Tem que mudar a denominação e objetivos para: “DEFENDA O BOM PM” 21

Caro amigo Guerra, em pleno momento de protestos pulverizados por todo o mundo contra a violência, o preconceito e o arbítrio das polícias, o comentário é o retrato fiel da realidade brasileira nas periferias das grandes cidades.

Neste final de semana, tivemos a oportunidade de assistir, em quase todos os programas jornalísticos das emissoras de
televisão do Brasil, quiça de outros países do mundo, o quão violentas e arbitrárias são boa parte das abordagens feitas pela polícia militar. Numa delas( Município de Barueri), o rapaz está sentado na calçada e, de repente, estaciona a viatura da PM, dela desembarcando policiais que, graciosamente, passaram a distribuir socos, chutes, golpes de cassetete, tanto no rapaz, bem como em quem dele se aproximava.Na outra(Jardim Tranquilidade/Jaçanã), o mesmo “modus operandi” acrescido do fato de terem arrastado a vítima ao subirem uma escadaria do local.

Parabéns ao Delegado de Polícia que, em um dos casos, ao ao assistir o vídeo e constatar que foi induzido a erro pelos policiais militares que noticiaram o fato, tempestivamente, lavrou outro RDO por TORTURA e FALSO TESTEMUNHO tendo como indiciados os policiais militares que apresentaram inicialmente a ocorrência.

Com certeza a “DEFENDA PM” deve estar ajuizando ações para “trancar” eventuais investigações feitas pela Polícia Civil a respeito, ou para impedir que instrumentos usados na prática criminosa sejam apreendidos para a devida perícia.

Espero que as autoridades judiciais da região de São José do Rio Preto tenham assistido também as reportagens, o que, com certeza, vai auxiliar na formação do livre convencimento fundamentado ao decidir questões afetas às atribuições das instituições policiais quanto à apuração das infrações penais COMUNS perpetradas por policiais militares.

Não obstante às inúmeras manifestações mundiais de protestos contra a violência policial, paradoxalmente o Ministério dos Direitos Humanos do Brasil, em flagrante contramão de direção em relação a todas as demais nações democráticas, no relatório anual sobre violência, SONEGOU a mais importante das informações, ou seja, a que consolidava os casos de violência policial.

Que ministra dos direitos humanos do cacete é essa?

É a do cacete e bala, só pra agradar o chefe e preservar a cadeira é lógico.

  1. O coronel manda no major, que manda no capitão, que manda no tenente, que manda no sargento, que manda nos praças, que não mandam em ninguém. Uma corrente de ódio, disfarçada de hierarquia, que uma hora explode. Não necessariamente, mas normalmente na ponta de baixo.

    Curtido por 1 pessoa

    • Segundo sua linha, um governador manda no ssp, que manda no dgp, que manda no diretor, que manda no seccional, que manda no titular, que manda no plantonista, que manda no chefe dos tiras e dos escrivães, que manda no restopol. Será que aqui explode também?

      Curtir

      • Você lustra seu sapato? Corta seu cabelo na máquina certa? Bate continência? Busca café? Ouve preleção todo santo dia? Ok, estou sendo simplista. Mesmo assim, é notório que o militarismo é feito de muitas pequenas humilhações cotidianas em nome da hierarquia. Se não acredita que haja diferença, está na polícia errada.

        Curtir

        • lustrar sapato, cortar cabelo e não ser obeso significam cuidar da aparencia, ter disciplina e ser higiênico. Certo?

          É que estamos acostumados com policial obeso, barba imunda, cabelo colorido etc….aí choca mesmo…

          Sobre o buscar café, isso se chama puxa-saquismo e existe na PM, PC, Guarda Municipal etc…

          Curtir

  2. Só um presídio de segurança máxima resolverá isso, não podem viver na sociedade. disse:

    Eu só não consigo entender o que ainda irão apurar, provas materiais não se apura e sim toma providências com a prisão.

    Nos dois casos filmados e que estão sendo mostrados para o mundo, a justiça não deve levar em consideração a defesa de que têm residência fixa, estão empregados, não têm antecedentes criminais…, o que deve ser levado em consideração é que são criminosos de altíssima periculosidade e não devem viver na sociedade, e se diferenciam bastante do Adélio Bispo que sofre de distúrbio mental, ser criminosos está no instinto de todos os pms que aprecem nos dois vídeos.

    Curtir

  3. Infernópolis” merece um prêmio. É uma manifestação artística que reproduz de forma instantânea e incomum a tragédia que aconteceu.

    O que aconteceu em Barueri e no Jardim Tranquilidade não é fato isolado. É o mais do mesmo. É recorrente nas madrugadas das periferias das grandes cidades. O que fez a diferença, foi a coragem de alguns moradores da comunidade em filmar as atrocidades.

    É o mesmo “modus operandi”, agora rotulado com a expressão “protocolo de procedimento”, da emblemática escola “favela naval”, que só ocorreu, por reproduzir outras anteriores, e que vai continuar ocorrendo, enquanto a impunidade campear na sociedade brasileira.

    Para fechar com chave de ouro, coagiram a vítima a mentir na delegacia de polícia, induzindo a erro a autoridade policial no registro preliminar dos fatos. Em seguida, fizeram incursões no local com vistas a intimidar testemunhas e identificar o autor do vídeo.

    O que assistimos nos dois casos é um “mix” da mais pura selvageria e covardia.

    Acha que se fosse nos Jardins, Moema, Higienópolis, teriam o mesmo “protocolo de procedimento” ?

    Essa é a conhecida “RESERVA MORAL DO ESTADO”?

    E AÍ “DEFENDA PM” o que tem a dizer?

    Curtir

      • Me desculpa, mas o que mais tem em DP é coxinha correndo por fora com charlie. Já já furo bumbo viva ave de rapina. Kkkk

        Curtir

  4. Na minha pastelaria eu nem dou bom dia para esses ratos! quando vejo uma farda cinza já sinto asco

    Curtir

    • Ainda existe policiais bons como voce amigo, sou asp e pm sao uma droga mesmo, o que eles pegam nas ruas esculacham mesmo sendoagente penitenciários, nao tem um minimo de respeito, agora viramos policia penal e ja falei para alguns conpanheiros nem tentar nada e se pissivel esconder que e de outra corporação, senao toma esculacho mesmo, pm de hoje virou bando de jagunços mesmooooo, eu passo longe, e com medo, nao confio, e olha que ja vi nas ruas ladrões da pessada que me respeitam muito mais que pm.

      Curtir

Os comentários estão desativados.