Aliás, Praça reformado só anda perdendo imposto. O POLICIAL CIVIL PERDE TUDO, NÃO É COMO JUIZ QUE VENDE SENTENÇA E COMO RECONHECIMENTO PELOS SERVIÇOS ANTERIORES GANHA APOSENTADORIA GORDA. 62

Eu me comovo quando leio certas manifestações que beiram um certo carinho que um ou outro Juiz lançam nas suas razoes de decidir e que se perpetuarão pela eternidade.

O magistrado responsável pelos diversos autos processuais envolvendo o banqueiro de bicho CARLINHOS VIRTUOSO, O CARECA , afirma que era de conhecimento notório , pelo povo santista , a existência da Banca do Damasco .

Assim como era por todos conhecida a conduta do DAMASCO e do seu sucessor , o CARLINHOS , que nunca se envolveram com tráfico de rogas e de armas. De fato , numa venderam armas nem drogas.

E nem mandaram matar concorrentes .

Mas não sabe que o velho iniciou a carreira como explorador do jogo de bozo ( dadinhos ) muito popular entre os estivadores.

Que com ele deixavam todo o dinheiro das jornadas nas pesadas jornadas de trabalho. T

Também não sabe que a Policia Civil , já na Ditadura , o DEOPS , além da repressão a sindicalistas , comunistas, terroristas, maconheiros, gostava mesmo é se tomar dinheiro de vigaristas , cafetões , donos de prostíbulos, de padre que deixar rolar a jogatina na quermesse.

E jogo de dadinho acaba em facadas, mortes e bagrinho em vez de aguardar ser chamado para lombar carga ficava perdendo o pouco que tinha para os tipos como o Damasco ; que por ser grande e forte impunha respeito e , certamente, tinha o seu 38 na cintura.

E do dadinho foram tomando os pontos dos bicheiros , uma boa parte de origem portuguesa . Que deixavam de desviar o dinheiro dos passageiros de bonde e dos ônibus e , como dominavam bem as quatro operações matemáticas , sempre com o resultado mais favorável a eles.

Alguns passaram a explorar o jogo de bicho , que durante um breve período ficou proscrito neste Estado. E logo começou a guerra entre os pontos. E a Polícia Civil colocou ordem na casa e fez a divisão das áreas e nunca foi praticado crime de corrupção ativa ou passiva. O NOME DO CRIME É CONCUSSÃO , Sr. JUIZ!

O Virtuoso pode ter corrompido policiais militares que faziam a sua segurança muitas vezes tendo bebido e outras coisas . Chegando em casas noturnas, festas , com a costumeira arrogância e agredindo pessoas por qualquer esbarrão nele ou na mulher.

Um homem que ensina o filho a ser vagabundo pode ser querido por quem? E filho que recebe R$ 5.000,00 semanais , jamais deixará de explorar o jogo. Ele é muito querido na cidade de Santos, só se for pelos antigos juizes titulares da VARA DAS CONTRAVENÇÕES ; até então Juiz podia agir de oficio .

O Sr. , desde 1988, não pode investigar , denunciar e depois condenar os bicheiros.

Mas se a existência da banca era notória como notório , segundo Vossa Excelência, serem eles pessoas muito queridas , pelo menos um oficio de vez em quando para o Seccional , para o Diretor.

Quantas vezes , na fila de balcão das serventias particulares, vi apontador entrando no Fórum para atender os serventuários. Mas o Diretor sempre foi magistrado . Doutor, me desculpa, eu sei que o que não esta nos autos não esta no mundo , mas INVESTIGADOR CHEFE não é dirigente de nada. Apenas para argumentar , se buscavam verdadeiramente propina na Banca, tenha certeza , era por obrigação do cargo , para ganhar um pouquinho a mais.

Mas o pacote não era pra eles. Vai ou ia , por que eu vi, para um determinado local bem próximo do Fórum. E lá era contado e outros envelopes eram confeccionados. Se não há repressão ao jogo , notoriamente conhecido pelo santista , acho que muita gente ficou com uma boa fatia.

Mas bicheiro não oferece , no dá , não ajuda policiais. Se puder ainda diminui.

Ou ele paga o valor que é imposto por quem de direito ou fecha !

E a Polícia Civil cobra muito pouco , embora , como relatei anos atrás em , um DIRETOR enfiava no bolso R$ 100.000,00 por mês ; Seccional R$ 50.000,00, ambos tratando subordinado com servical, , ou como vagabundo ou ainda chefe de quadrilha. Eles são impolutos. como chefe de quadrilha. Um delegado plantonista R$ 300,00 , quem quisesse. Pois agradecem muito a grande parte que não se sujeita a mendicância.

Os bicheiros detestam a polícia.

Do tipo de dono de restaurante que dá a pizza na hora de fechar o estabelecimento, mas quando não é podre , cospe sobre ela.

Vossa Excelencia foi muito mais rigoroso com os policiais civis do que com o chefe da ORCRIM. Condenou os tiras- chefes , mas e os chefes dos tira chefes.

Excelência, o Código Penal prevê já cassação de aposentadoria?

Acho que nao e nem permite tal analogia , mas Vossa Excelência deu uma grande ajuda para o corrupto que faz papel de Corregedor , ele que de regra nao usa o crebro para o que [e justo , em vez de dizer que descabe a cassação de aposentadoria por uma série de motivações , tais como aposentadorias compulsórias, condenados maiores de 70 anos , suspensão do PAD por mais de 5 anos .

De qualquer forma, foi divertido ler  em nome do Povo e da República do Brasil , Vossa Excelência esqueceu de constar com mao e sob a proteção de Deus…

Meu conselho, quem quiser grana de maquineiro , bicheiro , etc,

VÁ TOMAR COM A PISTOLA NA MAO …A pena pra quem exige é bem menor do que a pena de quem aceita. Fizeram tanta besteira que ser corrupto é mais grave do que extorsionário.

Mas eu nào posso dizer que ninguém faz nada! Faz sim, quando o corrupto é sogro de Desembargador , o “X9” por milagre escapa de ir pra cadeia por continuados crimes contra a honra .

E tem que se virar nos 30 para escapar de indenizar o ladrào a vultosa condenação por danos morais.

Afinal, o que não falta é delegado familiar de juiz , de desembargador, ou vizinho de alto padrão ou amigo íntimo. Mas é simples, os condenados agora contratem o advogado do delegado dono de mansão na zona leste ( da Riviera )…Assim consta nos autos, um camarada lá disse que não tinha lá muito valor era em local como uma zona leste da Riveira.

Ainda esculachou quem mora na Zona Leste de Sao Paulo.

E quem for demitido , vota no Márcio Franca e contrata os serviços do delegado aposentado.

Eu já pesquisei todos os livros , todos os autores e não sei como se faz .

Para finalizar , foi o Virtuoso pra cadeia, o Nequinho deve rodar com as irmãs , e que se cuidem os sucessores , se ainda estiverem operando , das bancas do “Manequinho Perneta”, “Gato Preto ( meio falido , dizem ) e “Adão ( falecido ) ”.

Mas , por enquanto , continuam funcionando tranquilamente .

De qualquer forma , todos eles certamente tem muito , mais muito dinheiro mesmo fora do Brasil.

Os seus funcionários terão as suas vidas destruídas , o MP e Judiciário são perversos ( não é apenas o rigor da lei ).

Dou exemplo: a mulher que cuidou das finanças domésticas do Carlinhos Virtuoso , mesmo com a prova de que é uma coitada , sofreu pena mais rigorosa do que os filhos e a mulher do figura .

Esperto foi quem desviou muita grana dele. Um debochado!

Absolvo ( os policiais chefes de Unidades ) , da imputação de estarem incursos nas sanções do artigo 1º da Lei 9.613/98
com a redação que lhe deu a Lei 12.683/12, com fundamento no artigo 386, inciso III, do Código de Processo Penal. Absolvo
ainda os réus da imputação de estarem incursos nas sanções do artigo 288, caput e § único, do Código Penal, com a redação
que lhe deu a Lei 12.850/2013, com fundamento no artigo 386, inciso VII, do Código de Processo Penal. Contudo, declaro os
acusados incursos nas sanções do artigo 317, § 1º, combinado com o artigo 327, § 2º, e com o artigo 71, caput, todos do Código Penal e condeno cada um deles a cumprir treze anos e quatro meses de reclusão, em regime inicial fechado, e a pagar 67 dias-
multa, calculados como acima disposto e atualizados.

Com fundamento no artigo 92, inciso I, alínea a, CP, decreto a perda dos
cargos públicos exercidos pelos acusados policiais civis e militares condenados, visto que praticaram os delitos com quebra do
dever para com a Administração Pública. No caso dos réus condenados já aposentados ou reformados, cientifiquem-se os
superiores hierárquicos para a cassação da aposentadoria ou reforma. O destino dos bens apreendidos nos autos será decidido
nos autos próprios. Os acusados, cujas prisões não forem decretadas pela E. Superior Instância poderão recorrer em liberdade,
sob as condições já impostas e assumidas.

Penal e condeno cada um deles a cumprir treze anos e quatro meses de reclusão, em regime inicial fechado, e a pagar 67 dias-
multa, calculados como acima disposto e atualizados.

  1. Passarinho que come pedra sabe o cu que tem. Ser chefe dos tiras não precisa ser sinônimo de corrupção. Para ser chefe tem q ser corrupto? Ahhhh já sei… Perde a cadeira né? Nesse País quem pode mais, chora menos.
    Tá no chiqueiro vai se sujar.
    Fizeram com eles, o que a maioria deles fazem com seus subordinados. Todos querem, mas se der problema eles não sabiam de nada.
    Q se exploda!

    Curtir

  2. Vcs viram o vídeo do bozo tentando atirar e não sabia destravar a pistola? Kkkk ainda diz: “minha especialidade é matar” kkkkk…. Socorro, alguém destrava minha pistola ! Acho que foi isso que aconteceu quando foi assaltado e levaram até as cuecas dele! Kkkkkkkkkkkk piada pronta!

    Curtir

    • E o Carluxo cochichando: “Destrava a pistola, senão a vala não sai”. Foi hilário….

      Curtir

  3. ‘Bolsonarista arrependido’ escolhe Lula, não Moro

    Fernando Brito
    07/02/2022
    1:13 pm

    O recorde produzido hoje pelo Poder360 sobre a pesquisa feita por sua divisão PoderData confirma aquilo que aqui se disse, dias atrás, sobre o fato de que é suicida a estratégia de campanha eleitoral estabelecida por Sergio Moro para a missão impossível de credenciar-se para disputar com Lula o 2° turno da eleição presidencial.

    Disse seu ‘marqueteiro” que o “alvo” do “ex-juiz” seriam os “bolsonaristas arrependidos”, mas as pesquisas de intenção de voto mostra que quem caiu no “conto do Mito” (e muitos caíram por causa de Moro) e viu o desastre que foi está é com Lula.

    De cada 100 eleitores de Bolsonaro no 2° turno de 2018, só 54 repetem o voto. Dos 46 “arrependidos” entre aqueles 100, nada menos que 21 escolhem Lula, mais que o dobro dos que optam por Moro, apenas 10.

    (O gráfico completo e os dados da pesquisa estão aqui)

    É claro que o bom senso, mais que a ideologia, os motivam nesta escolha de dois por um entre Lula e Moro: é a certeza de que não se pode entrar em uma nova aventura de fanatismo.

    Moro, um dos autores do “tudo vale contra o Lula”, tem que se cuidar. Mal como está nas pesquisas, em nome do ódio que criou, pode perder até os poucos arrependidos do bolsonarism

    Curtir

  4. Bolsonaro passa por vexame em clube de tiro ao não destravar a arma para atirar; veja vídeo

    Ao perceber a gafe, Carlos Bolsonaro cochicha com o pai, que usa protetor auricular. Um instrutor então destrava a pistola e Bolsonaro se irrita: “é meu jeito”.

    Por Plinio Teodoro 7 fev 2022 – 14:34
    facebook sharing buttontwitter sharing buttonwhatsapp sharing button Google News

    Jair e Carlos Bolsonaro em estande de tiro (Reprodução)
    ouça este conteúdo
    readme.ai
    play_circle_outline
    Cadastre-se e receba novos conteúdos:
    nome@exemplo.com.br
    ok
    Ferrenho defensor do armamento da população e adepto de fazer poses com fuzis, Jair Bolsonaro (PL) mostrou nesse domingo (6) que é ignorante também no manuseio de pistolas e passou por vexame antes de disparar contra um alvo vermelho em um estande durante passeio pelo Distrito Federal.

    Notícias relacionadas
    Bolsonaro diz a apoiadores que Lula vai “recolher as armas”
    Bolsonaro recebe Moraes e Fachin e pede “mais diálogo”
    EXCLUSIVO: Lobby de armas e fundo bilionário teriam financiado campanha de Bolsonaro
    Ao empunhar a pistola e fazer mira, Bolsonaro demora em disparar a arma. De repente, ele é alertado pelo filho, Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), que cochica com o pai, que estava usando um protetor auricular.

    Coube a um instrutor mostrar a Bolsonaro que a arma estava travada e por esse motivo não conseguia efetuar o disparo. Carlos mostrou certa irritação e tirou rapidamente a mão do instrutor. “É meu jeito”, diz Bolsonaro.

    Nas redes, os internautas chamaram a atenção não só para a gafe, mas tamém para a postura do presidente ao empunhar a arma.

    por taboolaLinks promovidos
    Você pode gostar
    Mario Frias, secretário da Cultura de Bolsonaro, é internado às pressas com princípio de infarto
    O jogo de estratégia mais viciante de 2022
    Total Battle
    Lulu Santos resume pré-candidatura Moro com frase genial
    Globo solta nota contra Lula durante discurso do ex-presidente

    “Parece que tá com medo do barulho. Todo envergado pra trás, pés juntos. Nem pinta de atirador tem. Por isso um muleque tomou a moto e a arma dele aqui na Tijuca”, afirmou um seguidore no Twitter, lembrando o assalto que Bolsonaro sofreu em 1995, quando teve a arma que portava, uma Glock 380, além da moto Honda Sahara 350 roubada.

    Curtir

  5. O presidente Jair Bolsonaro (PL) esteve em visita a um estande de tiro neste domingo, 6, onde treinou disparos de pistola contra um alvo vermelho. Ele fez piadas sobre a cor do papel: “É muita vontade de dar liberdade para esse povo e acabar com o comunismo”.

    Curtir

  6. Moro apanha nas redes por fala pro-nazista de Kim

    Fernando Brito
    08/02/2022
    4:36 pm

    Depois de reações de todo mundo, desde o ex-jogador de futebol Zico cancelando sua participação no podcast Flow, até o corte de patrocínio e pedidos de entrevistados para que suas entrevistas fossem retiradas do canal Youtube, finalmente Sergio Moro se manifestou rejeitando as propostas de liberação da criação de um Partido Nazista, feita pelo apresentador Monark, com o aval do principal coordenador de sua campanha em São Paulo, o deputado Kim Kataguiri.

    O texto, anódino e omitindo o nome do programa e dos dois pró-legalização do nazismo, foi o bastante para desencadear uma tempestade de criticas ao ex-juiz nas redes, enquanto a grande mídia não chama a atenção para Kim ser, hoje, a principal figura do morismo, pela falta de outras que tenham se decidido a apoiar o ex-juiz.

    Registro algumas:

    Seu avalista Kim disse que os nazistas tem direito de se manifestar para que seja “jogada luz” ao debate. A parceria com o MBL segue firme e forte?

    Seu avalista Kim disse que os nazistas tem direito de se manifestar para que seja “jogada luz” ao debate. A parceria com o MBL segue firme e forte?

    Moro, vc participou de um programa que afirma que o Partido Nazista deveria existir no Brasil. Além disso, é apoiado por um deputado federal e seu grupo que tbm reforçou isso no mesmo programa. Vai continuar sendo apoiado pelo MBL ou rejeitar esse apoio?

    Tava lá no flow balbuciando tuas tolices e agora teu coordenador de campanha tá defendendo nazismo. Não adianta, marreco. És feito da mesma matéria putrefata daqueles jovens nazistas. Merecem cadeia, você e ele.

    São dezenas de respostas, raríssimas as de apoio.

    É impressionante como, sem conseguir apoios, Moro consegue desmoralizar-se aos pedaços, um pouquinho todo dia.

    Amanhã e depois, temos pesquisas (Genial/Quaest e XP/Ipespe) e nenhum sinal que nelas sua candidatura progredirá.

    Monark “explicou” que a sua declaração pro-nazi deveu-se ao fato de estar “bêbado”.

    Mas é moro quem está de ressaca.

    Curtir

  7. Governo de SP anuncia reajuste de 20% para policiais e agentes penitenciários

    Medida integra pacote de valorização profissional das forças de segurança implementado desde início da atual gestão em 2019

    Qui, 10/02/2022 – 14h02 | Do Portal do Governo FACEBOOKTWITTERENVIAR POR E-MAIL

    O Governador João Doria anunciou nesta quinta-feira (10) reajuste salarial de 20% para as forças de segurança pública e administração penitenciária de São Paulo. A medida integra um pacote de valorização profissional implementado desde o início da atual gestão, em 2019, e beneficia mais de 276 mil profissionais do sistema prisional e das polícias Civil, Militar e Técnico-Científica, inclusive aposentados e pensionistas.

    “É um momento muito importante e significativo. Graças à estabilidade financeira e fiscal, podemos fazer aquilo que já desejávamos, que é o reconhecimento do funcionalismo público do Estado”, disse Doria. “Esse aumento é fruto de um esforço coletivo de todo o Governo, acrescentou o Governador.

    Os estudos para a recomposição salarial de policiais e agentes penitenciários foram coordenados por técnicos da Secretaria de Orçamento e Gestão e a proposta será concedida dentro dos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal.

    O Estado aguardou a confirmação do superávit orçamentário consolidado de R$ 5,9 bilhões em 2021 para formalizar os reajustes. Em termos comparativos, no início de 2019, a atual gestão recebeu um orçamento com déficit de R$ 10,5 bilhões, além de 175 obras paradas.

    Com o reajuste de 20%, o salário reajustado de um soldado PM de 2ª classe deve chegar a R$ 5,8 mil, incluindo benefícios. Para um tenente PM de 2ª classe, o novo valor será de R$ 10,3 mil, entre salário e benefícios.

    Na Polícia Civil, um agente de 3ª classe passará a receber R$ 6,3 mil acumulados entre vencimento e benefícios, e um delegado de 2ª classe, R$ 16,2 mil por mês.

    O aumento acumulado desde 2019 nos salários das polícias chega a 26%. Para efeito de comparação, entre 2015 e 2018 a Polícia Civil recebeu reajuste de 7,7%, além de outros 4% para a Polícia Militar.

    O encaminhamento do projeto de lei para os reajustes do funcionalismo estadual à Assembleia Legislativa deve ser feito na próxima semana. A previsão é que o aumento salarial deve entrar em vigor a partir de março.

    Valorização policial

    O primeiro reajuste salarial para as forças de segurança do Estado foi anunciado em outubro de 2019, com um aumento de 5% na remuneração dos policiais, que passou a valer no primeiro dia de 2020.

    Na época, também houve a equiparação do auxílio alimentação de todos os policiais estaduais, variando de acordo com a jornada de trabalho de cada profissional e com reajuste anual de acordo com a Ufesp (Unidade Fiscal do Estado de São Paulo).

    O pagamento adicional por insalubridade foi outra iniciativa da atual administração estadual para valorizar as forças policiais. Com isso, os integrantes das três polícias passam a receber o valor a partir do início do exercício profissional.

    Já o programa de bonificação por resultados foi ampliado e estendido no ano de 2020, passando a ser pago de maneira bimestral. Desde 2019, o Governo de São Paulo pagou mais de R$ 1 bilhão em bônus aos policiais.

    Curtir

  8. vai continuar mentiroso! promessa de campanha era ser 2º salario da federação, perdendo apenas para brasilia! ate o nordeste pagam salarios melhores que são paulo! é o suspiro de folego para ver se consegue seguir na candidatura a presidente! Mas cavalo dado nao se olha os dentes! melhor isso que continuar como estava!

    Curtir

    • O Dória calça apertada jogou um copo de água em uma piscina vazia e quer confete ainda.
      Estava circulando por ai uma lista com a média salarial das polícias do Brasil. Se fosse dado um aumento de 200% para a Polícia de SP, ainda não chegáríamos nem no meio da lista. Dória assim como qualquer uma do PSDB não passa de um mentiroso embusteiro que odeia policiais.

      Curtir

  9. O cavalo encilhado ameaça passar para o PSB

    Fernando Brito
    11/02/2022
    11:26 am

    Cavalo encilhado não passa duas vezes para ninguém, diz o provérbio gaúcho, que o PSB deveria ouvir.

    A “presença virtual” do presidente do PSD, Gilberto Hassab, nas comemorações dos 42 anos do Partido dos Trabalhadores, ontem, é um sinal mais que evidente que o ex-prefeito paulistano, mais esperto e com mais liberdade que Carlos Siqueira, presidente do PSB, sinaliza o apoio a Lula ainda no primeiro turno e se abre para viabilizar o ingresso de Geraldo Alckmin na chapa presidencial.

    Márcio França, ao “trancar o pé” na exigência de ser candidato a governador, achou sempre que Alckmin seria o avalizador de suas pretensões, mas isso tinha e tem um limite. O ex-tucano não vai sacrificar a sua chance de voltar ao primeiro plano da política nacional porque assim o exige um personagem local, como o pessebista. Aliás, nem pelo que nem é o seu partido e nem seria, pois antes da possibilidade de ser vice de Lula, sua articulação era concorrer ao governo paulista pelo PSD.

    A reportagem da Folha, hoje, diz que os problemas da federação estão apenas aí – ah, sim, também numa resistência do prefeito do Recife, João Campos, que “não estaria empenhado na formação da federação porque ela dificultaria a pretensão de sua namorada, a deputada federal Tábata Amaral (PSB-SP), de sair candidata à Prefeitura de São Paulo em 2022”.

    Isto é que é civismo, não é?

    Não há mais recuo político para o PSB, não sem graves danos políticos, destes difíceis até de imaginar, em candidaturas importantes e, quando não favoritas, muito viáveis: Pernambuco, Maranhão, Rio de Janeiro , por exemplo. Além do risco de ficar sozinho em São Paulo, sem o apoio do próprio Alckmin.

    As bancadas – federal e estaduais – estão pressionando para que a federação se defina antes do fim da janela de mudança de partido – durante o mês de março. A extensão do prazo da definição das federações, que vai até o fim de maio.

    O PT deu por terminada sua fase de concessões em relação ao PSB, para o qual vinha cedendo em todos os impasses. Sem candidato ou sem candidato viável ao qual possa se alinhar, o PSB não teria como deixar de encarar os prejuízos de sua ambição.

    Curtir

  10. Ex-major que virou traficante internacional tem mais de R$ 1 milhão de aposentadoria para receber em MS

    Sérgio Roberto de Carvalho, conhecido como major Carvalho, comanda uma organização criminosa internacional e é procurado pelas polícias do Brasil e da Europa. Ele teve a aposentadoria suspensa em 2010, mas voltou a receber o benefício em 2016.
    Por João Pedro Godoy, Mariana Cintra e Alex Mendes, G1MS e TV Morena

    25/01/2021 19h10 Atualizado há um ano

    Major Carvalho trabalhou por dezesseis anos na Polícia Militar de Mato Grosso do Sul — Foto: TV Globo/Reprodução
    Major Carvalho trabalhou por dezesseis anos na Polícia Militar de Mato Grosso do Sul — Foto: TV Globo/Reprodução

    Procurado pelas polícias do Brasil e da Europa por comandar uma organização criminosa internacional, o ex-major e agora megatraficante, Sérgio Roberto de Carvalho, possui cerca de R$ 1,3 milhão a receber de aposentadoria pela Polícia Militar em Mato Grosso do Sul.

    Major Carvalho, como era conhecido no Brasil, foi transferido para a reserva remunerada da Polícia Militar em 1997. Um ano depois, ele foi condenado a mais de quinze anos de prisão pelo tráfico de cerca de duzentos e trinta quilos de cocaína. O ex-PM sofreu um processo para a perda do posto e da patente e, em junho de 2010, teve a aposentadoria suspensa.

    Ex-policial brasileiro vira traficante internacional e forja a própria morte para fugir
    Ex-policial brasileiro vira traficante internacional e forja a própria morte para fugir

    Em outubro de 2016, porém, o desembargador Claudionor Miguel Duarte mandou a Agência de Previdência do Mato Grosso do Sul (Ageprev-MS) voltar a pagar a aposentadoria ao ex-major, sob pena de crime de desobediência. A alegação é de que a condenação do ex-PM veio depois de ele ter sido transferido para a reserva remunerada. Pelos mais de seis anos sem o benefício, os advogados do major Carvalho querem que a Ageprev pague a ele R$ 1,3 milhão.

    O agora megatraficante foi demitido da PM em 2018, mas, no processo contra a Ageprev, a Justiça entendeu que ele tem direito a aposentadoria mesmo com a perda do posto e da patente. O último pagamento da aposentadoria do ex-major foi em dezembro, referente a novembro, cerca de R$ 9 mil.

    Portal da Transparência mostra pagamento de mais de R$ 9 mil de aposentadoria ao ex-major em dezembro do ano passado — Foto: TV Globo/Reprodução
    Portal da Transparência mostra pagamento de mais de R$ 9 mil de aposentadoria ao ex-major em dezembro do ano passado — Foto: TV Globo/Reprodução

    De acordo com a secretária estadual de Administração, Ana Carolina Nardes, o estado vai recorrer neste processo. “Porém se o judiciário entender pelo pagamento do valor ao major, ele terá de fazer a prova de vida ou a pessoa que tiver em seu inventário. O caso do não comparecimento dele fará com que a Ageprev tome medidas para suspensão definitiva do benefício”, finaliza.

    O benefício voltou a ser cortado pelo governo do estado após notícias de que o major Carvalho teria morrido na Europa, enquanto usava um nome falso, de Paul Wouter, um suposto empresário do Suriname que escolheu Marbella, uma cidade do sul da Espanha para viver. O Fantástico deste domingo (24) mostrou, no entanto, que ele está vivo e foragido.

    Para escapar da prisão com a nova identidade, o major Carvalho forjou um atestado de óbito por Covid-19. A última vez que ele foi visto no Brasil foi em um hotel de Campo Grande, em 2018. O paradeiro dele, agora, é desconhecido. O G1 e a TV Morena tentaram contato com os advogados dele, mas até a publicação desta reportagem, ninguém havia respondido.

    VIDA NA EUROPA
    Segundo a Polícia Federal, Sérgio Roberto de Carvalho comanda uma organização criminosa internacional. Ele teria montado um esquema para mandar grandes quantidades de cocaína para Europa, África e Ásia. Na Europa, o ex-major brasileiro se escondeu em uma identidade falsa: Paul Wouter.

    A polícia europeia desmontou parte dessa história. O verdadeiro negócio do empresário era o tráfico de drogas. Em agosto de 2020, o latino Paul Wouter — que era na verdade o ex-major e traficante brasileiro — chegou a ser preso. A suspeita: chefiar a quadrilha que trouxe cocaína da América do Sul para a Europa em uma embarcação, mas ele pagou fiança e foi solto.

    A polícia portuguesa encontrou 12 milhões de euros em endereço ligado ao traficante. A fuga aconteceu depois que a polícia europeia foi comunicada sobre a outra parte da história, o de sua identidade falsa. Antes disso, o ex-major já tinha enganado a Justiça com uma outra farsa: um atestado de óbito por Covid-19 forjado que o livrou de aparecer como Paul Wouter no julgamento pela droga apreendida no barco.

    Quem alertou a polícia europeia que Paul e o ex-major Carvalho eram a mesma pessoa foi a Polícia Federal brasileira.

    Curtir

  11. Chefe do tráfico e ex-major viva em casa de 2 milhões de euros na Espanha Siga o UOL no Vídeos relacionados Covid e mais: Cartórios registram o janeiro mais mortal do Brasil desde início de série histórica Do UOL 14/02/2022 Vacinação infantil: Rio vai aplicar vacina em crianças nas escolas municipais Do UOL 14/02/2022 Cobra Coral-verdadeira é flagrada vomitando outra cobra: ‘Registro raro’ UOL 14/02/2022 25/11/2020 14h26 O ex-policial militar Sérgio Roberto de Carvalho, 62, conhecido como Major Carvalho, chefe do bilionário esquema de exportação de cocaína do Brasil para a Europa revelado esta semana por operação da PF (Polícia Federal), levava uma doce vida em Marbella, prov… – Veja mais em https://noticias.uol.com.br/videos/2020/11/25/chefe-do-trafico-e-ex-major-viva-em-casa-de-2-milhoes-de-euros-na-espanha.htm?cmpid=copiaecola

    Curtir

  12. Narcotráfico: brasileiro é alvo da maior operação do ano contra organização de tráfico internacional

    ttps://youtu.be/7YPdb1A3mbw

    Curtir

  13. O Pateta se encontrou com o Putin. Disse que o Brasil é solidário à Rússia… Meu Deus😨… vcs tem o telefone do Biden aí???? Queria avisar pro Biden que eu não tenho nada a ver com isso !

    Curtir

    • Eles sabem.
      Quem diria!
      Trump (e Bolsonaro) produto(s) da estratégia do ex-agente da URSS, e agora o “segunda linha” indo visitar (e sendo solidário) ao ex-KGB..
      Sendo simpatizante do Chavez, por pouco não teve a oportunidade de bajular outro ex-fardado: FIDEL!!!
      O mundo gira, a Lusitana roda.

      Curtir

      • Do lixo do governadorzinho Doria ninguém fala nada, passou a rasteira em todas as polícias, e vocês ai caladinho. preocupado com presidente, Ha vão te catar cambada…

        Curtir

        • Com todo mundo em SP (Inclusive o funcionalismo) só de olho no Presidente, fica fácil para o Tucano da calça apertada pisar no pescoço dos policiais do Estrado, afinal ninguém vai contra ele.

          Curtir

          • Falou pouco e acertado parceiro, aqui nesta site somente se preocupam com Bolsonaro, da para se ver o nipe da nosso nossos policiais, e o calcinha apertada só metendo o ferro no nosso. por isto que esta PC ´ta um lixo….

            Curtir

            • Só ver os tipos das postagens dos “contras’ kkkkkkk. É Bozo 2022 e ponto final, chora mais que eu gosto……….kkkkkk

              Curtir

              • Fale por si. Eu nao voto no Bozo, e a maioria das pessoas que conheço, tambem nao. Um ou outro retardado vai votar, porque é fã desse maluco. É melhor vc parar de achar que ta ganho em 2022 .isso é coisa de fanatico

                Curtir

  14. A armadilha dos generais da urna

    Fernando Brito 17/02/2022 1:09 am

    A notícia mais importante do dia para o processo eleitoral foi a desistência do general Fernando Azevedo e Silva em ocupar o cargo de diretor geral do Tribunal Superior Eleitoral.

    Com todo o respeito às suas justificativas de ordem pessoal (seriam alegados problemas de saúde, corre nos bastidores), o seu exercício naquele cargo seria, numa palavra, uma amoralidade, no mínimo.

    O general foi, durante 26 meses, ministro do governo Jair Bolsonaro, condição que deveria fazer qualquer pessoa dar-se ou ser tida como impedida de gerir um processo eleitoral onde o mesmo presidente a quem serviu como ministro está disputando o pleito e, ainda pior, disputando no exercício do cargo que lhe dá o comando supremo das Forças Armadas, às quais, ainda que na reserva, Azevedo e Silva ainda pertence.

    E isso é ainda pior, porque era por intermédio de Azevedo e Silva que Jair Bolsonaro intentava arrastar as Forças Armadas para um confronto com a Justiça Eleitoral.

    Se foi, depois de tanto tempo, que levou a sua saída do Ministério da Defesa, mais grave ainda: o general sabe que seu ex-chefe tenta embrulhar os militares numa intervenção ou desvirtuação do processo eleitoral e, sendo um homem de caráter reto, jamais poderia ser levado, mesmo contra a vontade, a ser uma cabeça-de-ponte para isso ou, ao recusar-se, participar de um conflito de lealdades envolvendo uma instituição armada.

    É infantil e perigosa esta confrontação que só existe porque o TSE, sob o comando do pavão Luís Roberto Barroso quis bajular os militares com esta indicação e com a designação de um representante das Forças Armadas para a tal “Comissão de Transparência Eleitoral” destinada a examinar a segurança das urnas eletrônicas.

    Estamos brincando com “pegadinhas”, para que Bolsonaro use as perguntas militares como argumento e Barroso use a resposta pública – ainda que algo desaforada e “tecnocrática” para desqualificar o questionamento que só ocorreu porque ele próprio convidou a que fosse feito?

    Bolsonaro não teve escrúpulos em usar esta representação como sendo “o nosso pessoal” e, ainda pior, com as pretensões dos generais Augusto Heleno e Walter Braga Netto de que um dos dois venha a ser o candidato a vice-presidente, virtualmente colocá-los como “chefes” de um representante militar que opina ou que levante suspeitas sobre a higidez da votação e da apuração das urnas.

    Se não teve, porque teria para pressionar, em nome da lealdade castrense, para pressionar o militar que seria o diretor do Tribunal que as deveria garantir?

    E, ainda pior, que seja sucedido pela estultice de Luiz Edson Fachin, aceitando uma provocação barata e insinuando, indiretamente, que hackers de Putin possam atacar nossas urnas, usando o método “Moro” do “não tenho provas, mas tenho convicção”?

    Bolsonaro não chamou os ministros de “adolescentes” à toa.

    Estão agindo como quem quer aparecer, em lugar de usarem o poder que têm com discrição e prudência, porque não só este é o correto como é o mais eficiente.

    Porque Bolsonaro sabe usar isso para torná-los “suspeitos” daquilo que absolutamente não são: de serem “lulistas”, quando foram os dois ministros que mais se associaram à perseguição judicial ao ex-presidente.

    O que resta a Bolsonaro em matéria de viabilidade eleitoral é questionar as urnas e ele fará isso todo o tempo com a “popularidade” de seus eventos para fanáticos transformando-se em “consagração pelas ruas” para confrontar-se ao favoritismo nas pesquisas que Lula exibe.

    Barroso e Fachin, com seu comportamento vaidoso e pueril, só o ajudam nisso, na vã ilusão que isso o enfraqueceria.

    Qualquer semelhança com Sérgio Moro talvez não seja mera coincidência.

    Curtir

  15. A armadilha dos generais da urna

    Fernando Brito 17/02/2022 1:09 am

    A notícia mais importante do dia para o processo eleitoral foi a desistência do general Fernando Azevedo e Silva em ocupar o cargo de diretor geral do Tribunal Superior Eleitoral.

    Com todo o respeito às suas justificativas de ordem pessoal (seriam alegados problemas de saúde, corre nos bastidores), o seu exercício naquele cargo seria, numa palavra, uma amoralidade, no mínimo.

    O general foi, durante 26 meses, ministro do governo Jair Bolsonaro, condição que deveria fazer qualquer pessoa dar-se ou ser tida como impedida de gerir um processo eleitoral onde o mesmo presidente a quem serviu como ministro está disputando o pleito e, ainda pior, disputando no exercício do cargo que lhe dá o comando supremo das Forças Armadas, às quais, ainda que na reserva, Azevedo e Silva ainda pertence.

    E isso é ainda pior, porque era por intermédio de Azevedo e Silva que Jair Bolsonaro intentava arrastar as Forças Armadas para um confronto com a Justiça Eleitoral.

    Se foi, depois de tanto tempo, que levou a sua saída do Ministério da Defesa, mais grave ainda: o general sabe que seu ex-chefe tenta embrulhar os militares numa intervenção ou desvirtuação do processo eleitoral e, sendo um homem de caráter reto, jamais poderia ser levado, mesmo contra a vontade, a ser uma cabeça-de-ponte para isso ou, ao recusar-se, participar de um conflito de lealdades envolvendo uma instituição armada.

    É infantil e perigosa esta confrontação que só existe porque o TSE, sob o comando do pavão Luís Roberto Barroso quis bajular os militares com esta indicação e com a designação de um representante das Forças Armadas para a tal “Comissão de Transparência Eleitoral” destinada a examinar a segurança das urnas eletrônicas.

    Estamos brincando com “pegadinhas”, para que Bolsonaro use as perguntas militares como argumento e Barroso use a resposta pública – ainda que algo desaforada e “tecnocrática” para desqualificar o questionamento que só ocorreu porque ele próprio convidou a que fosse feito?

    Bolsonaro não teve escrúpulos em usar esta representação como sendo “o nosso pessoal” e, ainda pior, com as pretensões dos generais Augusto Heleno e Walter Braga Netto de que um dos dois venha a ser o candidato a vice-presidente, virtualmente colocá-los como “chefes” de um representante militar que opina ou que levante suspeitas sobre a higidez da votação e da apuração das urnas.

    Se não teve, porque teria para pressionar, em nome da lealdade castrense, para pressionar o militar que seria o diretor do Tribunal que as deveria garantir?

    E, ainda pior, que seja sucedido pela estultice de Luiz Edson Fachin, aceitando uma provocação barata e insinuando, indiretamente, que hackers de Putin possam atacar nossas urnas, usando o método “Moro” do “não tenho provas, mas tenho convicção”?

    Bolsonaro não chamou os ministros de “adolescentes” à toa.

    Estão agindo como quem quer aparecer, em lugar de usarem o poder que têm com discrição e prudência, porque não só este é o correto como é o mais eficiente.

    Porque Bolsonaro sabe usar isso para torná-los “suspeitos” daquilo que absolutamente não são: de serem “lulistas”, quando foram os dois ministros que mais se associaram à perseguição judicial ao ex-presidente.

    O que resta a Bolsonaro em matéria de viabilidade eleitoral é questionar as urnas e ele fará isso todo o tempo com a “popularidade” de seus eventos para fanáticos transformando-se em “consagração pelas ruas” para confrontar-se ao favoritismo nas pesquisas que Lula exibe.

    Barroso e Fachin, com seu comportamento vaidoso e pueril, só o ajudam nisso, na vã ilusão que isso o enfraqueceria.

    Qualquer semelhança com Sérgio Moro talvez não seja mera coincidência.

    Curtir

  16. Em Moscou, Putin enfia máscara em Bolsonaro… E A LEI DO “VENENO AGRO” É O EXTERMÍNIO DE GERAÇÕES

    Curtir

  17. SP abre investigação contra policiais que não se vacinaram; 1,4% do efetivo não apresentou comprovante de vacina contra Covid

    Decreto publicado no dia 3 de janeiro determinou que comprovante fosse apresentado por todos os funcionários públicos em até cinco dias.

    Por g1 SP — São Paulo

    14/02/2022 18h15 Atualizado há 3 dias

    1,4% do efetivo total das polícias Militar e Civil de São Paulo não apresentou comprovante de vacinação contra Covid-19. A Polícia Militar tem cerca de 86 mil policiais e a Civil, cerca de 27 mil.

    Decreto do governador João Doria (PSD), publicado no dia 3 de janeiro deste ano, determinou que o comprovante fosse apresentado por todos os funcionários públicos em até cinco dias. Servidores que não tomaram a vacina deveriam apresentar atestado médico com a alegação da contraindicação no mesmo prazo. Com isso, os policiais que não apresentaram o comprovante, serão investigados.

    Questionada, a Secretaria da Segurança Pública, diz que já prestou todas as informações sobre o tema à Controladoria Geral do estado, e que os casos são investigados pelas corregedorias de cada policia.

    “Em relação aos profissionais que, até o momento, não apresentaram o comprovante de vacinação – 1,4% do efetivo total das forças de segurança -, foram instaurados procedimentos de apuração preliminar junto às respectivas corregedorias, de acordo com os termos da legislação vigente”.

    Os profissionais da segurança começaram a ser imunizados contra a Covid em abril de 2021.

    A tenente da Polícia Militar Rosemeire Santos de Miranda, foi a primeira agente de segurança pública do estado de São Paulo a receber a primeira dose da vacina contra o coronavírus.

    Histórico da vacinação
    A vacinação contra a Covid-19 começou no Brasil em 17 de janeiro, logo após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovar o uso emergencial da CoronaVac, produzida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan.

    A enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos, moradora de Itaquera, na Zona Leste da capital paulista, foi a primeira pessoa, fora dos estudos clínicos, a receber a vacina.

    O Programa Nacional de Imunização (PNI) brasileiro teve início no dia 18 de janeiro, e começou a ser feito após a distribuição das 6 milhões de doses da CoronaVac importadas já prontas da China. Depois, vacinas de outros laboratórios foram sendo incorporadas.

    Curtir

  18. Policiais civis de SP têm reajuste salarial de 20%

    Publicado em 15/02/2022 – 15:14 Papo de ConcurseiroCarreira policial, Concursos, Concursos Públicos, Salário servidor público
    Karolini Bandeira*- O governador de São Paulo anunciou o reajuste salarial para diversas carreiras do Estado. Segundo João Doria (PSDB), são mais de 500 mil servidores públicos com aumento. Para a Polícia Civil (PCSP), o aumento é de 20%. Desta forma, um delegado que ganhava R$ 11,2 mil passa a receber R$ 13,4 mil — e, com os benefícios, o valor final fica em R$ 16,2 mil.

    Um investigador da PCSP tem como ganho inicial, agora, R$ 5.212,80. Agentes passam a receber R$ 3.660 após o reajuste. Os servidores ainda têm direito a auxílio-alimentação, insalubridade, vantagens/gratificações, abono e bônus.

    “É um esforço gigantesco do Governo de SP para atender 541.113 servidores do Estado de SP. Fizemos tudo o que foi possível para termos o orgulho de fazermos este anúncio e oferecer a mais de meio milhão de pessoas o reconhecimento ao trabalho que executam e à importância daquilo que promovem para o atendimento ao bem comum”, anunciou Doria.

    A expectativa do governo é que a proposta seja aprovada de forma rápida e que os salários já sejam ajustados a partir de março.

    Concurso com 2,9 mil vagas
    A Fundação Vunesp foi oficializada como banca organizadora contratada para o próximo concurso da PCSP em novembro do ano passado. Conforme autorizado pelo governo de São Paulo, o edital irá abrir 2.939 vagas para provimento efetivo na PCSP e na Polícia Técnico-Científica (Politec-SP). As oportunidades serão distribuídas entre as carreiras de delegado (250), escrivão (1600), investigador (900) e médico legista (189). Os ganhos iniciais serão de R$ 3.931,18 a R$ 10.382,48.

    14 mil cargos vagos
    O déficit no quadro de pessoal da PCSP continua sendo uma preocupação de profissionais do setor. Em entrevista realizada em junho de 2021, a presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia de São Paulo (SINDPESP), Raquel Gallinati, expôs o alto número de vacâncias da corporação. De acordo com a delegada, já são mais de 14.000. “Temos uma morosidade na abertura de concursos e também temos candidatos que foram aprovados e não foram nomeados. A gente vê um completo descaso e incompetência com a população por parte do governo”, denunciou.

    *Estagiária sob supervisão de Mariana Fernandes

    Curtir

  19. Moro já tem mais rejeição que Bolsonaro, diz CNT/MDA

    Fernando Brito
    21/02/2022
    1:36 pm

    A nova rodada de pesquisa da CNT – realizada pelo MDA de forma presencial com 2 mil pessoas e menos sujeita a distorções que as telefônicas – não traz muitas novidades, como a demais, exceto por colocar uma questão: pode ser que a estabilidade e até uma pequena “alta” de Jair Bolsonaro possa ter acontecido em razão do “chabu” cada vez mais evidente da candidatura de Sérgio Moro, que aparece em quarto lugar, com 6,4% das intenções de voto, atrás de Ciro Gomes e com a maior variação (-2,5%) em reação ao levantamento anterior, realizado em dezembro.

    As más notícias para a campanha do ex-juiz não param aí. A CNT dá a ele mais rejeição que a Bolsonaro. Não votariam nele de jeito nenhum 58,2% dos entrevistados, mais que os 55,4% que rechaçam o nome do atual presidente. Ambos só perdem em rejeição para João Dória, que alcança 66,5% por cento.

    Lula, permanece “imexível”: com 42,2%, contra 28% de Bolsonaro, está a 1,9% de uma vitória no primeiro turno, abaixo da margem de erro de 2,2%.

    Segue vencedor em todas as simulações de segundo turno: na mais relevante delas, com Jair Bolsonaro, ganharia por 53,2 a 35,3%, ou 60,1% dos válidos contra 39,9% do atual presidente.

    A rejeição também não se alterou: 40,5%, a menor entre os principais candidatos.

    Alem de Moro, também João Doria teve motivos para detestar a pesquisa, que o reduziu a 1,8% das preferência e já o coloca nos patamares do desconhecido André Janones, que tem 1,5%. Simone Tebet, Felipe Dávila e Rodrigo Pacheco sequem sendo o nada, ocupando espaço algum (0,6% para a primeira e 0,3% para os outros dois).

    A pesquisa na íntegra, registrada no TSE pelo número BR-09751/2022 , pode ser acessada aqui.

    Curtir

  20. Ninguém vai falar sobre os meganhas que se passavam por policiais civis pra extorquir comerciantes em Santos?

    Curtir

  21. Muito se falou desse “aumento” anunciado pelo Governo, todavia, onde estão esses projetos? Porque até o momento não foram encaminhados à Assembléia?

    Curtir

  22. Aingidos na bomba

    Fernando Brito 24/02/2022 7:52 am

    Aí em cima, às 7:30h , a cotação do contrato de compra de petróleo: mais de 105 dólares, um salto de quase 9% nesta manhã, com a crise Russia-Ucrânia saindo da tensão para entrar em combates de fato.

    Daqui a pouco, uma provável alta do dólar vai deixar o preço, em reais, 10% mais caro que ontem. Ainda que isso se atenue, ao longo da semana, todos já sabemos no que isso implica com a tal “paridade de preços internacionais”, praticada pela Petrobras e “endeusada” pelos “especialistas de mercado”.

    O argumento de que “segurar” por mais uns dias o preço da gasolina, diesel e gás natural nas refinarias e tanques ajudaria a não deixar a inflação subir mais em fevereiro vai perder força e o aumento deve ser antecipado, mesmo que o preço recue um pouco depois do salto inicial.

    Coincidência ou não, fica na conta do Vladimir Putin.

    Curtir

  23. Ipespe: nada muda na eleição presidencial

    Fernando Brito 25/02/2022 1:31 pm

    Nova pesquisa XP/ Ipespe, basicamente os mesmo resultados que se repetem há meses, confirmando que as preferências eleitorais na disputa presidencial seguem cristalizadas e, sobretudo, concentradas na dupla Lula (43%) e Jair Bolsonaro (26%) que vem mantendo os dois principais candidatos com somando cerca de 70% dos votos.

    Isso, excluídos os que pretendem votar e “nulo/branco/nenhum”, deixa 20% para serem divididos por todo um leque de candidatos que, por enquanto, só aumentam seu número, embora não aumentem o “lote” de votos.

    E, entre eles, também se mantém, desde o segundo semestre de 2021, igual desempenho (com um ou dois pontos a mais ou a menos), o desempenho de Ciro Gomes e Sérgio Moro, mas a este o Ipespe confirma o crescimento da rejeição ao ex-juiz, tal como aconteceu na pesquisa CNT/MDA, quando marcou 58,2% de declarações de que os entrevistados “não votariam de jeito nenhum”. Nesta, tem 54%

    Os resultados de 2° turno, da mesma forma, não se mexem e Lula tem 54% a 32% contra Bolsonaro e 52% a 31% contra Sergio Moro.

    Lula segue a dois pontos e meio de uma vitória no 1° turno, mas isso se mostra muito mais fácil na teoria do que na prática, porque ainda não caiu a ficha de que Bolsonaro não está derrotado e que vai atrair o voto do eleitor que teve sua cabeça envenenada por tantos anos de ódio.

    Curtir

      • Hahaha até a ofensa é igual ao dos desmiolados… Eae como está a aposentadoria prematura (com meia hora de polícia) e o seu irmão Pedrinho? Vivendo as custas do aluguel da pousada? Kkkkkk
        Xo old Fascista mortadelenta.

        Curtir

        • Oh! energúmeno. A rendpercapta aqui voltou a ser algo de R 20..000,00/m}ês > <Mereço issp, fpra, 19 anos de contricuuiçãi precidencupaeia ba pc e o restante na iniciativa privada, Desculpem os erros de digital]aom para qiem ainda nãi sabem perdi 60 por cenbti de nminha vusãom por4 conbta de tratamebtio que fuz com cloroquina, A cloroquina pode causar surdez também Fui,

          Ah!”

          Curtir

          • Bão dpá nem para tentar concertar, devido a nmibha lyteakl fakta de vus]aom não de racionio kógicim achi quye essa januas perdereu; Mas i que reakmebte espero é que o fascita hater faça uma refelexão de suas posturas

            Curtir

            • Hahahaha Fascista, nazista e sei lá mais oq “ista”. Peguei no seu calo né?! Hahahaha Vc já refletiu como vc também é chata? Já levou uma do administrador também e continua na mesma. Adorei ver sua raiva. Obrigado.

              Curtir

  24. .band.uol.com.br/noticias/brasil-urgente/ultimas/policial-civil-e-baleado-e-morto-apos-discussao-com-pms-em-delegacia-no-guaruja-16481320

    C.A

    Curtir

  25. Mamãe Falei, o enviado de Moro à Ucrânia. Veja

    Fernando Brito 28/02/2022 4:11 pm

    Quando você pensa que já viu de tudo em matéria de demagogia, surge o candidato de Sérgio Moro ao Governo de São Paulo, o tal “Mamãe Falei”, Artur do Val, ao lado do “coordenador do MBL” Renan Santos, anunciando que está indo para a Ucrânia, para mostrar para os brasileiros a guerra pelo celular.

    Quem quiser ler o que eles dizem, por favor, vá a O Globo e leia como eles estão indo “a pedido de amigos de lá” para vencer a “guerra de informação” com seus Iphones, ou assista a peça aí embaixo.

    É demais para mim ter de descrever.

    O nível de exibicionismo que esta neodireita chegou a um ponto que alcança a irresponsabilidade de Jair Bolsonaro.

    Aliás, antes da briga interna, o “Mamãe” posava para fotos armado ao lado de Eduardo Bolsonaro.

    Curtir

  26. Mamãe Falei, o enviado de Moro à Ucrânia. Veja

    Fernando Brito 28/02/2022 4:11 pm

    Quando você pensa que já viu de tudo em matéria de demagogia, surge o candidato de Sérgio Moro ao Governo de São Paulo, o tal “Mamãe Falei”, Artur do Val, ao lado do “coordenador do MBL” Renan Santos, anunciando que está indo para a Ucrânia, para mostrar para os brasileiros a guerra pelo celular.

    Quem quiser ler o que eles dizem, por favor, vá a O Globo e leia como eles estão indo “a pedido de amigos de lá” para vencer a “guerra de informação” com seus Iphones, ou assista a peça aí embaixo.

    É demais para mim ter de descrever.

    O nível de exibicionismo que esta neodireita chegou a um ponto que alcança a irresponsabilidade de Jair Bolsonaro.

    Aliás, antes da briga interna, o “Mamãe” posava para fotos armado ao lado de Eduardo Bolsonaro.

    Curtir

  27. Mamãe Falei, o enviado de Moro à Ucrânia. Veja

    Fernando Brito 28/02/2022 4:11 pm

    Quando você pensa que já viu de tudo em matéria de demagogia, surge o candidato de Sérgio Moro ao Governo de São Paulo, o tal “Mamãe Falei”, Artur do Val, ao lado do “coordenador do MBL” Renan Santos, anunciando que está indo para a Ucrânia, para mostrar para os brasileiros a guerra pelo celular.

    Quem quiser ler o que eles dizem, por favor, vá a O Globo e leia como eles estão indo “a pedido de amigos de lá” para vencer a “guerra de informação” com seus Iphones, ou assista a peça aí embaixo.

    É demais para mim ter de descrever.

    O nível de exibicionismo que esta neodireita chegou a um ponto que alcança a irresponsabilidade de Jair Bolsonaro.

    Aliás, antes da briga interna, o “Mamãe” posava para fotos armado ao lado de Eduardo Bolsonaro.

    Inacreditável.

    Curtir

  28. Mamãe Falei, o enviado de Moro à Ucrânia. Veja

    Fernando Brito 8/02/2022 4:11 pm

    Quando você pensa que já viu de tudo em matéria de demagogia, surge o candidato de Sérgio Moro ao Governo de São Paulo, o tal “Mamãe Falei”, Artur do Val, ao lado do “coordenador do MBL” Renan Santos, anunciando que está indo para a Ucrânia, para mostrar para os brasileiros a guerra pelo celular.

    Quem quiser ler o que eles dizem, por favor, vá a O Globo e leia como eles estão indo “a pedido de amigos de lá” para vencer a “guerra de informação” com seus Iphones, ou assista a peça aí embaixo.

    É demais para mim ter de descrever.

    O nível de exibicionismo que esta neodireita chegou a um ponto que alcança a irresponsabilidade de Jair Bolsonaro.

    Aliás, antes da briga interna, o “Mamãe” posava para fotos armado ao lado de Eduardo Bolsonaro.

    Inacreditável.

    Curtir

  29. Mamãe Falei, o enviado de Moro à Ucrânia. Veja

    Fernando Brito 8/02/2022 4:11 pm

    Quando você pensa que já viu de tudo em matéria de demagogia, surge o candidato de Sérgio Moro ao Governo de São Paulo, o tal “Mamãe Falei”, Artur do Val, ao lado do “coordenador do MBL” Renan Santos, anunciando que está indo para a Ucrânia, para mostrar para os brasileiros a guerra pelo celular.

    Quem quiser ler o que eles dizem, por favor, vá a O Globo e leia como eles estão indo “a pedido de amigos de lá” para vencer a “guerra de informação” com seus Iphones, ou assista a peça aí embaixo.

    É demais para mim ter de descrever.

    O nível de exibicionismo que esta neodireita chegou a um ponto que alcança a irresponsabilidade de Jair Bolsonaro.

    Aliás, antes da briga interna, o “Mamãe” posava para fotos armado ao lado de Eduardo Bolsonaro.

    Inacreditável.

    Curtir

  30. Mamãe Falei, o enviado de Moro à Ucrânia. Veja
    Fernando Brito
    28/02/2022
    4:11 pm

    Quando você pensa que já viu de tudo em matéria de demagogia, surge o candidato de Sérgio Moro ao Governo de São Paulo, o tal “Mamãe Falei”, Artur do Val, ao lado do “coordenador do MBL” Renan Santos, anunciando que está indo para a Ucrânia, para mostrar para os brasileiros a guerra pelo celular.

    Quem quiser ler o que eles dizem, por favor, vá a O Globo e leia como eles estão indo “a pedido de amigos de lá” para vencer a “guerra de informação” com seus Iphones, ou assista a peça aí embaixo.

    É demais para mim ter de descrever.

    O nível de exibicionismo que esta neodireita chegou a um ponto que alcança a irresponsabilidade de Jair Bolsonaro.

    Aliás, antes da briga interna, o “Mamãe” posava para fotos armado ao lado de Eduardo Bolsonaro.

    Inacreditável.

    Curtir

Os comentários estão desativados.